Dheepan, uma busca por uma nova vida | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
37163 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> Série Bravos! apresenta a trajetória da artista maranhense Thabata Lorena
>>> Caminhos da Reportagem discute preconceito, tabu e silêncio em torno do suicídio
>>> Jornalista Mário Magalhães debate biografias no Trilha de Letras da TV Brasil
>>> 3ª MOSTRA DE CINEMA CHINÊS
>>> CIENTISTA POLÍTICO E SOCIAL JULIO AURÉLIO LANÇA VIVER EM REDE COM DEBATE NA CASA DE RUI BARBOSA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> É de fibra
>>> O indomável Don Giovanni
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
>>> PETITE FLEUR
>>> O fantasma de Nietzsche
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Guilherme Fiuza
>>> A literatura de Giacomo Casanova
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> Rejoicing in the Hands
>>> Entrevista com o poeta Régis Bonvicino
>>> Pascal e a condição humana
>>> Alberto Caeiro, o tal Guardador de Rebanhos
>>> O gato diz adeus
>>> Ascese, uma instalação do artista Eduardo Faria
>>> Rousseau e a Retórica Moderna
Mais Recentes
>>> A Mão E A Luva
>>> Revista Planeta n° 7
>>> Larry Clabb ( o silencio de Adão )
>>> Fragmentos De Uma Luta Ecológica
>>> Educação Na Constituição E Outros Estudos
>>> Álbum De Casamento - Quarteto De Noivas 1
>>> Pássaro Contra A Vidraça
>>> Os últimos dias de Jesus
>>> Depois do calvário
>>> A Queda - As Memórias De Um Pai Em 424 Passos
>>> James Dean Por Ele Mesmo
>>> Jesus de Nazaré
>>> A Grande Jogada
>>> Aumente O Poder De Sua Memória
>>> A Infância de Jesus
>>> Revista Iate Nº 29
>>> Olhos Insanos
>>> Jesus de Nazaré - Da entrada em Jerusalém até Ressurreição
>>> A Estética dos Odores - O Sentido do Olfato no Cuidado de Enfermagem Hospitalar
>>> Um Homem Célebre - Machado Recriado
>>> A Casa Civil
>>> Práticas Corporais - Volume 2
>>> À Margem De Alice
>>> Project Para Profissionais
>>> Do Lazareto Dos Variolosos Ao Instituto De Infectologia Emilio Ribas: 130 Anos De História Da Saúde Pública No Brasil
>>> Sal da Terra
>>> Deus Existe?
>>> Luz do Mundo - o Papa, a Igreja e os Sinais dos Tempos. Uma conversa com Peter Seewald
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo Perdoai vos uns aos Outros
>>> Racionalidade da Fé Cristã Argumentos para sua Defesa
>>> O Fator Integridade
>>> O Cânon das Escrituras
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo O Encargo Central de Paulo
>>> Uma Vida com Propósito e Qualidade de Vida + Um Casal que Coopera com Deus
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo Pastorear o Rebanho de Deus
>>> O Plano de Deus para as Nações
>>> O Imutável Amor de Deus
>>> Sucesso e Fracasso de um Líder
>>> A Manifestação do Espírito
>>> 40 Lições Essencias para a Vida Cristã Volume 1
>>> Sobre o Céu e a Terra: As reflexões do novo Papa sobre a família, a fé e o papel da Igreja
>>> Compreender a Igreja hoje
>>> Platero E Eu
>>> O Piano
>>> Blue Like Jazz - Nonreligious Thoughts On Christian Spirituality
>>> A Prece Ucraniana na Pressa da Cidade- as renegociações das práticas religiosas ucranianas nos espaços da cidade de Curitiba, a partir de 1960
>>> Harmonia
>>> O Muro
>>> Tetralogia Monstro
>>> O Poder da Mulher que Ora
COLUNAS

Quinta-feira, 28/7/2016
Dheepan, uma busca por uma nova vida
Guilherme Carvalhal

+ de 2300 Acessos



A complexidade de um mundo atingido pelo amplo e trágico processo de migração tem pego de surpresa políticos e a população de vários países. Evidenciado no atual momento pela presença de refugiados sírios em massa na Europa, é um símbolo de uma fase nova da globalização, onde conflitos levam à movimentação territorial de milhões de pessoas e grupos em massa deslocam-se a novos países.

Utilizando dessa premissa, o filme Dheepan (ou O Refúgio, como saiu no Brasil) traz como personagens principais um grupo de pessoas fugindo de conflitos e em busca de um porto seguro na Europa. Porém, o filme vai além de meramente retratar a migração e mostrar a tentativa dos refugiados de se encaixarem na sociedade que os acolhe (nem sempre de forma calorosa).

Aqui, o eixo central da obra está na questão do ser e o processo de mudança de país é utilizado como o ponto de rompimento. Isso é altamente explorado no começo do filme, quando os personagens principais partem de seu país, o Sri Lanka, rumo à França. O conflito em questão foi a guerra civil no Sri Lanka, onde os Tigres de Tamil desejavam criar uma nação independente no norte da ilha. Dessa guerra civil resultaram milhares de mortos e refugiados, e nesse contexto a trama se inicia.

