Marcador de página inteligente | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
25643 visitas/dia
757 mil/mês
Mais Recentes
>>> Marmita saudável está na moda!
>>> Editora Alaúde publica versão atualizada da prestigiada obra Palavras de Poder - vol. 2
>>> Tragédia em Mariana inspira livro infanto-juvenil
>>> Teatro do Incêndio realiza encontro com Os Favoritos da Catira e Samba de Umbigada
>>> Cozinha prática: Miyoko Schinner lança guia para preparar e armazenar ingredientes básicos veganos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Amy Winehouse: uma pintura
>>> Casa Arrumada
>>> Revolusséries
>>> Mais espetáculo que arte
>>> Thoreau, Mariátegui e a experiência americana
>>> Meu querido aeroporto #sqn
>>> Essas moças de mil bocas
>>> Como uma Resenha de 'Como um Romance'
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> Imprimam - e repensem - suas fotografias
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Lançamento e workshop em BH
Últimos Posts
>>> O vôo e a queda
>>> Anil
>>> Aquarela do desejo
>>> Trilha dos séculos (série: Sonetos)
>>> Convite para as coisas que não aconteceram
>>> Faca de estrelas
>>> Estalactites
>>> A economia que a politicagem comeu
>>> "Duas Ninfas", processo de criação da pintura
>>> Se correr o bicho pega. Se ficar o bicho come...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Soma de Todos os Medos
>>> Paulo Francis e a Petrobras
>>> Em defesa da arte urbana nos muros
>>> A eternidade nos labirintos de Borges
>>> Na calada do texto, Bentinho amava Escobar
>>> A selfie e a obsolescência do humano
>>> Os novos filmes de Iñárritu
>>> Teatro anárquico-dionisíaco de Zé Celso M. Corrêa
>>> O Presidente Negro, de Monteiro Lobato
>>> Jornalismo literário: a arte do fato?
Mais Recentes
>>> O Ateneu
>>> Primeiro Anuário Brasileiro de Fórmula 1 1996-1997
>>> Vidas Paralelas. Cinco casamentos vitorianos
>>> Dorival Caymmi. O mar e o tempo
>>> Diálogos
>>> O Filósofo e a Teologia
>>> Alimento Diário- 1º Samuel - volumes 1,2 e 3
>>> Pântano De Sangue
>>> Psicologia Aplicada à Administração
>>> Nosso Lar
>>> Introdução à Teoria Geral da Administração
>>> A Revelação de Deus
>>> Guerra contra os Santos- Tomo 2- versão integral
>>> Evolução e Temporalidade em Teilhard, Vocabulário Teilhard ( 2 volumes)
>>> O Equilíbrio do Ser- Aristóteles
>>> Jogos Vorazes em Chamas
>>> Zona de Perigo
>>> Jogos Vorazes
>>> Davi, um Homem Segundo o Coração de Deus
>>> Moisés, um Homem Dedicado e Generoso
>>> José, Um Homem Íntegro e indulgente
>>> Espirito de Sabedoria e de Revelação-A Chave para conhecer as profundezas de Deus
>>> Teologia Sistemática- Três Volumes em UM
>>> Você na telinha - Como usar a mídia a seu favor
>>> Educação Financeira - Como educar seu filho
>>> O clube das segundas esposas
>>> O Amor do Espírito
>>> Pretinha, Eu?
>>> O Vale das Utopias
>>> História de Mulheres na Bíblia
>>> O Poder da Oração no Casamento
>>> Para entender a versificação espanhola e gostar dela
>>> Comédias Para se Ler na Escola
>>> Municipalização do ensino no Brasil (novo)
>>> A Chama Viva do Amor- A Festa do Espírito Santo
>>> Os princípios de liderança de Jack Welch
>>> O manual do novo gerente
>>> Bórgia: o poder e o incesto
>>> Bórgia: tudo é vaidade
>>> Bórgia: as chamas da fogueira
>>> Bórgia: sangue para o Papa
>>> The walking dead
>>> Como fazer amgos e influenciar pessoas na era digital
>>> Os milionários do Gênesis
>>> Brasil: 100 comentários
>>> Era uma vez uma empresa
>>> Como se tornar um lider servidor
>>> O homem mais rico da Babilônia
>>> A arte de ganhar dinheiro
>>> Um bom professor faz toda a diferença
COLUNAS

Quarta-feira, 3/9/2014
Marcador de página inteligente
Wellington Machado

+ de 6500 Acessos

Seria o fim das leituras interrompidas? Na era dos gadgets, acabo de ler uma notícia sobre a invenção de um marcador de páginas inteligente. Trata-se do Tweet for a read. O aparelhinho envia um tweet ao leitor quando um livro começa a empoeirar na estante, sem que a leitura seja concluída. A cada semana o leitor poderá se surpreender com um puxão de orelhas de Machado de Assis, Dostoiévski ou Clarice Lispector, implorando por um novo reencontro literário. Antes mesmo de ser colocado à venda, tem sido grande a procura pelo marcador.

