Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey | Digestivo Cultural

busca | avançada
18092 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> João da Cruz encerra temporada na Casa das Rosas
>>> 36Linhas lança Graphic Films Collection
>>> Em novo dia e horário, Trilha de Letras presta tributo a Darcy Ribeiro
>>> Teatro do Incêndio é indicado ao Prêmio Governador do Estado
>>> Nathalia Timberg é homenageada no Recordar é TV desta terça (20)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
Colunistas
Últimos Posts
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
Últimos Posts
>>> Perspectivas barrocas
>>> Tatuagens eólicas
>>> Terra úmida
>>> Cidadão de 2ª Classe - Você se Reconhece Como Um?
>>> Espectros
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O roteirista profissional: televisão e cinema
>>> Por que a discussão política tem de evoluir
>>> Meu Oscar vai para...
>>> Jason Calacanis matando o Yahoo
>>> Jim Clark e a Netscape
>>> O elogio do Silêncio ou duas ou mais antipolêmicas
>>> Máfia do Dendê
>>> Como ser feliz no trabalho
>>> Autor não é narrador, poeta não é eu lírico
>>> O ódio on-line
Mais Recentes
>>> Concordância bíblica crescer
>>> Dicionario Bíblico ilustrado ( crescer )
>>> Teoria da Literatura: uma introdução - 6ª ed.
>>> Uma reflexão sobre a Existência do Homem- O Sentido da Vida
>>> Psicotranse
>>> Benzedeiras & Benzeduras
>>> Massagem Para bebê
>>> O barquinho Vai
>>> Toquinho
>>> Iniciação Ao Piano e Teclado
>>> As 101 Melhores Canções Do Século XXI
>>> Ary Barroso Volume 2
>>> Blues Arranjos De Base
>>> Saxofone Fácil
>>> Harmonia ao Bandolim
>>> Brass Players Aqueimento & Guia PraticoTrumpet
>>> Noel Rosa Volume 1
>>> Otimismo nos Negócios
>>> Toquinho
>>> Noel Rosa Volume 3
>>> Foundations of Political Science
>>> Song Book Noel Rosa volume 2
>>> Mídia, Benção ou Maldição
>>> Bodas de Pedra
>>> Por que Não Pediram a Evans?
>>> Cortes de Cabelo Tecnicas e Modelagem
>>> Amar Vale a Pena
>>> Good to Greath Hair
>>> Trezentos parafusos a menos
>>> Viagem Pelas Provincias do Rio de Janeiro E Minas Gerais
>>> Bacall Fenomenal
>>> 318 citações do Padre Antônio Vieira, escolhidas e anotadas por Emerson Tin
>>> Viagem ao interior do Brasil
>>> Here youn find hundreds of t-shirts
>>> Bella
>>> Biologia 3 - Biologia das Populações - Completo - Box 5 Livros
>>> Biologia 2 - Biologia dos Organismos - Completo - Box 4 Livros
>>> Biologia 1 - Biologia das Células - Completo - Box 4 Livros
>>> Bio - Volume 1 - Ensino Médio - Manual do Professor
>>> Física - Mecânica - Volume 1 - Manual do Professor
>>> Física - Termologia, Óptica e Ondas - Volume 2 - Manual do Professor
>>> Física - Volume 3 - Manual do Professor
>>> Física - Ensino Médio - Volume 3 - Coleção Aula Por Aula - Manual do Profesor
>>> Física - Ensino Médio - Volume 1 - Mecânica - Col. Aula Por Aula
>>> Física 1 - Manual do Professor
>>> Química - Volume Único Para o Ensino Médio - 4ª Impressão
>>> Curso de Química - Volume 1
>>> Matemática - Curso Moderno Para os Ginásios - 3º Volume
>>> Matemática - Curso Moderno Para os Ginásios - 2º Volume
>>> Geometria Analítica
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Artes

Segunda-feira, 28/7/2014
Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey
Julio Daio Borges

