Um Lugar para Fugir Antes de Morrer | Adriane Pasa | Digestivo Cultural

busca | avançada
23599 visitas/dia
757 mil/mês
Mais Recentes
>>> Marmita saudável está na moda!
>>> Editora Alaúde publica versão atualizada da prestigiada obra Palavras de Poder - vol. 2
>>> Tragédia em Mariana inspira livro infanto-juvenil
>>> Teatro do Incêndio realiza encontro com Os Favoritos da Catira e Samba de Umbigada
>>> Cozinha prática: Miyoko Schinner lança guia para preparar e armazenar ingredientes básicos veganos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Amy Winehouse: uma pintura
>>> Casa Arrumada
>>> Revolusséries
>>> Mais espetáculo que arte
>>> Thoreau, Mariátegui e a experiência americana
>>> Meu querido aeroporto #sqn
>>> Essas moças de mil bocas
>>> Como uma Resenha de 'Como um Romance'
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> Imprimam - e repensem - suas fotografias
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Lançamento e workshop em BH
Últimos Posts
>>> Billie Holiday, Strange Fruit e 100 anos do Jazz
>>> O vôo e a queda
>>> Anil
>>> Aquarela do desejo
>>> Trilha dos séculos (série: Sonetos)
>>> Convite para as coisas que não aconteceram
>>> Faca de estrelas
>>> Estalactites
>>> A economia que a politicagem comeu
>>> "Duas Ninfas", processo de criação da pintura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Ron Bumblefoot Thal
>>> Receita para se esquecer um grande amor
>>> A Soma de Todos os Medos
>>> Paulo Francis e a Petrobras
>>> Em defesa da arte urbana nos muros
>>> A eternidade nos labirintos de Borges
>>> Na calada do texto, Bentinho amava Escobar
>>> A selfie e a obsolescência do humano
>>> Os novos filmes de Iñárritu
>>> Teatro anárquico-dionisíaco de Zé Celso M. Corrêa
Mais Recentes
>>> Michael Jordan A História De Um Campeão E O Mundo Que Ele Criou
>>> Os Números do Jogo: Por Que Tudo Que Você Sabe Sobre Futebol Está Errado
>>> Firebird Essencial
>>> Scorpions - Minha História Em Uma Das Maiores Bandas de Todos Os Tempos
>>> O Ateneu
>>> Primeiro Anuário Brasileiro de Fórmula 1 1996-1997
>>> Vidas Paralelas. Cinco casamentos vitorianos
>>> Dorival Caymmi. O mar e o tempo
>>> Diálogos
>>> O Filósofo e a Teologia
>>> Alimento Diário- 1º Samuel - volumes 1,2 e 3
>>> Pântano De Sangue
>>> Psicologia Aplicada à Administração
>>> Nosso Lar
>>> Introdução à Teoria Geral da Administração
>>> A Revelação de Deus
>>> Guerra contra os Santos- Tomo 2- versão integral
>>> Evolução e Temporalidade em Teilhard, Vocabulário Teilhard ( 2 volumes)
>>> O Equilíbrio do Ser- Aristóteles
>>> Jogos Vorazes em Chamas
>>> Zona de Perigo
>>> Jogos Vorazes
>>> Davi, um Homem Segundo o Coração de Deus
>>> Moisés, um Homem Dedicado e Generoso
>>> José, Um Homem Íntegro e indulgente
>>> Espirito de Sabedoria e de Revelação-A Chave para conhecer as profundezas de Deus
>>> Teologia Sistemática- Três Volumes em UM
>>> Você na telinha - Como usar a mídia a seu favor
>>> Educação Financeira - Como educar seu filho
>>> O clube das segundas esposas
>>> O Amor do Espírito
>>> Pretinha, Eu?
>>> O Vale das Utopias
>>> História de Mulheres na Bíblia
>>> O Poder da Oração no Casamento
>>> Para entender a versificação espanhola e gostar dela
>>> Comédias Para se Ler na Escola
>>> Municipalização do ensino no Brasil (novo)
>>> A Chama Viva do Amor- A Festa do Espírito Santo
>>> Os princípios de liderança de Jack Welch
>>> O manual do novo gerente
>>> Bórgia: o poder e o incesto
>>> Bórgia: tudo é vaidade
>>> Bórgia: as chamas da fogueira
>>> Bórgia: sangue para o Papa
>>> The walking dead
>>> Como fazer amgos e influenciar pessoas na era digital
>>> Os milionários do Gênesis
>>> Brasil: 100 comentários
>>> Era uma vez uma empresa
COLUNAS

