Meus discos, meus livros, e nada mais | Adriana Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
22843 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> Rogério Skylab lança novo trabalho
>>> Tassia Tercero, Confeiteira Gourmet, lança o livro Brigadeiro - Do Brasil Para o Mundo
>>> Educadora compara manuais pedagógicos que viajaram entre Brasil e Portugal
>>> Francisco Marto de Moura ministra aula sobre o Novo Acordo Ortográfico na Universidade do Livro
>>> Trabalhador brasileiro é homenageado em exposição no Sesc D.Pedro II
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
Últimos Posts
>>> Pierrô
>>> Lugar comum
>>> Os galos
>>> Cenas do bar - Wilsinho, o feio.
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Homenagem a Yumi Faraci
>>> Transei com minha mãe, matei meu pai
>>> A Invenção de Orfeu de Jorge de Lima
>>> Abrir os portões de Auschwitz sessenta anos depois
>>> Abrir os portões de Auschwitz sessenta anos depois
>>> Apresentação
>>> Proibir ou não proibir?
>>> Os Franceses, de Ricardo Corrêa Coelho
>>> Jogando uma pedra no poço sem fundo
>>> A arte contemporânea refém da insensatez
Mais Recentes
>>> Dicionário de Linguística
>>> Civilizações Misteriosas
>>> Dragon Lords: O Reino dos Dragões (Disney)
>>> Primeira lição uma cartilha metafísica
>>> Livro A Arte Da Estratégia
>>> O Estrangeiro
>>> O ultimo reino
>>> O livro perdido das bruxas de salem
>>> As treze reliquias
>>> Iluminadas
>>> Caçadores de almas segredos e maldições
>>> A formula da Eterna Juventude e outros experimentos nazistas
>>> Eixo Especial 2 - Vingadores - X-Men
>>> Eixo Especial - Vingadores - X-Men
>>> Como pegar a joia do dragão, por Soluço Spantosicus Strondus III
>>> A história dos Novos Bahianos e outros versos
>>> O ancião que saiu pela janelas e desapareceu
>>> Elis Regina: Nada será como antes
>>> O novo paradigma para os mercadso financeiros: a crise atual e o que ela significa
>>> Give your speech, change de world: how to comunicate your audience to action
>>> Desvendadno os Segredos da Linguagem Corporal
>>> A sense of urgency
>>> O poder dos quietos: como os tímidos e introvertidos podem mudar um mundo que não para de falar
>>> O mundo imaginário de ...
>>> Missão dada é missão cumprida: as regras do exército
>>> Projetado para mudar: Inovação organizacional na Hewlett-Packard
>>> Emgreça com a Dieta dass Calorias do Bem
>>> O Corpo Fala
>>> Lendas Do Mundo Emerso 3 - Os últimos Heróis
>>> Lendas Do Mundo Emerso 2 - Filha Do Sangue
>>> Lendas Do Mundo Emerso 1 - O Destino De Adhara
>>> Crônicas Do Mundo Emerso 3 - O Talismã do Poder
>>> Crônicas Do Mundo Emerso 2 - A Missão de Senar
>>> Crônicas Do Mundo Emerso 1 - A Garota da Terra Do Vento
>>> As Guerras Do Mundo Emerso 3 - Um Novo Reino
>>> As Guerras Do Mundo Emerso 1 - A Seita Dos Assassinos
>>> As Guerras Do Mundo Emerso 2 - As Duas Guerreiras
>>> Para Viver Bem
>>> Albert Einstein - personagens que marcaram época
>>> Mitologia Nórdica
>>> O Livro dos Arteiros: Arte Grande e Suja!
>>> Leila Diniz - Personagens que marcaram época
>>> A 5ª Onda
>>> O Mar Infinito
>>> Contos Brasileiros Contemporâneos
>>> A dissertação
>>> Mensagem para você
>>> Cartas de Amor aos Mortos
>>> Arte o Guia Visual Definitivo da Arte da Pre Historia ao Seculo XXI
>>> Princípios Básicos de Análise ddo Comportamento
COLUNAS

Quinta-feira, 11/10/2007
Meus discos, meus livros, e nada mais
Adriana Carvalho

+ de 4400 Acessos

O que faço com os discos de vinil? Na casa nova não há espaço para guardá-los. Nem tenho toca-discos, só uma caixinha com uma agulha antiga. Mas é doloroso pensar em me desfazer deles. Alguns são amigos de infância, como este que traz na capa a Emília do Sítio do Pica-Pau Amarelo, vestida de noiva. Os da coleção Disquinho, que eram os meus preferidos, já se perderam faz tempo. Assim como a vitrolinha portátil azul e só minha. Adorava aqueles que eram coloridos: azuis, roxos. Dava vontade de morder. Ouvi até quase furar o da Estória da Baratinha, com fita no cabelo, dinheiro na caixinha, abandonada no altar pelo Dom João Ratão, aquele que caiu na panela do feijão. Felizmente os disquinhos foram relançados em CD e já tenho todos em MP3.

