Este Congresso nos representa? | Digestivo Cultural

busca | avançada
30533 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Show com grupo Tambora faz um mergulho na obra de compositoras de diversos países da América Latina
>>> Pianista revelação, Juliana D'agostini mostra seu talento no Natal Musical do VillaLobos
>>> Ana Marson lança livro de crônicas em São Paulo
>>> Música, dança e boa conversa na "Semana Preta" do Centro de Referência da Dança
>>> Vila Cultural Cora Coralina recebe exposição 'Tempos Líquidos'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Rios inversos
>>> Você pertence a um não lugar
>>> Olho d'água
>>> A música da corrida
>>> Retalhos da vida
>>> Limbo
>>> Transmutações invisíveis
>>> Quem te leu, quem te lê
>>> Bom dia e paz
>>> O que sei do tempo II
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Steve Jobs sobre o mundo
>>> O Presidente Negro, de Monteiro Lobato
>>> Sobre o gênio que é Harold Pinter
>>> Gente que corre
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
>>> Sem lero-lero
>>> A droga da felicidade
>>> Hilda Hilst, o IPTU e a Chave da Cidade
>>> Símbolos e Identidade Nacional
Mais Recentes
>>> Pensamento Complexo: suas aplicações à liderança, à aprendizagem e ao desenvolvimento sustentável
>>> Dictionnaire D'Analyse du Discours (1ª ed.)
>>> Defenda seus direitos
>>> O momento da sua virada
>>> Uma Viagem Aos Reinos
>>> Trilha para os Jovens
>>> Titan - O mundo de aventuras fantásticas
>>> Sonhos Lúcidos
>>> Raiva. Seu Bem, Seu Mal
>>> O Shadowdale Vale Das Sombras
>>> O perdedor
>>> O livro secreto da maçonaria
>>> O livro da quituteira
>>> O caso Schreber
>>> O Caminho do mago
>>> Lobisomem O - Apocalipse - Rpg
>>> Livro do Mestre - Advanced Dungeons e Dragons
>>> Gurps. Modulo Básico
>>> Francisco de Assis e Francisco de Roma: Uma Nova Primavera na Igreja
>>> Forgotten Realms 3 Guia De Campanha Para Undermontain
>>> Cinema: O Divã e a Tela
>>> Até os Felizes Sofrem
>>> Assessoria de Imprensa
>>> As Virtudes da Casa
>>> Além do bem e do mal
>>> Aleister Crowley - A Biografia de um Mago
>>> A realização espontânea do desejo
>>> Belo Desastre
>>> Nao deixe para depois o que voce pode fazer agora
>>> Ecos Dos Mortos
>>> O pai sessenta minutos
>>> A Noite dos Quatro Furacões
>>> Caixa de Pássaros
>>> Qualidade em Serviços
>>> O Quarto Poder - Uma Outra História - 1ª Edição
>>> Sem Vestígios - Revelações de um Agente Secreto da Ditadura
>>> O Arroz de Palma - Edição Comemorativa
>>> Cisnes Selvagens - Três Filhas da China
>>> Sobre o Céu e a Terra - As Ideias do Papa Francisco
>>> Sobre Heróis e Tumbas - 2002
>>> O Homem de Beijing - 1ª Edição
>>> Compêndio de Análise Institucional e Outras Correntes - Teoria e Prática
>>> As Cartas Ácidas da Campanha de Lula de 1998 - 1ª Edição
>>> A Igreja Universal e Seus Demônios - Um Estudo Etnográfico
>>> Eugene H peterson ( o caminho de Jesus e os atalhos da igreja)
>>> Cadernos do nosso tempo Cinema Brasileiro
>>> Ciência Contemplativa
>>> O Absurdo e a Graça
>>> Farra no Formigueiro
>>> Picasso - Coleção Crianças Famosas
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 4/12/2014
Este Congresso nos representa?

+ de 1200 Acessos

(Este Congresso não nos representa. Ou representa?)

Para quem nunca tinha assistido a uma sessão de votação do Congresso Nacional foi um trauma. Comecei a ouvir a transmissão pela manhã - depois de saber da confusão do dia anterior -, passei o dia trabalhando, com esse "som de fundo", e abandonei a programação da TV Câmara às duas horas da manhã (do dia seguinte), porque não aguentava mais. Consta que nossos congressistas ficaram 18 horas nessa votação. Ou seja: terminou às quatro horas da manhã.

Para mim - e acho que para, pelo menos, 51 milhões de brasileiros que não votaram neste governo -, foi deprimente, porque acordei e descobri que a oposição "perdeu". Depois de toda essa maratona...

Mas, passado algum tempo, eu percebi que não. Quer dizer, a ameaça de "rasgarem" a Lei de Responsabilidade Fiscal é cada vez mais concreta. Mas, mesmo depois de 18 horas, não conseguiram toda a aprovação de que precisavam. Digo, o governo e sua "base aliada".

A votação no Congresso, não sei se você já viu, parece uma feira livre. Quer dizer, a comparação com uma "feira livre" talvez seja injusta, porque acho que as feiras livres são mais organizadas...

Pelo que eu entendi, o presidente da sessão - que às vezes se confunde com o presidente do Congresso - passa a maior parte do tempo discutindo o "regimento interno".

Lógico: eu descobri que o objetivo da oposição era esse mesmo. Como é minoritária, se o Congresso passasse para a votação diretamente, a oposição iria perder em dois tempos. Logo, a única chance era "obstruir a matéria", como eles dizem.

