Livros na ponta da língua | Eugenia Zerbini | Digestivo Cultural

busca | avançada
22843 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> Rogério Skylab lança novo trabalho
>>> Tassia Tercero, Confeiteira Gourmet, lança o livro Brigadeiro - Do Brasil Para o Mundo
>>> Educadora compara manuais pedagógicos que viajaram entre Brasil e Portugal
>>> Francisco Marto de Moura ministra aula sobre o Novo Acordo Ortográfico na Universidade do Livro
>>> Trabalhador brasileiro é homenageado em exposição no Sesc D.Pedro II
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
Últimos Posts
>>> Pierrô
>>> Lugar comum
>>> Os galos
>>> Cenas do bar - Wilsinho, o feio.
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Homenagem a Yumi Faraci
>>> Transei com minha mãe, matei meu pai
>>> A Invenção de Orfeu de Jorge de Lima
>>> Abrir os portões de Auschwitz sessenta anos depois
>>> Abrir os portões de Auschwitz sessenta anos depois
>>> Apresentação
>>> Proibir ou não proibir?
>>> Os Franceses, de Ricardo Corrêa Coelho
>>> Jogando uma pedra no poço sem fundo
>>> A arte contemporânea refém da insensatez
Mais Recentes
>>> Dicionário de Linguística
>>> Civilizações Misteriosas
>>> Dragon Lords: O Reino dos Dragões (Disney)
>>> Primeira lição uma cartilha metafísica
>>> Livro A Arte Da Estratégia
>>> O Estrangeiro
>>> O ultimo reino
>>> O livro perdido das bruxas de salem
>>> As treze reliquias
>>> Iluminadas
>>> Caçadores de almas segredos e maldições
>>> A formula da Eterna Juventude e outros experimentos nazistas
>>> Eixo Especial 2 - Vingadores - X-Men
>>> Eixo Especial - Vingadores - X-Men
>>> Como pegar a joia do dragão, por Soluço Spantosicus Strondus III
>>> A história dos Novos Bahianos e outros versos
>>> O ancião que saiu pela janelas e desapareceu
>>> Elis Regina: Nada será como antes
>>> O novo paradigma para os mercadso financeiros: a crise atual e o que ela significa
>>> Give your speech, change de world: how to comunicate your audience to action
>>> Desvendadno os Segredos da Linguagem Corporal
>>> A sense of urgency
>>> O poder dos quietos: como os tímidos e introvertidos podem mudar um mundo que não para de falar
>>> O mundo imaginário de ...
>>> Missão dada é missão cumprida: as regras do exército
>>> Projetado para mudar: Inovação organizacional na Hewlett-Packard
>>> Emgreça com a Dieta dass Calorias do Bem
>>> O Corpo Fala
>>> Lendas Do Mundo Emerso 3 - Os últimos Heróis
>>> Lendas Do Mundo Emerso 2 - Filha Do Sangue
>>> Lendas Do Mundo Emerso 1 - O Destino De Adhara
>>> Crônicas Do Mundo Emerso 3 - O Talismã do Poder
>>> Crônicas Do Mundo Emerso 2 - A Missão de Senar
>>> Crônicas Do Mundo Emerso 1 - A Garota da Terra Do Vento
>>> As Guerras Do Mundo Emerso 3 - Um Novo Reino
>>> As Guerras Do Mundo Emerso 1 - A Seita Dos Assassinos
>>> As Guerras Do Mundo Emerso 2 - As Duas Guerreiras
>>> Para Viver Bem
>>> Albert Einstein - personagens que marcaram época
>>> Mitologia Nórdica
>>> O Livro dos Arteiros: Arte Grande e Suja!
>>> Leila Diniz - Personagens que marcaram época
>>> A 5ª Onda
>>> O Mar Infinito
>>> Contos Brasileiros Contemporâneos
>>> A dissertação
>>> Mensagem para você
>>> Cartas de Amor aos Mortos
>>> Arte o Guia Visual Definitivo da Arte da Pre Historia ao Seculo XXI
>>> Princípios Básicos de Análise ddo Comportamento
COLUNAS

Quinta-feira, 24/1/2013
Livros na ponta da língua
Eugenia Zerbini

+ de 3800 Acessos


Georges Braque, Natureza morta com o jornal "Le jour" (1929)

Como todas as manifestações das artes, os livros são alimento da alma (termo quem sabe polêmico, pode ser substituído, entretanto, por razão, inteligência ou humanidade). De modo curioso, ocorrem às vezes intersecções interessantes entre alimento e o próprio enredo do livro. Longe dos livros de receita, há casos na literatura em que a comida desempenha um papel importante para o leitor e suas fantasias.