Eu ouvia os discos dos adultos também. Um dos meus preferidos era este aqui, com a orquestra filarmônica de Berlim interpretando Claude Debussy, Modest Mussorgsky e Maurice Ravel. Colocava para tocar e viajava na ilustração da capa enquanto imaginava histórias para os sugestivos títulos das peças do compositor russo: A cabana de Baba Yaga sobre pés de galinha, A grande porta de Kiev e O velho castelo. O Bolero de Ravel também me cativava, deixando Debussy para escanteio.

Aqui está um disco da Maria Bethânia, o Pássaro da Manhã, com a capa toda rabiscada de caneta. Na foto, as lágrimas borram a maquiagem da cantora e eu me lembro de, bem pequena, perguntar: "Vó, por que essa moça está chorando?", e dela, na falta de explicação melhor, responder: "Porque ela é muito feia". Outra capa da Bethânia que me impressionava era uma ilustração dela com um monte de bichos e insetos subindo por seus seios e mãos (Recital na Boite Barroco). Eu confesso que ela não estava entre meus preferidos da MPB. Até que fui ouvi-la em um show: ela é uma entidade sobrenatural no palco. Um monumento de voz. Não há como negar. Quem eu amava (e amo ainda) de verdade era o Chico Buarque. Pedia para ouvir os discos do "tio Chico" e achava que ele era meu tio de verdade. Quem dera...

Antes mesmo dos discos, quem primeiro se mudou para a casa nova foram os livros. Montanhas deles. Responsáveis pela falta de pragmatismo na hora da arrumação. Olho um por um, paro para ler um trecho. Assim não vou terminar essa mudança nunca. Fico orgulhosa de ver que já temos uma biblioteca razoável. Se eu fosse uma pessoa metódica e organizada, poderia até colocar plaquinhas nas prateleiras para dividir os assuntos: dicionários, literatura brasileira, literatura estrangeira, psicologia, economia, música, artes plásticas, quadrinhos e miscelânea. Se eu fosse.

Entre os pequenos tesouros está o volume autografado de O banqueiro dos pobres, de Muhammad Yunus, ganhador do prêmio Nobel da Paz em 2006. É o economista que desceu dos pedestais da academia para para constatar a velha máxima que diz que, na prática, a teoria é outra. Por essa disposição de espírito, conseguiu criar um sistema realmente inovador e eficiente de crédito para aqueles que mais precisam dele.

Na categoria miscelânea estão pérolas como Livro da Sabedoria, de Pedro de Lara, "presente" que dei para meu marido acompanhado de um autógrafo do autor em um folheto das casas Marabraz, no qual ele fez questão de acrescentar os dias ideais para eu engravidar(!), números da sorte e uma recomendação para obter desconto na loja de móveis. "O filho, quando não presta, é espermatozóide estragado", é uma das frases do livro. Pedro de Lara, que faleceu no último 13 de setembro, circulava no centro velho de São Paulo, onde eu trabalho. Sentava para conversar e tomar tubaína com os estudantes da faculdade de música que almoçam prato feito em uma lanchonete da região, arrumava caso nas filas de banco, na farmácia, mas era muito bem humorado. Um colega de trabalho certa vez revelou que começou na profissão escrevendo falsas cartas de ouvintes relatando "sonhos" que eram interpretados no rádio pelo humorista, jurado do Sílvio Santos, ator de pornochanchadas e professor Salsi-Fufu do programa do Bozo.

Em retribuição ao meu "presente", ganhei um CD autografado do Agnaldo Timóteo que, trajando ternos de cores, digamos, pouco usuais, ainda faz ecoar sua voz nos corredores da Câmara Municipal de São Paulo, onde é vereador. Ainda na categoria miscelânea está o Método Silva de controle mental, um clássico da auto-ajuda que a meu ver merece nota 5 em uma escala de 1 a 5 para avaliação de bizarrices. Foi também "presente", dessa vez de nosso amigo Ernesto, que teve a pachorra de ligar de Londres certa manhã-madrugada só para dizer que havia descoberto qual é o único alimento que encaixa na boca do Darth Vader: chocolate Toblerone.