Quarta-feira, 15/5/2013
Um Lugar para Fugir Antes de Morrer
Adriane Pasa

+ de 3400 Acessos

Fugir é um verbo irregular que significa afastar-se, retirar-se, escapar a algo ou a alguém. Para a psicologia, é um mecanismo de defesa. Para a música, segundo a Wikipédia, fuga é um estilo de composição contrapontista, polifônica e imitativa, de um tema principal, com sua origem na música barroca. Em desenho de perspectiva, ponto de fuga é um objeto do plano de visão, que representa a interseção aparente de duas ou mais retas paralelas, segundo um observador fixo e situa-se na linha do horizonte. Para a psiquiatria, está relacionada a uma série de patologias. Para a maioria das pessoas é uma coisa errada, vergonhosa e que não deve ser feita, porque devemos ser corajosos, enfrentar os problemas e obstáculos e não fugir deles. Fugir de bandido, cachorro louco e furacões até vai, mas das coisas da vida, aí não pode.

É só a gente comentar algo como "vou embora deste lugar" e já vem alguém dizendo, com ares de profeta das montanhas "ah, você está fugindo" ou "não é assim que se resolvem os problemas, eles vão junto com você" e vários clichês desse tipo. Eu acho que todo mundo deveria fugir alguma vez na vida. De qualquer coisa. A fuga, além de necessária, muda o lugar das coisas, protege, desorganiza, mascara, tudo vira um caos, mas muitas vezes, se pensarmos bem em algumas situações, o melhor a se fazer é "nada". Eu desconfio de quem enfrenta tudo e sabe sempre o que fazer.

Há um tipo de fuga que não implica em deixar de pagar as contas ou esquecer entes queridos morrendo de fome. Às vezes é preciso fugir um pouquinho todos os dias de outra forma, procurando em nossa imaginação um lugar que é só nosso, onde podemos ser nós mesmos e desenhar um cenário que só a gente conheça, um produto do nosso desejo mais legítimo.

Todos deveriam experimentar esse lugar. Um lugar de deleite. Onde não há censura ou perigo, medo ou dúvida. Um lugar que, por ser imaginário e termos certeza disso, não há cobranças, só direitos. Uma vez nele, podemos transgredir um pouco. E depois, de volta à "vida real" onde os problemas e verdades ainda nos atormentam, a gente consegue seguir em frente. Ou não, como diria Gilberto Gil, autor daquela música famosa chamada "Vamos Fugir". Os céticos vão dizer "ah, mas isso não é real". Sim, é tão real quanto o pão com geléia que a gente come de manhã ou a dor de cabeça que nossos problemas nos trazem. Acredito que tudo que a gente pode sentir é real.

Esses lugares não precisam ser exatamente praias paradisíacas ou aqueles círculos de luz imaginários que gurus da autoajuda sugerem. E também não é preciso entrar numa escola de meditação transcendental e comprar uma passagem pra Índia. Lugares podem ser pessoas. Podem ser um tempo. Podem ser coisas, obras de arte, filmes, brincadeiras, jogos, músicas, orações, cheiros. Podem ser personagens, histórias, situações, mas precisam ter duas coisas básicas e vitais: a nossa essência e a nossa (verdadeira) vontade. Quem consegue encontrar este lugar, tão íntimo e único, pode ter uma das experiências mais fantásticas da vida. Porque por mais estranho que pareça, a fuga pode ser também uma busca. Quanto tempo a gente pode ficar neste "lugar"? Quantas vezes será que podemos visitá-lo? Acho que não há regras.

Ninguém deveria ser chamado de louco ou covarde por experimentar uma fuga a um lugar como esse. Porque é nele, só nele, que acontece o que realmente importa: a gente enxerga a si mesmo. E pra isso, é preciso ter muita coragem.

Sugiro estes quatro filmes, sobre pessoas "em fuga".

A Rosa Púrpura do Cairo (The Purple Rose of Cairo , 1985), de Woody Allen. Com Mia Farrow, que faz o papel de uma garçonete que sustenta o marido bêbado, desempregado, violento e grosseiro e que costuma fugir da realidade indo ao cinema e assistindo a várias sessões de seus filmes preferidos, até que, ao assistir pela quinta vez ao filme "A Rosa Púrpura do Cairo", ela tem uma grande surpresa.

