Adeus, coxinha & cia. | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
44543 visitas/dia
947 mil/mês
Mais Recentes
>>> Companhia de Danças de Diadema leva "por+vir" ao palco do Teatro Clara Nunes
>>> 38ª Edição da Feira da Comunidade acontece no domingo, 29 de outubro, na A Hebraica
>>> Alex Flemming inaugura intervenção "Anaconda" na Casa-Museu Ema Klabin
>>> Fundação Ema Klabin abre Festival Internacional de Música Judaica
>>> Projeto Jardim Imaginário inaugura a instalação "Penetra" de Marcius Galan
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Filipeta invulgar
>>> Toscanini e o Hino da República
>>> A máquina de escrever.
>>> Vegetativo
>>> Açaí com granola
>>> Em suspenso
>>> Nesse mundo de anjos e demônios
>>> A lâmpada
>>> Irredentismo
>>> Tabela periódica
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Duas crises: a nossa e a deles
>>> O fim da obrigatoriedade do diploma no jornalismo
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Pulga na praça
>>> Você vai ser grande
Mais Recentes
>>> O Livro Perdido das Bruxas de Salem
>>> O Pote Vazio
>>> La Gran Sabana
>>> Del Roraima al Orinoco
>>> Bioquimica Clínica para o Laboratório- Principios e Interpretações 5ª ed.
>>> Alimentos Light e Diet- Informação Nutricional
>>> Mecânica Ortodôntica Corretiva em Typodont
>>> Ecofisiologia dos Vertebrados-Introdução aos Seus Principios e Aplicações
>>> Patologia Estrutural e Funcional 5ª ed.
>>> Rosa Maria No Castelo Encantado
>>> Hino do Universo
>>> Al-Qaeda
>>> Falsificação de Remédios e Poder de Polícia
>>> A Ditadura Encurralada
>>> Semiologia Cardíaca-Diagnostico e Tratamento Junto ao Leito 5ª ed.
>>> Blackwater
>>> O Peixinho Azul E Outras Histórias
>>> Terrorista
>>> Manual de Sinais e Sintomas 3ª ed.
>>> Falcão Meninos do Tráfico
>>> Odontologia Hospitalar
>>> A Arte da Sedução
>>> Deraldo Motta realizador de sonhos
>>> Ventilação Mecânica em Neonatologia e Pediatria
>>> A Fonoaudiologia na Paralisia Cerebral-Diagnostico e Tratamento
>>> Disturbios do Sono e a Odontologia-Tratamento do ronco e Apineia
>>> Disturbios da Voz e seu Tratamento
>>> Educação em Saude-Com Enfoque em Odontologia e em Fonoaudiologia
>>> An Introduction to the Invertebrates 2ª ed.
>>> Fisioterapia em Pediatria 3ªed.
>>> Tratado de Yôga
>>> Moral Cristã em tempos de relativismos e fundamentalismos
>>> Otávio Mangabeira e sua Circunstância
>>> Guia para amar a si mesma e viver melhor a adolescência
>>> Ela disse, ele disse
>>> Controvérsias em Periodontologia-º1 - Periodontologia 2000
>>> Os Lusíadas - Reprodução paralela das duas edições de 1572
>>> Manual da Série Branca
>>> Saudades da Guanabara & O campo político da cidade do Rio de Janeiro (1960-1975)
>>> Step By Step Minimally Invasive Glaucoma Surgery
>>> O fiador dos brasileiros & Cidadania, escravidão e direito civil no tempo de Antônio Pereira Rebouças
>>> Mulato: negro-não negro, branco não-branco
>>> Tropeços da medicina bandeirante + Medicina paulista entre 1892-1920
>>> Apontamentos para a História da Revolução Riograndense de 1893
>>> A criação de periquitos e seus cuidados
>>> Gripe: história da pandemia de 1918
>>> Bilhões e bilhões & Reflexões sobre vida e morte na virada do milênio
>>> O mundo assombrado pelos demônios & A ciência vista como uma vela no escuro
>>> A Escravidão Reabilitada
>>> A Lógica do Mercado de Ações
COLUNAS

Quinta-feira, 27/9/2007
Adeus, coxinha & cia.
Elisa Andrade Buzzo

+ de 3200 Acessos


foto: Sissy Eiko

O paulistano, longe de seu habitat natural, pode recorrer a guaraná por cinco euros, suco de maracujá da África do Sul ou mesmo feijão em lata, mas não é a mesma coisa. Se esfiha, croquete e yakisoba de calçada estão apartados dele (como diria o poeta), o jeito de viver é relembrando, relembrando...

