Quero ser Marina Abramović | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
33102 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Exibição do documentário "ECO - Cantos da Terra" no Lab Mundo Pensante
>>> Sesc Birigui apresenta por+vir e A Mão do Meio - sinfonia lúdica com a Cia de Danças de Diadem
>>> "Orfãos de São Paulo" é tema de evento com entrada franca
>>> Sesc Ipiranga recebe Cris Narchi
>>> Danças contemporânea e urbana fazem o 'Cartografia do Possível', no CRDSP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Blockchain Revolution, o livro - ou: blockchain(s)
>>> Bates Motel, o fim do princípio
>>> Bruta manutenção urbana
>>> Por que HQ não é literatura?
>>> Precisamos falar sobre Kevin
>>> Entrevista com o poeta mineiro Carlos Ávila
>>> Bitcoin, smart contracts, blockchain, cryptoassets
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> O que sei do tempo III
>>> Primeiro ato
>>> Pssica e a Amazônia de Edyr Augusto
>>> UM VENTO ERRANTE
>>> Voamos Juntos
>>> Evolução, revolução e regressão
>>> Medo do futuro?
>>> Lugar comum
>>> Chaleira
>>> O que sei do tempo III
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Dançando com Shiva
>>> A barbárie contra-ataca
>>> O blogueiro: esse desconhecido
>>> O Tigre Branco
>>> O soldado absoluto
>>> A diferença entre baixa cultura e alta cultura
>>> L'Empereur
>>> Radiohead e sua piscina em forma de lua
>>> Isso é arte?
>>> Caricaturas ao vivo
Mais Recentes
>>> A Audácia dessa Mulher
>>> Confissões
>>> Abraão a Invenção da Fé
>>> Visão do Paraíso
>>> O Empresário faz a Diferença
>>> O Mistério da Fábrica de Livros
>>> Os 100 Segredos das Pessoas de Sucesso
>>> Patrimônio - Uma História Real
>>> Herança de Sangue - Um Faroeste Brasileiro
>>> As Regras da Sedução
>>> Uma Mulher Livre
>>> Uma República de Leitores: História na Recepção das Cartas Chilenas
>>> Sin City A noite da vingança
>>> Tratamento de Distúrbios da Aprendizagem
>>> Em Busca de Deus - a Plenitude da Alegria Cristã
>>> Universo Kabbalístico
>>> A Boa Confissão
>>> Uma obsessão indecente
>>> Criação, Graça, Salvação
>>> A Mão Esquerda da Criação Origem e Evolução do Universo
>>> Qual o Motivo da Criação?
>>> A Consciência de Zeno
>>> 1789 - a História de Tiradentes
>>> Ricardo de paula Meneghelli ( O final dos tempos )
>>> 10 Mandamentos do Sistema Imunológico
>>> A Todo Vapor! Uma parábola de negócios
>>> Access 2010
>>> Roteiro de Minas
>>> aprenda em 24 horas Java 1.1
>>> Quicken 2015 For Dummies
>>> Sistemas Operacionais Modernos
>>> Por Todos os Poros Poesia
>>> Os Jogos Teatrais de Viola Spolin
>>> Zalina Rolim: Poetisa e Educadora
>>> Viagem Aos Quatro Cantos - com dedicatória ao poeta Francisco Mou
>>> Uma Breve Historia do Tempo
>>> Um só Grito
>>> Um Século De Poesia
>>> Um Homem e Suas Sombras - Com Dedicatória do Autor
>>> Um Homem e Suas Sombras
>>> Um Ciclo Completo - autografado
>>> Um Calafrio Diário - autografado
>>> Um Amor Que Vale A Pena
>>> Toda Poesia é um Canto
>>> Theology and Ministry in Context and Crisis
>>> Taras, Tarô e Outros Vícios
>>> Subsolo - autografado
>>> Stella Maia e Outros Poemas
>>> Sincretismo a Poesia da Geração 60
>>> Senhora - autografado
COLUNAS

Quinta-feira, 7/5/2015
Quero ser Marina Abramović
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2100 Acessos

Não sei se preciso necessariamente desacelerar; talvez minha vida, na contramão da própria vida estandartizada, não seja assim tão acelerada. Talvez eu tenha estratégias próprias de sobrevivência. Ao menos, não me vanglorio de ter uma "vida corrida" e todas as publicidades enganosas, vícios e vaidades que daí podem decorrer. No entanto, estive em uma sessão, com o intuito de "desacelerar", do Método Abramović, que "reúne uma série de exercícios que exploram os limites do corpo e da mente". Alguns ingênuos pensavam que ela, a avó da performance, estaria presente pessoalmente para ensinar o método a nós, pobres mortais, pois todos querem ver Marina Abramović.