Só na literatura brasileira, quantos leitores em formação não se fascinaram com as histórias escritas por Monteiro Lobato e com os bolinhos preparados por Dona Benta para a trupe do sítio do Picapau Amarelo? Que bolinhos eram esses? Aqueles conhecidos como "bolinhos de chuva"? Polvilhados com açúcar ou recheados de creme, como sonhos? Para os intrépidos que chegaram aos últimos volumes da coleção, variações em torno de temas da mitologia grega, o desafio era recriar o gosto das refeições dos deuses, que se alimentavam de ambrosia e hidromel. Será que os Divinos comiam aquela sobremesa prosaica a base de ovos, leite, açúcar e canela? Não, para outorgar a imortalidade aos humanos que a provasse, ambrosia deveria ser outra coisa.

A mesma curiosidade ataca quando se parte para outros cânones da língua portuguesa (assim é, uma vez que matéria de exame vestibular). Eça de Queiroz, em A cidade e as serras, incumbe à prima caipira dar o golpe de misericórdia no coração do sofisticado Jacinto de Tormes, servindo-lhe arroz doce. Segundo o autor, não aquele acanalhado, preparado em Paris pelo chef de Madame de Oriol, amante de Jacinto. Mas aquele singelo, resultado da soma de fogo baixo, arroz, leite, açúcar e canela (tem leitora que aposta que deveria haver um zest de casca de limão).

Voando mais alto, dirigido por escolhas próprias, o leitor gourmet pode muito bem esbarrar no robusto pot au feu, nas páginas de Jacques, o fatalista, de Diderot (mas será mesmo apenas um cozido?) até chegar ao frescor do mint julep, bebida favorita de Daisy Buchanan, no Grande Gatsby, de Scott Fitzgerald (folhas de hortelã esmagadas com açúcar, muito gelo picado e bourbon) .

Entre os contemporâneos, Ian McEwan é um dos autores que mais espaço dá em suas obras para a comida. Em Sábado, cujo enredo se desenrola no início do século XXI, o personagem principal, médico, vai para a cozinha, preparar uma sopa de peixe para noite:

"Ele esvazia o final de um Côtes Du Rhone num copo, liga a tevê sem o som e se põe a descascar e picar três cebolas. Sem paciência para as cascas, semelhantes a folhas de papel, faz uma incisão profunda, força o polegar até quatro camadas de profundidade e as arranca, desperdiçando quase um terço do conteúdo da cebola. Pica rapidamente o restante e espalha dentro de uma panela com bastante azeite.
.................................................................................................................
Na palma da mão, esvazia várias pimentas vermelhas secas, retiradas de um frasco, esmaga-as entre as mãos e deixa que as lascas caiam com as sementes, e se juntem às cebolas e ao alho. O noticiário da tevê começa, mas ele não aumenta o volume. É a mesma tomada do helicóptero, feita antes de anoitecer, a mesma multidão ainda enchendo o parque, a mesma celebração geral. Em cima das cebolas e do alho amolecidos - pitadas de açafrão, algumas folhas de louro, casca de laranja ralada, orégano, cinco filés de anchova, duas latas de tomates sem casca".


Georges Braque, Natureza morta com ameixas roxas (1935)

Em Reparação, que se passa às vésperas da 2ª Guerra Mundial, o sinal que um determinado jantar, a princípio festivo, seria o prelúdio para uma tragédia é disparado quando a dona da casa manda a cozinheira transformar as batatas assadas em salada. O cocktail servido antes da refeição não deixa por menos. É apresentado como uma "substância marrom viscosa" que não ficara muito revigorante "apesar do acréscimo posterior de hortelã picada a uma mistura de chocolate derretido, gema de ovo, leite de coco, rum, gim, banana amassada e açúcar de confeiteiro".

