Regras de civilidade (ou de civilização) | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil exibe especial 'Sonho Meu' em homenagem a Dona Ivone Lara nesta sexta (20)
>>> Escritor Alexandre Hallais fecha parceria com a Soul Editora
>>> Juiz federal estreia na literatura com contos sobre heróis históricos
>>> Alessandro Ferrari Jacinto e Marisa Folgato lançam 'Alzheimer' na Livraria Martins Fontes
>>> Programa de Edição de Textos de Docentes da Unesp 2018
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
Últimos Posts
>>> Cenas do bar - Wilsinho, o feio.
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
>>> Sem troco
>>> Libertarias
>>> A mandioca e o canário da terra
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mecanismos Internos: Ensaios sobre Literatura, de J.M. Coetzee
>>> A verdadeira resistência
>>> Dicas para a criação de personagens na ficção
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> crônica - ou ensaio - à la hatoum
>>> E a lei cedeu diante dos costumes
>>> E a lei cedeu diante dos costumes
>>> Casa Arrumada
>>> Anti-Jô Soares
>>> Algo em común
Mais Recentes
>>> Criando filhos ( o modo de Deus )
>>> Uma sustentável revolução na floresta
>>> il Riso in Tasca
>>> Trilogia Deutsch Perfekt- cidades da Alemanha- Hamburg-Koln, Dusseldorf ( 28 Seiten Spezial Nordrhein-Westfalen
>>> Ele viu os Céus abertos
>>> Curso de Estradas
>>> Mecânica dos Solos e suas Aplicações
>>> Construções de Concreto - Vol. 4
>>> Construções de Concreto - Vol. 3
>>> Construções de Concreto - Vol. 1
>>> Construções de Concreto - Vol. 5
>>> El Engaño Populista
>>> Los Brujos de Chávez
>>> Venezuela Energética
>>> Bumerán Chavez
>>> Estado Delincuente
>>> Boves El Urogallo
>>> Cuco
>>> A Bolsa e a Vida - 1ª Edição
>>> Função ceo a descoberta do prazer
>>> Função ceo a descoberta do amor
>>> As cores do amor
>>> Pecaminoso
>>> Coleção Beltranianas - Comunicação e Problemas Luiz Beltrão Parte III
>>> Silicone XXI
>>> Casas Junto Al Mar
>>> Minha Experiência em Brasília
>>> Meu pé de laranja lima
>>> Desenho de Paisagem Urbana
>>> Canaa
>>> Curso de Propriedade Intelectual Para Designers
>>> O Brasil Não Existe!
>>> Apartamentos Urbanos
>>> Arquitetura e Design. Sergio Rodrigues
>>> A Hora Futurista que Passou e Outros Escritos
>>> Uma História da Pintura Moderna
>>> Olhar Sobre o Passado - Volume 1
>>> Quase Vegetariano
>>> Macário
>>> A Dieta de Sonoma
>>> Electra(s)
>>> Anos 70
>>> Édipo Rei de Sófocles
>>> Design e Comunicação Visual
>>> Cézanne: Miniguia de Arte
>>> O Último Godot
>>> Pós Modernismo: Repensando a Arquitetura
>>> Mario Botta
>>> Cinematógrafo: Um Olhar Sobre A História
>>> Desenho a Cores: Técnicas de Desenho de Projeto para Arquitetos 2ª Ed
COLUNAS

Segunda-feira, 21/9/2015
Regras de civilidade (ou de civilização)
Julio Daio Borges

+ de 2500 Acessos

Regra Nº 1: "Não discuta religião com quem é fundamentalista."

Para o fundamentalista, a religião está acima de todas as coisas. Então, ele não vai discutir com você. No mínimo, vai tentar te converter. No máximo, vai querer te matar. Ganhar a discussão, nesse caso, não compensa. É perda total.

Regra Nº 2: "Não discuta futebol com um torcedor fanático."

