América Latina, ainda em construção | Heloisa Pait | Digestivo Cultural

busca | avançada
29899 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Elian Woidello apresenta show Vinho barato e Cinema Noir no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)
>>> Show de lançamento do Selo Blaxtream reúne grandes nomes do jazz e da música instrumental em SP
>>> Autobiografia de George Sand ganha edição brasileira em volume único
>>> Indústria Frateschi passa a atuar também no varejo
>>> BH vai sediar o maior evento de Blogueiras do país em Julho.
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 2. O Catolotolo
>>> A pós-modernidade de Michel Maffesoli
>>> Um parque de diversões na cabeça
>>> O que te move?
>>> O dia que nada prometia
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Seis meses em 1945
>>> Senhor Amadeu
>>> Correio
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
Últimos Posts
>>> Espírito Santo
>>>
>>> Fuga em Si
>>> Frutos
>>> Traço
>>> Criaturas
>>> Homo ludens
>>> 9° Festival Internacional do Documentário Musical
>>> Flúmen do dia
>>> FHC embola o meio de campo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A morte do respeito
>>> Jotacê
>>> O blog do Fernando Meirelles
>>> Minhas hipóteses sobre a evolução humana
>>> Superficialidade e Reducionismo
>>> Livro eletrônico?
>>> Estupra mas não mata
>>> Nuvem Negra*
>>> Mapa da sala de aula
>>> A Epopeia de Gilgamesh, pela WMF Martins Fontes
Mais Recentes
>>> Depois da Morte
>>> Doze Reis e a Moça do Labirinto do Vento
>>> As Noites Difíceis
>>> Treinamento de Liderança Cristã
>>> Luxo
>>> Fome, Catástrofe Provocada pelo Homem? (Sociologia/Geografia Humana)
>>> Os Irmãos Karamázovi - Fiódor Dostoiévski (Literatura Russa)
>>> Ana Karênina - Leon Tolstói (Literatura Russa)
>>> Almas Mortas - Nicolai Gogol (Literatura Russa)
>>> Pais e Filhos - Ivan Turgueniev (Literatura Russa)
>>> Os Imortais da Literatura Universal (Biografias) Volume III
>>> Processamento de Dados
>>> Teilhard e a Vocação da Mulher
>>> Dom Quixote
>>> Falsa Identidade- A Conspiração para Reinventar Jesus
>>> Olha para Mim
>>> The Nature of Technology: What it is and how it evolves
>>> Digital Futures for Cultural and Media Studies
>>> Creative industries
>>> Everything is workable: A zen approach to conflict resolution
>>> i of the vortex: From Neurons to self
>>> Arquivos do mal-estar e da resistência
>>> Linked: A nova ciência dos networks
>>> O segundo mundo: Impérios e influência na nova ordem global
>>> O médico quântico: Orientações de um físico para a saúde e a cura
>>> Viver de música: Diálogo com artistas brasileiros
>>> Reagregando o social: Uma introdução à teoria do Ator-Rede
>>> I Ching: Uma nova interpretação para os tempos modernos
>>> O século da canção
>>> Em busca de uma psicologia do despertar: Budismo, Psicoterapia e o Caminho da Transformação Espiritual Individual
>>> A paixão de conhecer o mundo
>>> Normose: A patologia da normalidade
>>> As Herdeiras de Duna
>>> 50 Tons de Cinza
>>> Xógum - A Gloriosa Saga do Japão
>>> A Divina Comédia - 3 volumes
>>> Habeas Data
>>> O Homem que Sorria
>>> A Escolha da Dra. Cole - O Cotidiano de Uma Médica do Século XX
>>> Pesadelos e Paisagens Noturnas Volume II
>>> O Pacto
>>> Só por Hoje e Para Sempre. Diário do Recomeço
>>> Além do Bem e do Mal
>>> As Armas Ideológicas da Morte
>>> Face @ Face
>>> Marx - Vida e Obra
>>> Clarice na cabeceira / Contos
>>> O Desespero Humano
>>> Gramática Para o Hebraico. Uma Abordagem Pragmática
>>> Você sabe se desintoxicar?
COLUNAS

Sexta-feira, 3/7/2015
América Latina, ainda em construção
Heloisa Pait

+ de 1400 Acessos

A mostra sobre a arquitetura modernista na América Latina em exibição no MoMA - Museu de Arte Moderna de Nova York - é parada obrigatória não apenas para os amantes da arquitetura, mas para todos os brasileiros que buscam compreender aqueles anos de promessas e tropeços na nossa rota em direção à justiça social e ao progresso econômico.

A mostra é de uma enorme riqueza, e os artífices da arquitetura moderna latino-americana são apresentados com grande respeito e delicadeza, como criadores de estatura igual à de seus parceiros pelo globo afora. O contexto social, político e urbano onde as grandes obras foram idealizadas ou executadas é apresentado, até onde pude ver, com precisão.

Estão lá os ícones da arquitetura nacional: o Masp, o Ibirapuera, Brasília, o Aterro do Flamengo. Mas o que mais chama a atenção do visitante brasileiro é a profunda semelhança entre estas obras e aquelas construídas em países vizinhos no mesmo momento. Pensei que era erro da legenda a menção a um Villanueva que projetou a Facultad de Arquitectura y Urbanismo, mas me inteirei de que se tratava do trabalho de Carlos Raúl Villanueva no campus da Universidade Central da Venezuela, em Caracas.

É como se em cada país houvesse um Vilanova Artigas em sua FAU, projetando espaços livres, democráticos e modernos que respondessem a demandas sociais crescentes. Retratados na exposição, com fotos, projetos e belas maquetes toda a gama da arquitetura modernista da região: campi universitários e prédios públicos, parques e hospitais, igrejas e clubes, residências familiares e projetos habitacionais. Não cheguei a ver outras Linas: seria interessante investigar o papel das arquitetas latinoamericanas nessa grande jornada para o futuro.

Logo na entrada, vídeos da época com imagens de obras e falas públicas dos vários países em foco se superpõem, jogando no colo do visitante a ideia de uma região com uma história comum que só pode ser entendida a partir de uma mirada conjunta. Na longa linha do tempo ao fundo da sala principal, entretanto, uma perspectiva mais sóbria: encaixamos as obras vistas no pendular movimento político latinoamericano, com seus golpes, exílios e laboriosas reinserções na vida democrática global.

Ausente, aliás, menção a Sérgio Bernardes, importante figura do movimento modernista brasileiro e vítima da polarização política da época que elegeu heróis e algozes, às vezes arbitrariamente. Talvez também entre nossos vizinhos haja Bernardes a serem resgatados, para que possamos ter uma idéia mais precisa de nossos erros, acertos e passos em falso.

Essa visão conjunta se torna possível a partir de uma pesquisa extensa pela arquitetura de toda a América Latina, incluindo o Caribe, que leigos não associam à arquitetura moderna. No catálogo da exposição, vemos a casa envidraçada de Rafael Obregón em Bogotá, uma espetacular casa de shows na Havana pré-revolucionária, a colaboração internacional num programa de casas populares em Lima e outras tantas obras que vão criando construindo a idéia de uma visão de mundo comum.

As linhas retas da Igreja de San Pedro, em Durazno, no Uruguai, nos fazem pensar em nossas próprias buscas de uma espiritualidade contemporânea. Em Santiago, o prédio da CEPAL remete não apenas aos prédios públicos modernistas onde trabalhamos, mas também às idéias gestadas e divulgadas desde ali. Familiar o amplo saguão da Escola Superior de Comércio de Córdoba. A cada momento somos convidados, como num jogo, a esse exercício de conexão e contraste.

No final da exposição, fica um orgulho pelo impressionate acervo arquitetônico moderno, que descobrimos compartilhar com Chile, Venezuela, México e outros. Mas ficam também muitas interrogações. Como é que deixamos o poder autoritário se apropriar daquele ideal de progresso e inclusão social tão belamente expresso em nosso concreto armado? Como é que, tendo tirado a farda do poder, ainda patinamos na democracia, dando margem a projetos autoritários de nação que se fincam de modo mais ou menos destrutivo em nossos governos?

Nesse sentido, a exposição do MoMA é um tapa na cara dos democratas brasileiros ou, como dizem os americanos, um wake-up call. Saímos de lá lembrando que a luta pela democracia, pelo progresso e pela justiça social é algo que não começamos nós, mas herdamos nós dos arquitetos de nosso país, os de prancheta e os outros também. Se a herança deles foi, nesse aspecto, incompleta, isso apenas nos lembra o quanto lhes temos que fazer jus.

Para ir além
Para quem pretende ir a Nova York, a exposição está em cartaz até o dia 19 de julho. Mais informação neste link. Um pouco salgado com o câmbio atual, o impressionante catálogo da exibição é vendido por 55 dólares no site do museu, ou menos, em livrarias on-line.


Heloisa Pait
São Paulo, 3/7/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Ouro do Brasil de Marilia Mota Silva
02. Sexo pra quê? Texto onde? de Ana Elisa Ribeiro


Mais Heloisa Pait
Mais Acessadas de Heloisa Pait
01. A Garota do Livro: uma resenha - 16/6/2016
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. 1. À Beira do Abismo - 13/4/2017
03. Simone Weil no palco: pergunta em forma de vida - 11/8/2016
04. Diálogos no Escuro - 4/8/2016
05. América Latina, ainda em construção - 3/7/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TEX Nº 247 - RETORNO DA MORTE 
SERGIO BONELLI
GLOBO
(1990)
R$ 5,00



A REUNIÃO DOS PLANETAS
MARCELO R. L. OLIVEIRA
COMPANHIA DAS LETRINHAS
(2000)
R$ 10,00



A SOMBRA DAS MONTANHAS (ROMANCE BRASILEIRO)
NEVES MARIA MARQUES
BARAÚNA
(2013)
R$ 7,00



O PODER DA COMUNICAÇÃO A ARTE DE VENCER POR MEIO DE PALAVRAS
J. V. CERNEY
IBRASA
(1978)
R$ 11,00



DEUS E A PSICANÁLISE
VICTOR WHITE
CIRCULO DO HUMANISMO CRISTAO
(1964)
R$ 31,90



GESTÃO DE MARKETING E BRANDING
EUGÊNIO BISPO DE MELO
ALTA BOOKS
(2014)
R$ 30,00



REVISTA ANDRÉ LUIZ ANO XIV NUMERO 9 - 10
CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR
CENTRO ESPÍRITA NOSSO LAR
(1983)
R$ 5,00



O QUE É PARTICIPAÇÃO POLÍTICA?
DALMO DE ABREU DALLARI
BRASILIENSE
(1992)
R$ 5,90



COMO PROYECTAR EN EDIFICACIÓN
R. BAYON
EDITORES TÉCNICOS ASSOCIADOS
(1974)
R$ 25,00



O SANGUE DO OLIMPO
RICK RIORDAN
INTRÍNSECA
(2014)
R$ 9,00





busca | avançada
29899 visitas/dia
1,1 milhão/mês