Digestivo nº 433 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
29899 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> Ian Carvalho lança EP 'Morpheo In Eros'
>>> Semivelhos lança inédita 'Vai Chover'
>>> O que há na mente de Deus?
>>> Antropólogo discute autonomia dos símbolos e seu papel na criação da cultura
>>> Opressão violenta do consumo é abordada de forma onírica no espetáculo Quarenta e Duas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
Últimos Posts
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
>>> Ação e reação
>>> Fio de Eros IV
>>> Fio da meada
>>> Interlocutores
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles
>>> ConaLit
>>> A Música Erudita no Brasil
>>> Porque assim é São Paulo
>>> Marçal Aquino: o Rei do Clima
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Crowdsourcing, o livro de Jeff Howe
>>> A paixão segundo Gero Camilo
>>> Mulheres fantásticas e futuristas
>>> Redigir com Ana Elisa Ribeiro
Mais Recentes
>>> Fundamentos da economia
>>> Fundamentos da economia
>>> Guia Prático de Conjugação de Verbos
>>> Cotidiano: Conhecimento e Crítica
>>> Estágio & Supervisão
>>> Educação, Ideologia e Contra Ideologia
>>> Wittgenstein - Os Pensadores
>>> Schelling - Os Pensadores
>>> Heidegger - Os Pensadores
>>> As Dores da Alma
>>> Animais da Fazenda - Brinque
>>> Cartilha do Bem
>>> Meninos em Guerra
>>> Reino Dividido- Uma Introdução à Bíblia- Volume 4
>>> A Assustadora História da Medicina
>>> A Sabedoria do Sutra de Lótus Volume 2
>>> Reflexologia- Um Método para Melhorar a Saúde
>>> Apocalipse - A Revelação de Jesus Cristo- Crescer e Amadurecer
>>> Ensaios (Sobre Arte e Literatura) - Olívio Montenegro
>>> Madre Coraje y suas hijos - Bertolt Brecht (Teatro alemão) - Em ESPANHOL
>>> Brasil: Manual de Instruções - Ziraldo (Literatura Infanto-Juvenil)
>>> Storia del Teatro Antico (Grécia e Roma) - Giovanni Antonucci (Em Italiano)
>>> A rosa do povo & Claro enigma (Carlos Drummond de Andrade - Roteiro de Leitura)
>>> Seu Creysson - Vídia e Óbria (Casseta e Planeta) - Humorismo
>>> O melhor de Vinicius de Moraes (Poesia brasileira)
>>> O prazer das palavras 1 - Um olhar bem humorado sobre a Língua Portuguesa - Cláudio Moreno
>>> 20 Poemas de amor y una canción desesperada - Pablo Neruda (Literatura Chilena) Em ESPANHOL
>>> O melhor de HAGAR, o Horrível - Dick Browne (História em Quadrinhos)
>>> Il borghese stregato - Dino Buzzati (Em Italiano)
>>> Os Escravos - Castro Alves (Literatura Brasileira)
>>> A mulher do Silva - Luis Fernando Veríssimo (Humorismo)
>>> Marília de Dirceu - Tomás Antonio Gonzaga (Poesia Brasielira)
>>> Gonçalves Crespo (Poesia) - Poesia brasileira
>>> O bom humor como forma de incentivo à Leitura - Tom Moisés (Humorismo)
>>> Amar se aprende amando - Carlos Drummond de Andrade (Literatura brasileira)
>>> Morte e vida severina e outros poemas - João Cabral de Melo Neto (Poesia brasileira)
>>> Morte e vida severina e outros poemas - João Cabral de Melo Neto (Poesia brasileira)
>>> Os Lusíadas - Luís de Camões (Literatura portuguesa)
>>> 100 maneiras de enlouquecer um eleitor - Parsifal Pontes (Humorismo)
>>> Rupturas: Poemas em busca de um eixo - Ana Maria Amaral (Poesia brasileira)
>>> Sete faces do Humor - Marcia Kupstas (Humorismo)
>>> Guimarães Rosa: As paragens mágicas - Irene Gilberto Simões (Literatura brasileira)
>>> Estilos de Época na Literatura - Domício Proença Filho (Estudos Literários)
>>> História da Literatura Brasileira - Nelson Werneck Sodré
>>> História da Literatura Brasileira - Nelson Werneck Sodré
>>> Literatura Comentada - Bocage (Literatura Portuguesa)
>>> Literatura Comentada - Luiz Vaz de Camões (Literatura Portuguesa)
>>> Literatura Comentada - Lima Barreto (Literatura Brasileira)
>>> Literatura Comentada - Jorge Amado (Literatura Brasileira)
>>> Literatura Comentada - Pedro Nava (Literatura Brasileira)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 18/9/2009
Digestivo nº 433
Julio Daio Borges