Só não é pior que o fanático religioso, porque as religiões mataram mais gente. A discussão vale menos a pena (ainda) se você "não liga" para futebol. Aí, o torcedor pode se enfurecer de verdade. Pois pode achar que você está "fazendo pouco caso" de uma das razões da existência dele. Não discuta, porque, além de não conseguir convencê-lo, você arranjará um inimigo para sempre.

Regra Nº 3: "Não discuta política com quem é 'de esquerda'."

Na teoria, tudo mundo que é de esquerda se diz "aberto ao diálogo". Mas na prática - quando eles assumem o poder - tentam controlar a informação, silenciar as críticas e desmoralizar (perseguir ou até matar) quem pensa o contrário. Você acha que havia alguma discussão com Stalin, Mao ou Fidel no poder? Quantas vezes você já não ouviu falar que "Dilma não ouve"? Você acha que o Lula liga para a opinião alheia (além da sua, própria)? Como, então, discutir com "seguidores" desse pessoal?

Regra Nº 4: "Não discuta 'gosto' com quem tem mau gosto."

Gosto é uma questão de sensibilidade. Não adianta discutir com quem não tem sensibilidade. Não passa pela "razão". A pessoa pode até *desenvolver* sua sensibilidade, mas desde que ela tenha alguma. Quem não tem nenhuma, não vai dar esse "salto" (do zero ao infinito). E, tudo bem: não é para todo mundo... (Só não tente discutir com um ogro.)

Regra Nº 5: "Não discuta educadamente com quem não tem educação."

Encoste na traseira de um cavalo - ou de um burro - e veja se ele discute com você: ele te dá um coice. É isso que dá se aproximar demais de quadrúpedes. Mantenha distância. A discussão, com esses seres, se é que ela existe, é na base da agressão. E quando não têm como agredir fisicamente, o que é que eles fazem? Agridem verbalmente - através de insultos, ofensas e palavrões. Não discuta. A não ser que você seja chegado numa besta, e num coice...

Regra Nº 6: "Se você tem princípios, não discuta com quem não tem."

Você está lá, defendendo uma opinião ou um ponto de vista, mas o seu interlocutor pode não estar nem aí. Ele pode estar discutindo "por esporte". Amanhã ele muda de posição, conforme a conveniência dele (e, não, porque você argumentou). Na verdade, ele nem te escutou. Ele não tem consideração. Você parte do princípio de que ele tem, por você. Mas ele não tem nenhuma. É o famoso sobrevivente político. Ele tem mil caras - e não sabe mais qual é a dele...

Regra Nº 7: "Se você perdeu tempo se informando, não discuta com quem só 'ouviu falar' sobre o assunto."

É inútil. A pessoa vai ficar repetindo manchetes, enquanto você vai tentar "aprofundar" - mas a pessoa não vai aprofundar nada, porque ela não tem como. Então: para cada argumento seu, ela vai te devolver uma manchete - até que você se canse. Na era da informação, as pessoas são muito orgulhosas para confessar sua ignorância. Preferem continuar na discussão - e até passar recibo de desonestidade intelectual...

Regra Nº 8: "Tente discutir com alguém com quem você tem alguma base comum - e, não, com quem tem um outro referencial."

Acho inútil, por exemplo, essas discussões entre um cientista e um religioso. Acredito que a religião e a ciência atuam em campos diferentes. Uma pode fornecer princípios de investigação e a outra, bases de conduta. Mas, até em filosofia, você não tem como comparar "episteme" com ética ou moral. Para sobreviver, você, instintivamente, precisa conhecer as leis da física, OK, mas, para *viver em sociedade*, você precisa aprender a lidar com seres humanos. (Não acredito que tudo seja "equivalente" ou "comparável"...)

Regra Nº 9: "Não discuta com quem relativiza tudo."

Você fala em lei da gravidade, mas a pessoa fala: "Ah, mas, na Lua"... Você fala que "o céu é azul", mas a pessoa evoca o espectro de cores das abelhas, que pode ser outro... Você fala em Mensalão e Petrolão, e a pessoa retruca que "corrupção sempre houve"... Nós não temos como escapar de certos "absolutos". É o mínimo para raciocinar. Quando acreditamos na definição de "ponto", e dizemos que a reta é um "conjunto infinito de pontos", estamos *fixando* algumas coisas, pois, sem isso, não temos como estudar geometria (por exemplo)... Acredito que em *qualquer discussão* vale a mesma regra: se a pessoa só quer relativizar, redefinir as palavras, voltar às origens etc., não existe avanço - e a discussão girará em círculos...

Regra Nº 10: "Discuta com quem acredita na civilização - e, não, com quem acha que devemos voltar para a selva."

Se a pessoa quer voltar para a taba, não discuta com ela - deixe ela voltar, o quanto antes. Civilização é avanço. E quem não quer avançar, não deveria ficar na civilização. Se a pessoa não quer viver "conectada", com eletricidade e rede de esgoto, é problema dela. Agora, não atrapalhe o trabalho de quem está tentando evoluir - ou, pelo menos, tentando elevar a discussão a um novo patamar. Valores como família, democracia, economia de mercado... são valores da civilização. Quem não aceita isso, deveria procurar outra coisa. Só não encha a paciência quem quer viver no Ocidente, acredita na ciência e na livre iniciativa (entre outras coisas)...

Para ir além
Compartilhar


Julio Daio Borges
São Paulo, 21/9/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Para que serve a poesia? de Ana Elisa Ribeiro
02. Gerald Thomas: Cidadão do Mundo (parte III) de Jardel Dias Cavalcanti
03. Cigarro, apenas um substituto da masturbação? de Jardel Dias Cavalcanti
04. Varinha de condão de Ana Elisa Ribeiro
05. Sobre a mulher que se faz de vítima de Fabrício Carpinejar


Mais Julio Daio Borges
Mais Acessadas de Julio Daio Borges em 2015
01. Lendo Virgílio, ou: tentando ler os clássicos - 25/5/2015
02. Regras de civilidade (ou de civilização) - 21/9/2015
03. Por que a discussão política tem de evoluir - 24/8/2015
04. 10 coisas que a Mamãe me ensinou - 10/5/2015
05. Mais uma crise no jornalismo brasileiro - 3/9/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ULTIMO POLICIAL
BEN. H WINTERS
RAACO
(2018)
R$ 25,00



CHAKRAS A HISTÓRIA REAL DE UMA INICIADA
HALU GAMASHI
EDIOURO
(2005)
R$ 25,00



THE AGE OF LOUIS XV
ALVAR GONZALES PALACIOS
PAUL HAMLYN
(1969)
R$ 9,89



ARTES PLÁSTICAS E LITERATURA - O NACIONAL E O POPULAR
CARLOS ZILIO / LÍGIA CHIAPPINI M. LEITE
BRASILIENSE
(1982)
R$ 8,00



A VERVE DE SETE POETAS E ESCRITORES DE CAMPOS DOS GOYTACAZES
JOSÉ VIANA GONÇALVES / OUTROS
DO AUTOR
(2006)
R$ 20,00



PATATIVA DO ASSARÉ - AQUI TEM COISA
PATATIVA DO ASSARÉ
HEDRA
(2004)
R$ 18,00



ART-SITES LONDON THE INDISPENSABLE GUIDE TO CONTEMPORARY ART ARCHIT...
SIDRA STICH
DO AUTOR
R$ 20,00



VIDA VIGOROSA
RYOTARO KAWATA
SEICHO NO IE
(2008)
R$ 15,00



HOMEM ARANHA Nº 1/2 - SONJA A GUERREIRA
MARVEL
PANINI COMICS
(2008)
R$ 9,90



MANUAL DE MANIPULACIÓN Y CONSTRUCCIÓN DE TÍTERES (TEATRO DE BONECOS)
JOSEFINA DÍAZ
EDITORIAL PUEBLO Y EDUCACIÓN
(1981)
R$ 8,00





busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês