Eleição local, disputa nacional? | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
32715 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Eleições 2008

Quarta-feira, 8/10/2008
Eleição local, disputa nacional?
Vicente Escudero

+ de 3100 Acessos
+ 3 Comentário(s)


Ela, anula.

A eleição para prefeito e vereador passou e o eleitor escolheu entre sapatear sem controle por quatro anos, como no comercial da Justiça Eleitoral, ou votar em candidatos sérios. Tal escolha parecia fácil, mas não era. Se o sapateado compulsivo é ridículo, pelo menos é aparente, comparado ao balé adiposo, dançado secretamente nos bastidores dos governos, a cada pizza preparada no forno onde queima a ética da política.

Daí a função do eleitor: pedir a conta da redonda na urna. Num domingo tranqüilo, o eleitor votou usando a segura urna eletrônica, ainda que tenha enganado algum miliciano com uma foto falsa do voto no candidato "Machado de Assis" ou "Guimarães Rosa". A extensão da ficção, neste caso, era livre como o direito de votar.

A única história que não devia sair na foto era a da venda do voto. Se o candidato prometeu trocar alguma coisa pelo seu voto, não duvide que ele figurará, em breve, na famigerada lista suja, divulgada pela Associação dos Magistrados do Brasil, ou até mesmo tentará dar o pulo do gato para um cargo estadual ou federal na próxima eleição, deixando você na mão quando tiver de recorrer ao poder público atrás de melhorias para seu bairro.

E é com o alpinismo político, insidioso, que o eleitor deve estar atento.

Um dos fatores que mais pesam na escolha do candidato, pelo eleitor, nas eleições municipais, é o seu vínculo com a região onde é mais conhecido ou onde atua de forma consistente. Se o vereador ou prefeito abandona o cargo no meio do mandato para concorrer em outra eleição, deixando um substituto desconhecido em seu lugar, a confiança depositada pelo eleitor em seus projetos se esvai. Como acreditar em novos projetos de alguém que sequer cumpriu promessas menores? Se a educação primária de um município não é melhorada, o que dizer das promessas de mudanças em todo o sistema educacional de um Estado?

Analisando os critérios desta escolha, seria possível afirmar que o localismo adotado na justificação do voto ensejaria uma predisposição natural do eleitorado a aceitar o sistema de voto distrital?

Mas o que é o sistema de voto distrital?

Atualmente, o Brasil adota dois sistemas de voto nas eleições: o majoritário e o proporcional. Através do majoritário, é eleito o candidato que obtiver maior número de votos válidos para o cargo em disputa. Este sistema é usado na eleição para Presidente da República, senadores, governadores e prefeitos. Para a eleição de senadores, há apenas um turno; entretanto, tratando-se das outras três chefias do Executivo, se o candidato obtiver a maioria absoluta dos votos válidos, será eleito no primeiro turno; não alcançada a maioria absoluta, haverá segundo turno. Nos municípios com menos de duzentos mil habitantes há, obrigatoriamente, apenas um turno na eleição para prefeito.

Já no sistema proporcional, adotado nas eleições dos legislativos federal, estadual e municipal, inicialmente, descobre-se qual o número de votos válidos na eleição do respectivo cargo; depois, divide-se este total pelo número de cadeiras existentes na casa legislativa respectiva (Câmara dos Deputados, Assembléia ou Câmara Legislativa, Câmara de Vereadores). O resultado desta divisão é chamado de "quociente eleitoral" e indica quantos votos são necessários para angariar uma cadeira. Finalmente, divide-se o número de votos do partido pelo quociente eleitoral. Desta divisão resulta o número de cadeiras a que o partido terá direito na casa respectiva. A partir daí, as cadeiras conquistadas por cada partido são ocupadas pelos candidatos com mais votos.

O sistema distrital, defendido pela maioria dos analistas políticos, diminui o poder da legenda pois vincula o candidato ao local em que foi eleito e ao voto de seus eleitores. Se no sistema proporcional um só candidato, eleito por determinado partido, é capaz de trazer para a casa legislativa outros candidatos que não tiveram votação expressiva (como ocorreu no caso do falecido deputado federal Enéas Carneiro e seu partido, o PRONA), no sistema distrital a vitória arrasadora legitima apenas a eleição do próprio candidato. Numa eleição para vereador através do sistema distrital, a cidade é dividida em diversos distritos de acordo com vários critérios, dentre eles o número de habitantes, e em cada um deles é realizada uma eleição para vereador pelo sistema majoritário. Vale ressaltar que nos países onde o sistema distrital é adotado, a relação entre eleitores e parlamentares é tão forte que o vencedor na eleição acaba mantendo um escritório no distrito que o elegeu durante todo o mandato, para atender as demandas da população. Já não passou da hora de adotarmos este sistema? Afinal, como lembrou o ex-presidente do TSE, Carlos Velloso, apenas Brasil e Finlândia ainda adotam o sistema proporcional com listas abertas.

