busca | avançada
33102 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Segunda-feira, 22/1/2007
Cinema Neo-Realista em SP e BR
Marília Almeida

Promovida pelo Centro Cultural Banco do Brasil, a mostra de cinema Olhares Neo-Realistas reúne 36 filmes do movimento italiano que influenciou o cinema moderno. Desde 03 de janeiro até o dia 28 janeiro na programação do CCBB-SP, ela entra na do CCBB de Brasília no dia 23 e se estende até 11 de fevereiro.

As principais características do Neo-Realismo são suas locações na rua, elenco de atores não-profissionais, equipes pequenas, poucos equipamentos e roteiro do cotidiano com a intenção de não ser apenas um cinema social, mas político, o que acabou gerando filmes de impacto sobre diversas cinematografias.

Mais do que fazer um panorama do movimento, a mostra também aborda suas influências e abrange desde clássicos, como Roma, Cidade Aberta, de Roberto Rossellini (1945), até extensões como Os Esquecidos, de Luís Buñuel (1950). É verdade que também apresenta filmes menores de diretores reconhecidos, como o filme de estréia de Luchino Visconti, Obsessão (1943) e Paisá (1946), do próprio Rosselini e parte da trilogia que começa com Roma, filmes povoados de clichês que parecem ter envelhecido, ao contrário de Roma e Os Esquecidos. Mas todos importantes para compreender seu contexto e principais personagens.

O diálogo do movimento com a cinematografia latino-americana estão em filmes como O Jovem Rebelde (Cuba, 1962), de Julio García Espinosa, e Os Inundados (Argentina, 1961), de Fernando Birri. Há também representantes brasileiros como O grande momento, de Roberto Santos (1958) e Agulha no Palheiro (1953), de Alex Viany.

Além da exibição dos filmes, o CCBB promove debates com historiadores, escritores e estudiosos brasileiros, além de aulas sobre o movimento. Também foi lançado um catálogo-livro com textos de diversos autores sobre o tema.

Mostra de filmes "Olhares Neo-Realistas"
Terça-feira a domingo: horários diversos
Ingressos por sessão: R$ 4,00 e R$ 2,00 (meia-entrada);
filmes exibidos em DVD têm entrada franca.
Site oficial: www.bb.com.br/cultura
Horário de funcionamento da bilheteria: das 09h às 20h
Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 - Centro - SP
(próximo às estações Sé e São Bento do Metrô)
Informações: 11 3113.3651 / 3113.3652

Marília Almeida
22/1/2007 às 12h18

 

busca | avançada
33102 visitas/dia
1,0 milhão/mês