Digestivo nº 272 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
35900 visitas/dia
896 mil/mês
Mais Recentes
>>> Biblioteca Central da UnB recebe exposição artística 'Quem sou Eu, Quem somos nós'
>>> Feambra traz convidados para discutirem o tema "Museus e Sociedade"
>>> A Cultura do Subúrbio é tema do segundo debate #Colabora com Ideias
>>> Núcleo Viver estreia "Coração Supliciado...", no CRDSP
>>> Jikulumessu é a nova novela angolana que a TV Brasil estreia nesta quinta (25)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O dia que nada prometia
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Seis meses em 1945
>>> Senhor Amadeu
>>> Correio
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> On the Road, 60 anos
>>> Viena expõe obra radical de Egon Schiele
>>> Dilapidare
>>> A imaginação do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
Últimos Posts
>>> Jano
>>> Diário
>>> Infinitamente infinito
>>> Encantarias da palavra, de Paes Loureiro
>>> Animus mundi
>>> A partilha
>>> Dobraduras e origames
>>> Andamento
>>> Branco (série: Sonetos)
>>> Coroa, só de flores
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Jornalismo em tempos instáveis
>>> Nine Inch Nails e The Slip
>>> Por um corpo doente, porém, livre
>>> Iraque: plano de guerra
>>> A rocha que voa num labirinto
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> Ser escritor ou estar escritor?
>>> Nouvelle Vague: os jovens turcos
Mais Recentes
>>> Photoshop CS para Fotógrafos Digitais
>>> Viagens no Scriptorium
>>> Este Lado do Paraíso
>>> Amor Líquido - Sobre a Fragilidade dos Laços Humanos
>>> Quinta Avenida, 5 da Manhã - Audrey Hepburn- Bonequinha de Luxo e o Surgimento da Mulher Moderna
>>> La Consolante
>>> Notre-Dame de Paris
>>> A Arte da Guerra
>>> A Sociologia de Norbert Elias
>>> Bhagavad Gita - Como ele é
>>> Bhagavad Gita - Como ele é
>>> Cântico dos Cânticos
>>> La femme de trente ans
>>> The Notebook
>>> Foe
>>> Os Versos Satânicos
>>> Terra Sonâmbula
>>> Caim
>>> O Evangelho Segundo Jesus Cristo
>>> O Monge e o Executivo - Uma História sobre a Essência da Liderança
>>> O Beijo Infame
>>> Antes da Coisa Toda Começar
>>> Estruturas da Mente - A Teoria das Inteligências Múltiplas
>>> Guia Politicamente Incorreto da América Latina
>>> O Contrato Social
>>> Tess of the D´Urbervilles
>>> O Grande Conflito
>>> Ágape
>>> Dicionário Enciclopédico Ilustrado Veja Larousse - Volume 1
>>> O Cantor De Tango
>>> 1.000 Lugares Para Conhecer Antes De Morrer
>>> Nietzsche para Estressados
>>> Estorvo
>>> Cozinheiros Demais
>>> A Outra Face Da Doença - A Saúde Revelada Por Deus
>>> L'approche par compétences dans l'enseignement des langues
>>> Pensar Por Conta Própria
>>> O Evangelho Da Meninada
>>> Sinal De Contradição
>>> Limites Sem Trauma
>>> Desta Vez Eu Emagreço!
>>> Alucinado Som De Tuba
>>> Cidade Partida
>>> A Dama Do Lago
>>> Meditação Ocidental
>>> O X Da Questão - Trajetória Do Maior Empreendedor Do Brasil
>>> Carne Trêmula
>>> Frankeinstien
>>> Uma Garrafa No Mar De Gaza
>>> Três Mulheres De Três Pppês
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 31/3/2006
Digestivo nº 272
Julio Daio Borges

