E a Apple virou mainstream (e Steve Jobs, também)... | Digestivo Cultural

busca | avançada
48378 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Digestivo Cultural
O que é?
Quem faz?

Audiência e Anúncios
Quem acessa?
Como anunciar?

Colaboração e Divulgação
Como publicar?
Como divulgar?

Newsletter | Disparo
* Histórico & Feeds
TT, FB e Instagram
Últimas Notas
>>> Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey
>>> Fernando Pessoa, o Livro das Citações, por José Paulo Cavalcanti Filho
>>> A Loja de Tudo - Jeff Bezos e a Era da Amazon, de Brad Stone
>>> Reflexões ou Sentenças e Máximas Morais, de La Rochefoucauld
>>> O Capital no Século XXI, de Thomas Piketty, o livro do ano
>>> Trágico e Cômico, o livro, de Diogo Salles
>>> Blue Jasmine, de Woody Allen, com Cate Blanchett
>>> The Devil Put Dinosaurs Here, do Alice in Chains
Temas
Mais Recentes
>>> Ivanhoé
>>> 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas
>>> Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (2)
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Bibliotecários
>>> Saia curta, liberdade longa.
>>> Quem é o abutre
>>> Viagem aos baixos do Viaduto do Chá
>>> O Velho e Bom Complexo de Inferioridade
>>> Caminhos para a esquerda
Colunistas
Mais Recentes
>>> Copa 2014
>>> Copa 2010
>>> Idade
>>> Origens
>>> Protestos
>>> Millôr Fernandes
Últimos Posts
>>> Cind Canuto
>>> Skyscraper (1988)
>>> Mauro Henrique
>>> Raízes do Brasil
>>> Festival literário em BH
>>> Suzana Caram
>>> If Looks Could Kill (1985)
>>> Future World (1987)
>>> Edvaldo Pereira Lima
>>> Propaganda, Duel (1985)
Mais Recentes
>>> Lembranças de Ariano Suassuna
>>> Harold Ramis (1944-2014)
>>> Sergio Britto & eu
>>> Para o Daniel Piza. De uma leitora
>>> Joey e Johnny Ramone
>>> A Cultura do Consenso
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> Delírios da baixa gastronomia
Mais Recentes
>>> Jaime Pinsky
>>> Luis Salvatore
>>> Catarse
>>> Chico Pinheiro
>>> Sheila Leirner
>>> Guilherme Fiuza
Mais Recentes
>>> O segundo e-book do Digestivo
>>> Momento cívico
>>> Digestivo Books
>>> Caixa Postal
>>> Nova Seção Livros
>>> Digestivo no Instagram
Mais Recentes
>>> Italo Calvino: descobridor do fantástico no real
>>> Kurosawa
>>> Entrevista com Flávia Rocha
>>> Orra, meu
>>> Sábado, de Ian McEwan
>>> J.M. Coetzee e o romance de formação
>>> Sábado, de Ian McEwan
>>> Dois Idiotas
>>> O homem que enfrentou Ulisses
>>> Eu podia estar matando, podia estar roubando
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Além do Mais

Quinta-feira, 24/6/2010
E a Apple virou mainstream (e Steve Jobs, também)...
Julio Daio Borges