Nos momentos iniciais do filme, vemos um militar queimando corpos de soldados para, em seguida, trocar sua farda por roupas civis e então queimá-las. Esse já é um rompimento simbólico: ele queimava seus aliados e também sua vida enquanto soldado separatista, escolhendo uma vida civil. Em seguida, vemos uma mulher em um campo de refugiados procurando uma criança órfã. Ela encontra uma e vai para um posto de migração, onde afirma ser ela a sua filha.

Nesse posto está o militar aposentado, e juntos se disfarçam de família para assim conseguir escapar da guerra. Recebem os documentos de uma família morta nos conflitos e assim ele passa a se chamar Dheepan, a mulher Yalini e a criança Illayaal. Sob essas novas identidades eles conseguem o passaporte para a França.

Chama destaque ao longo do filme o fato das vidas passadas dos personagens principais serem pouco abordadam, com escassa informação sobre cada um deles. Yalini apenas conta ter uma prima residente na Inglaterra, para onde pretende ir. Illayaal é mais destituída ainda de vida pregressa. Apenas Dheepan tem um pouco mais de seu passado exposto, por causa de seu envolvimento com a guerra. O nome real de nenhum deles é mostrado.

A migração desse grupo de pessoas então atravessa a questão de seguir a outro país e a outra cultura. Sua sobrevivência passa a depender de como conseguem conviver sob o disfarce de família, sendo que nunca haviam se visto antes. O baque da inserção social se dá na apresentação de ambos enquanto um casal, tomando decisões juntas e cuidando da criança, como nos casos em que precisa ir à escola.

Sua instalação na França faz alusão à zona de guerra, pois foram levados a um conjunto residencial controlado pelo tráfico de drogas. Essa alusão é nítida: há normas a serem seguidas, horários e locais, tudo isso definido pelo poder de quem controla a área. O choque cultural é evidente, da ida de Illayaal à escola (a cena da diretora perguntando se ela estudava dá impressão de rejeição e preconceito) ou as dificuldades de enquadramento encontradas por todos.

A sensibilidade do desajuste é significativamente trabalhada pelo diretor Jacques Audiard. Dheepan reclama de não entender as piadas dos franceses, a menina passa por problemas na escola, Yalini usa um véu em público, como se essa fosse uma designação para todos os emigrados de países do leste. E esse desencaixe acaba forçando ao convívio entre os três estranhos, pela mútua dependência de viveram sob identidades falsas e pela proximidade gerada pelas suas origens comuns.

Essa mútua necessidade forma na cabeça de Dheepan uma espécie de ilusão. Ele acaba acreditando que de fato é marido e pai, e sua ações são encadeadas por essa crença, querendo proteger as duas, principalmente quando a questão da violência local se torna mais evidente. É o choque de realidades que o leva a se apegar de tal forma, pretendendo construir uma nova condição de vida, ter família, amigos e emprego de fato, ao invés de viver enquanto um diferente entre os demais.

Essa construção da nova vida, mais do que agruras da migração, são o ponto principal da obra de Audiard. A busca por uma vida nova e uma construção de identidade em outro local dão a tônica da narrativa, mais do que se prender em questões políticas, econômicas ou sociais de um problema crescente. Apresentar esse viés sobre um assunto tão significativo foi a grande sacada do filme, que foi premiado ano passado com a Palma de Ouro em Cannes.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 28/7/2016


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal em 2016
01. Submissão, oportuno, mas não perene - 5/5/2016
02. Brasil em Cannes - 30/6/2016
03. Dheepan, uma busca por uma nova vida - 28/7/2016
04. Os novos filmes de Iñárritu - 17/3/2016
05. O quanto podemos compreender - 15/12/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DONNIE DARKO - EDITORA DARKSIDE
EDITORA DARKSIDE
DARKSIDE
(2016)
R$ 25,00



A ARTE DA SEDUÇAÕ
NELMA PENTEADO
MANDARIM
(2000)
R$ 10,00



NOVO MUNDO - CARTAS DE VIAGENS E DESCOBERTAS
AMÉRICO VESPÚCIO
L&PM
(1984)
R$ 27,00



ENCONTROS SOCIOAMBIENTAIS COM LENINE
VÁRIOS AUTORES
MAMELUCO
(2014)
R$ 40,00



BENJAMIN, ADORNO, HORKHEIMER E HABERMAS - OS PENSADORES
COLEÇÃO OS PENSADORES
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 12,00



NÓS SOMOS TODOS IMORTAIS
PATRICK DROUOT
NOVA ERA
(1996)
R$ 8,99



A ÚLTIMA DANÇA
ED MCBAIN
RECORD
(2003)
R$ 10,00



SILAS MALAFAIA ( LIÇÕES DE VENCEDOR)
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
(2017)
R$ 20,00
+ frete grátis



DESCUBRA SEUS PONTOS FORTES
MARCUS BUCKINGHAM E DONALD O. CLIFTON, PH.D
SEXTANTE
(2006)
R$ 13,00



QUARTA-FEIRA DE CINZAS
ETHAN HAWKE
EDIOURO
(2003)
R$ 12,00
+ frete grátis





busca | avançada
37163 visitas/dia
993 mil/mês