Metallica e nostalgia | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
37163 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> Série Bravos! apresenta a trajetória da artista maranhense Thabata Lorena
>>> Caminhos da Reportagem discute preconceito, tabu e silêncio em torno do suicídio
>>> Jornalista Mário Magalhães debate biografias no Trilha de Letras da TV Brasil
>>> 3ª MOSTRA DE CINEMA CHINÊS
>>> CIENTISTA POLÍTICO E SOCIAL JULIO AURÉLIO LANÇA VIVER EM REDE COM DEBATE NA CASA DE RUI BARBOSA
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> É de fibra
>>> O indomável Don Giovanni
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
>>> PETITE FLEUR
>>> O fantasma de Nietzsche
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com Guilherme Fiuza
>>> A literatura de Giacomo Casanova
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> Rejoicing in the Hands
>>> Entrevista com o poeta Régis Bonvicino
>>> Pascal e a condição humana
>>> Alberto Caeiro, o tal Guardador de Rebanhos
>>> O gato diz adeus
>>> Ascese, uma instalação do artista Eduardo Faria
>>> Rousseau e a Retórica Moderna
Mais Recentes
>>> A Mão E A Luva
>>> Revista Planeta n° 7
>>> Larry Clabb ( o silencio de Adão )
>>> Fragmentos De Uma Luta Ecológica
>>> Educação Na Constituição E Outros Estudos
>>> Álbum De Casamento - Quarteto De Noivas 1
>>> Pássaro Contra A Vidraça
>>> Os últimos dias de Jesus
>>> Depois do calvário
>>> A Queda - As Memórias De Um Pai Em 424 Passos
>>> James Dean Por Ele Mesmo
>>> Jesus de Nazaré
>>> A Grande Jogada
>>> Aumente O Poder De Sua Memória
>>> A Infância de Jesus
>>> Revista Iate Nº 29
>>> Olhos Insanos
>>> Jesus de Nazaré - Da entrada em Jerusalém até Ressurreição
>>> A Estética dos Odores - O Sentido do Olfato no Cuidado de Enfermagem Hospitalar
>>> Um Homem Célebre - Machado Recriado
>>> A Casa Civil
>>> Práticas Corporais - Volume 2
>>> À Margem De Alice
>>> Project Para Profissionais
>>> Do Lazareto Dos Variolosos Ao Instituto De Infectologia Emilio Ribas: 130 Anos De História Da Saúde Pública No Brasil
>>> Sal da Terra
>>> Deus Existe?
>>> Luz do Mundo - o Papa, a Igreja e os Sinais dos Tempos. Uma conversa com Peter Seewald
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo Perdoai vos uns aos Outros
>>> Racionalidade da Fé Cristã Argumentos para sua Defesa
>>> O Fator Integridade
>>> O Cânon das Escrituras
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo O Encargo Central de Paulo
>>> Uma Vida com Propósito e Qualidade de Vida + Um Casal que Coopera com Deus
>>> A Ideia Central das Epístolas de Paulo Pastorear o Rebanho de Deus
>>> O Plano de Deus para as Nações
>>> O Imutável Amor de Deus
>>> Sucesso e Fracasso de um Líder
>>> A Manifestação do Espírito
>>> 40 Lições Essencias para a Vida Cristã Volume 1
>>> Sobre o Céu e a Terra: As reflexões do novo Papa sobre a família, a fé e o papel da Igreja
>>> Compreender a Igreja hoje
>>> Platero E Eu
>>> O Piano
>>> Blue Like Jazz - Nonreligious Thoughts On Christian Spirituality
>>> A Prece Ucraniana na Pressa da Cidade- as renegociações das práticas religiosas ucranianas nos espaços da cidade de Curitiba, a partir de 1960
>>> Harmonia
>>> O Muro
>>> Tetralogia Monstro
>>> O Poder da Mulher que Ora
COLUNAS

Terça-feira, 13/12/2016
Metallica e nostalgia
Luís Fernando Amâncio

+ de 1100 Acessos

O ser humano é um bicho fundamentalmente nostálgico. E por mais que estejamos numa planície, com água fresca e sombra, conseguimos ser saudosos e sentir falta daquilo que já passou. Que sequer é o passado real, mas um pretérito idealizado, com as cores da nossa capacidade de nos sabotar. Em resumo, a grama do passado é sempre mais verde do que a do presente.

A nostalgia é um sentimento complexo e pode ser interpretada de várias formas. Na medida em que envelhecemos, por exemplo, me parece bastante compreensível sermos nostálgicos sobre elementos que nos remontam aos dourados anos da juventude. Responsabilidades, dor nas costas, reforma da previdência, decepções, colesterol alto… não é muito difícil encontrar motivos para ter saudades de outros tempos.

A indústria do entretenimento, que não é nem um pouco desatenta, sabe bem como se aproveitar desse sentimento. Vivemos, dizem por aí, uma “retromania”. O que pode ser observado no cinema através dos frequentes remakes e o recente revival de franquias (Star Wars, Star Trek, Mad Max, Tartarugas Ninjas…). Nas séries, houve a volta de títulos como Gilmore Girls, Arquivo X e Full House (agora Fuller House), todas recebidas com boas audiências. Por outro lado, Stranger Things, uma das novidades mais comentadas do ano, traz como identidade referências aos anos 1980.

Na música, a nostalgia move há anos o entusiasmo de milhões de fãs. Todo ano, há dezenas de turnês de reuniões de bandas rodando o globo. Aerosmith, Whitesnake, Guns’n Roses e Black Sabbath, por exemplo, passaram recentemente pelo Brasil e, por mais que possa ocorrer alguma renovação em seu público, estamos falando de bandas que viveram seu apogeu há décadas.



