4 livros de 4 mulheres para conhecer | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
37163 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> Série Bravos! apresenta a trajetória da artista maranhense Thabata Lorena
>>> Caminhos da Reportagem discute preconceito, tabu e silêncio em torno do suicídio
>>> Jornalista Mário Magalhães debate biografias no Trilha de Letras da TV Brasil
>>> 3ª MOSTRA DE CINEMA CHINÊS
>>> CIENTISTA POLÍTICO E SOCIAL JULIO AURÉLIO LANÇA VIVER EM REDE COM DEBATE NA CASA DE RUI BARBOSA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> É de fibra
>>> O indomável Don Giovanni
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
>>> PETITE FLEUR
>>> O fantasma de Nietzsche
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Guilherme Fiuza
>>> A literatura de Giacomo Casanova
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> Rejoicing in the Hands
>>> Entrevista com o poeta Régis Bonvicino
>>> Pascal e a condição humana
>>> Alberto Caeiro, o tal Guardador de Rebanhos
>>> O gato diz adeus
>>> Ascese, uma instalação do artista Eduardo Faria
>>> Rousseau e a Retórica Moderna
Mais Recentes
>>> A Mão E A Luva
>>> Revista Planeta n° 7
>>> Larry Clabb ( o silencio de Adão )
>>> Fragmentos De Uma Luta Ecológica
>>> Educação Na Constituição E Outros Estudos
>>> Álbum De Casamento - Quarteto De Noivas 1
>>> Pássaro Contra A Vidraça
>>> Os últimos dias de Jesus
>>> Depois do calvário
>>> A Queda - As Memórias De Um Pai Em 424 Passos
>>> James Dean Por Ele Mesmo
>>> Jesus de Nazaré
>>> A Grande Jogada
>>> Aumente O Poder De Sua Memória
>>> A Infância de Jesus
>>> Revista Iate Nº 29
>>> Olhos Insanos
>>> Jesus de Nazaré - Da entrada em Jerusalém até Ressurreição
>>> A Estética dos Odores - O Sentido do Olfato no Cuidado de Enfermagem Hospitalar
>>> Um Homem Célebre - Machado Recriado
>>> A Casa Civil
>>> Práticas Corporais - Volume 2
>>> À Margem De Alice
>>> Project Para Profissionais
>>> Do Lazareto Dos Variolosos Ao Instituto De Infectologia Emilio Ribas: 130 Anos De História Da Saúde Pública No Brasil
>>> Sal da Terra
>>> Deus Existe?
>>> Luz do Mundo - o Papa, a Igreja e os Sinais dos Tempos. Uma conversa com Peter Seewald
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo Perdoai vos uns aos Outros
>>> Racionalidade da Fé Cristã Argumentos para sua Defesa
>>> O Fator Integridade
>>> O Cânon das Escrituras
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo O Encargo Central de Paulo
>>> Uma Vida com Propósito e Qualidade de Vida + Um Casal que Coopera com Deus
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo Pastorear o Rebanho de Deus
>>> O Plano de Deus para as Nações
>>> O Imutável Amor de Deus
>>> Sucesso e Fracasso de um Líder
>>> A Manifestação do Espírito
>>> 40 Lições Essencias para a Vida Cristã Volume 1
>>> Sobre o Céu e a Terra: As reflexões do novo Papa sobre a família, a fé e o papel da Igreja
>>> Compreender a Igreja hoje
>>> Platero E Eu
>>> O Piano
>>> Blue Like Jazz - Nonreligious Thoughts On Christian Spirituality
>>> A Prece Ucraniana na Pressa da Cidade- as renegociações das práticas religiosas ucranianas nos espaços da cidade de Curitiba, a partir de 1960
>>> Harmonia
>>> O Muro
>>> Tetralogia Monstro
>>> O Poder da Mulher que Ora
COLUNAS

Sexta-feira, 19/2/2016
4 livros de 4 mulheres para conhecer
Ana Elisa Ribeiro

+ de 1900 Acessos

A pilha de livros de poesia vai mais alta do que a mesa. Infelizmente, só consigo lê-los nas férias. A roda-viva geral me dá a entender que não cabe poesia no resto do ano. Mas eu insisto em desafiar essa sina. Com o Fábio Assunção declamando poesia na novela das seis, talvez haja mais um impulso para me ajudar. E tomara que as cenas estimulem mais gente. Ô dó de quem depende disso para conhecer meia dúzia de trovadores. Todos mortos, quase sempre. E não é que morrer seja demérito! Por favor. Tem muito morto bom por aí. Mas poeta bom também é poeta vivo. Ou viva.

