A imaginação do escritor | Renato Alessandro dos Santos | Digestivo Cultural

busca | avançada
27294 visitas/dia
862 mil/mês
Mais Recentes
>>> Memória da Eletricidade realiza a terceira edição do Preserva.ME
>>> COMÉDIA "LABORATÓRIO SEXUAL - FALANDO DE SEXO COM CARA DE PAU" ESTRÉIA NO TEATRO EUGÊNIO KUSNET
>>> Lançamento de revista trimestral impressa: Punãdo
>>> Dia 22 tem a festa
>>> Cia Fragmento de Dança convida para sessão de cinema e Festa no Kasulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Apontamentos de inverno
>>> Literatura, quatro de julho e pertencimento
>>> O Abismo e a Riqueza da Coadjuvância
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico
>>> Um caso de manipulação
>>> Brasil, o buraco é mais embaixo
>>> Nós que aqui estamos pela ópera esperamos
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker
>>> Retratos da ruína
>>> Notas confessionais de um angustiado (VI)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
Últimos Posts
>>> Quanto às perdas III
>>> O pão nosso de cada dia
>>> Os opostos se atraem
>>> Coração de mãe
>>> Mascarando a dor
>>> Quanto às perdas II
>>> Pesquisa e blog discutem "Marca Amazônia"
>>> Náiades
>>> Equino
>>> Vágado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Fragmentos para a História da Filosofia, de Schopenhauer
>>> O inventário da dor de Lya Luft
>>> Auto lá!
>>> Seu minuto, meu segundo
>>> A internet e os blogs
>>> Cleópatra, a rainha enigmática
>>> Sempre cabe mais um
>>> De fato e ficção
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> O amor é um jogo que ganha quem se perde
Mais Recentes
>>> Man Repeller (novo)
>>> Pedir Agradecer Admirar - As três orações essenciais
>>> Sobre formigas e cigarras
>>> 50 Regras de Ouro para Emagrecer
>>> O Castelo Interior
>>> Trilogia Completa A Seleçao
>>> A Escolha (da trilogia A Seleção)
>>> A Vida do Toxicômano
>>> O Livro que revela Deus Tao - te King
>>> Ela disse, Ele disse: o namoro - Nova Ortografia
>>> Hotel Atlântico
>>> Jung e Astrologia
>>> Breve História das Heresias
>>> Apócrifos. Os proscritos da Bíblia
>>> Meditação e Gnose - Como Desenvolver Tranquilidade e Sabedoria
>>> O Evangelho É a Força de Deus que Salva
>>> Arte como Terapia
>>> A Vida Eterna hoje;
>>> Qualidade e Produtividade nos Transportes
>>> O Homem e suas relações. Ciência humanas e experiências religiosas
>>> Sociologia da Religião
>>> Sociologia da Religião
>>> Testemunhas da Esperança
>>> O Cristo Místico de São João da Cruz
>>> Vinho novo em odres velhos. Sacramentos da Libertação
>>> História do Poder Legislativo no Brasil
>>> Por que não ser místico. Um convite irresistível para experimentar a presença de Deus
>>> O ministério da amizade
>>> A Religião e o desenvolvimento da ciência moderna
>>> Nascido a tempo. Vida de Paulo, o apóstolo
>>> Cristo minha vida
>>> PENSAR A FÉ teologicamente
>>> O Evangelho de Paulo
>>> Salmos Favoritos
>>> Paulo. Um documento ilustrado sobre a vida e os escritos de uma figura chave do cristianismo
>>> A Unidade Transcendente das Religiões
>>> Compreender Nietzsche
>>> A origem da obra de arte
>>> Harry Potter e a pedra filosofal -
>>> A Mãe ( Saúde e Cura no Yoga)
>>> O Progresso
>>> 1 Corintios 11 a 16
>>> Uma Introdução à Bíblia. (Coleção completa, 8 volumes)
>>> Uma Introdução à Bíblia. As comunidades cristãs a partir da segunda geração (Vol. VIII)
>>> Uma Introdução à Bíblia. As comunidades cristãs da primeira geração (Vol. VII)
>>> Uma Introdução à Bíblia. Período Grego e Vida de Jesus (Vol. VI)
>>> Uma Introdução à Bíblia. Exílio babilônico e dominação persa (Vol. V)
>>> Uma Introdução à Bíblia. Reino dividido (Vol. IV)
>>> Uma Introdução à Bíblia. Formação do Império de Davio e Salomão (Vol. III)
>>> Uma Introdução à Bíblia. Formação do Povo de Israel (Vol. II)
COLUNAS

Terça-feira, 25/4/2017
A imaginação do escritor
Renato Alessandro dos Santos

+ de 1700 Acessos


É um autor em ebulição. Quem leu Uma aventura perigosa (Buriti, 2015), agora, tem a oportunidade de ler O pacto (Clube de autores, 2017), e, nessa toada, irá perceber o salto que George dos Santos Pacheco deu em sua empreitada infatigável pelo terreno da ficção; no caso, do romance, forma literária em que a imaginação de um escritor é colocada à prova, e, nesse desafio, o autor levou a melhor.

Se no romance anterior a estrutura simples não comprometia a narrativa, e mesmo ali a imaginação impunha-se já panorâmica, neste, o leitor de George irá se deparar com um autor esforçando-se para encontrar a melhor maneira de contar sua história, e ele, claro, a encontra ao dar voz não apenas ao narrador personagem tradicional, mas a dois personagens, que, cada um a seu tempo, conduzirão a narrativa como orienta a cartilha pós-moderna, e é aí que George acerta.

Um pouco de enredo?

Um anti-herói depara-se diante de ninguém menos do que o próprio Capeta. É que Théo, personagem principal, não é flor que se cheire e, num acordão com o Beiçudo, regressa da morte desmemoriado e, então, traz o leitor para dentro de sua vida. Como a memória dele está em pane, as coisas vão acontecendo sem que ele e o leitor possam entender bem quem é esse personagem-narrador em busca de saber exatamente quem é. Como um quebra-cabeça, as peças só vão encaixar-se lá pelo fim da segunda parte do romance, quando entra Bidu, o segundo personagem-narrador de O pacto.


As cenas de sexo estão de volta, mas não tão explícitas como no romance anterior. Ménage à trois, chifres, estupros, pedofilia têm seu lugar em O pacto, nem sempre de forma gratuita, mas percorrendo um dos caminhos da literatura contemporânea em que o sexo é menos sugerido e mais levado ao primeiro plano narrativo, sem pudor, sem censura. Nenhum demérito, mas o contrário: banir o sexo da literatura seria insistir em um comportamento vitoriano que não diz muito a um século XXI em que ele, o sexo, é esmiuçado com um único clique; a internet está aí, e não há por que torcer o nariz para o que até então, na literatura, vinha escondido lá em meio às lianas narrativas em que muitos leitores nem sequer percebiam o que vinha sugerido. Por que não lembrar da cena de sexo oral de Basílio em Luísa ou das travessuras, digamos assim, de Bovary e de Belle de Jour?

Mas o autor não precisa de sexo para fazer o leitor atravessar seu livro de um lado a outro. O enredo encarregou-se disso. Desde Aristóteles, as peripécias são reconhecidas por suas surpresas, e a coisa não poderia ser diferente aqui: do contato de Théo com – com Houaiss, tome nota: Azucrim, Canheta, Coisa à toa, Mofento, Pé-cascudo, Pé de cabra, Pé de gancho, Pé de pato, Rabudo, Romãozinho, Sapucaio, sim, o Mofino tinhoso, até as máscaras que vão caindo, uma a uma, a narrativa segura-se, deslizando suave como um carrinho de rolimã ladeira abaixo. E nós, apoiando-nos confortáveis, anexados ao brinquedo, de capacete e tudo, vamos descendo a ladeira com George, para depois subir e novamente descer, e subir, num ritmo sempre capaz de fazer os leitores voltarem ao ponto onde pararam a fim de descobrir cada vez mais o que fez Théo antes de perder a memória.


Palmas ao autor, que com O pacto demonstra claramente o que é o passo adiante dado na carreira de um escritor, que, sempre insatisfeito, buscará a forma mais adequada para expressar o que pretende contar debaixo do véu artístico da ficção, algo que o romance, pasto de imaginação, é capaz de oferecer a um artista – como o George, o romancista em ebulição por trás de O pacto.


Renato Alessandro dos Santos
Batatais, 25/4/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A pós-modernidade de Michel Maffesoli de Guilherme Carvalhal
02. Vocês, que não os verei mais de Elisa Andrade Buzzo
03. Neste Natal etc. e tal de Elisa Andrade Buzzo
04. Malcolm, jornalismo em quadrinhos de Luís Fernando Amâncio
05. Notas confessionais de um angustiado (V) de Cassionei Niches Petry


Mais Renato Alessandro dos Santos
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A DANÇA DA LIBERTAÇÃO
CLAUDIA CENCI
VITÓRIA RÉGIA
(2001)
R$ 19,90



ALFONSO SASTRE - CUATRO DRAMAS CLASSICOS (TEATRO ESPANHOL)
ALFONSO SASTRE
EDICIONES ALARCOS
(2008)
R$ 15,00



PERDIDO EM MARTE
ANDY WEIR
ARQUEIRO
(2014)
R$ 22,00



A CARTILHA DA NOVA MÃE
JOSÉ ANGELO GAIARSA
AGORA
(2003)
R$ 20,00



PLANEJAMENTO COM PERT-CPM E ANÁLISE DO DESEMPENHO
HENRIQUE HIRSCHFELD
ATLAS
(1974)
R$ 10,00



A VIDA PRÉ-HISTÓRICA O HOMEM FÓSSIL ED. ESPECIAL - COL. PRISMA
JOSUÉ C MENDES E MICHAEL H DAY
MELHORAMENTOS
(1993)
R$ 20,00



O FENÔMENO HUMANO
CHARDIN, TEILHARD DE
CULTRIX
(1995)
R$ 27,00



NOVO GLOSSÁRIO DE INFORMÁTICA
CONRADO F. CAMPOS
CIÊNCIA MODERNA
(1995)
R$ 21,80



NOVO TESTAMENTO-COMENTÁRIO E MENSAGEM- II CORINTIOS
KARL HERMAN SCHELKLE
VOZES
(1967)
R$ 13,50



LIBRAS, QUE LÍNGUA É ESSA?
AUDREI GESSER
PARÁBOLA
(2009)
R$ 10,00





busca | avançada
27294 visitas/dia
862 mil/mês