busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês
Quarta-feira, 25/7/2007
10º Búzios Jazz & Blues I
Marília Almeida

O tempo está agradável em pleno inverno em Búzios, cidade localizada na região dos Lagos, a três horas do centro do Rio de Janeiro. Hoje foi até possível vislumbrar um forte sol por aqui, se bem que acompanhado por um vento intenso. Mas esse clima cool se encaixa perfeitamente em um festival de jazz e blues que comemora sua 10º edição na cidade a partir de hoje (25) e se encerra no sábado (28). Enquanto escrevo, já acontece a passagem de som do saxofonista francês Idriss Boudrioua, que abrirá a noite de hoje, seguido pelo Blues Etílicos.

Serão dois shows por noite que acontecem no Pátio Havana e na Chez Michou Crêperie, às 22 e 00h, respectivamente. O primeiro, um restaurante rústico com vista para o mar da praia da Armação, será restrito para quem conseguir reservar mesas e, o segundo, logo em frente ao Pátio, será executado ao ar livre e aberto ao público, com capacidade para 500 pessoas. Ambos estão localizados bem no centro da cidade, próximos à Rua das Pedras, onde se concentram os restaurantes, bares e lojas do balneário, composto por mais de 20 praias e que ainda guarda à beira do mar uma de suas maiores lembranças: a estátua da atriz francesa Brigitte Bardot, que adotou a cidade como destino de suas férias em 1964.

Mais intimista que outro festival da região, o Rio das Ostras Jazz & Blues, tanto em número de shows quanto na capacidade de seus ambientes, o casting desse ano talvez seja uma tentativa de comemorar voltando às raízes, trazendo bandas que participaram das primeiras edições do festival e não retornaram nas posteriores. São elas: Celso Blues Boys e Blues Etílicos, dois postulados do blues nacional com uma carreira de mais de 20 anos. Além disso, o festival mantém tradições e apresenta o saxofonista, produtor, compositor e arranjador Leo Gandelman, presença assídua em edições anteriores.

Mas as semelhanças param por aí. Além de Idriss, o festival contará com as presenças de peso de Phil Guy, irmão mais novo de um dos mitos do blues, Buddy Guy; e o nosso compositor, cantor, instrumentista e arranjador João Donato. Mas o cheiro de novidade reside em atrações como a baterista americana Cindy Blackman e o guitarrista Charlie Hunter, que toca com Leo Gandelman. No sábado (28), visando agradar um público diversificado, a curitibana Big Time Orchestra será responsável por um show de entretenimento que conterá músicas de Elvis Presley, Beatles e Ray Charles.

A vocalista da Rio Jazz Orchestra, Taryn Szpilman, abriu o festival com um show especial em comemoração da década do evento no Pátio Havana na noite de sábado (21). Loira tatuada, Taryn abusou do estilo rock´n´roll, característica também do resto da banda, e finalizou o show ao executar "I got you (I fell good)", de James Brown, que levantou a platéia. A cantora gravou seu primeiro CD solo no ano passado: o disco conta com uma composição inédita de Zeca Baleiro e participação especial de Frejat.

Confira a programação completa do festival no 10º Búzios Jazz & Blues e aguarde mais notícias aqui.

Marília Almeida
25/7/2007 às 17h54

 

busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês