Primavera ao ar livre | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil exibe especial 'Sonho Meu' em homenagem a Dona Ivone Lara nesta sexta (20)
>>> Escritor Alexandre Hallais fecha parceria com a Soul Editora
>>> Juiz federal estreia na literatura com contos sobre heróis históricos
>>> Alessandro Ferrari Jacinto e Marisa Folgato lançam 'Alzheimer' na Livraria Martins Fontes
>>> Programa de Edição de Textos de Docentes da Unesp 2018
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
Últimos Posts
>>> Cenas do bar - Wilsinho, o feio.
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
>>> Sem troco
>>> Libertarias
>>> A mandioca e o canário da terra
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Mecanismos Internos: Ensaios sobre Literatura, de J.M. Coetzee
>>> A verdadeira resistência
>>> Dicas para a criação de personagens na ficção
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> crônica - ou ensaio - à la hatoum
>>> E a lei cedeu diante dos costumes
>>> E a lei cedeu diante dos costumes
>>> Casa Arrumada
>>> Anti-Jô Soares
>>> Algo em común
Mais Recentes
>>> Criando filhos ( o modo de Deus )
>>> Uma sustentável revolução na floresta
>>> il Riso in Tasca
>>> Trilogia Deutsch Perfekt- cidades da Alemanha- Hamburg-Koln, Dusseldorf ( 28 Seiten Spezial Nordrhein-Westfalen
>>> Ele viu os Céus abertos
>>> Curso de Estradas
>>> Mecânica dos Solos e suas Aplicações
>>> Construções de Concreto - Vol. 4
>>> Construções de Concreto - Vol. 3
>>> Construções de Concreto - Vol. 1
>>> Construções de Concreto - Vol. 5
>>> El Engaño Populista
>>> Los Brujos de Chávez
>>> Venezuela Energética
>>> Bumerán Chavez
>>> Estado Delincuente
>>> Boves El Urogallo
>>> Cuco
>>> A Bolsa e a Vida - 1ª Edição
>>> Função ceo a descoberta do prazer
>>> Função ceo a descoberta do amor
>>> As cores do amor
>>> Pecaminoso
>>> Coleção Beltranianas - Comunicação e Problemas Luiz Beltrão Parte III
>>> Silicone XXI
>>> Casas Junto Al Mar
>>> Minha Experiência em Brasília
>>> Meu pé de laranja lima
>>> Desenho de Paisagem Urbana
>>> Canaa
>>> Curso de Propriedade Intelectual Para Designers
>>> O Brasil Não Existe!
>>> Apartamentos Urbanos
>>> Arquitetura e Design. Sergio Rodrigues
>>> A Hora Futurista que Passou e Outros Escritos
>>> Uma História da Pintura Moderna
>>> Olhar Sobre o Passado - Volume 1
>>> Quase Vegetariano
>>> Macário
>>> A Dieta de Sonoma
>>> Electra(s)
>>> Anos 70
>>> Édipo Rei de Sófocles
>>> Design e Comunicação Visual
>>> Cézanne: Miniguia de Arte
>>> O Último Godot
>>> Pós Modernismo: Repensando a Arquitetura
>>> Mario Botta
>>> Cinematógrafo: Um Olhar Sobre A História
>>> Desenho a Cores: Técnicas de Desenho de Projeto para Arquitetos 2ª Ed
COLUNAS

Quinta-feira, 1/10/2015
Primavera ao ar livre
Elisa Andrade Buzzo

+ de 1800 Acessos


ilustra: Renato Lima

Mal começou a primavera e ela desabrocha em nosso coração, assim, de maneira mais distante que ao alcance da mão. Vejam estas pitangas que são tão boas avermelhando o chão da escola. Por que sempre na cidade os galhos com os frutos estão no alto? Então a gente desiste e se esquece de comer o que fica como uma decoração risonha e temporária da natureza.

E o pé de acerola num domingo prazenteiro já soltou seus frutos bem vermelhos, que escorregam na ladeira, antes aqueles que escaparam dos pisões. E a amoreira mais uma vez pinta de uma cor rubra e suja a calçada decrépita da ruazinha cheia de carros estacionados.

