A pérola do cinema sul-americano | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
26396 visitas/dia
708 mil/mês
Mais Recentes
>>> Zé Eduardo faz apresentação no Teatro da Rotina, dia 30.05
>>> Revista busca artigos inspirados no trabalho de professores
>>> Cabelo faz finissage no BNDES Rio
>>> Palombar realiza temporada gratuita em Cidade Tiradentes durante o mês de Junho.
>>> VIVA NANÁ! homenageia o saudoso percussionista pernambucano Naná Vasconcelos no Sesc 24 de Maio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
>>> Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco
>>> O Vendedor de Passados
>>> A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel
>>> Primavera para iniciantes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
Últimos Posts
>>> Greve de caminhoneiros e estupidez econômica
>>> Publicando no Observatório de Alberto Dines
>>> Entre a esperança e a fé
>>> Tom Wolfe
>>> Terra e sonhos
>>> Que comece o espetáculo!
>>> A alforja de minha mãe
>>> Filosofia no colégio
>>> ZERO ABSOLUTO
>>> Go é um jogo mais simples do que imaginávamos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista da Camille Paglia
>>> Primavera para iniciantes
>>> Batchan, elas são lindas...
>>> Batchan, elas são lindas...
>>> Meu cinema em 2010 ― 2/2
>>> Doente de tanto saber
>>> O último Shakespeare
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Figuras de linguagem e a escrita criativa
>>> Meu Tom Jobim
Mais Recentes
>>> Mundo dos sonhos realidade e imaginação
>>> A Literatura no Brasil- Volume 4
>>> A Literatura no Brasil- volume 6
>>> Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída...
>>> Asterix Entre os Bretões- Número 4
>>> Apresentação de Jorge de Lima
>>> Rei Negro
>>> A Literatura no Brasil volume 5 Modernismo
>>> Miragem
>>> O Rajá do Pendjab - vol. 1
>>> A Aldeia Ancestral
>>> Inocência Heróica
>>> A Colheita
>>> -Inéditos - Revista volume 2
>>> A Literatura no Brasil Volume 3
>>> A Revolução das Moedas Digitais- Bitcoins e Altcoins
>>> O Menino de Capivari - Volumes I, II e III
>>> Por uma Geografia Nova
>>> Oriundi - os Italianos em Capivari
>>> Filosofia da Realidade e da Projeção
>>> Astrojildo Pereira - in Memoriam
>>> J. Prata - Belas Páginas
>>> Vida, Paixão e Poesia de Rodrigues de Abreu
>>> Vida, Paixão e Poesia de Rodrigues de Abreu
>>> Salomé e Outros Versos
>>> Salomé e Outros Versos
>>> Ensinar a Pensar -Teoria e Aplicação
>>> Na Escola que Fazemos - Uma reflexão interdisciplinar em edução popula
>>> Educação e Mudança
>>> Acompanhantes Terapêuticos e Pacientes Psicóticos
>>> A Beleza da Arte
>>> A Ronda das Ruas
>>> O Combate a Corrupçao Nas Prefeituras do Brasil
>>> Ciencias e Tecnologias Col. Pesquisas e Praticas Em Educacao
>>> Prática Pedagógica Competente: Ampliando os Saberes do Professor
>>> Os Segredos do Gerente 8020
>>> Excelência no Secretariado: A Importância da Profissão nos...
>>> Segurança E Medicina Do Trabalho
>>> Gestão de Investimentos - Pocket
>>> Plano de Negócios
>>> Marinheiros e professores: crônicas simples ade, construtivismo
>>> Jogo de Areia
>>> Pare de Dar Murro em Ponta de Faca
>>> Administração de Vendas
>>> A Grande História da Evolução. Na Trilha dos Nossos Ancestrais
>>> Terapia Intravenosa e Infusoes
>>> Terapia Intravenosa e Infusoes
>>> Terapia Intravenosa e Infusoes
>>> Os Verdadeiros Líderes da Mudança
>>> 50 Técnicas Essenciais Da Administração
COLUNAS

Quinta-feira, 6/10/2016
A pérola do cinema sul-americano
Guilherme Carvalhal

+ de 1600 Acessos



Retratar determinados aspectos comuns à América do Sul no cinema é uma missão ao mesmo tempo comum e estranha. Comum porque muitos filmes o fizeram. Estranha pela forma como boa parte dessa abordagem ocorre.

Um caso clássico são as produções estrangeiras situadas em solo sul-americano. Por exemplo, Werner Herzog filmou Fitzcarraldo e Aguirre, a cólera dos deuses, ambos situados no contexto da Amazônia e focando na figura do desbravador estrangeiro. Causa estranheza ver um filme sobre a colonização latino-americana falado em alemão. Em A Missão, Roland Joffé retrata as missões e a figura do religioso europeu protegendo os índios. Em uma lista desse tipo cabem inúmeros filmes, sempre com a visão da alteridade permeando a narrativa.

Em O Abraço da Serpente, vemos uma situação comum a esses filmes todos, uma relação com a Amazônia, com a lógica da colonização e o viés um tanto quanto apátrida, causado pela sensação de que a floresta está acima de quaisquer noção geopolítica criada pelo homem. A ideia de localização se dá apenas por sabermos que o filme é uma produção colombiana e pela linguagem parcialmente em espanhol.

