Quem é mesmo massa de manobra? | Cassionei Niches Petry | Digestivo Cultural

busca | avançada
29899 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> Ian Carvalho lança EP 'Morpheo In Eros'
>>> Semivelhos lança inédita 'Vai Chover'
>>> O que há na mente de Deus?
>>> Antropólogo discute autonomia dos símbolos e seu papel na criação da cultura
>>> Opressão violenta do consumo é abordada de forma onírica no espetáculo Quarenta e Duas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
Últimos Posts
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
>>> Ação e reação
>>> Fio de Eros IV
>>> Fio da meada
>>> Interlocutores
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ensaio sobre a Cegueira, por Fernando Meirelles
>>> ConaLit
>>> A Música Erudita no Brasil
>>> Porque assim é São Paulo
>>> Marçal Aquino: o Rei do Clima
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Crowdsourcing, o livro de Jeff Howe
>>> A paixão segundo Gero Camilo
>>> Mulheres fantásticas e futuristas
>>> Redigir com Ana Elisa Ribeiro
Mais Recentes
>>> Fundamentos da economia
>>> Fundamentos da economia
>>> Guia Prático de Conjugação de Verbos
>>> Cotidiano: Conhecimento e Crítica
>>> Estágio & Supervisão
>>> Educação, Ideologia e Contra Ideologia
>>> Wittgenstein - Os Pensadores
>>> Schelling - Os Pensadores
>>> Heidegger - Os Pensadores
>>> As Dores da Alma
>>> Animais da Fazenda - Brinque
>>> Cartilha do Bem
>>> Meninos em Guerra
>>> Reino Dividido- Uma Introdução à Bíblia- Volume 4
>>> A Assustadora História da Medicina
>>> A Sabedoria do Sutra de Lótus Volume 2
>>> Reflexologia- Um Método para Melhorar a Saúde
>>> Apocalipse - A Revelação de Jesus Cristo- Crescer e Amadurecer
>>> Ensaios (Sobre Arte e Literatura) - Olívio Montenegro
>>> Madre Coraje y suas hijos - Bertolt Brecht (Teatro alemão) - Em ESPANHOL
>>> Brasil: Manual de Instruções - Ziraldo (Literatura Infanto-Juvenil)
>>> Storia del Teatro Antico (Grécia e Roma) - Giovanni Antonucci (Em Italiano)
>>> A rosa do povo & Claro enigma (Carlos Drummond de Andrade - Roteiro de Leitura)
>>> Seu Creysson - Vídia e Óbria (Casseta e Planeta) - Humorismo
>>> O melhor de Vinicius de Moraes (Poesia brasileira)
>>> O prazer das palavras 1 - Um olhar bem humorado sobre a Língua Portuguesa - Cláudio Moreno
>>> 20 Poemas de amor y una canción desesperada - Pablo Neruda (Literatura Chilena) Em ESPANHOL
>>> O melhor de HAGAR, o Horrível - Dick Browne (História em Quadrinhos)
>>> Il borghese stregato - Dino Buzzati (Em Italiano)
>>> Os Escravos - Castro Alves (Literatura Brasileira)
>>> A mulher do Silva - Luis Fernando Veríssimo (Humorismo)
>>> Marília de Dirceu - Tomás Antonio Gonzaga (Poesia Brasielira)
>>> Gonçalves Crespo (Poesia) - Poesia brasileira
>>> O bom humor como forma de incentivo à Leitura - Tom Moisés (Humorismo)
>>> Amar se aprende amando - Carlos Drummond de Andrade (Literatura brasileira)
>>> Morte e vida severina e outros poemas - João Cabral de Melo Neto (Poesia brasileira)
>>> Morte e vida severina e outros poemas - João Cabral de Melo Neto (Poesia brasileira)
>>> Os Lusíadas - Luís de Camões (Literatura portuguesa)
>>> 100 maneiras de enlouquecer um eleitor - Parsifal Pontes (Humorismo)
>>> Rupturas: Poemas em busca de um eixo - Ana Maria Amaral (Poesia brasileira)
>>> Sete faces do Humor - Marcia Kupstas (Humorismo)
>>> Guimarães Rosa: As paragens mágicas - Irene Gilberto Simões (Literatura brasileira)
>>> Estilos de Época na Literatura - Domício Proença Filho (Estudos Literários)
>>> História da Literatura Brasileira - Nelson Werneck Sodré
>>> História da Literatura Brasileira - Nelson Werneck Sodré
>>> Literatura Comentada - Bocage (Literatura Portuguesa)
>>> Literatura Comentada - Luiz Vaz de Camões (Literatura Portuguesa)
>>> Literatura Comentada - Lima Barreto (Literatura Brasileira)
>>> Literatura Comentada - Jorge Amado (Literatura Brasileira)
>>> Literatura Comentada - Pedro Nava (Literatura Brasileira)
COLUNAS

Quarta-feira, 1/3/2017
Quem é mesmo massa de manobra?
Cassionei Niches Petry

+ de 2300 Acessos

A música “Admirável gado novo”, de Zé Ramalho, é sempre utilizada por defensores de algumas ideologias para criticar pessoas que, segundo eles, vivem metaforicamente uma “vida de gado”, seguem a manada sem questionar, são massa de manobra, marcados pelos poderosos que são os donos de suas mentes. O engraçado disso tudo é que a música serve também para esses mesmos críticos que defendem cegamente ideias de um partido (ou de partidos que se desmembraram do próprio partido), repetem palavras de ordem, repercutem notícias falsas, leem somente autores que seus partidários sugerem, ignoram acusações contra seus confrades (mas ampliam as denúncias contra os adversários) e reproduzem um pensamento único, que não deve ser questionado.