Nestas férias, além de passear na praia e dormir até tarde, recompensas esperadas sem ansiedade, tratei de tirar o atraso de parte da pilha de livros de poesia. A maioria deles é de pessoas que conheço, amigos, parceiros, colegas. Ou de desconhecidos de quem ouvi falar, sobre os quais ouvi elogios. E como ler poesia não para por aí, entusiasmei-me em exprimir minhas impressões. Então é assim: poesia boa deixa a gente inquieta. Ou quieta para pensar. Não é como ler qualquer coisa, sair andando, comer o bife ou fritar ovo. Literatura - para além da poesia - desafia, desafina ("o coro dos contentes...") e perturba um pouco. Fiquei pronta para dizer umas coisas, mas principalmente para passar adiante. Quem sabe alimente a pilha de livros de alguém?

Adriane Garcia

Mineira de Belo Horizonte, publicou três livros de poesia e ganhou prêmio no Paraná com o primeiro deles, Fábulas para adulto perder o sono. Recebi um exemplar das mãos da própria autora, em um evento literário. Mas minha língua coça é para falar do terceiro livro: Só, com peixes, pela editora Confraria do Vento. Do meu jeito curto, meio raso, e que me perdoe a poeta (e os críticos profissionais que me ignorem), passei uns dias imersa em um aquário. Só, com peixes é um projeto, no sentido de que há intencionalidade clara ali. Adriane resolve mergulhar em um tema - aparentemente o do písceo -, mas nunca é só isso. A humanidade está lá, a desumanidade também, o deslocamento, a falta e a exuberância. Na linguagem, a poeta é econômica, embora não seja rasa. É contundente, sinuosa, inclusive. A título de exemplo, vai um "Fronteiras":

Se eu entro no mar
Não me querem que
Tenho pernas

Se eu venho pra terra
Não me querem porque
Tenho cauda

Antigamente eu mudava
De cor
Qual cavalo marinho

Mas oceânica bebi
A água doce da torneira

Entrei no táxi filha pródiga
E disse:
Siga para a Atlântida

O homem me olhou
Como se olha uma refugiada.

Ana Martins Marques

Esta poeta está em oito entre dez listas de mulheres escritoras que despontam. E não à toa. O primeiro concurso de poemas que ela venceu foi em Minas (de onde ela é), quando eu compunha o júri. Abrimos o envelope que revelaria os dados daquele poeta sob pseudônimo. Desconfiávamos ser uma mulher. Um quê... Não se sabe. E era ela, que eu já conhecia vagamente. Depois ela arrematou mais vários prêmios. Ana Martins Marques é autora de três livros. O primeiro a lançou, e saiu pela editora Scriptum, de Belo Horizonte. Em seguida, veio o contrato com a Companhia das Letras. Minhas férias foram de saborear o mais recente: O livro das semelhanças, que me mergulhou em uma linguagem delicada, de uma simplicidade exatíssima. Ana é dona de uma poesia que não diz com sobra e nem com excesso, mas é cheia de lacunas - boas. Dividido em partes, há também intenções ligadas a temas - como o do objeto livro ou o das "visitas ao lugar-comum", que muito me agradou, e a reiteração de personagens e assuntos encontráveis em outros livros dela. São mais de cem páginas de se ler saltando levemente. A despeito das grandes diferenças de dicção, vou exemplificar na mesma trilha de Adriane Garcia. Aqui vai a "Sereia" de Ana MM:

