O Casamento de Romeu e Julieta | Marcelo Miranda | Digestivo Cultural

busca | avançada
33888 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> JOALHERIA BRASILEIRA, HISTÓRIA, MERCADO E OFÍCIO
>>> Visita temática apresenta uma das Casas-Museu mais bonitas de São Paulo
>>> Pátio Alcântara celebra aniversário de São Gonçalo com programação especial
>>> Estação Plural traz uma conversa com a irreverente atriz Grace Gianoukas
>>> West Shopping recebe exposição gratuita 'Ontem, hoje e sempre...Rock'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
>>> A fotografia é um produto ou um serviço?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
>>> PETITE FLEUR
>>> O fantasma de Nietzsche
>>> O batom
>>> Dinheiro não tem cheiro
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Leonardo da Vinci: variações sobre um tema enigmático
>>> 29ª Bienal de São Paulo: a politica da arte
>>> Blog, o último furo jornalístico
>>> Blog, o último furo jornalístico
>>> Roubalheira vai parar o Brasil
>>> Alberto da Cunha Melo e as tocaias da poesia
>>> Alberto da Cunha Melo e as tocaias da poesia
>>> Mens sana in corpore sano
>>> Only time will tell
>>> A peça que faltava no seu projeto
Mais Recentes
>>> Almanaque Anos 70
>>> Almanaque 1964
>>> Enciclopédia do Estudante
>>> O futuro da arquitetura
>>> Manual Completo Do Automovel
>>> Passagens
>>> A Crise Dos 25
>>> A Proteção Do Sagrado
>>> Lições De Trevas
>>> Biblioteconomia No Brasil
>>> Crônicas De Vinho - In Vino Veritas
>>> Escrevendo Pela Nova Ortografia
>>> Vem, Senhor Jesus- Um Estudo do Livro de Apocalipse
>>> Elos da mesma corrente
>>> A Taça De Ouro
>>> Londres Chama
>>> Relações
>>> Turismo E Legado Cultural
>>> A Jornada Volume 2 - Caminhada Diária Com Deus
>>> Aquele mundo de Vasabarros
>>> Balada Do Pensamento
>>> O Menino Da Rosa
>>> Joana e os três pecados
>>> Responsabilidade No Trabalho
>>> Euclides Da Cunha: Da Glória Literária À Morte Trágica
>>> Pedaço Do Meu Coração
>>> Gerência Administrativa
>>> Nos ombros do cão
>>> Que Cara Tem O Aroeira?
>>> Pesquisas Em Relações Econômicas Internacionais
>>> B2b Application Integration
>>> A Grécia Antiga
>>> Aprenda A Usar O Computador E A Internet Através De Imagens
>>> Freakonomics - O Lado Oculto De Tudo Que Nos Afeta
>>> Spirit Nº 2
>>> Lendas Do Índio Brasileiro
>>> Introdução À Botânica Sistemática Vol. 1
>>> Jornalismo E Literatura
>>> Monitores De Mídia
>>> O mundo Pitoresco - Tomo 2 (China e Manchúria...)
>>> O mundo Pitoresco - Tomo 6
>>> Enciclopédia de estudos sociais - Geografia do Brasil, Moral e Civismo - Volume 2
>>> Juanribe pagliarim ( o evangelho reunido)
>>> Enciclopédia de estudos sociais - História do Brasil, Moral e Civismo - Volume 4
>>> Juanribe pagliarin (Jesus a vida completa )
>>> Enciclopédia de estudos sociais - História do Brasil, Moral e Civismo - Volume 3
>>> Reader's Digest, Seleções de livros/ Águas de fronteira - O lugar de uma mulher - Transplante - A guerra dos inocentes
>>> Reader's Digest, Seleções de livros/ Ilha do medo - Para sempre - Reação em cadeia - O solar de tia Harriet
>>> Reader's Digest, Seleções de livros/ Tempo de matar - O falcão da neve - Páreo dura - Dona Julia diz o que pensa
>>> Desmascarando o Espírito de Jezabel
COLUNAS

Segunda-feira, 4/4/2005
O Casamento de Romeu e Julieta
Marcelo Miranda

+ de 3000 Acessos

O diretor Bruno Barreto tentou carreira internacional e, em 2003, lançou nos EUA Voando Alto. Seguiu caminho inverso ao título e fez um dos maiores desastres de bilheteria da temporada (algo que pode até ser comprovado entre amigos nossos - alguém conhece qualquer um que tenha visto este filme? Eu, não). Aceitando que seu lugar é no Brasil, o homem responsável pelo maior sucesso do nosso cinema, Dona Flor e seus Dois Maridos (1976), que levou 12 milhões aos cinemas, voltou ao país de origem e preparou um filme ambientado no universo pelo qual o brasileiro é mais apaixonado: o futebol.

Universo é modo de falar. Na verdade, O Casamento de Romeu e Julieta é uma comédia romântica cujos personagens transitam entre a torcida e a dirigência do esporte. O que Bruno Barreto fez foi simplesmente criar um conflito entre duas famílias torcedoras de times rivais - de um lado, o verdão Palmeiras; do outro, o timão Corinthians. Torcedora fanática pelo primeiro, a personagem de Luana Piovani se apaixona por Marco Ricca, corintiano de três gerações. Em nome da amada, ele se faz passar por palmeirense para conquistar o pai da garota, verdadeiro "doente" pelo time, incluindo ser sócio do clube e amigo pessoal de seu presidente.

A premissa, confessemos, é criativa e bem-vinda. Como não se interessar por algo tão próximo ao nosso cotidiano? Em tempos de quebra-pau nos campos, torna-se saudável acompanhar a aventura de amor de duas pessoas "inimigas" de bola. O problema é que isso não é suficiente para Bruno Barreto. Em vez de deixar seu filme se desenvolver naturalmente, dando margem para as situações cômicas que poderiam surgir quando o "travestido" Ricca se insere em território hostil, o diretor torna a comédia quase um drama existencial - no pior sentido do termo.

O maior problema reside em querer tratar o tema de forma absolutamente séria. Sim, é verossímil a torcida fanática, o choro, o grito, o exagero típico de quem sofre verdadeiramente pelo time que torce. Mas daí a Barreto querer extrair disso tudo lágrimas de dor ou piedade do espectador vai longe. Os personagens lidam com o conflito como se fosse algo transcendental, momento decisivo de suas vidas, a hora de descobrir qual é o rumo a seguir.

Futebol, antes de tudo, é diversão. Não dá para criar algo nesse mundo em que não surja pura e simples diversão. A comédia que deveria dominar o filme por vezes é deixada de lado em nome do "desenvolvimento" dos dramas - sendo alguns momentos de pura gratuitade, principalmente quando o pai da moça enxerga o corintiano como se ele fosse um torturador nazista. Sabemos que a rivalidade entre esses times é gigantesca, o que em nada justifica a forma como Barreto tenta demonstrar isso. Afinal, ele parece ter feito um filme para expor como esse tipo de "guerra" pode soar estúpida e sem sentido, e que o bom mesmo é debochar do perdedor, ou choramingar e agüentar as brincadeiras quando somos nós os derrotados no campo. Mas não é o que está na tela: na tentativa vazia de dar profundidade ao clima de hostilidade entre as torcidas, Barreto apenas mistifica e estereotipa a atividade mais adorada por milhões de brasileiros - torcer pelo time do coração.

Há momentos em que O Casamento de Romeu e Julieta demonstra algo de seu potencial. A começar pelo início, quando Barreto apresenta os protagonistas em plena partida Corinthians X Palmeiras. Ele capta de forma próxima ao real a força dos estádios, todo o ardor da torcida. Em outros momentos, brinca saudavelmente com o amor à camisa, como quando o pai da garota leva para casa um dos craques que ajudaram o Palmeiras a ganhar de 8X0 em determinado jogo do passado, ou quando vemos seu rosto entristecido após a derrota do time no Japão; ou ainda quando acompanhamos as difíceis tentativas do personagem de Ricca se contendo para não celebrar os gols do Corinthians e evitar tirar sarro da cara do sogro quando é o Palmeiras o encrencado.

Mas se existe uma força verdadeira no filme, esta reside em Luís Gustavo, como o pai. Provavelmente numa das grandes interpretações humorísticas de toda a sua carreira - e talvez do cinema brasileiro em muitos anos -, ele expressa à perfeição todo o jeito caricato de seu personagem, num tom que deveria se adequar ao filme como um todo. Italianíssimo no sotaque e jeito de se comportar em cena, falador, gesticulador e demonstrando clara alucinação pelo Verdão, Gustavo serve de alma para o filme (se existir uma). Ele consegue suplantar até mesmo a beleza quase cósmica de Luana Piovani ou a boa presença de Marco Ricca nas cenas em que os três dividem a câmera. Está anos-luz à frente de Bruno Barreto, cineasta que ainda acredita não ser possível criar uma comédia focada apenas na farsa, não na tentativa frustrada e impossível de reproduzir um real que simplesmente não existe - ainda mais falando de futebol e amor.

Nota do Editor
Este texto foi originalmente publicado no site Cinefilia e conta com a autorização do autor e do editor para esta reprodução.


Marcelo Miranda
Juiz de Fora, 4/4/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Em defesa das calçadas de Eduardo Carvalho


Mais Marcelo Miranda
Mais Acessadas de Marcelo Miranda em 2005
01. O enigma de Michael Jackson - 26/9/2005
02. 24 Horas: os medos e a fragilidade da América - 4/7/2005
03. Abbas Kiarostami: o cineasta do nada e do tudo - 10/1/2005
04. O faroeste não morreu. Está hibernando - 1/8/2005
05. Filmes maduros e filmes imaturos - 24/10/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMO OUVIR A VOZ DE DEUS
CHARLES STANLEY
HAGNOS
(2000)
R$ 15,00



PINOCHIO
ADAPTACAO LAZARA VALDES MUNAR
PUEBLO Y EDUCACION
(2009)
R$ 13,00



DICIONÁRIO ESCOLAR INGLÊS/PORTUGUÊS
LARROUSSE
LARROUSSE
(2009)
R$ 28,00



ESCONDENDO EDITH - UMA VERDADEIRA HISTÓRIA
KATHY KACER
MELHORAMENTOS
(2010)
R$ 42,50



AS CHAVES DO REINO
L. PALHANO JR.
PUBLICAÇÕES LACHÂTRE
(2000)
R$ 2,00



O OURO BRASILEIRO E O COMÉRCIO ANGLO-PORTUGUÊS
VIRGÍLIO NOYA PINTO
NACIONAL/INL
(1979)
R$ 15,00



HISTÓRIA - PASSADO PRESENTE - BRASIL COLÔNIA 1º GRAU
SONIA IRENE DO CARMO
ATUAL
(1994)
R$ 5,00



RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL
RICARDO PIGLIA
FOLHA DE SÃO PAULO
(2012)
R$ 20,00
+ frete grátis



REVISTA: TEMPO BRASILEIRO - CULTURA, ARTE, LITERATURA
EDUARDO PORTELLA (ORG.)
TEMPO BRASILEIRO
(1973)
R$ 12,00



O LEÃO FERIDO (LACRADO)
MIA SHERIDAN
ARQUEIRO
(2016)
R$ 18,90





busca | avançada
33888 visitas/dia
993 mil/mês