+ de 11700 Acessos




Digestivo nº 502 >>> Produtividade pessoal é um tema da vida moderna. Com o fim das divisões estanques entre ambiente de trabalho e vida pessoal, precisamos encontrar um novo equilíbrio. Também com as interrupções frequentes de celulares, messengers e e-mails, acostumamos a viver nossas vidas fragmentadas. Como a evolução tecnológica não para, ou até se acelera, quando começamos a nos adaptar, surge um novo dispositivo, e a nossa rotina é transformada, mais uma vez (supostamente para melhor). Não existe uma solução definitiva no curto, médio prazo. Alguns tentam romper com o progresso e se isolar do presente, mas vivem em luta contra o mundo e não sabemos se, depois de um tempo, terá realmente valido a pena. Não há como olhar pra frente, pois não sabemos o que vai ser. Alguém conseguiria prever iPods, iPhones e iPads, para se falar apenas na Apple? Alguém previu, por acaso, a internet? E o microcomputador, o PC? Como não há meio de buscar respostas no porvir, devemos olhar para trás. Ou, ao menos, tentar. Mason Currey não pensou exatamente nisso, mas fundou um blog chamado Daily Routines, onde pesquisava o dia a dia de gênios, artistas, pessoas criativas e/ou produtivas. (Não necessariamente executivos de empresas ― o que talvez retirasse todo o charme do projeto.) O fato é que Currey reuniu suas melhores descobertas em livro: Daily Rituals compila relatos de grandes mentes criativas, sobre o seu dia a dia. Há, nele, de tudo. Desde rotinas aborrecidas como a de Simone Beauvoir, que permaneceu ligada a Sartre, mesmo quando tinham outros relacionamentos, e que vivia uma existência pacata ― produtiva, mas sem muita sofisticação e, como dizemos, sem "badalação". Ao mesmo tempo, há Toulouse-Lautrec, que viveu no limite, como se cada dia fosse o último, e pagou o preço, apesar da obra admirável. Auden, o poeta, por exemplo, anotou: "A rotina, num homem inteligente, é um sinal de ambição". E Patricia Highsmith, autora do Ripley, observou: "Não existe vida real fora do [meu] trabalho, ou seja, fora da imaginação". Fellini apreciava, em sua profissão, o que chamou de "uma combinação muito rara entre trabalho e a vida em comunidade, que a realização de filmes proporciona". Voltaire trabalhava de 18 a 20 horas por dia, e concluía: "Eu amo meu local de trabalho". Já Trollope afirmava que 3 horas era o máximo que um escritor deveria entregar por dia. Chopin podia passar 6 semanas numa única página de música. E Flaubert, com seu estilo, antecipou Steve Jobs: "Não é fácil ser simples". Flaubert também diria que "apesar de tudo, trabalhar é o melhor jeito de escapar da vida". (Paulo Francis ecoaria isso.) Marx, um rebelde, registrava que não poderia deixar que "a sociedade burguesa" o transformasse "numa máquina de fazer dinheiro". Freud ponderaria: "Não posso imaginar a vida sem trabalhar como algo confortável". Já Jung, seu discípulo, depois seu antagonista, acreditava que "estar cansado e continuar trabalhando não é algo inteligente". E Murakami, o escritor japonês, diz que a repetição, em si, é importante: "É hipnotizante. Eu me hipnotizo deliberadamente, para atingir um estado de consciência mais profundo". Chuck Close, artista plástico, coroaria uma máxima que se tornou famosa: "Inspiração é para amadores. O resto de nós apenas senta e trabalha". John Adams, o compositor, precisa de "um estilo de vida quase irresponsável" para liberar sua criatividade. Dr. Johnson, o crítico, levava ao extremo: "Nunca persisti num plano por dois dias seguidos". William James, um dos pais da psicologia, acreditava que "quanto mais automatizamos nossas vidas nos pequenos detalhes", "mais conseguimos liberar espaço para a verdadeira criatividade". Joyce calculou que passou 20 mil horas escrevendo o Ulisses. Proust achava "odioso" subordinar sua vida à produção de uma única obra. Mas fez isso. Shostakovich escrevia toda a música na sua cabeça antes, para, só depois, passá-la a limpo. Yeats, o poeta irlandês, acreditava que, para viver criativamente, havia que se pagar um preço: o dele era escrever resenhas para jornal. Mencken, olhando para trás, diria que seu único arrependimento era não ter trabalhado "ainda mais duro". E Thomas Edison reconheceu: "Tive muitos assistentes esforçados, mas você leva a taça". Ele se referia a Nikola Tesla. Glenn Gould, surpreendentemente, dizia que tocava melhor quando ficava "um mês longe do instrumento". E Philip Roth resumiu assim: "Escrever não é um trabalho duro, é um pesadelo". Daily Rituals tem preciosidades, e deveria ser traduzido em português brasileiro por alguma editora de visão.
>>> Daily Rituals - How Artists Work
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. O sucateamento da Rádio Eldorado pelo Grupo Estado (Música)
02. Psicodelia e colesterol (Artes)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A ENERGIA ESPIRITUAL E SEU PODER DE CURA
DUDLEY BLADES
PENSAMENTO
(1979)
R$ 10,10



SUPERPREVISÕES - A ARTE E A CIÊNCIA DE ANTECIPAR O FUTURO
PHILIPS E. TETLOCK E DAN
OBJETIVA
(2016)
R$ 34,90



DICIONÁRIO BIOGRÁFICO DE PERSONAGENS DANTESCOS
EDGARD DE BRITO CHAVES JUNIOR
FORENSE
(2009)
R$ 64,90



METAL DO DIABO
AUGUSTO CÉSPEDES
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1967)
R$ 11,00



O AMANTE DA NATUREZA
NADINE GORDIMER
CODECRI
(1982)
R$ 15,00



A ABOLIÇÃO DO HOMEM - LACRADO
C. S. LEWIS
MARTINS FONTES
R$ 40,00



FORMAS DE LITERATURA DRAMÁTICA (DRAMATURGIA)
RONALD PEACOCK
ZAHAR
(1968)
R$ 32,00



DEUSES DE DOIS MUNDOS - O LIVRO DA MORTE
PJ PEREIRA
DA BOA PROSA
(2015)
R$ 55,50



EM BUSCA DE UM MILAGRE
KATHRYN KUHLMAN
BETÂNIA
(1977)
R$ 9,80



PROCESSO CIVIL - TÉCNICAS E PROCEDIMENTOS
MISAEL MONTENEGRO FILHO
ATLAS
(2008)
R$ 15,00





busca | avançada
18092 visitas/dia
954 mil/mês