Os frutos tão bons, azedos e doces esquecidos pelos chãos imundos, pelas gretas das lajotas, tingindo de cor forte com aquilo que na boca não se prova. O pólen e as folhas pequenas das árvores chuviscando sobre as cabeças pesadas e desavisadas. Que imagem mais poética pode haver do que esta que uma brisa de primavera nos proporciona?

E os ainda pequenos e esbeltos ipês-amarelos soltam suas flores, como sinos despencando suaves, que se grudam nos galhos de outras árvores, antes que em algum momento tombem tantos que as calçadas e as gramas se irão tingir de sua cor. Nas noites quentes haverá uma oculta dama-da-noite, em arvoreta ou trepadeira, a seguir o caminho dos passantes com seu aroma inebriante. E este e outros jardins perfumados, de pungente aroma, seguirão o seu próprio caminho misterioso resguardados por trás de muros e gradeados.

As escadarias das pequenas vilas citadinas vão guardar os tenros cadáveres de hibiscos vermelhos. Até que sejam de lá varridos, sem antes deixar um pouco de sua substância pegajosa de flor. Mas são muitos os hibiscos, me aproximo com os olhos bem perto de suas intimidades. O estigma de pelúcia delicada, as anteras guardando o pólen que mais parece um pó de ouro. E essa vida vibrante ainda guarda mais substância secreta, no interior do ovário suculento.

Aguardando o ônibus, um velho homem, de camisa e calça social e sozinho, empunha um buquê fino. Não é ilustração de Mucha, nem estátua europeia da Primavera, mas é nossa e afetuosa. Tudo o que os estabelecimentos comerciais lacrados com seus ares-condicionados, com sua protuberância de flores artificiais, suas borboletas sem esqueleto não conseguem de jeito nenhum fazer - uma primavera, citadina e magrinha, mas de terra e asa verdadeira.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 1/10/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Com quantos eventos literários se faz uma canoa? de Ana Elisa Ribeiro
02. Na minha internet foi assim, e na sua? de Marta Barcellos
03. O que em mim sente está lembrando de Ana Elisa Ribeiro
04. Nôwo e mayúskulo akôrdo ortográphiko de Ana Elisa Ribeiro
05. Anarquia brasileira de Luiz Rebinski Junior


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2015
01. Rugas e rusgas - 15/1/2015
02. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas - 26/2/2015
03. Viagem aos baixos do Viaduto do Chá - 5/2/2015
04. Em noite de lua azul - 6/8/2015
05. Quero ser Marina Abramović - 7/5/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ULTIMO POLICIAL
BEN. H WINTERS
RAACO
(2018)
R$ 25,00



CHAKRAS A HISTÓRIA REAL DE UMA INICIADA
HALU GAMASHI
EDIOURO
(2005)
R$ 25,00



THE AGE OF LOUIS XV
ALVAR GONZALES PALACIOS
PAUL HAMLYN
(1969)
R$ 9,89



ARTES PLÁSTICAS E LITERATURA - O NACIONAL E O POPULAR
CARLOS ZILIO / LÍGIA CHIAPPINI M. LEITE
BRASILIENSE
(1982)
R$ 8,00



A VERVE DE SETE POETAS E ESCRITORES DE CAMPOS DOS GOYTACAZES
JOSÉ VIANA GONÇALVES / OUTROS
DO AUTOR
(2006)
R$ 20,00



PATATIVA DO ASSARÉ - AQUI TEM COISA
PATATIVA DO ASSARÉ
HEDRA
(2004)
R$ 18,00



ART-SITES LONDON THE INDISPENSABLE GUIDE TO CONTEMPORARY ART ARCHIT...
SIDRA STICH
DO AUTOR
R$ 20,00



VIDA VIGOROSA
RYOTARO KAWATA
SEICHO NO IE
(2008)
R$ 15,00



HOMEM ARANHA Nº 1/2 - SONJA A GUERREIRA
MARVEL
PANINI COMICS
(2008)
R$ 9,90



MANUAL DE MANIPULACIÓN Y CONSTRUCCIÓN DE TÍTERES (TEATRO DE BONECOS)
JOSEFINA DÍAZ
EDITORIAL PUEBLO Y EDUCACIÓN
(1981)
R$ 8,00





busca | avançada
23968 visitas/dia
829 mil/mês