Literatura, quatro de julho e pertencimento | Guilherme Carvalhal | Digestivo Cultural

busca | avançada
31067 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Coleção de arte sacra é destaque em leilão virtual
>>> Nova voz do samba, Thais Duran revela compositores paulistanos em seu primeiro disco
>>> Jornalistas da Rede Record debatem sobre "O que falta para o Brasil decolar?
>>> Yoga é tema de série de atividades no Sesc Belenzinho, entre 24 e 27 de agosto
>>> Grupo Palimpsesto homenageia Violeta Parra
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
>>> A fotografia é um produto ou um serviço?
>>> A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel
>>> Apontamentos de inverno
>>> Literatura, quatro de julho e pertencimento
>>> O Abismo e a Riqueza da Coadjuvância
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Jerry Lewis, um verdadeiro louco
>>> Se está ruim para todos, seja melhor que os outros
>>> The game of Prones
>>> Pétalas neon
>>> À Lígia
>>> Um biombo oscila entre o côncavo e o convexo
>>> Síndrome da desesperança
>>> Simbiose
>>> Grafologia
>>> Premiadas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Não sei se ronco ou se babo
>>> Entrevista com João Moreira Salles
>>> A Teoria Hipodérmica da Mídia
>>> Um conselho: não leia Germinal
>>> Os 25 anos do SBT
>>> The rock'n'roll of our time
>>> Sobre o Jabá
>>> O que é crítica, afinal?
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Hells Angels
Mais Recentes
>>> Teologia à caminho: fundamentação para o diálogo ecumênico
>>> Ao lado dos pobres: Teologia da Libertação
>>> Chega junto - Mauro Israel Moreira
>>> Watchaman nele ( O homem espiritual v. 1. 2. E 3)
>>> Empresas feitas para vencer
>>> Casamento Blindado
>>> O Que é Questão Agrária
>>> Iniciando uma Pequena Empresa Com Sucesso
>>> Redes Locais - o Estudo de Seus Elementos
>>> Introdução À Macroeconomia
>>> Introdução À Psicologia
>>> Morcegos Negros
>>> Programação e Métodos Computacionais Volume 1
>>> Hepatite C - Guia Prático para o Convívio Diário Com a Doença
>>> Memórias Anapolino de Faria - Histórias e Estórias
>>> Aventura Poética 1987-1988
>>> Que Nome Darei ao Meu Filho?
>>> Duas Opções - a Vida de um Pequeno Fazendeiro Num País Subdesenvolvido
>>> Até Que a Morte nos Separe
>>> O Fim dos Tempos
>>> Vito Grandam
>>> Beleza Negra (autobiografia de um Cavalo)
>>> Os Computadores! da Mesa de Areia ao Cérebro Eletrônico
>>> Parece Que foi Ontem - Global Juvenil
>>> Haidi - a Filha das Montanhas
>>> Filho da Liberdade
>>> Sigismundo do Mundo Amarelo - 8ª Edição
>>> Os Sete Ladrões de Bagdá/a Bela e a Fera/...
>>> Caçadas na África
>>> Ben-hur
>>> Encanto e Verdade
>>> Paraíso Infantil - Em 3 Volumes -1ª Edição
>>> A Verdade por Trás de o Código da Vinci
>>> Servir sem Medir
>>> Contos e Encontros
>>> Já Estava Escrito
>>> Um Santo, Esculpido pela Vida, Lapidado pela Dor
>>> A Sombra de Schumann
>>> Cinco Anos sem Chover
>>> Um Gosto de Quero Mais - 2ª Edição
>>> Minha Vida Como um Burrito Amassado Com Molho Extra de Pimenta
>>> Taras Bulba
>>> O Velho Carro e o Sonho
>>> Glorinha e o Mar - Coleção Jovens do Mundo Todo
>>> Filho da Rua
>>> Histórias do País de Ali-babá
>>> Álbum das Crianças
>>> Álbum das Crianças
>>> Uma Aventura na Idade Média (ficção:usos e Costumes de uma Época)
>>> O Guarany
COLUNAS

Quinta-feira, 20/7/2017
Literatura, quatro de julho e pertencimento
Guilherme Carvalhal

+ de 800 Acessos

Uma lista divulgada pelo site Nexo com base de dados do PublishNews, indica os livros mais vendidos do Brasil nos últimos anos. O campeão de vendas, Edir Macedo, seguido por Marcelo Rossi e um livro de colorir. Nenhum livro de poesia na lista. Quanto a ficção, nenhuma obra escrita por brasileiros, apenas ficção de língua inglesa (apesar de O Pequeno Príncipe costumar figurar nessas listas). Li essa lista em um 4 de julho, e coincidiu de ver comentários de brasileiros enaltecendo o Dia da Independência dos Estados Unidos pelo Twitter, desde uns dando parabéns pela data até outros afirmando que gostariam de comemorá-la presencialmente nesse país.

Não há como desassociar um fato do outro. Literatura é um forte formador de senso de pertencimento. Ela define padrões de linguagem, e linguagem foi um dos principais delimitadores do senso de pertencimento que originou os estados atuais. Ela remete a uma série de valores próprios de cada sociedade, algo que apenas um país ou uma determinada sociedade possui. Balzac mostrou em seus livros o que era a França burguesa, Kawabata nos mostra uma série de hábitos japoneses, Os Lusíadas remete ao pioneirismo naval português. O livro cria senso de nacionalidade e fortalece a cultura da nação.

