Radiohead e sua piscina em forma de lua | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
29464 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Pixel Show promove gratuitamente exibição do documentário "The Happy Film"
>>> Inédito no Brasil, espetáculo canadense SIRI estreia em novembro no Oi Futuro
>>> Antonio Nóbrega apresenta show comemorativo pela passagem dos 25 anos do Instituto Brincante
>>> Visita Temática : Os Múltiplos Tempos da Coleção de Ema Klabin
>>> Chagall é tema de palestra na Casa Museu Ema Klabin
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Olho d'água
>>> A música da corrida
>>> Retalhos da vida
>>> Limbo
>>> Transmutações invisíveis
>>> Quem te leu, quem te lê
>>> Bom dia e paz
>>> O que sei do tempo II
>>> Quem é quem?
>>> Academia
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um monstro que ri
>>> Lições literárias
>>> Fahrenheit 451, Oralidade e Memória
>>> História dos Estados Unidos
>>> Apresentação
>>> Modernismo e Modernidade
>>> Deus ex machina
>>> O assassinato de Herzog na arte
>>> Homenagem a Orestes Barbosa
>>> O lado A e o lado B de Durval Discos
Mais Recentes
>>> O príncipe e o mendigo
>>> Dicionário de Ciências Ocultas 1 e 2
>>> Jonas
>>> O desafio historiográfico
>>> Decifrando o Genoma
>>> O Baudolino
>>> O Império do Sol
>>> Encanto Mortal
>>> A Ilha do Dia Anterior
>>> Ciência Política
>>> O Trabalho Infantil na Cidade de São Paulo
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Controlando a Osteoporose
>>> Encantando Totalmente o Cliente
>>> As Vinhas da Ira _ Volume II
>>> Ser Mãe
>>> Sonetos Escolhidos
>>> Sonetos Escolhidos
>>> Nada Dura Para Sempre
>>> Dioniso & Cia. na moqueca do dendê: desejo, revolução e prazer na obra de Jorge Amado
>>> Ciência & Realidade 6ª série
>>> Redação Curso Básico Vol 1
>>> Redação Curso Básico Vol 2
>>> A Conquista da Matemática 7ª Série
>>> Redação Curso Básico Vol 3
>>> Português Através de Textos 5
>>> Português Através de Textos 7
>>> Ciência & Realidade 7ª série
>>> Ciência & Realidade 5ª série
>>> A Conquista da Matemática 6ª Série
>>> Caderno de Português Fundamental 5ª série
>>> Bom Tempo Estudos Sociais Ciências 4
>>> Língua Portuguêsa Vol 4
>>> Descobrindo a Gramática
>>> Português Através de Textos 6
>>> Verdades Fundamentais da Parábola do Rico e de Lázaro
>>> Dificuldades Bíblicas e Outros Estudos Vol. 1 (2ª ed.)
>>> Um rabino conversa com Jesus- um diálogo entre milênios e confissões
>>> Conceitos de crítica
>>> Conceitos fundamentais da poética- (2ª ed.)
>>> Marketing Digital Novas tecnologias & Novos Modelos de Negócio
>>> Excel 2007
>>> Project para Profissionais
>>> O crime do padre Amaro (15ª ed.)
>>> A câmara clara - nota sobre a fotografia (2ª ed.)
COLUNAS

Terça-feira, 28/6/2016
Radiohead e sua piscina em forma de lua
Luís Fernando Amâncio

+ de 1900 Acessos

Nas primeiras notas de “Everything in its right place”, música que abre o álbum Kid A (2000), do Radiohead, a mensagem estava clara: nada seria como antes na história da banda. O trabalho, juntamente com seu irmão, Amnesiac (2001), marcou o mergulho do grupo num experimentalismo que causou amplo impacto na época. Foi uma ruptura na discografia da banda que vinha em trajetória ascendente, aperfeiçoando uma fórmula que chegara ao seu auge no aclamado, pela crítica e pelo público, Ok Computer (1997) – o clipe de “Paranoid Android” foi figurinha marcada na MTV na época.

Apesar do enorme sucesso de crítica e público, o grupo britânico entraria no século XXI desdenhando das guitarras e trazendo referências da música erudita, eletrônica e do jazz. Os dois álbuns soaram bem difíceis para ouvintes condicionados ao som mais “redondo” das FMs.

Os trabalhos seguintes do Radiohead não foram tão radicais na proposta experimental, mas a banda nunca mais soaria como em Ok Computer. In Rainbows (2007), por exemplo, é bastante luminoso, digamos. Quase um disco para animar festas – festas indies, é claro. O álbum teve grande repercussão, sobretudo por ser vendido no sistema “pague quanto quiser”. A estratégia foi bastante impactante para uma indústria fonográfica que ainda se debruça na tarefa hercúlea que é descobrir como manter seus lucros em tempos de mídia digital e downloads ilegais.