É surpreendente que, em tempos de internet, redes sociais, tablets e celulares, um aparelhinho companheiro dos livros tenha uma procura considerável. Particularmente, temo pelo fim dos livros, pois fui criado em meio a eles e não pretendo num futuro próximo comprar um e-Reader. Volta e meia me deparo com teorias apocalípticas sobre o fim dos livros em papel. Por outro lado, há pesquisas apontando um considerável crescimento no número de publicações. A situação me soa um tanto paradoxal. Vejo muito mais pessoas manipulando celulares e tablets do que livros. Onde e quando os consumidores de livros em papel estão lendo?

Os grandes vilões dos livros "físicos" parecem ser as redes sociais e a própria internet, com suas possibilidades infinitas de navegação. Há várias pesquisas comprovando a "perda" de tempo em bate-papos nas redes sociais. Mas o outro paradoxo é que a nova invenção usa uma rede social para alertar o leitor. Seria como se o livro clamasse por socorro num mar de possibilidades de entretenimento que nos rodeia.

Quais seriam, então, os livros mais abandonados cuja utilidade do aparelhinho fosse comprovada? Posso arriscar alguns. O nome da rosa, de Umberto Eco, certamente seria um deles. Vários leitores já me confessaram a desistência nas primeiras cinquenta páginas. Em busca do tempo perdido, do Proust, é bom de páreo não pela complexidade da obra em si (ainda que fosse uma razão para alguns), mas pela longa escalada. Tenho minhas dúvidas quanto ao abandono do Ulisses, de Joyce, pelo fato de o livro carregar a estigma de causar arrepios no leitor antes mesmo de ser aberto. Posso apostar em alguns autores, diria, "abandonáveis", como Virgínia Woolf, Thomas Mann, Conrad, Faulkner e Thomas Pynchon.

Mas acho que o marcador de páginas inteligente pode ter sua utilidade. Muitos dos meus marcadores tradicionais - aqueles promocionais, geralmente distribuídos em livrarias - estão perdidos no meio dos livros em minha estante. O pior é quando retiro um livro e vejo que há um marcador destes na metade. Dá uma sensação de desânimo e descrença na minha combalida memória, quando não lembro bulhufas do que foi lido até aquele ponto.

Em tom confessional, posso citar alguns escritores que me puxariam a orelha. Euclides da Cunha ia me tuitar toda semana pra voltar a Os sertões, abandonado umas quatro vezes. (Mas estou encarando o livro neste momento; agora vai!). David Foster Wallace me chamaria de volta ao Breves entrevistas com homens hediondos. Virgínia Woolf me jogaria no colo o Orlando, abandonado nas primeiras páginas. Posso imaginar o Nietzsche bradando por uma volta imediata ao Além do bem e do mal. É claro que não há demérito algum nessas obras. Muitos dos abandonos foram em virtude de uma leitura mais urgente naquele momento. Certamente voltarei a elas. Mas talvez eu tivesse de arrancar à força os marcadores de página de alguns livros de Hegel, Wittgenstein e Heidegger.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 3/9/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Omissão de Ricardo de Mattos
02. Era uma vez um inverno de Elisa Andrade Buzzo
03. Simone Weil no palco: pergunta em forma de vida de Heloisa Pait
04. Diálogos no Escuro de Heloisa Pait
05. Literatura engajada de Marta Barcellos


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2014
01. Marcador de página inteligente - 3/9/2014
02. Gullar X Nunos Ramos: o dilema da arte - 6/8/2014
03. Ninfomaníaca: um ensaio sob forma de cinema - 12/2/2014
04. Gabo, os escritores e a política - 14/5/2014
05. O luto e o luto de Valter Hugo Mãe - 2/7/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




AVENTURAS NA HISTÓRIA - 31 - MAR/2006
VÁRIOS
ABRIL
(2006)
R$ 5,50



BANQUETE COM OS DEUSES - SEMINOVO-CORTE BRANCO
LUIS FERNANDO VERISSIMO
OBJETIVA
(2017)
R$ 10,00



OS PECADOS DOS PAIS
LAWRENCE BLOCK
COMPANHIA DAS LETRAS
(2002)
R$ 15,90



UMA PARÁBOLA REAL - 1ª EDIÇÃO
MARISA MELLO MARTINS
ABBA
(1996)
R$ 10,00



BORLAND DELPHI 6
MARCELO LEÃO
AXCEL
(2001)
R$ 53,90



O PODER INFINITO DA SUA MENTE
LAURO TREVISAN
DA MENTE
(1980)
R$ 15,00
+ frete grátis



O TEXTO , OU A VIDA - UMA TRAJETÓRIA LITERÁRIA
MOACYR SCLIAR
BERTRAND BRASIL
(2007)
R$ 27,10



SALA DE AULA - DISCIPLINA E GESTAO - UM GUIA PRATICO PARA PROFESSOR...
OLLIE E. GIBBS E JERRY L. HADDOCK
ACSI
(2002)
R$ 24,00



SÁBADOS AZUIS - 75 HISTÓRIAS DE UM BRASIL QUE DÁ CERTO
MÁRCIO MOREIRA ALVES
LÉO CHRISTIANO EDITORIAL LTDA
(1999)
R$ 14,30



EL TEATRO DE LOS NIÑOS - GIUSEPPE BATOLUCCI (TEATRO NA EDUCAÇÃO)
GIUSEPPE BATOLUCCI
EDITORIAL FONTANELLA
(1975)
R$ 18,00





busca | avançada
25643 visitas/dia
757 mil/mês