A gente, que não acompanha muito, fica pensando que "a oposição" é o Aécio Neves. Mas acabamos descobrindo outros nomes no processo. O senador Aloysio Nunes, vice na chapa de Aécio, tem sido bastante atuante também. Mas quem tem se revelando um gigante, a meu ver, é o Ronaldo Caiado.

Lembro do Caiado na eleição para presidente de 1989. Eram tantos candidatos que eu não conseguia prestar muita atenção nele. Meu candidato era o Afif Domingos. Mas, na minha família em Minas, lembro que tinha gente que ia "caiar" (votar no Caiado). Ronaldo Caiado tinha boa fama no seu estado e nos vizinhos, também.

Hoje, acho que ele está fazendo oposição sem apelar (para extremismos de direita) mas, ao mesmo tempo, sem medo de falar tudo com todas as letras. Denunciou ligações do MST com a Venezuela, sob os auspícios do governo. Usa a palavra "bolivarianismo" no sentido correto do termo. E, nessa última maratona no Congresso, disse literalmente: "O PT assaltou as urnas e fraudou as eleições". Corajoso.

Perdi a conta de quantas vezes Caiado subiu na tribuna do Senado, para discursar. Umas três, pelo menos. E suas intervenções no microfone da Câmara devem ter sido, pelo menos, umas trinta.

Claro que, para cada Caiado, existem quatro "governistas" que votam "a favor" da Dilma e do PT...

Mas não podemos desistir. Me surpreendi, por exemplo, com os parlamentares do DEM, que eu mal conhecia. O Mendonça Filho, por exemplo, "estava com bateria Duracell", como disseram no Twitter. Incansável. Além do Caiado, claro. Do Onyx Lorenzoni, que me pareceu bom. E do Rodrigo Maia, que fala bem.

Óbvio que o grosso da oposição está no PSDB. O Antonio Imbassahy já conhecia de acompanhar sua página no Facebook. O Domingos Sávio, assim como o Mendonça Filho, lutou até o final...

Evidente que, para cada PSDB, DEM e até PSB, existem - além do PT - PMDB ("base alugada"), PCdoB, PSOL, PDT - que foram quase todos unânimes no apoio a essa votação bárbara. Fora PP (meio dividido), PTB (com duas exceções), PV (meio a meio), PROS (com uma única exceção). Fora outros que, francamente, eu nem sei quem são direito: PR, PRB, PSC, PSD, PTdoB e Solidariedade (desculpa, mas isso é partido?).

Queria ter sido poupado das "performances" de Lindberg Farias (felizmente massacrado por Aécio); Jandira Feghali (que, além das ideias erradas, não é nada bonita); Silvio Costa (repugnante em tudo); e Vicentinho (que, depois de velho, virou uma mistura de Clodovil com Lula). Fora todos os do PSOL (nenhum se salva). E fora outros de quem eu já me esqueci (para a minha sorte)... (Ah, tem o Henrique Fontana, que é um dos maiores caras de pau que eu já vi...)

Olhando assim, não sobra muita coisa. E não sobra mesmo. Nessa votação, apenas 20% "resistiu" ao governo. 80% votou "a favor".

Mas, apesar dos pesares, gostei de conhecer um pouco da oposição. E 2015, com a nova legislatura, haverá "mais" oposição.

Assim como não podemos desistir do Brasil, não podemos desistir do Congresso, também. Porque, se alguém acredita em "crime de responsabilidade", e em impeachment, é lá no Parlamento que as coisas vão ter de acontecer...

Desanima, eu sei. Mas heróis ainda existem. Creiam. Pouco a pouco, vão se revelando...


Postado por Julio Daio Borges
Em 4/12/2014 às 16h46


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Web em alta na Economist de Julio Daio Borges
02. Bate-papo com Lucas Murtinho de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TRUCS DE CUISINIER- BERNARD LOISEAU E GÉRARD GILBERT - IMPORTADO
BERNARD LOISEAU - GÉRARD GILBERT
MARABOUT
(1996)
R$ 22,90



COLEÇÃO CIEE 12 - AS ALTERNATIVAS DE EMPREGO PARA O MERCADO TRABALHO
WALTER BARELLI
CIEE
(1998)
R$ 10,00



A MALDIÇÃO DE ÉDIPO
LUIZ GALDINO
FTD
(1998)
R$ 20,00



OS HOMENS E A HERANÇA NO MEDITERRÂNEO
BRAUDEL
MARTINS FONTES
(1988)
R$ 30,00



VIVENDO COM A CONTRADIÇÃO - REFLEXÕES SOBRE A REGRA DE SÃO BENTO
ESTHER DE WAAL
MOSTEIRO DE STA CRUZ
(1998)
R$ 25,90



THE SEAT OF THE SOUL
GARY ZUKAV
SIMON & SCHUSTER
(1990)
R$ 10,00



THE ACTS OF THE APOSTLES
WILLIAM BARCLAY
THE SAINTANDREW PRESS
(1969)
R$ 29,00



PAVANA PARA UM MACACO DEFUNTO - ANTÔNIO GALVÃO NACLÉRIO NOVAES (TEATRO BRASILEIRO)
ANTÔNIO GALVÃO NACLÉRIO NOVAES
SNT/MEC
(1967)
R$ 25,00



CH'I ENERGIA VITAL
MICHAEL PAGE
PENSAMENTO
(1995)
R$ 8,00



O HEREGE DE SOANA - GERHART HAUPTMANN (LITERATURA ALEMÃ)
GERHART HAUPTMANN
DELTA
(1965)
R$ 8,00





busca | avançada
30533 visitas/dia
1,1 milhão/mês