+ de 5600 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Digestivo nº 465 >>> E por falar em Steve Jobs, ele esteve nas manchetes do Twitter, nas últimas semanas... Primeiro, com a Apple superando a Microsoft em valor de mercado... Jobs, comentou na conferência D8, mostrando-se estudadamente surpreendido mas, bem à sua maneira, fingindo que aquilo não era "tão importante"... Era, sim. Tanto que Bill Gates foi, também, obrigado a comentar, na frente de seu pai, no programa Larry King Live — mas, irônico, preferiu lembrar que a Apple teve "altos & baixos"... (Como se dissesse: "a Apple já quase quebrou; a Microsoft, não".) O fato é que, agora, a Apple não pode mais posar como uma empresa "diferente", de nicho de mercado, porque atingiu a massa (pelo menos nos EUA). Nem pode mais fazer comerciais atacando o "sistema" — como, na época do computador pessoal, atacava a IBM —, porque, na era pós-PC, a Apple virou o sistema. E Steve Jobs, o rebelde de outrora, já age como tirano geek, expulsando a Adobe de seus produtos (iPad e iPhone), numa carta excessivamente pessoal (em que tenta se justificar em vão)... Sem falar na permanente obsessão por controle (monitorando, e punindo, o vazamento de informações)... E, mais recentemente (na mesma D8), ao defender o velho mainstream editorial, e atacar, entre outras coisas, a blogosfera... Tudo bem que se o establishment não tivesse comprado a ideia do tablet, provavelmente ele se restringiria um objeto de culto (como o Kindle)... Mas demonizar a blogosfera é, justamente, conferir-lhe um poder que ela, talvez, nem tem... O tiro saiu pela culatra para Steve... Assim como o do Flash (o que é suficientemente justo não precisa ser justificado). Steve Jobs deveria assinar uma carta de intenções, como a do Google (quando abriu capital na bolsa): "Don't be evil". Não seja, literalmente, "do mal" (não seja a próxima Microsoft); não se associe — como os geeks adoram — ao "lado negro da força"... Mas a corrupção do mainstream talvez seja inexorável. E poder sempre corrompe... (absolutamente até). E por falar em frasista...: para Oscar Wilde, uma das tragédias da vida é "não conseguir o que se quer"; outra, justamente, é conseguir... E agora, José? E agora, Steve?
>>> Apple supera Microsoft como maior empresa de tecnologia do mundo
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Os Brutos Também Amam (Cinema)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
28/6/2010
11h55min
Beleza Borges, mas acho que esse papo de "contra o sistema" de Jobs sempre foi mofado desde o primeiro milhão que a Apple (com justiça) lhe rendeu. Acho bobo é alguém ter leveado isso à sério, como aliás me parecem todas as "revoluções". Ou talvez eu esteja mesmo "ficando velho" e aquela frase do Camus (eu acho) me caia bem e "o incendiário virou bombeiro".
[Leia outros Comentários de André Lima]
15/7/2010
15h01min
Bah... Tenho um Mac (Apple), e daí? Sei que sou "ignorante" em computador e quando não consigo resolver algum "error" chamo a família todinha (todos são bons em computador), mas depois de quebrarem muito a cabeca, desistem e só o filho mais velho, "quase" um técnico, depois de xingar bastante, consegue resolver (mais ou menos) o "error". Pra que complicar... Dizem que é o mais fácil. Só se for pra técnicos! Talvez com o tempo todos os garotos e garotas que vivem com o nariz enfiado nos jogos eletrônicos venham a ser técnicos autodidatas...
[Leia outros Comentários de Maria Anna Machado]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

>>> Estúdio Móvel destaca a cena do rap com Projota
>>> Ver TV discute o papel da mulher na televisão brasileira
>>> Editora relança livro de poesias em homenagem ao dia Internacional da Mulher
>>> Exposição apresenta arte de Lena Bergstein no MuBE
>>> Malena Russo lança loja virtual
>>> PRAÇA VICTOR CIVITA COMEMORA O DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES
* clique para encaminhar

Editora Perspectiva
Companhia das Letras
José Olympio
Best Seller
Cortez Editora
Nova Fronteira
Intrínseca
Arquipélago Editorial
Editora Conteúdo
WMF Martins Fontes
Hedra
Globo Livros
Civilização Brasileira
Bertrand Brasil
Primavera Editorial
Editora Record
LIVROS


ESTADO DE GRAÇA
De R$ 29,90
Por R$ 14,95
Economize R$ 14,95
+ frete grátis



BANDOLIM DO DIABO
De R$ 25,00
Por R$ 12,50
Economize R$ 12,50
+ frete grátis



PALMEIRAS - O ALVIVERDE IMPONENTE
De R$ 36,00
Por R$ 18,00
Economize R$ 18,00
+ frete grátis



HELIODORA
De R$ 26,00
Por R$ 13,00
Economize R$ 13,00
+ frete grátis



VIVA E DEIXE MORRER
De R$ 39,90
Por R$ 32,50
Economize R$ 7,40



O COMPASSO E A CRUZ
De R$ 74,90
Por R$ 37,45
Economize R$ 37,45
+ frete grátis



O SILÊNCIO DO DELATOR
De R$ 51,00
Por R$ 25,50
Economize R$ 25,50
+ frete grátis



ENTREMILÊNIOS
De R$ 55,00
Por R$ 27,50
Economize R$ 27,50
+ frete grátis



MINHA ALMA PARA LEVAR
De R$ 39,90
Por R$ 19,95
Economize R$ 19,95
+ frete grátis



ROSÁLIA ROSEIRAL
De R$ 44,90
Por R$ 22,45
Economize R$ 22,45
+ frete grátis



busca | avançada
48378 visitas/dia
1,4 milhão/mês