+ de 1800 Acessos




Cinema >>> Gran Torino, de Clint Eastwood
O Nordeste está em São Paulo. Basta circular pelo Largo 13 ou pelo Largo de Pinheiros e constatar: calçadas estreitas e densamente povoadas; sol de rachar o côco; som na caixa e no último volume; lojas de umbanda ou macumba; barracas armadas, comércio a todo vapor – sem mencionar a presença atarracada, muitas vezes afro, o sotaque sonoro e a voz de taboca rachada. Se não houvesse tanta pobreza e miséria em São Paulo, quem já visitou sentiria saudades dos estados do Norte. (Não que lá não haja, mas a poética dessas grandes cidades não se repete nesta metrópole.) Nesse cenário de calor e de vida amontoada, encontra-se o Casa Rainha do Norte: uma mistura de mercearia (ou, para ficar mais chique, “empório”) e restaurante com comidas típicas. Um dos pontos gastronômicos mais simples e singelos desta capital. Fundado e dirigido, há quase duas décadas, por seu Adalberto Elias da Silva e dona Maria das Neves Bezerra, segue administrado por eles e por seus filhos. Cada dia da semana tem o seu prato principal, e o cardápio todo cabe num cartão de visitas. O preço é especialmente baixo (se comparado com a “cena” paulistana), mas condizente com a oferta de churrasquinho grego ali na esquina. Não é definitivamente um local para gastrônomos deslumbrados, mas sim para aficionados e para quem quer fazer “pesquisa” gastronômica séria. Especialidades da casa: Feijão de Corda com Carne de Sol; Cabrito e Mocotó (ou caldo de Mocotó); Baião de Dois com Rabada; Fava com Cabrito; Galinha Caipira e Sarapatel. Porções (ou guarnições) recomendadas: Queijo de Qualho Frito (na Manteiga de Garrafa) e Mandioca (Inhame). Pode ser encomendada, ainda, uma Buchada de Bode completa. Para molhar a goela oferece desde Tubaína até uma coleção de pingas para derrubar Josimar Mello: Marimbondo, Mucuri, Pica Pau (afrodisíaca) e a tal Rainha (da Paraíba). Otávio Augusto, o ator, é também habitué. Afinal, a experiência do Rainha do Norte é única; e inesquecível. [1 Comentário(s)]
>>> Gran Torino
 



Além do Mais >>> Entrevistas com Grandes Líderes, por Cristiane Correa
O Nordeste está em São Paulo. Basta circular pelo Largo 13 ou pelo Largo de Pinheiros e constatar: calçadas estreitas e densamente povoadas; sol de rachar o côco; som na caixa e no último volume; lojas de umbanda ou macumba; barracas armadas, comércio a todo vapor – sem mencionar a presença atarracada, muitas vezes afro, o sotaque sonoro e a voz de taboca rachada. Se não houvesse tanta pobreza e miséria em São Paulo, quem já visitou sentiria saudades dos estados do Norte. (Não que lá não haja, mas a poética dessas grandes cidades não se repete nesta metrópole.) Nesse cenário de calor e de vida amontoada, encontra-se o Casa Rainha do Norte: uma mistura de mercearia (ou, para ficar mais chique, “empório”) e restaurante com comidas típicas. Um dos pontos gastronômicos mais simples e singelos desta capital. Fundado e dirigido, há quase duas décadas, por seu Adalberto Elias da Silva e dona Maria das Neves Bezerra, segue administrado por eles e por seus filhos. Cada dia da semana tem o seu prato principal, e o cardápio todo cabe num cartão de visitas. O preço é especialmente baixo (se comparado com a “cena” paulistana), mas condizente com a oferta de churrasquinho grego ali na esquina. Não é definitivamente um local para gastrônomos deslumbrados, mas sim para aficionados e para quem quer fazer “pesquisa” gastronômica séria. Especialidades da casa: Feijão de Corda com Carne de Sol; Cabrito e Mocotó (ou caldo de Mocotó); Baião de Dois com Rabada; Fava com Cabrito; Galinha Caipira e Sarapatel. Porções (ou guarnições) recomendadas: Queijo de Qualho Frito (na Manteiga de Garrafa) e Mandioca (Inhame). Pode ser encomendada, ainda, uma Buchada de Bode completa. Para molhar a goela oferece desde Tubaína até uma coleção de pingas para derrubar Josimar Mello: Marimbondo, Mucuri, Pica Pau (afrodisíaca) e a tal Rainha (da Paraíba). Otávio Augusto, o ator, é também habitué. Afinal, a experiência do Rainha do Norte é única; e inesquecível. [Comente esta Nota]
>>> Blog Por dentro das Empresas
 