Por isto, esta coluna traz um miniguia gastronômico para desejos expressos, com oito delícias paulistanas por até oito reais. Algumas por bem menos. Algumas verdadeiras refeições, outras sobremesas ou comida de passagem. Cada uma delas traz como acompanhamento o ambiente em que são consumidas, espécie de cartão-postal comestível. E será que algo é mais saboroso na imaginação de quem sonha do que na boca de quem come? Se o amor à distância é o mais sofrido e duradouro, a água na boca por elas só tende a aumentar.

Churrasquinho grego no centro de São Paulo - Nada melhor do que conhecer a realidade paulistana fazendo um passeio pelo centro da cidade, admirar os prédios antigos e os calçadões cravejados de pirataria. Estar em São Paulo e não freqüentar o centro é passar a vida em cinza. Quando bater aquela fome, a solução vai estar sempre à sua frente. Escolha o espeto em que a carne estiver mais gorda e acompanhe seu corte, as lascas caindo no pão francês suavemente. Tudo por um real, e ainda com o suco, grátis. Acompanhe o movimento da rua, integre-se como monumento vivo. Não se furte em comer com a boca aberta, se preferir. Ninguém está olhando pra você.

Coxinha do Viena - Se a coxinha é uma especialidade brasileira, talvez não seja exagero dizer que a coxa mais desejada do mundo seja a do Viena. A combinação levemente crocante por fora (casquinha da massa) e macia por dentro (recheio de frango cremoso) confere perfeição a essa iguaria. Não é uma coxinha que muda de gosto assim como quem troca de roupa. Ela tem um sabor inconfundível que acompanha até mesmo sua versão pequena. Ideal para ser consumida jogando charme no quiosque do Conjunto Nacional. E de boca fechada, claro.

Bolo de morango do Café V. - A maior atração da Livraria Cultura do Conjunto Nacional não são os livros. Nem mesmo o pé-direito alto ou os dinossauros-incentivo-à-leitura-para-as-crianças. Enquanto algumas prateleiras do primeiro andar estão às moscas, o Café V. está bombando no térreo. Quem tiver o ar blasé ou cara de intelectual freqüentemente vistos pela casa é porque não está comendo bolo de morango. No empurra-empurra das cadeiras marrons estofadas este manjar é self-servido em pratos brancos quadrados e garante cinco minutos de felicidade. A explicação é a massa dupla de pão-de-ló super macia recheada com creme e morangos.

Bandejão Central da USP - Amado por alguns, odiado por muitos, o maior restaurante universitário da USP está envolto por uma camada de preconceito. Não, não é mais servido leite no almoço. Os gatos não entram mais lá, embora haja cachorros pidões na saída. Há tantos pontos positivos em comer no bandejão que fica até difícil enumerar! O bandejão é o campeão da relação custo-benefício, ou seja, você faz uma refeição equilibrada, variada (com arroz, feijão, duas misturas quentes, salada, suco, água, pão e sobremesa) e saudável por um real e noventas centavos (valor do tíquete para uspianos). O bandejão permite observar a fauna uspiana (ok, parte dela apenas) e reencontrar velhos amigos. É o melhor programa antes de entrar nas aulas noturnas. Não perca os dias de bolo de chocolate, panqueca ou batata sauté. Fuja do chuchu crocante, do arroz com passas e das carnes com gordura.

Hambúrguer do Hobby - Escondido por folhas de palmeiras, este hambúrguer, quando descoberto, é tesouro guardado e relembrado. A casa na Rua Cardoso de Almeida ostenta um "desde 1969". Conjugado com o hambúrguer de carne macia, suculenta e levemente salgada, o ambiente é acolhedor - tanto o balcão quanto as mesinhas da varanda. A lanchonete fica aberta até o começo da madrugada e no final da noite pode ter uma filinha de espera. Não é à toa...

