Futilidade perversa | Roberta Resende

busca | avançada
53297 visitas/dia
1,5 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FILOSOFIA DO DIREITO: DEFINIÇÕES E FINS DO DIREITO - OS MEIOS DO DIREITO
>>> TECNICA DE REDACAO - O QUE E PRECISO SABER PARA BEM ESCREVER
>>> BARCO REMENDA O MAR, UM - DEZ POETAS CHINESES CONTEMPORÂNEOS
>>> Arena Sesc Verão acontece em praça da região do Campo Limpo
>>> FOREVER YOUNG
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Agora o mundo perde cotidianamente os seus ídolos
>>> Proibir ou não proibir?
>>> Carles Camps Mundó e a poética da desolação
>>> A proposta libertária
>>> O regresso, a última viagem de Rimbaud
>>> E Foram Felizes Para Sempre
>>> O Olhar das Bruxas: Quatro Versões de 'Macbeth'
>>> Lira da resistência ao futebol gourmet
>>> Com quantos eventos literários se faz uma canoa?
>>> Terna e assustadora realidade
Colunistas
Últimos Posts
>>> Curso de projetos literários
>>> Patuá em festa
>>> Literatura: direito humano
>>> Geraldo Rufino no #MitA
>>> Portal dos Livreiros: 6 meses!
>>> Ryley Walker
>>> Leia Mulheres - BH
>>> Adagio ma non troppo
>>> Psiu Poético 30 anos
>>> Uma cidade se inventa
Últimos Posts
>>> Qual é o seu nome?
>>> Entrevista Anti Crise -
>>> ARQUITETURA ONÍRICA
>>> Sem pesos de consciência
>>> Falando das flores
>>> O espelho
>>> O que a morte disse para Hércules?
>>> Uber confusão
>>> Na solidão dos objetos (Objetos)
>>> AÇÃO DE GRAÇA
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cenas de abril
>>> Ao Portal Galego da Língua
>>> Entrevista com Catarse
>>> Lennon engano
>>> Sombras Persas (III)
>>> Sócrates e Xantipa, de Gerald Messadié
>>> Desabafo de uma quase ex-professora
>>> Literatura na estrada (BH)
>>> Você cumpre as promessas de final de ano?
>>> Flip 2006: um balanço tardio
Mais Recentes
>>> Manual do Guerreiro da Luz
>>> Calabar
>>> História social da Literatura Portuguesa
>>> Teatro completo - Vol. 3
>>> Teatro completo - Vol. 6
>>> Cancioneiro da ajuda - Volumes I e II
>>> O CRISTO MARAVILHOSO
>>> Salmos 1-72,73-150
>>> O EU E O INCONSCIENTE
>>> A Casa Pintada
>>> A Paixão Segundo GH
>>> Diálogos
>>> A Paixão
>>> O self essencial
>>> Lenin: capitalismo de estado e burocracia
>>> Jericoacoara sonhada
>>> História geral das civilizações - Vol. 7
>>> O Sócio
>>> O Júri
>>> O Caibalion
>>> Drive
>>> Conexões
>>> A Identidade Bourne
>>> Como Desenhar 101 Mangás Irados - Com Ilustrações Passo a Passo
>>> O Monstro do Esgoto
>>> Livro de pré-coisas
>>> Contos populares de Angola
>>> Paris: a festa continuou
>>> Os melhores jornais do mundo
>>> A linguística hoje - n. 32
>>> Será Que A Gente Combina?
>>> The Useless Mouths
>>> EXPERIMENTAR CRISTO como as OFERTAS PARA APRESENTÁ-LO NAS REUNIÕES DA IGREJA
>>> O Segundo Sexo 1. Fatos e Mitos
>>> O caminho dos doze passos- tratamento de dependência de álcool e outras drogas
>>> A DROGA- drogas e toxicômanos
>>> Como Conquistar as Pessoas
>>> O ministério celestial de Cristo
>>> JONAS- Um estudo sobre compaixão a do Senhor e a sua
>>> Vendo Cristo no Novo Testamento Vol 4 e 5
>>> Instruções Espirituais- Diálogos com Motovilov
>>> Revista Planeta 5 e 6
>>> Revista Planeta 3 e 4
>>> Rvista Planeta 1 e 2
>>> Morte em Pemberley
>>> Coleção A Ditadura - 4 volumes
>>> Bagagem perdida
>>> French Mapping Of The Americas - The De L' Isle, Buache, Dezauche Succession (1700-1830)
>>> Os redentores - Ideias e poder na América Latina
>>> Guia da medicina homeopática
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 5/4/2010
Comentários
Leitores


Futilidade perversa
Parabéns, Daniel, gostei muito do texto. Como precisamos deste contraponto e de espírito crítico como esse! Toda essa futilidade é, além de tudo, perversa, pois trabalha com uma lógica excludente.

[Sobre "A marca do fútil"]

por Roberta Resende
5/4/2010 às
09h10 189.100.44.167
(+) Roberta Resende no Digestivo...
 