+ de 4000 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Imprensa >>> O melhor joio do trigal
O Duo Assad, composto pelos irmãos violonistas Sérgio e Odair, é praticamente desconhecido do grande público, no Brasil. Uma injustiça verdadeira, que se comete contra dois dos maiores embaixadores da música brasileira fora do País. A Warner Music parece que abriu os olhos para esse notável absurdo e resolveu lançar o Duo Assad também na sua "terra natal", como se comprova através do CD Sérgio And Odair Assad Play Piazzolla, já disponível nas prateleiras das lojas especializadas. Mas "Piazzolla"? - qualquer pessoa com o mínimo de ouvido deve se perguntar, complementando com a seguinte frase: - Piazzolla era argentino! Pois bem. No fundo, Piazzola e suas composições é só um motivo, um mote, para se explorar toda uma genealogia do violão brasileiro que, nesse disco, remonta à tradição hispânica (moura), de marcar o ritmo com batidas no corpo do instrumento, até o cromatismo e os arpejos de um chorinho sofisticado, lembrando Raphael Rabello. Dados os "limites", é de se supor o alcance quase infinito e o apuro técnico (possivelmente incomparável) da dupla em questão, trazendo rubor à face da grande maioria dos auto-proclamados "músicos" de MPB. Complementando os arranjos (de extremo bom gosto), juntam-se ao Duo Assad, um tocador de bandonéon (Marcelo Nisinman) e dois violinistas (Nadja Salerno-Sonnenberg, um sobrenome cheio de influências, e Fernando Suarez Paz, provavelmente um exemplar portenho). O álbum não é "easy listening", principalmente para quem não está acostumado aos compassos arrastados e aos cortes abruptos do último revolucionário do tango. De qualquer jeito, vale o esforço de compreensão e de concentração, pois não é todo dia que um compact disc desse naipe brota assim do chão (e da generosidade das grandes gravadoras, vale ressaltar). [Comente esta Nota]
>>> O Pasquim - Antologia - 1969-1971 - 352 págs. - Desiderata
 

Fernando Chaves


Música >>> Emboscada
O Duo Assad, composto pelos irmãos violonistas Sérgio e Odair, é praticamente desconhecido do grande público, no Brasil. Uma injustiça verdadeira, que se comete contra dois dos maiores embaixadores da música brasileira fora do País. A Warner Music parece que abriu os olhos para esse notável absurdo e resolveu lançar o Duo Assad também na sua "terra natal", como se comprova através do CD Sérgio And Odair Assad Play Piazzolla, já disponível nas prateleiras das lojas especializadas. Mas "Piazzolla"? - qualquer pessoa com o mínimo de ouvido deve se perguntar, complementando com a seguinte frase: - Piazzolla era argentino! Pois bem. No fundo, Piazzola e suas composições é só um motivo, um mote, para se explorar toda uma genealogia do violão brasileiro que, nesse disco, remonta à tradição hispânica (moura), de marcar o ritmo com batidas no corpo do instrumento, até o cromatismo e os arpejos de um chorinho sofisticado, lembrando Raphael Rabello. Dados os "limites", é de se supor o alcance quase infinito e o apuro técnico (possivelmente incomparável) da dupla em questão, trazendo rubor à face da grande maioria dos auto-proclamados "músicos" de MPB. Complementando os arranjos (de extremo bom gosto), juntam-se ao Duo Assad, um tocador de bandonéon (Marcelo Nisinman) e dois violinistas (Nadja Salerno-Sonnenberg, um sobrenome cheio de influências, e Fernando Suarez Paz, provavelmente um exemplar portenho). O álbum não é "easy listening", principalmente para quem não está acostumado aos compassos arrastados e aos cortes abruptos do último revolucionário do tango. De qualquer jeito, vale o esforço de compreensão e de concentração, pois não é todo dia que um compact disc desse naipe brota assim do chão (e da generosidade das grandes gravadoras, vale ressaltar). [Comente esta Nota]
>>> Fabio Zanon - Concertos 2006 - Fundação Maria Luisa e Oscar Americano
 