Em tempos de eleição, para os niilistas, há muita esperança em torno daquilo que já está consumado: mais quatro anos com os mesmos problemas. Mas, ainda que o nosso sistema eleitoral facilite distorções e dificulte a vida do eleitor, obrigando-o a votar sem obrigar o eleito a, no mínimo, ser honesto, vale lembrar as palavras de Abraham Lincoln, nestes tempos de escândalos e crashs financeiros, verdadeiro juízo final que recomeça, diariamente, entre o jornal matutino e o noturno: "Uma cédula eleitoral tem mais força que um tiro de espingarda".

Seriam as balas de festim?


Vicente Escudero
São Paulo, 8/10/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sombras Persas (III) de Arcano9
02. Na ponta dos dedos de Marcelo Barbão


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero
01. Oversharing: que negócio é esse? - 24/6/2010
02. A mitologia original de Prometheus - 2/8/2012
03. Colocando o preto no branco das câmeras digitais - 12/8/2010
04. Kindle, iPad ou Android? - 14/4/2011
05. Ascensorista para o arranha-céu da literatura - 13/7/2007


Mais Especial Eleições 2008
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/10/2008
11h44min
... e assim prossegue o círculo vicioso das democracias representativas de massa e de mercado, nas quais a liberdade do cidadão está restrita apenas ao momento do voto. Abraços do Sílvio Medeiros. Campinas, é primavera de 2008.
[Leia outros Comentários de Sílvio Medeiros]
8/10/2008
19h25min
Devemos continuar a acreditar na força do voto, que tem a força de um tiro, como disse Lincoln, porque temos exemplos maravilhosos de políticos que mostraram verdadeiros milagres de transmutação de caráter, apesar de saírem da prática dos piores tipos de crimes. Certo pastor de igreja evangélica, a qual conhecidamente explora o povo, se afastou de suas atividades sacerdotais, tornou-se político, tentando se eleger como prefeito de uma cidade brasileira de porte. Sem sucesso, anda envolvido com o crime organizado, segundo informam os jornais. Mesmo assim, todo mundo desce o pau no cara. Ara, mas o que querem este bando de gente curta e inflexível! Que, numa só vida, o sujeito saia do colo do capeta e voe para as nuvens de Jesus? Eu, de mim, fico impressionado com a evolução do sujeito. Tenho que admitir que a fé dos pobres fiéis que o ouviam removeu mesmo montanhas.
[Leia outros Comentários de mauro judice]
9/10/2008
17h39min
Pra transformar não basta votar, mas estabelecer no voto um conjunto de valores que vão desde a ética, o respeito, até a arte de sentir as dores do mundo e a ciência de fazer com que as dores do mundo se transformem em felicidade. Votar não deve ser um copo de cerveja, mas ser um copo de responsabilidade, de uma busca capaz de dinamizar a estrutura de viver.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MUNDOS ALÉM DO HORIZONTE
JOACHIM G. LEITHAUSER
CIA. NACIONAL
(1959)
R$ 11,00



BOTTLE FACTORY OUTING
BERYL BAINBRIDGE
PENGUIN UK
(1995)
R$ 10,00



BRASIL SÍNTESE DA EVOLUÇÃO SOCIAL
ALUYSIO SAMPAIO
HUCITEC
(1974)
R$ 8,49



ESCRITOS DE GREGÓRIO DE MATOS
HIGINO BARROS (SELEÇÃO E NOTAS)
L&PM
(1986)
R$ 8,91



POMPOAR - A ARTE DE AMAR
STELLA ALVES
MADRAS
(2002)
R$ 12,00



VIAGEM PELA MENTE DE UM MUÇULMANO
HASSAN HATHOUT
AMERICAN TRUST PUBLICATIONS
(1997)
R$ 12,00



EL MITO DE LA GLOBALIZACION NEOLIBERAL: DESAFIOS Y RESPUESTAS
INICIATIVA AUTOGESTIONARIA
ACC CULTURAL CRISTIANA (MADRI)
(1999)
R$ 39,28



O ARQUITETO E AS LEIS MANUAL JURIDICO PARA ARQUITETOS
JORGE KONIGSBERGER E LIZIA MANHAES DE ALMEIDA
PINI
(2003)
R$ 69,00



CURSO DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL
SERGIO SHIMURA/ANSELMO PRIETO ALVAREZ
MÉTODO
(2013)
R$ 33,76



DICIONÁRIO DE PERSONALIDADES PORTUENSES DO SÉCULO 20 CAPA PRATA
GERMANO SILVA E LUÍS MIGUEL DUARTE
PORTO
(2001)
R$ 327,00





busca | avançada
32715 visitas/dia
1,4 milhão/mês