Correio | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
23157 visitas/dia
708 mil/mês
Mais Recentes
>>> Cabelo faz finissage no BNDES Rio
>>> Palombar realiza temporada gratuita em Cidade Tiradentes durante o mês de Junho.
>>> VIVA NANÁ! homenageia o saudoso percussionista pernambucano Naná Vasconcelos no Sesc 24 de Maio
>>> Nesta quinta-feira, consumidores da capital poderão adquirir milhares de produtos com descontos
>>> Dois solos compõem a Terça Aberta no Kasulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
>>> Cães, a fúria da pintura de Egas Francisco
>>> O Vendedor de Passados
>>> A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel
>>> Primavera para iniciantes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
Últimos Posts
>>> Publicando no Observatório de Alberto Dines
>>> Entre a esperança e a fé
>>> Tom Wolfe
>>> Terra e sonhos
>>> Que comece o espetáculo!
>>> A alforja de minha mãe
>>> Filosofia no colégio
>>> ZERO ABSOLUTO
>>> Go é um jogo mais simples do que imaginávamos
>>> Wild Wild Country
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O último Shakespeare
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Figuras de linguagem e a escrita criativa
>>> Meu Tom Jobim
>>> Links & Links
>>> A suprema nostalgia
>>> O mundo aos olhos de um pescador
>>> A vingança dos certinhos
>>> Django Unchained, de Quentin Tarantino
>>> Sobre o Digestivo, minhas colunas e nossa história
Mais Recentes
>>> Tá Gravando. E Agora?
>>> Via Pulchritudinis. O Caminho da Beleza
>>> O Conto da Ilha Desconhecida
>>> O Pomar das laranjeiras
>>> O Vendedor de Sonhos - O chamado
>>> Deus que Vem ao Homem. Da Aparição ao Nascimento de Deus. Aparição - Volume 2
>>> Descuidos Anacronismos e Equívocos
>>> Efficient Economic Growth
>>> O Cão Fantasma
>>> Brida
>>> A Foca Branca
>>> Quem Mexeu no Meu Queijo
>>> Hobbes. Coleção Passo-a-Passo Filosofia
>>> Capoeira
>>> Depressão!?!?!
>>> Viagem
>>> Matadouro 5
>>> Infância
>>> Memórias do Cárcere - 02 vols.
>>> O diário de
>>> Philobiblon
>>> Alexandre e outros heróis
>>> Insônia
>>> Vidas Secas
>>> Viventes das Alagoas
>>> Unidos Para Sempre
>>> Textos Clássicos de Português Contemporâneo
>>> Debates Sociais 63/64 Desafios - Araxás 30 Anos Depois
>>> Mandado de segurança - Técnica Processual - VOl. 3
>>> Análise Económica e Financeira de Projectos
>>> Cravo e Canela
>>> Luxúria
>>> Echos de Paris
>>> Tijolo de Segurança
>>> Amar, Verbo Intransitivo
>>> O Continente- Tomo 1
>>> Sebastiana Quebra-Galho
>>> As Origens da Cabala
>>> O Simbolo Secreto
>>> O Simbolo Secreto
>>> Deus Não Está Morto
>>> Die Botschaft der Nahrung
>>> Asterix e os Normandos
>>> Asterix na Hispania
>>> Rio Bossa Nova
>>> 1001 Livros Para Ler Antes de Morrer
>>> Dom Quixote
>>> Casa-grande & senzala
>>> Os Clássicos da Política 2
>>> Os Clássicos da Política 1
COLUNAS

Quinta-feira, 11/5/2017
Correio
Elisa Andrade Buzzo

+ de 1400 Acessos

Não porque a noite anterior foi de tempestade que se evidencia esse conjunto de paisagens ser afeito à devastação. É algo inerente à sucessiva tarefa humana da ocupação do espaço. São algumas das artérias de acesso ao coração da cidade. Em pinceladas nervosas nas seis pistas de grandes avenidas centrais são bombeados pessoas, carros, motos e ônibus. Dentre estes, surge em letras garrafais e espaçadas o destino: Correio; e um passageiro observa pela janela como um glóbulo ingênuo.

Por mais uma vez, tudo pode ser daqui varrido, levado num vento mais forte; exceto as colunas e as entradas monumentais dos velhos edifícios. Mas esse território não é mais virgem e sempre guardará ruínas das ocupações que nem em sonho se imaginariam relegadas. E a reconstrução utópica das avenidas São João, Duque de Caxias e Rio Branco se dará pelos pórticos sobreviventes de épocas áureas.