Sereia
centauro
com sal

melhor é tua metade
animal

a parte humana sendo humana
sempre mente

só mesmo um peixe pode ser
contente

de nada te serviriam
joelhos ou pés

o que és é também
o que não és

nada
é o que fazes bem

metade do que eu sou
não sou também

Prisca Agustoni

Prisca, para mim, era a tradutora. Até que recebi pelos correios seus livros de poesia autorais. Autora de cinco livros ou mais, em quatro línguas diferentes, a suíça radicada em Minas preencheu minhas férias com A morsa (Mazza Edições). É ainda um outro universo, diferente do de Adriane e do de Ana MM. Mais denso, mais opaco. Curtos, firmes, angulosos, os poemas trazem, principalmente, a questão do deslocamento, da adaptação (ou seu contrário), a saudade indizível em outras línguas, a migração. Incômodo. Profundamente poético e prenhe de imagens. Principalmente elas. Espiem o "Curta-metragem urbano", apenas para uma amostra:

1.
A indiana
envolta no tule
passou por mim
e me sorriu.

Porque eu também
sou de algures,
e estou relativamente bem
nesta cidade
sem ninguém.

2.
A casa da felicidade
alagou-se
dias após sua partida.

Regina Azevedo

Potiguar de Natal, Regina começou cedo, como costumam apontar aqueles que escrevem sobre sua poesia. Mas esqueçamos disso e vejamos este segundo livro da autora: Por isso eu amo em azul intenso, publicado pela editora Jovens Escribas - que tem pouco de jovem e já publicou nomes como Chacal, Sérgio Fantini, Braulio Tavares e vários mais. De um livro ao outro, Regina deu um salto. Neste segundo, sua voz aparece ainda mais solta, quente e feminina. Mérito. Muito encorpada, muito dela mesma, própria, voraz. Regina mete medo. Não é um livro temático, intencional como outros, mas é claro que há aqueles assuntos preferenciais, como o amor, neste caso. Ou quase. Regina faz a gente corar.

deitado ao meu lado
diz que se lembra
dos tempos em que a gente
sonhava
com o dia
de deitar
um ao lado do outro

Quatro cantos

São quatro poetas completamente diferentes. Nem sempre nos temas, mas nos olhares, nas vozes, na linguagem que escolhem para se tornarem escritoras. Preferência? Não. Estão em ordem alfabética.

Fábrica de Chocolates




Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 19/2/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Simpatia pelo Demônio, de Bernardo Carvalho de Jardel Dias Cavalcanti
02. Sobre os três primeiros romances de Lúcio Cardoso de Cassionei Niches Petry
03. O titânico Anselm Kiefer no Centre Pompidou de Jardel Dias Cavalcanti
04. A proposta libertária de Gian Danton
05. Em 2016, pare de dizer que você tem problemas de Fabio Gomes


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2016
01. 12 tipos de cliente do revisor de textos - 26/2/2016
02. Que tal fingir-se de céu? - 4/11/2016
03. O que vai ser das minhas fotos? - 29/7/2016
04. Com quantos eventos literários se faz uma canoa? - 15/1/2016
05. Noturno para os notívagos - 10/6/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DONNIE DARKO - EDITORA DARKSIDE
EDITORA DARKSIDE
DARKSIDE
(2016)
R$ 25,00



A ARTE DA SEDUÇAÕ
NELMA PENTEADO
MANDARIM
(2000)
R$ 10,00



NOVO MUNDO - CARTAS DE VIAGENS E DESCOBERTAS
AMÉRICO VESPÚCIO
L&PM
(1984)
R$ 27,00



ENCONTROS SOCIOAMBIENTAIS COM LENINE
VÁRIOS AUTORES
MAMELUCO
(2014)
R$ 40,00



BENJAMIN, ADORNO, HORKHEIMER E HABERMAS - OS PENSADORES
COLEÇÃO OS PENSADORES
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 12,00



NÓS SOMOS TODOS IMORTAIS
PATRICK DROUOT
NOVA ERA
(1996)
R$ 8,99



A ÚLTIMA DANÇA
ED MCBAIN
RECORD
(2003)
R$ 10,00



SILAS MALAFAIA ( LIÇÕES DE VENCEDOR)
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
(2017)
R$ 20,00
+ frete grátis



DESCUBRA SEUS PONTOS FORTES
MARCUS BUCKINGHAM E DONALD O. CLIFTON, PH.D
SEXTANTE
(2006)
R$ 13,00



QUARTA-FEIRA DE CINZAS
ETHAN HAWKE
EDIOURO
(2003)
R$ 12,00
+ frete grátis





busca | avançada
37163 visitas/dia
993 mil/mês