Lasanha do Café Haiti - Mais uma das surpresas do centro da cidade, que só mesmo um amigo desbravador de PFs pode revelar. O caminho é a Rua Barão de Itapetininga, seguindo depois para a Galeria Califórnia. Se é verdade que este bar teve a primeira máquina de café expresso da cidade, não sei, mas a lasanha do Haiti é garantida. Dois pedaços graúdos com carne moída e molho de tomate. Assim como o bom humor do crew. Chegue cedo se não quiser ficar no balcão. Lembre-se que quinta-feira é o dia de massa nos botecos.

Dog prensado do Terminal Urbano na Estação Vila Mariana - Um pão, duas salsichas e galões de maionese, ketchup e mostarda apertados a cada segundo. Nesta verdadeira praça de alimentação popular podem ser encontrados quitutes rápidos por preços ínfimos, para aplacar aquela fome mais rasteira. E que muitas vezes surge atiçada diante de tantas propostas irrecusáveis. Aqui o sentimento breve de satisfação é entrar no ônibus e enfrentar uma longa viagem até o recôncavo da Zona Sul, munido de um dog prensado de noventa e nove centavos. Como o cheiro geralmente é seu maior atrativo, coma ainda quente. E não espere receber um centavo de troco.

Pipoca doce da Avenida Paulista esquina com a Rua Maria Figueiredo - Você está confortavelmente sentado no ônibus, voltando pra casa, e aparece uma mão invisível no seu nariz, fazendo cosquinha, você se levanta e segue esta mão que se desdobra em arabesco diáfano, atravessa carros e motos sem ser atropelado, você está fora de de si, flutuando na freqüência daquele cheiro doce e magenta. Agora, você se vê na frente do pipoqueiro e só resta comprar um saquinho, nem que seja o pequeno. Coma devagarzinho, investigando a superfície lustrosa do grão inchado, mas sem perder de vista os buracos da calçada. Pegue o sentido Paraíso e aproveite a caminhada para ir até o Paulista. Programa típico: shopping no final do expediente, curtindo o fato de não estar mais no congestionamento. C'est si bon, cette petite sensation...


Elisa Andrade Buzzo
Bordeaux, 27/9/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Srta Peregrine e suas crianças peculiares de Ricardo de Mattos
02. A noite do meu bem, de Ruy Castro de Julio Daio Borges
03. Notas sobre a Escola de Dança de São Paulo - I de Elisa Andrade Buzzo
04. Proibir ou não proibir? de Cassionei Niches Petry
05. Os encontros dos estranhos de Elisa Andrade Buzzo


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2007
01. Ecos digitais: poema-em-música - 4/1/2007
02. Casa cor-de-rosa - 8/11/2007
03. A Via Láctea de Lina Chamie - 27/12/2007
04. Meninas eu vi - 26/4/2007
05. A brasileira - 22/2/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CASAMENTO INESQUECÍVEL
RACHEL BSILEY E ROBYN GRADY
HARLEQUIN
(2013)
R$ 4,99



TEORIAS DA PSICOPATOLOGIA E PERSONALIDADE-ENSAIOS E CRÍTICAS
THEODORE MILLON ( ORG)
INTERAMERICANA
(1973)
R$ 22,30



PLAIDOYER POUR L' EUROPE DECADENTE
RAYMOND ARON
ROBERT LAFFONT
(1977)
R$ 18,00



O HOMEM QUE VIA O TREM PASSAR
GORGES SIMENON
NOVA FRONTEIRA
(2006)
R$ 16,70



ATLAS NATIONAL GEOGRAPHIC: DICIONÁRIO GEOGRÁFICO F/K
EDITORA ABRIL
ABRIL COLEÇÕES
(2008)
R$ 12,00



A GRANDE CATÁSTROFE DE 1983 - UMA PREVISÃO ASSUTADORA
BORIS CRISTOFF
RECORD
(1979)
R$ 5,89



A MORTE DA RAZÃO ( ESCAPE FROM REASON)
IFRANCIS SCHAEFFER
FIEL
(1974)
R$ 19,20



RIPENING SEED
COLETTE
PENGUIN BOOKS
(1987)
R$ 23,00



JESUS. ENSINAMENTOS ESSENCIAIS
ANTHONY DUNCAN
CULTRIX
(1995)
R$ 12,00



VIAGEM AO CENTRO DA TERRA VOL. 19
JÚLIO VERNE
ABRIL CULTURAL
(1972)
R$ 16,00





busca | avançada
44543 visitas/dia
947 mil/mês