Estas duas últimas avenidas ainda parecem esquecidas em meio a uma “revitalização” do centro. Aqui a sobrevivência se alimenta dos escombros, e estes se degradam mais como o alimento dos sobreviventes. Roupas estendidas na janela da sala. Pinturas malfeitas. Persianas em estado avançado de deterioração. Lençóis estampados fazendo as vezes de cortinado. Marquises se esfacelando. Ausência de comércio aos moradores. Grandes edifícios residenciais. Vida real, sem parafernálias milimetradas. E o CORREIO passa dando de ombros.

Prédios com nomes imponentes de cidadãos desconhecidos. Calixto Espiridião. Cornélia Toledo. Gente morta e esquecida. Mesmo porque ninguém presta atenção nesses letreiros pendentes pelo peso do tempo e do desprezo. Outlet Heliomoto. Rei dos Racks. Curinga Som. Skina das Motos. Dois manequins com capacete e roupa de motoqueiro pendentes como enforcados num prédio. Oficinas mecânicas preenchem os espaços, carentes de pedestres.

É mesmo num repente que a visão se abre numa praça quase sem plantas. Uma gigantesca estátua equestre surge reluzente no alto da praça. A espada do Duque de Caxias espeta a atmosfera úmida e macia do outono. E, na última aresta da praça Princesa Isabel, os dizeres “Crack, é possível vencer” na base comunitária é uma terrível recordação de batalhas íntimas.

Há um silêncio quando a avenida Duque de Caixas cruza com a Rio Branco. Um amplo horizonte se anuncia. A esmaecida torre da Júlio Prestes com a bandeira do Estado de São Paulo é um prenúncio ao contrário de glórias passadas. Agora é ZIT centro, rua dos Gusmões, um mural dos Trapalhões. Cruzamos a Ipiranga: tudo acontece. E descemos pela abertura amarelecida do Paissandu.

Não por aqui ter havido noturna e violenta chuva, mas nessas imediações ruína circunda. O ônibus aporta na inexistente praça do Correio, no terminal logo abaixo do viaduto Santa Ifigênia, aos pés do Mirante do Vale. Mais pequenos ainda se sentem os glóbulos nesse desembarque em que se cruzam construções grandiosas. E, no caminho para a entrada da agência central dos Correios, na praça Pedro Lessa, uma árvore caída é retirada em rodelas. Diana Caçadora caminha, sem o braço esquerdo, nua e desacompanhada, na calmaria inabalável.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 11/5/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Claudio Willer e a poesia em transe de Renato Alessandro dos Santos
02. Dilúvio, de Gerald Thomas de Jardel Dias Cavalcanti
03. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti
04. Paul Ricoeur e a leitura de Celso A. Uequed Pitol
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto de Heloisa Pait


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2017
01. A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros - 14/12/2017
02. Vocês, que não os verei mais - 2/2/2017
03. Da varanda, este mundo - 10/8/2017
04. Essas moças de mil bocas - 9/3/2017
05. Minha finada TV analógica - 6/4/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOITES DO BONFIM
MARCELO CARNEIRO DA CUNHA
MERCADO ABERTO
(1987)
R$ 10,00



MANUAL DO ESCULACHO GERAL
VANDERLEI DE SOUZA
MADELON
(2009)
R$ 15,00



ENSAIO FILOSÓFICO SOBRE A DIGNIDADE. ANTROPOLOGIA E ÉTICA DAS BIOTECNOLOGIAS
BERNARD BAERTSCHI
LOYOLA
(2018)
R$ 34,00



O ESPIÃO QUE SAIU DO FRIO
JOHN LE CARRÉ
ABRIL
(1980)
R$ 4,90



NINGUÉM É DE NINGUÉM
ZIBIA GASPARETTO
VIDA & CONSCIÊNCIA
(2006)
R$ 13,00



SANGUE FRESCO
JOÃO CARLOS MARINHO
PARMA
(1973)
R$ 5,00



EI ! TEM ALGUÉM AÍ ?
JOSTEIN GAARDER
COMPANHIA DAS LETRAS
(2015)
R$ 7,00



HOMEM CINDERELA
JEREMY SCHAAP
OBJETIVA
(2007)
R$ 30,00



APRENDA FÁCIL VIOLÃO - VOL. 02-03-04-05
EDITORA
ESCALA
R$ 25,00



O TESOURO ESCONDIDO NO SOFRIMENTO
M. BASILEA SCHLINK
IRMANDADE EVANGÉLICA DE MARIA
(1994)
R$ 24,00





busca | avançada
23157 visitas/dia
708 mil/mês