O Radiohead fez pequenas revoluções musicais, embora mantendo algumas de suas características – densidade, melancolia, ritmos quebrados etc. E o grupo, formado por Thom Yorke (vocalista), Ed O’Brien (guitarrista), Johny Greenwood (talvez conste “guitarrista” na carteira de trabalho, mas há tempos é o principal multi-instrumentista da banda – todos eles são um pouco), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria), lançou, em 2016, o álbum A Moon Shaped Pool. Muitos especulam ser este o último álbum da banda, devido a indícios como a presença de músicas que já eram esboçadas ao vivo, mas nunca haviam sido registradas em estúdio. “True Love Waits”, por exemplo, que encerra o cd, foi executada pela primeira vez em show no longínquo 1995.



Sobre o álbum, muitos tirarão de seus dicionários o desgastado adjetivo “genial” e vão cravar, pela enésima vez, que se trata da banda mais influente dos últimos tempos. Outros desdenharão, dizendo que o grupo se perdeu na mesma fórmula e que o trabalho não é grande coisa. É o nono álbum de estúdio da banda, formada em 1985, em Oxford. Com esse tempo de estrada, seus fãs são cada vez mais fãs, enquanto os detratores vão acumulando material para o ódio.

Os dois primeiros singles de A Moon Shaped Pool não decepcionaram. “Burn the Witch”, com seu clipe consideravelmente macabro, tem um arranjo orquestrado que dá um tom grandioso à canção. Arranjos orquestrados, aliás, aparecem em outras músicas do trabalho e, de certa forma, são uma novidade na discografia do grupo. Em seguida, “Daydreaming”, canção mais lenta, mas bem elaborada, mostra o quanto a voz de Thom Yorke é singular. De fato, a música e seu título expressam bem a maior qualidade do Radiohead: levar o ouvinte a uma atmosfera suspensa, um som externo que nos leva à introspecção.

Podemos destacar também a música “Present Tense”, comprovando que Tom Jobim e João Gilberto estão na coleção de discos do músico. “Desert Island Disk” é um bom momento violão e voz de uma banda que tanto explora os recursos tecnológicos. “The Numbers”, “Identikit” e “Ful Stop”, por seu lado, confirmam que, apesar do estranhamento que causou, a sonoridade de Kid A marcou uma guinada definitiva para a banda. “Tinker Tailor Soldier Sailor Rich Man Poor Man Beggar Man Thief” é provavelmente a mais atmosférica do álbum.

Enfim, A Moon Shaped Pool provavelmente não arrebanhará novos fãs para o Radiohead, mas também não vai desagradar aqueles que já seguem o grupo. É um trabalho bom, consistente, e que apresenta uma banda segura da trajetória que construiu nesses nove álbuns.





Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 28/6/2016


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2016
01. Tricordiano, o futebol é cardíaco - 26/4/2016
02. Nos tempos de Street Fighter II - 31/5/2016
03. Radiohead e sua piscina em forma de lua - 28/6/2016
04. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão - 30/8/2016
05. Lira da resistência ao futebol gourmet - 1/2/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UM AMOR DIFERENTE - NOSSAS ESCOLHAS
JOÃO ALBERTO TEODORO - PELO ESPÍRITO AUGUSTO CÉSAR VANNUCCI
MUNDO MAIOR
(2012)
R$ 19,65



O PÃO NO DESERTO
THOMAS MERTON
VOZES
(2008)
R$ 42,00



O PÃO NOSSO PARA 365 DIAS
EDIR MACEDO
UNIPRO
(2014)
R$ 30,00



CATECISMO ANTI-SABÁTICO
REV. B HIRTH
BIBLOS
(1937)
R$ 68,00



A FLAUTA MÁGICA
DIONISIO JACOB
SM
(2007)
R$ 15,00



FALA SÉRIO, PAI!
THALITA REBOUÇAS
ROCOO
(2009)
R$ 20,00



O PRISIONEIRO - 1ª EDIÇÃO (3ª IMPRESSÃO)
ERICO VERISSIMO
GLOBO
(1968)
R$ 4,90



O TEATRO DE MOLIÈRÉ - PAULO RÓNAI (TEATRO FRANCÊS)
PAULO RÓNAI
UNB
(1981)
R$ 8,00



ARGENTINOS - MITOS, MANIAS E MILONGAS
MARCIA CARMO & MONICA YANAKIEW
PLANETA
(2005)
R$ 22,00



A MANEIRA DE CUMPRIR A VISÃO- VOLUME 3
WITNESS LEE
ÁRVORE DA VIDA
(2000)
R$ 24,90
+ frete grátis





busca | avançada
29464 visitas/dia
1,1 milhão/mês