O Labirinto do Fauno (El Laberinto del Fauno , 2006), de Guillermo del Toro. Esse é pra quem tem coração e estômago fortes. Na Espanha de 1944, oficialmente a Guerra Civil já terminou, mas um grupo de rebeldes ainda luta nas montanhas ao norte de Navarra. Ofelia, uma menina de 10 anos, muda-se para a região com sua mãe e seu novo padrasto, um oficial fascista que trata os guerrilheiros com requintes de crueldade. Solitária e com medo, a menina descobre um mundo de fantasias onde conversa com um Fauno e isso muda o rumo de sua história.

A Garota Ideal (Lars and the Real Girl , 2007), de Craig Gillespie. Com o talentoso (e lindo) Ryan Gosling, que faz o papel de um homem tímido e introvertido, que mora no mesmo terreno que seu irmão e cunhada. Um belo dia ele se apaixona por uma mulher pela internet e a insere em sua vida familiar e social. Só que esta mulher é uma boneca inflável. Uma lição de tolerância que não existe na vida real.

Paris, Texas (Paris, Texas , 1984), de Wim Wenders. Aclamado pela crítica e um dos filmes mais lindos que eu já vi, conta a história de Travis, um andarilho desaparecido há 4 anos, que é encontrado sem memória por seu irmão em um deserto ao sul dos EUA. Aos poucos ele vai recordando partes de sua vida. Com o irmão e cunhada vive também Alex, filho de Travis, que foi abandonado pela mãe. Travis e Alex vão construindo uma grande amizade e um desejo enorme de encontrar a mãe. Uma fuga seguida de uma busca. Na vida real, geralmente é assim.

Agora fiquem com uma fuga de Mozart, que é um lugar e tanto. ;-)



Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pela autora. Originalmente publicado no blog Cinema Sem Blá Blá Blá.


Adriane Pasa
Curitiba, 15/5/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão de Luís Fernando Amâncio
02. O que não fazer em época de crise de Fabio Gomes
03. A escrita boxeur de Marcelo Mirisola de Jardel Dias Cavalcanti
04. Você é África, Você é Linda: abaixo o preconceito! de Fabio Gomes
05. Tirem as Viseiras! de Heloisa Pait


Mais Adriane Pasa
Mais Acessadas de Adriane Pasa em 2013
01. Um Lugar para Fugir Antes de Morrer - 15/5/2013
02. Cego, surdo e engraçado - 19/4/2013
03. Dooois ou um? - 28/10/2013
04. A verdade somente a verdade? - 26/8/2013
05. A grama do vizinho - 23/12/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GRIMMS MÄRCHEN - VOLLSTÄNDIGE AUSGABE
WILHELM GRIMM, JACOB GRIMM
ANACONDA
(2009)
R$ 50,00



CAMILO DESCONHECIDO (1918)
ANTONIO CABRAL
LIVRARIA FERREIRA (LISBOA)
(1918)
R$ 100,00



CONCEITOS DA PSICANÁLISE-O INCONSCIENTE/COMPLEXO DE ÉDIPO-2 VOLUMES
PHIL MOLLON,ROBERT M YOUNG
VIVER
(2005)
R$ 23,00



VIAGENS DE GULLIVER
JONATHAN SWIFT- RECINATDA POR FERNANDO NUNO
DIFUSÃO CULTURAL DO LIVRO
(2004)
R$ 9,00



JOAQUIM NABUCO E O BRASIL NA AMÉRICA
OLÍMPIO DE SOUZA ANDRADE
NACIONAL
(2016)
R$ 30,00



UM VOO BRECHTIANO (TEATRO NA EDUCAÇÃO)
INGRID DORMIEN KOUDELA (ORG.)
PERSPECTIVA
(1992)
R$ 18,00



EU NÃO CONSIGO EMAGRECER
DR PIERRE DUKAN
BEST SELLER
(2013)
R$ 10,00



THE LATENT POWER OF THE SOUL ( O PODER LATENTE DA ALMA)
WATCHMAN NEE
CHRISTIAN FELLLOWSHIP
(1972)
R$ 39,89



HISTORIA DA EDUCAÇAO DA ANTIGUIDADE AOS NOSSOS DIAS.
MARIO ALIGUIERO MANACORDA
CORTEZ
(1999)
R$ 60,00
+ frete grátis



O ANTICRISTO - MALDIÇÃO DO CRISTIANISMO
NIETZSCHE
INTEGRAL
(1997)
R$ 2,50





busca | avançada
23599 visitas/dia
757 mil/mês