Imprensa >>> Revista Concerto em novo formato
O Nordeste está em São Paulo. Basta circular pelo Largo 13 ou pelo Largo de Pinheiros e constatar: calçadas estreitas e densamente povoadas; sol de rachar o côco; som na caixa e no último volume; lojas de umbanda ou macumba; barracas armadas, comércio a todo vapor – sem mencionar a presença atarracada, muitas vezes afro, o sotaque sonoro e a voz de taboca rachada. Se não houvesse tanta pobreza e miséria em São Paulo, quem já visitou sentiria saudades dos estados do Norte. (Não que lá não haja, mas a poética dessas grandes cidades não se repete nesta metrópole.) Nesse cenário de calor e de vida amontoada, encontra-se o Casa Rainha do Norte: uma mistura de mercearia (ou, para ficar mais chique, “empório”) e restaurante com comidas típicas. Um dos pontos gastronômicos mais simples e singelos desta capital. Fundado e dirigido, há quase duas décadas, por seu Adalberto Elias da Silva e dona Maria das Neves Bezerra, segue administrado por eles e por seus filhos. Cada dia da semana tem o seu prato principal, e o cardápio todo cabe num cartão de visitas. O preço é especialmente baixo (se comparado com a “cena” paulistana), mas condizente com a oferta de churrasquinho grego ali na esquina. Não é definitivamente um local para gastrônomos deslumbrados, mas sim para aficionados e para quem quer fazer “pesquisa” gastronômica séria. Especialidades da casa: Feijão de Corda com Carne de Sol; Cabrito e Mocotó (ou caldo de Mocotó); Baião de Dois com Rabada; Fava com Cabrito; Galinha Caipira e Sarapatel. Porções (ou guarnições) recomendadas: Queijo de Qualho Frito (na Manteiga de Garrafa) e Mandioca (Inhame). Pode ser encomendada, ainda, uma Buchada de Bode completa. Para molhar a goela oferece desde Tubaína até uma coleção de pingas para derrubar Josimar Mello: Marimbondo, Mucuri, Pica Pau (afrodisíaca) e a tal Rainha (da Paraíba). Otávio Augusto, o ator, é também habitué. Afinal, a experiência do Rainha do Norte é única; e inesquecível. [Comente esta Nota]
>>> Revista Concerto
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




OS SOFRIMENTOS DO JOVEM WERTHER
JOHANN WOLFGANG VON GOETHE
MEDIAFASHION
(2016)
R$ 24,00



OS CAMINHOS DO MUNDO INTERIOR- COMO ATINGIR AS PROFUNDEZAS INEXPLORADAS DA NOSSA PERSONALIDADE
WILSON VAN DUSEN
RECORD
(1972)
R$ 13,90



ABRAÇADO AO MEU RANCOR
JOÃO ANTÔNIO
GUANABARA
(1986)
R$ 20,00
+ frete grátis



ARTEFATOS DA CULTURA NEGRA NO CEARÁ
HENRIQUE CUNHA JÚNIOR, JOSELINA DA SILVA, CICERA NUNES (ORGS.)
UFC
(2011)
R$ 22,90



O TESTAMENTO
JOHN GRISHAM
ROCCO
(1999)
R$ 10,00



TEATRO - PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA DE 1923
WILLIAM BUTLER YEATS
OPERA MUNDI
(1973)
R$ 25,90



O HOMEM CHAMADO JESUS 
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
(2003)
R$ 5,00



MANUAL DE CONTABILIDADE SOCIETÁRIA
SERGIO IUDICIBUS, ELISEU MARTINS,ERNESTO GELBKE, ARIOVALDO SANTOS
ATLAS
(2010)
R$ 110,00



CÓDIGO DIVINO DA VIDA
KAZUO MURAKAMI, PH.D
BARANY
(2008)
R$ 135,00
+ frete grátis



O POVO DE DEUS EM MARCHA
M. K. DE ORTIZ TIRADO
PAULINAS
(1983)
R$ 6,00





busca | avançada
29899 visitas/dia
954 mil/mês