Além do Mais >>> Falata
O Duo Assad, composto pelos irmãos violonistas Sérgio e Odair, é praticamente desconhecido do grande público, no Brasil. Uma injustiça verdadeira, que se comete contra dois dos maiores embaixadores da música brasileira fora do País. A Warner Music parece que abriu os olhos para esse notável absurdo e resolveu lançar o Duo Assad também na sua "terra natal", como se comprova através do CD Sérgio And Odair Assad Play Piazzolla, já disponível nas prateleiras das lojas especializadas. Mas "Piazzolla"? - qualquer pessoa com o mínimo de ouvido deve se perguntar, complementando com a seguinte frase: - Piazzolla era argentino! Pois bem. No fundo, Piazzola e suas composições é só um motivo, um mote, para se explorar toda uma genealogia do violão brasileiro que, nesse disco, remonta à tradição hispânica (moura), de marcar o ritmo com batidas no corpo do instrumento, até o cromatismo e os arpejos de um chorinho sofisticado, lembrando Raphael Rabello. Dados os "limites", é de se supor o alcance quase infinito e o apuro técnico (possivelmente incomparável) da dupla em questão, trazendo rubor à face da grande maioria dos auto-proclamados "músicos" de MPB. Complementando os arranjos (de extremo bom gosto), juntam-se ao Duo Assad, um tocador de bandonéon (Marcelo Nisinman) e dois violinistas (Nadja Salerno-Sonnenberg, um sobrenome cheio de influências, e Fernando Suarez Paz, provavelmente um exemplar portenho). O álbum não é "easy listening", principalmente para quem não está acostumado aos compassos arrastados e aos cortes abruptos do último revolucionário do tango. De qualquer jeito, vale o esforço de compreensão e de concentração, pois não é todo dia que um compact disc desse naipe brota assim do chão (e da generosidade das grandes gravadoras, vale ressaltar). [Comente esta Nota]
>>> Não nascemos prontos - Mario Sergio Cortella - 136 págs. - Vozes Nobilis
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
25/3/2006
20h59min
Amigos do DC (que pode ser Depois de Cristo), tenho notado as melhorias que o site vem fazendo. As questões sempre bem apresentadas e os comentários sempre com opiniões interessantes. Parabéns e continuem melhorando!
[Leia outros Comentários de Clovis Ribeiro]
1/4/2006
13h15min
Depois de "Nao nascemos prontos", que tal o autor lancar "Nao morremos prontos"? Por que, mesmo tendo uma larga experiencia de vida na Terra, nunca estamos prontos para morrer?
[Leia outros Comentários de Mar]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NO INÍCIO -A CRIAÇÃO NA BÍBLIA E NA CIÊNCIA
NATHAN AVIEZER
EXODUS
(1996)
R$ 13,90



LUIZ GONZAGA - A MÚSICA COMO EXPRESSÃO DO NORDESTE
JOSÉ FARIAS DOS SANTOS
IBRASA
(2016)
R$ 32,00



A DÉCIMA SEGUNDA NOITE
LUIS FERNANDO VERISSIMO
OBJETIVA
(2006)
R$ 8,90



HQ BATMAN MINISSÉRIE 2 NÚMEROS + LEGENDS OF THE DARK NIGHT + TURF 1 E 2
STEVEN GRANT & SHAWN MCMANUS
DC COMICS
(1993)
R$ 30,00



ORIENTAÇÃO VOCACIONAL
BOHOSLAVSKY
MARTINS FONTES
(1977)
R$ 39,50



CINQUENTA TONS DE CINZA
E.L.JAMES
INTRISECA
(2012)
R$ 15,00



REVISTA EMPREENDEDOR Nº 207
VÁRIOS
EMPREENDEDOR
(2012)
R$ 6,00



MODO DE PRODUÇÃO FEUDAL
JAIME PINSKY
GLOBAL
(1982)
R$ 20,00



ORGANIZAÇÃO E MÉTODOS - UMA VISÃO HOLÍSTICA
ANTÔNIO CURY
ATLAS
(2007)
R$ 49,90



SAINDO DA DEPRESSÃO
ANDREW PAIGE
VERUS
(2000)
R$ 18,80





busca | avançada
35900 visitas/dia
896 mil/mês