A história aborda a temática do desbravador europeu, mas aqui a relação de poder é posta de maneira diferente. Situada em dois momentos diferentes, podemos analisá-las através da figura de Karamakate. Em 1909, Karamakate é abordado por Théo, um viajante alemão que pretende registrar a floresta amazônica para conhecimento de seu povo. Em 1949, Karamakate já idoso é procurado por Evan, que pretende refazer os passos de Théo atrás de uma planta milagrosa, a yakruna.

Em 1909, Théo está doente e solicita ajuda de Karamakate, prometendo ajudá-lo a juntar-se a seu povo em troca. Ele ainda conta com a ajuda de outro índio, Manduca, que o auxilia pelo interesse em ajudar os europeus a compreenderem sua cultura. Já em 1949, Evan é um botânico que está interessado na yakruna com interesses financeiros. Ele oferece dinheiro e ervas a Karamakate e esse o ajuda alegando apenas querer rever a tal planta.

Nos dois períodos temporais, a relação expressa é de uma negociação igualitária entre as partes. O cinema estadunidense e europeu, ou dominado pela sua normativa estética, provavelmente colocaria o foco na figura do explorar (conforme fez Herzog). Nessa caso, a figura principal é o índio, que ajuda o branco em troca de favores, que estão mais próximos da mera curiosidade. Não se distingue claramente qual vantagem Karamakate ganha em ajudá-los exceto a mera vontade de conhecer mais.

A jornada nessas duas situações é repleta de paradas em situações diversas. É uma tribo indígena onde a bússola de Théo causa polêmica, em uma vila onde um autodeclarado Messias está desesperado por causa da esposa doente, uma missão onde o frade pega em armas para se defender, no meio de um seringal e de homens em busca de látex. A ideia da jornada remete a Coração das trevas, a descoberta em meio a um mundo misterioso, com algo poético.

Essa é a maior qualidade do filme, a maneira poética como narra a história e retrata um universo comum a tantos países que compartilham da floresta. Os índios e a possibilidade de crescimento tecnológico, o messias impotente diante da esposa doente, a tentativa de engodo disfarçando a cobiça como altruísmo, esses são alguns dos episódios recobertos de sensibilidade por parte do diretor, efeito garantido pela fotografia que remete a passado.

O Abraço da Serpente recebeu bastante repercussão internacional. Foi finalista no Oscar de Melhor Filme (competindo com o genial O Filho de Saul), também concorreu à Palma de Ouro em Cannes esse ano e ganhou o 3º Prêmio Platino, o equivalente ao Oscar dos filmes ibero-americanos.

A proposta do diretor Ciro Guerra em buscar nos nativos uma história de muita profundidade humana deu muito certo. Ele apresenta ao espectador uma série de choques e conflitos, e, por contraponto, acaba unificando a América do Sul através de sua narrativa.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 6/10/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A era e o poder do Twitter de Gian Danton
02. Nosso Lar de Gian Danton
03. Entrando pelo cânone de Guga Schultze
04. Em tempos de China, falemos de Cuba de Marcelo Spalding
05. Qual é, afinal, a melhor idade? de Marcelo Spalding


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal em 2016
01. Submissão, oportuno, mas não perene - 5/5/2016
02. Brasil em Cannes - 30/6/2016
03. Dheepan, uma busca por uma nova vida - 28/7/2016
04. Os novos filmes de Iñárritu - 17/3/2016
05. O quanto podemos compreender - 15/12/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




40 ANOS DE BÍBLIA NA LINGUAGEM DE HOJE
SBB
BIBLE SOCIETY
(2013)
R$ 18,00



RASTROS DO VERÃO
JOÃO GILBERTO NOLL
RECORD
(2008)
R$ 7,79



O GRANDE ATIRADOR
BUFALO BILL
GLOBO
(1938)
R$ 18,00



BÚFALO BILL - COM 250 ILUSTRAÇÕES
W. O' CONNOR
BRUGUERA
R$ 5,00



OPEN SOURVE LICENSING SOFTWARE FREEDOM AND INTELLECTUAL PROPERTY LAW
LAWRENCE ROSEN
PRENTICE HALL
(2005)
R$ 50,00



O SEQUESTRO
ALBERTO BERQUÓ
NOVA FRONTREIRA
(1997)
R$ 8,00



OS MESTRES E AS CRIATURAS NOVAS
JIM MORRISON
ASSÍRIO & ALVIN
(1987)
R$ 50,00



INÉS É MORTA, VEADO, PIRANHA E OUTROS BICHOS
RAUL CANAL
ANDRADE
(2008)
R$ 10,00



OS PENSADORES NIETZSCHE VOL. 2
FRIEDRICH NIETZSCHE
NOVA CULTURAL
(1991)
R$ 10,00



CURSO DE ESTETICISTA - VOLUME 2
ISABEL TORROBA
PARANINFO
(1988)
R$ 58,00





busca | avançada
26396 visitas/dia
708 mil/mês