A ausência de contato de grande parte do público brasileiro com a literatura nacional mostra o quanto processar a realidade de nosso país — e falamos de um dos maiores países em dimensões territoriais e com a quinta maior população do planeta — é algo que não passa pelos textos de alta qualidade. Essa interpretação se dá por meios diferenciados, principalmente pelo audiovisual, e nem sempre de forma eficiente. A própria TV Globo alegou que sua série Os dias eram assim teve baixa audiência por desconhecimento popular do que foi a Ditadura Militar. E olha que são eventos de memória recente e de repercussão viva.

O Brasil é formado por muitos povos diversificados, que se instalaram em ambientes também distintos. Nosso passado e presente é de multiplicidade cultural. E absorver uma parcela considerável desse universo tem por urgência a literatura. Deveríamos possuir uma capacidade de criação e de publicação de obras que abarquem essas realidades com maior abrangência, junto a um público leitor interessado. E não é isso o que ocorre.

Uma população tão ampla sem ter uma formação de consciência através da literatura será alvo fácil para a enxurrada de conteúdo que recebe dos Estados Unidos. E isso se reflete em percepções muitas vezes distorcidas, como a de enaltecer a Independência de um país estrangeiro. Não é de hoje que esse processo ocorre (em 1987 a Legião Urbana lançava a música Geração Coca-Cola, que tratava desse assunto), mas as gerações nascidas e criadas em um ambiente plenamente globalizado correm o risco de cada vez se enxergar menos enquanto brasileiro, e isso pode prejudicar ainda mais uma sociedade sempre marcada pela falta de senso de pertencimento.

Essa observação engloba ainda outros dois pontos: o quanto o contato com literatura de qualquer país que não seja de língua inglesa ainda é bastante restrito para o grosso da população e o quanto textos que causem mais exigência por parte do leitor são pouco absorvidos.

Quanto ao primeiro caso, temos o fator indústria cultural. Recebemos enxurrada de conteúdo dos Estados Unidos, e da Inglaterra por tabela. Um livro que se torna filme facilmente galga ao padrão de mais vendido — basta ver que após o Oscar os livros que foram adaptados têm alta vendagem. E, como consequência, o contato com obra que abordem realidades diferenciadas dificilmente serão lidos.

No segundo, vemos um dos resultados do déficit educacional. Arte, infelizmente, é para o alcance de poucos. A imensa maioria, em qualquer expressão, tende a optar pelo conteúdo massificado, seja em música, cinema, literatura, etc. Apreciar uma poesia com maior grau de complexidade se encontra fora da órbita de muitos, e isso é uma grave perda para todos.

Essa série de problemas se demonstra no dia a dia. Pessoas com baixo pensamento crítico, visão de mundo limitada, dificuldade para aceitar o outro e pontos de vista diferentes do seu. A alienação territorial aumenta e um brasileiro acaba mais identificado com valores, usos e costumes dos Estados Unidos do que com os do solo onde pisa. Problemas como alto grau de corrupção e a baixa capacidade de inovação tecnológica se associam à ausência da elevação da visão de mundo e do senso criativo que a literatura pode suprir.

A globalização tem colocado todos perante um processo de poucos globalizadores e muitos globalizados. O Brasil, na condição de periferia, entra na roda como um daqueles que são atropelados por conteúdo estrangeiro sem que sua representatividade possa ser compartilhada em outros países. Assim, vamos olhar para os Estados Unidos impressionados com suas festas de independência enquanto eles continuarão nos olhando como o país das bundas.


Guilherme Carvalhal
Itaperuna, 20/7/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel de Jardel Dias Cavalcanti
02. Retratos da ruína de Elisa Andrade Buzzo
03. O risco de se tornar um sem-noção de Marta Barcellos


Mais Guilherme Carvalhal
Mais Acessadas de Guilherme Carvalhal em 2017
01. Aquarius, quebrando as expectativas - 6/4/2017
02. Mais espetáculo que arte - 16/3/2017
03. A pós-modernidade de Michel Maffesoli - 8/6/2017
04. Literatura, quatro de julho e pertencimento - 20/7/2017
05. Estevão Azevedo e os homens em seus limites - 10/8/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O PENSAMENTO POLÍTICO DOS CONSTITUINTES ESTADUAIS DE 1975
LUIS EDUARDO REZENDE
ALERJ
(2000)
R$ 12,00



DISCIPLINA - LIMITE NA MEDIDA CERTA
IÇAMI TIBA
INTEGRARE
(2006)
R$ 35,00



PÁSSARO SEM ASAS
NEUSA OLIVEIRA CAMPOS E ELI SILVEIRA CAMPOS
DO AUTOR
R$ 10,00



SKETCHUP PRO 8
CLEBER REIS
VIENA
(2014)
R$ 12,00



PARA ENTENDER PIETRO UBALDI
JORGE DAMAS MARTINS E OUTROS
LACHATRE
(2012)
R$ 26,90



TEX OURO Nº 46
SERGIO BONELI
MYTHOS
(2010)
R$ 8,00



ADMINISTRAÇÃO HOLÍSTICA - A INTUIÇÃO COMO DIFERENCIAL
SUELY BRAZ COSTA
MARTIN CLARET
(2003)
R$ 13,00



O TEATRO NO BRASIL - J. GALANTE DE SOUSA (2 VOLUMES)
J. GALANTE DE SOUSA
MEC/INL
(1960)
R$ 90,00



DEUSES DE DOIS MUNDOS - O LIVRO DA MORTE
PJ PEREIRA
DA BOA PROSA
(2015)
R$ 55,50



HISTÓRIA DAS CRENÇAS E DAS IDEIAS RELIGIOSAS - TOMO I
MIRCEA ELIADE
ZAHAR
(1978)
R$ 33,30





busca | avançada
31067 visitas/dia
1,1 milhão/mês