Olhar meus livros me angustia quando dou conta da enorme fila de títulos que ainda esperam para ser lidos. Se eu tivesse espírito matemático, montaria uma estatística de volumes na estante versus volumes já lidos para observar a trajetória do indicador ao longo do tempo e verificar se minha capacidade de leitura está crescendo ou diminuindo. Mas tenho certeza que está diminuindo, infelizmente, dado que o tempo diário disponível para a atividade não ultrapassa a viagem de ida e volta de metrô casa-trabalho-casa, ao contrário de quando eu era adolescente e podia passar algumas tardes largada com os livros.

O primeiro da minha fila, porém, sumiu na mudança, misteriosamente. O homem e seus símbolos, de Carl G. Jung, não estava em nenhum dos pacotes de livros. Abri um por um com a certeza de que estaria no último só porque eu o estava procurando e a lei de Murphy é poderosa. Mas nem no último estava. O que me fez lembrar uma frase do Barão de Itararé: "De onde menos se espera é que não sai mesmo coisa nenhuma". Paciência, o jeito é procurar mais e eleger um substituto enquanto ele não aparece. Será que finalmente vou preencher algumas das lacunas da minha formação cultural e atacar Grande Sertão: Veredas? Ulisses, de Joyce, acho que ainda não é o momento. Coloquei-o no fundo da estante, o que é uma ótima desculpa para não pegá-lo. Vejo livros que foram grandes paixões e penso em relê-los, como alguns volumes de contos de Tchekhov, outros de Cortázar. Mas penso economicamente, porque dedicar tempo à releitura quando há tanta leitura ainda para ser feita. Analiso também a possibilidade de terminar grandes títulos que comecei, amei e não sei porque larguei, como o Decamerão. Bom, terei que decidir isso depois. Ainda temos uma pia para consertar, todos os móveis para transportar, pintura para fazer. Enfim, os outros detalhes menores da mudança.


Adriana Carvalho
São Paulo, 11/10/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Palácio dos sabores 2/5 de Elisa Andrade Buzzo
02. Intolerância de Guilherme Pontes Coelho
03. Amantes, tranquila inconsciência de Vicente Escudero
04. O gato diz adeus de Marcelo Spalding
05. Agruras e delícias nos cinemas de São Paulo de Elisa Andrade Buzzo


Mais Adriana Carvalho
Mais Acessadas de Adriana Carvalho em 2007
01. Minhas caixas de bombons - 14/6/2007
02. Meta-universo - 16/8/2007
03. Esses romanos são loucos! - 22/3/2007
04. Práticas inconfessáveis de jornalismo - 12/7/2007
05. Meus discos, meus livros, e nada mais - 11/10/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS
JORGE AMADO
LIVRARIA MARTINS
(1970)
R$ 9,00



O LIVRO DENTRO DA CONCHA
RICARDO FILHO
GLOBO
(2011)
R$ 16,73



DONNIE DARKO
RICHARD KELLY
DARKSIDE BOOKS
(2016)
R$ 20,00



MATEMÁTICA II - SÉRIE PRÁTICA
JOSÉ CARLOS TEIXEIRA E OUTROS
MARCO
(1983)
R$ 20,00



O PODER DE CURA DAS PLANTAS VOL.
MARCOS STERN
GLOBO
R$ 8,19



THREE STEPS FORWARD TWO STEPS BACK: PERSEVERING THROUGH PRESSURE
CHARLES R. SWINDOLL
WORLD WIDE
(1980)
R$ 21,00



HISTÓRIA DO BRASIL
BARÃO DO RIO BRANCO
NÃO CONSTA
R$ 100,00



A NOVA LITERATURA - IV A CRÍTICA
ASSIS BRASIL
CIA AMERICANA
(1975)
R$ 8,99



UM LUGAR NA JANELA
MARTHA MEDEIROS
L&PM
(2013)
R$ 11,90



A CRUZ E O PUNHAL
REV. DAVID WILKERSON
BETÂNIA
(1983)
R$ 3,00





busca | avançada
22843 visitas/dia
829 mil/mês