A composição do artista paraibano, autor de outros clássicos de nossa canção, como “Avôhai” e “Chão de giz”, foi inspirada no romance Admirável mundo novo, de Aldous Huxley, publicado em 1932. No enredo, num futuro não muito distante, as pessoas nascem em laboratórios e têm os genes condicionados para assumirem funções preestabelecidas na sociedade. Após, são vítimas de condicionamento psicológico. O intuito é que o “cidadão” torne-se o que os governantes querem que ele se torne. Suas ações, portanto, seguirão regras já previamente estipuladas, desde o que comprar, no que trabalhar, como e com quem se relacionar, os modos de se divertir e até a droga que se deve usar. Apesar de controladas, as pessoas são felizes. Nunca, entretanto, são incentivadas a ter pensamento próprio. Fazer parte do rebanho, ser uma ovelhinha feliz, pronta para ser devorada pelo lobo, é com isso que as pessoas estão acostumadas: “(...) homens sãos de espírito, obedientes, satisfeitos em sua estabilidade.”

Nietzsche, por seu turno, escreveu, em Além do bem e do mal, que os seres humanos possuem “a moral de animais de rebanho”. Para esses cordeirinhos, "a única moral sou eu e não há outra moral além de mim!" O filósofo alemão se refere à religião. Se pensarmos, porém, que muitos tomam seu partido como seita, seus líderes como santos imaculados e suas frases feitas como dogmas, a analogia também faz sentido para as questões ideológicas. Deixamos a condição de humanos ao sermos levados para o abate, agindo conforme determinam as cabeças de movimentos que se sustentam justamente pela ideia de coletividade.

Observo nas redes sociais uma onda de pensamento que segue padrões coletivos, organizados, que invadem de maneira ofensiva comentários de postagens daqueles fogem à regra. Uma das máximas é que o indivíduo que ousou dizer algo diferente deve ler mais, ficando subtendido que a leitura deve ser de acordo com a cartilha de espectro ideológico e partidário de quem ataca. Leitura diferente disso não vale.

O filósofo espanhol Ortega y Gasset, no seu clássico A rebelião das massas (que tem edição recente pela Vide Editorial), escreve que “massa é aquele que não se valoriza a si mesmo” e que “se sente à vontade ao sentir-se idêntico aos demais”. É bom fazer parte da massa quando queremos apenas nos divertir, como num show de uma banda de rock, em que fazemos tudo o que vocalista no palco nos manda fazer (Freddie Mercury conduzindo o público nas apresentações do “Queen” era algo hipnotizante). Quando envolve política, porém, seguir a massa nas ruas é ser gado levado para o abate, ser de massa de manobra pensando que está deixando de sê-lo. As ruas são a baia que confina. Sair da baia é a verdadeira rebeldia.


Cassionei Niches Petry
Santa Cruz do Sul, 1/3/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Elon Musk de Julio Daio Borges
02. Barba ensopada de sangue: a ilusão é humana de Isabella Ypiranga Monteiro
03. Dicas para a criação de personagens na ficção de Marcelo Spalding
04. Coisas que eu queria saber fazer de Ana Elisa Ribeiro
05. Cinco Sugestões a Autores de Ficção Científica de Duanne Ribeiro


Mais Cassionei Niches Petry
Mais Acessadas de Cassionei Niches Petry em 2017
01. Notas confessionais de um angustiado (VI) - 28/6/2017
02. Super-heróis ou vilões? - 24/5/2017
03. Quem é mesmo massa de manobra? - 1/3/2017
04. Por que HQ não é literatura? - 6/12/2017
05. Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso - 13/9/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HERMANN HESSE PARA DESORIENTADOS
ALLAN PERCY
SEXTANTE
(2012)
R$ 17,00



PARADIGMAS EM EDUCAÇÃO NO NOVO MILÊNIO
ANTONIO DA COSTA NETO
KELPS
(2003)
R$ 9,00



NORMOSE: A PATOLOGIA DA NORMALIDADE
PIERRE WEIL, JEAN-YVES LELOUP, ROBERTO CREMA
VOZES
(2011)
R$ 30,00
+ frete grátis



A ÚNICA ESPERANÇA
ALEJANDRO BULLÓN
CPB
(2013)
R$ 5,00



HOSPITALIZAÇÃO
MERCEDES ARIAS LOPEZ
MAC GRAW HILL
(2002)
R$ 10,00



1 E 2 TIMÓTEO, TITO, FILEMON
WITNESS LEE
ÁRVORE DA VIDA
(2005)
R$ 41,10



MATISSE - UMA VIDA
HILARY SPURLING
COSAC NAIFY
(2012)
R$ 80,00



ÊXTASE
LAUREN KATE
GALERA
(2012)
R$ 10,00



THE EFFECTS OF SOCIODRAMATIC PLAY ON DISADVANTAGED PRESCHOOL CHILDREN
SARA SMILANSKY
JOHN WILEY & SONS
(1968)
R$ 105,00



VIDA EM ABUNDÂNCIA
DONG YU LAN
ÁRVORE DA VIDA
(1992)
R$ 5,00





busca | avançada
29899 visitas/dia
954 mil/mês