Em Na praia, ambientado nos anos 1960, como prenúncio do desencontro entre os noivos durante a lua de mel, basta a descrição da ceia que lhes é oferecida pelo hotel assim que desembarcam:

"Aquele não era um bom momento na história da culinária inglesa, mas na época ninguém se importava muito, à exceção dos visitantes estrangeiros. A refeição propriamente dita começou, como costumava acontecer naquele tempo, com uma fatia de melão decorada com uma cereja cristalizada. Do lado de fora, no corredor, fatias de um velho rosbife requentado em um molho espesso, legumes cozidos e batatas azuladas aguardavam, em travessas de prata sobre réchauds a vela. O vinho era francês, embora nenhuma região particular fosse mencionada no rótulo, ornado com uma única andorinha que voava como uma flecha".

Comparando os três trechos, definitivamente os ingleses aprenderam a comer e beber. Não que o talentoso Mr. McEwan seja um J.M.Simmel (por sorte dos leitores). Este último, em uma de suas obras mais conhecidas - o divertido Nem só de caviar vive o homem - chega a transcrever as receitas que seu personagem, espião por acaso, prepara nas situações mais inusitadas. Tanto a qualidade do romance como das receitas nele contidas são inquestionáveis. Não tiram a força, porém, da fixação do autor de Sábado, Reparação e Na praia pelos assuntos degustativos. Nisso, afinal, ele não estaria errado, já que, nas palavras de Brillat-Savarin (Fisiologia do gosto), mais faz pela felicidade do gênero humano a descoberta de um novo prato que de uma nova estrela.



Eugenia Zerbini
São Paulo, 24/1/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Nunca fomos tão vulgares de Julio Daio Borges
02. A literatura em transe de Marta Barcellos
03. Em Tempos de Eleição de Marilia Mota Silva
04. Antes que o amor seja apenas uma trégua de Ana Elisa Ribeiro
05. Hilda Hilst, o IPTU e a Chave da Cidade de Yuri Vieira


Mais Eugenia Zerbini
Mais Acessadas de Eugenia Zerbini em 2013
01. Anna Karenina, Kariênina ou a do trem - 21/2/2013
02. Era Meu Esse Rosto - 18/4/2013
03. Clube de Leitura Cult - 21/3/2013
04. Livros na ponta da língua - 24/1/2013
05. Clube de leitura da Livraria Zaccara: um ano! - 23/5/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MORAL DE ATITUDES. II: ÉTICA DA PESSOA
MARCIANO VIDAL
SANTUÁRIO
(1988)
R$ 20,00



UM NOVO EU- AUTOTERAPIA PELA ANÁLISE TRANSACIONAL
MURIAEL JAMES, LUIS SAVARY
IBRASA
(1986)
R$ 28,90



CARTA VIVA O QUE É SER JUSTO Nº 23
R. R. SOARES
IGREJA INTERNACIONAL DA GRAÇA DE DEUS
(1997)
R$ 3,00



MANGÁ HITMAN - A SEGUNDA TEMPORADA 3
HIROSHI MUTO
SAMPA ARTE / LAZER
(2007)
R$ 9,99



RUPTURAS POSSÍVEIS: REPRESENTAÇÃO E COTIDIANO NA SÉRIE OS ASSUMIDOS (QUEER AS FOLK)
SOFIA ZANFORLIN
ANNABLUME
(2005)
R$ 39,48



IOGA SECRETO - BIBLIOTECA PLANETA Nº 11
AUTOR MOLINERO
TRÊS
(1973)
R$ 7,00



ZÉLIA, UMA PAIXÃO
FERNANDO SABINO
RECORD
(1989)
R$ 7,00



MINHAS HISTORIAS DOS OUTROS
ZUENIR VENTURA
PLANETA
(2005)
R$ 7,00



LANNY BUDD CONTRA ...
UPTON SINCLAIR
HEMUS
(1967)
R$ 8,00



A LUTA PELA ÁFRICA (ESTRATÉGIA DAS POTÊNCIAS)
GERARD CHALIAND
BRASILIENSE
(1982)
R$ 8,00





busca | avançada
22843 visitas/dia
829 mil/mês