É nostalgia, também, o que o ouvinte encontrará no cd Hardwired… to Self-Destruct, lançamento mais recente do Metallica. E se trata de um álbum de músicas inéditas, vejam bem. Só que, neste caso, estamos falando de um lançamento jovem com perfil de velho. O que aqui é um elogio. O Metallica acumulou inúmeras críticas sobre seus trabalhos anteriores por desviar da sonoridade que o tornou célebre. Seu cd anterior, Death Magnetic (2008) já representou, de alguma forma, uma correção nesta trajetória. Desta vez, porém, o quarteto de Los Angeles entrou de vez na direção da qual a imensa maioria de seus seguidores gosta. Hardwired é um álbum de heavy metal clássico, pesado e rápido, com momentos que lembram os primórdios do Metallica.

James Hetfield apresenta uma voz bem mais limitada do que no início da carreira, o mesmo valendo para as qualidades nas baquetas de Lars Ulrich. Ambos, entretanto, assumiram a direção criativa do álbum e foram eficientes em suas funções. Se Robert Trujillo (baixo) e Kirk Hammett (guitarra) foram menos participativos na composição das músicas, não deixaram de desempenhar seus papéis de forma satisfatória.

Segue uma rápida análise das faixas – quem não quiser lê-la, pode pular este e o próximo episódio e ser feliz na conclusão. “Hardwired”, a primeira música, é um belo cartão de apresentação. Direta, rápida, inclusive em duração, o que vinha sendo um problema nos últimos álbuns do grupo. Um belo começo. “Atlas, Rise!”, na sequência, é menos homogênea, mas não compromete. “Now That We are Dead” tem uma interessante linha de bateria, ponto para o tão contestado Lars. O que falta, na música e no álbum como um todo, é um refrão mais carismático. “Moth Into Flame” é um single que joga para a torcida, para agradar a multidão saudosista. “Dream No More” lembra o clássico “Sad But True” e também, de certa forma, a fase Load e Reload. “Halo on Fire”, mais lenta, tem um tom grandioso e é bem construída.

O segundo cd – sim, vejam que nostálgico, é um cd duplo! - começa com “Confusion” que me parece, de fato, um pouco confusa nas suas alternâncias de andamento. “ManUNkind” tem riffs que traduzem bem o DNA da banda. “Here Comes Revenge” tem um começo que até lembra “Harvester of Sorrow”, mas em suas mudanças de ritmo acerta o ponto no refrão. “Am I Savage”, na minha opinião, cairia fora se o álbum não fosse duplo – outra que lembra um pouco os tempos de Load e Reload. “Murder One”, que homenageia Lemmy Kilmister, do Motörhead, em seu clipe, tem a força que o homenageado merece. Por fim, “Spit Out the Bone” é uma despedida em alto ritmo, um encerramento em grande estilo.



Hardwired… to Self-Destruct não vai colocar o Metallica na lista das bandas mais influentes do 2016. Não vai catapultar a banda para a playlist da MTV, se é que alguém ainda se importa com a Music Television. O cd também não será um marco na história do rock. Será, entretanto, um conforto para aquele fã faminto pela energia do Master of Puppets (1986), do Ride the Lightning (1984) ou do Black Album (1991), estes sim, marcos fundamentais do heavy metal. Um conforto bastante digno, eu diria.

Quando o presente está tenso – na música, na política, no diabo a quatro – e o futuro parece ainda mais tenebroso, cabe ser nostálgico e relembrar o passado. Sejamos, portanto, felizes com o novo álbum do Metallica.


Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 13/12/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Notas confessionais de um angustiado (VI) de Cassionei Niches Petry
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker de Heloisa Pait
03. Oswald de Andrade e o homem cordial de Celso A. Uequed Pitol
04. Lola de Elisa Andrade Buzzo
05. Era uma vez um inverno de Elisa Andrade Buzzo


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2016
01. Tricordiano, o futebol é cardíaco - 26/4/2016
02. Nos tempos de Street Fighter II - 31/5/2016
03. Radiohead e sua piscina em forma de lua - 28/6/2016
04. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão - 30/8/2016
05. Lira da resistência ao futebol gourmet - 1/2/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DONNIE DARKO - EDITORA DARKSIDE
EDITORA DARKSIDE
DARKSIDE
(2016)
R$ 25,00



A ARTE DA SEDUÇAÕ
NELMA PENTEADO
MANDARIM
(2000)
R$ 10,00



NOVO MUNDO - CARTAS DE VIAGENS E DESCOBERTAS
AMÉRICO VESPÚCIO
L&PM
(1984)
R$ 27,00



ENCONTROS SOCIOAMBIENTAIS COM LENINE
VÁRIOS AUTORES
MAMELUCO
(2014)
R$ 40,00



BENJAMIN, ADORNO, HORKHEIMER E HABERMAS - OS PENSADORES
COLEÇÃO OS PENSADORES
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 12,00



NÓS SOMOS TODOS IMORTAIS
PATRICK DROUOT
NOVA ERA
(1996)
R$ 8,99



A ÚLTIMA DANÇA
ED MCBAIN
RECORD
(2003)
R$ 10,00



SILAS MALAFAIA ( LIÇÕES DE VENCEDOR)
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
(2017)
R$ 20,00
+ frete grátis



DESCUBRA SEUS PONTOS FORTES
MARCUS BUCKINGHAM E DONALD O. CLIFTON, PH.D
SEXTANTE
(2006)
R$ 13,00



QUARTA-FEIRA DE CINZAS
ETHAN HAWKE
EDIOURO
(2003)
R$ 12,00
+ frete grátis





busca | avançada
37163 visitas/dia
993 mil/mês