Todos querem Marina e sonham em vê-la tomando um cafezinho no Sesc Pompeia, que abriga a maior retrospectiva de sua obra já feita na América Latina. Sua presença é onipresente: televisores em linha exibem as performances históricas, nas quais vemos o rosto de Marina comendo cebolas, o rosto de Marina imerso entre cristais, o cabelo de Marina penteado com fúria enquanto ela diz "art must be beautiful", o corpo de Marina engolfado por uma cobra gigante e medonha, Marina lavando um esqueleto com afinco, o rosto de Marina, o corpo de Marina. Além desses vídeos, que se iniciam na década de 70 e prolongam-se até os anos 2000, telões com as performances impressionantes em colaboração com o antigo parceiro Ulay e trabalhos de performers brasileiros complementam a mostra.

Mas os vídeos, o único registro dessa arte, não são suficientes. O público quer Marina em carne e osso. Nem que, para tanto, sejam necessárias horas de espera numa fila imensa dos ingressos para uma de suas conferências públicas. E quando Marina fala, seu tom de voz é tão calmo e envolvente, que somos imediatamente cativados por ela, transportados para outra frequência (além de ficarmos extremamente felizes de entendermos tudo o que ela fala em inglês, devido a seu sotaque). Sempre de preto, como se usasse um uniforme político, e com os longos cabelos impecáveis, ela lança um aspecto de semideusa por onde passa e, no entanto, o afeto com que trata seu público a traz de volta à realidade.

A performance, o teatro real, lugar onde tudo pode acontecer e tem sua dose de perigo, onde não há falas marcadas, aquilo que não é para ser necessariamente belo, onde se confrontam os medos, onde se repousam as questões, o quão longe é possível ir, um teste dos limites humanos, uma arte imaterial − tudo isso diz a artista sobre a chamada performance, em sua primeira palestra ao público brasileiro. E, revendo agora suas palavras, acompanhando outros performers no Sesc, parece-me que a arte performática é a que mais se parece com a vida em estado vivo, pulsante, o acontecer diário, a que se conjuga no instante presente e fugaz das ações, reinando absoluta e obrigatória na existência própria.

Estou agora com um fone de ouvido especial, com o qual nada mais se ouve, a não ser o abafamento bizarro do nada, como se o ar pudesse ser limpo do mero adereço do som. Deito numa cama com cristais encravados na cabeceira, fecho os olhos. Sou acordada com um leve toque de dedos. Percorro o ambiente lentamente, sentindo todos os ossinhos dos pés passeando no chão. A cada passo, meu corpo se inclina, o centro de massa é alterado. Agora estou sentada, novamente envolta por cristais. Depois, em pé, no vão mais longínquo do galpão percebo uma grande aranha preta caminhar pela estrutura do telhado. Não vejo seu corpo, apenas uma de suas patas, que alternadamente surge e se oculta na dimensão da viga de madeira.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 7/5/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Delicadeza dos Hipopótamos, de Daniel Lopes de Jardel Dias Cavalcanti
02. Adolescentes e a publicação prematura de Carla Ceres
03. Os burocratas e a literatura de Celso A. Uequed Pitol
04. Brasileiros aprendendo em inglês de Carla Ceres
05. No futebol, como na vida de Marcelo Spalding


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2015
01. Rugas e rusgas - 15/1/2015
02. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas - 26/2/2015
03. Viagem aos baixos do Viaduto do Chá - 5/2/2015
04. Em noite de lua azul - 6/8/2015
05. Quero ser Marina Abramović - 7/5/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BRASILIDADE E A DEMOCRACIA ESCOLAR: O JEITINHO, A MALANDRAGEM E AS FORMAS AUTORITÁRIAS NA ESCOLA PÚBLICA
EVSON MALAQUIAS DE MORAES SANTOS
UNIVERSITÁRIA
(2009)
R$ 8,00



CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS
E L JAMES
INTEÍNSECA
(2012)
R$ 8,00



INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA BIBLIOTECONOMIA
RONALDO VIEIRA
INTERCIÊNCIA
(2014)
R$ 55,50



SYMBOLS, PICTOGRAMS & SILHOUETTES + CD
MARTA AYMERICH
INDEX BOOK
R$ 60,00
+ frete grátis



TRAGÉDIAS VOLUME 1 / COMÉDIAS E SONETOS VOLUME 2
WILLIAM SHAKESPEARE
VICTOR CIVITA
(1978)
R$ 70,00



CREPÚSCULO LIVRO DE ANOTAÇÕES DA DIRETORIA
CATHERINE HARWICKE
INTRINSECA
(2009)
R$ 5,00



ANGÚSTIA
GRACILIANO RAMOS
RECORD
(1979)
R$ 7,90



QUIMICA NA ABORDAGEM DO COTIDIANO
TITO CANTO
MODERNA
(2002)
R$ 20,00
+ frete grátis



INEDITOS E DISPERSOS.
ANA CRISTINA CESAR
ÁTICA
(1998)
R$ 40,00
+ frete grátis



O HOMEM DA ROÇA (CAUSOS E CONTOS DAS REGIÕES DE AVARÁ, ITAÍ E TAQUARITUBA)
JOSÉ PIRES CARVALHO
ARCÁDIA
(1996)
R$ 12,00





busca | avançada
33102 visitas/dia
1,0 milhão/mês