E se der pau no Kindle?
Só uma dúvida: se der pau no Kindle (ou Sony Reader, wherever...), perco 600 livros? Se meu filho joga a coisinha na banheira, molho 600 livros? Se esqueço no ônibus, esqueço 600 livros? Se deixo no porta-malas do carro e ponho uma caixa de Skol em cima, esmago todos meus 600 livros? Não consigo imaginar tantas possibiliades de perder todos os meus livros de formas tão corriqueiras, se eles forem de papel e estiverem na estante... A menos que pegue fogo em casa, mas aí já não vou me preocupar tanto com os livros, certo?

[Sobre "O futuro (incerto?) dos livros"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
5/4/2010 às
07h51 136.1.1.101
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Pobre Campanella
Pobre Campanella. Depois de fazer mais um filme de sua obra extraordinária, é brindado pelo mais tosco dos clichês: o do texto crítico metido a politicamente correto, como se ganhar o Oscar fosse uma espécie de condenação no tribunal da pseudovanguarda cultural. Pobre Ricardo Darin, que ao protagonizar novamente mais um filme de Campanella, como faz desde o início da carreira, é acusado de "popular", como se sua presença fosse uma espécie de apelação comercial, enquanto nada mais é do que a coerente atuação na melhor e mais importante linhagem cinematográfica do nosso tempo. Pobre cinema brasileiro, que caiu, com algumas exceções, no ramerrão da pornografia depois de ter atingido o esplendor, numa decadência que atinge de frente a crítica cinematográfica. Pobre jornalismo cultural, que se quer acima do talento invocando o plágio dos americanos onde existe um filme que navega nas águas da liteatura policial clássica e na tradição de cinema de denúncia. Chore por nós, Argentina.

[Sobre "Como se vive uma vida vazia?"]

por Nei Duclós
http://twitter.com/neiduclos
5/4/2010 às
07h27 187.7.29.190
(+) Nei Duclós no Digestivo...
 
Todo o texto que apresenta-...
Todo o texto que apresenta-se muito cômico é bem mais sério do que espera-se, pois por tras do riso da ficção, está o desejo de uma realidade bem diferente de um presente.Encabule isto.

[Sobre "A alma boa de Setsuan e a bondade"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
5/4/2010 às
03h39 189.79.194.134
(+) Manoel Messias Perei no Digestivo...
 
O segredo do grão
Usei a busca do site para encontrar algo sobre "O segredo do grão" e encontrei uma rápida resenha-quase-uma-citação nesse texto. O filme merecia um pouco mais, na minha opinião. Nunca tinha visto a luz do sol ser utilizada de maneira tão explícita. A luz dos postes, de dentro de casa, das lâmpadas fluorescentes. A luz ambiente é a estrela do filme, e seu objetivo é iluminar os diálogos e as situações sem roteiro que vemos na tela. Sem luzes e efeitos especiais, a humanidade dos personagens, da economia, da política, da sociedade salta aos olhos. É preciso sobreviver, mas será preciso fazê-lo sem abrir mão de nossa dignidade, quando ainda há alguma? Talvez seja esse o segredo do grão.

[Sobre "O melhor de 2008 ― literatura e cinema"]

por arqpita
5/4/2010 à
00h18 189.1.128.85
(+) arqpita no Digestivo...
 
Valeu pela homenagem!
Valeu pela homenagem :) Abraços, força sempre!

[Sobre "O dia em que traduzi Renato Russo"]

por David Obadiah
http://www.twitter.com/legiaojovem
4/4/2010 às
21h01 189.71.122.229
(+) David Obadiah no Digestivo...
 
Nada de tão profundo
Não sei o que as pessoas veem de tão profundo: o garoto está de saco cheio e chutou o pau da barraca; como não sabia mais o que fazer, foi pra casa... Qualquer coisa além disso é invenção da cabeça de quem leu.

[Sobre "O apanhador no campo de centeio"]

por jonathan
4/4/2010 às
11h12 201.67.220.254
(+) jonathan no Digestivo...
 
É impossível encontrar a cura
Tão lindo de ler, tão triste de viver. Inútil buscar essa receita; impossível encontrar a cura... As lágrimas escorrem pelos poros e não existem palavras pra expressar a dor do fim do antigo maior amor do mundo. Marcelo, ótimo texto. "Porque o amor é a coisa mais triste quando se desfaz..." [Tom Jobim/ Vinicius de Moraes]

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Isabela Muniz
http://presosnacontramao.blogspot.com/
3/4/2010 às
03h18 200.207.63.104
(+) Isabela Muniz no Digestivo...
 
Falta de tempo e dinheiro
Essa semana houve uma greve de professores em São Paulo. Folha e Estadão primeiro disseram se tratar de meia dúzia de gatos pingados. Outra manifestação, com centenas de professores indignados com a situação da educação no país e com sua própria situação. Folha e Estadão tentaram vincular a greve a grupos políticos adversários do governador Serra, e não ao salário de fome e às precárias condições dos mestres. Ok, ok, os professores são maus, o governador é um herói puro e bondoso e a Folha e o Estadão recebem vultosas quantias em publicidade estatal (como os professores poderiam pagar propaganda na mídia impressa?!). Com uma imprensa de tal modo vendida e corrompida por verbas publicitárias, como seria possível o povo brasileiro ler tanto jornal? Mesmo porque, lembremos, as políticas do PSDB, PT, PMDB etc, de empobrecimento e exploração do povo são cada vez maiores. Não sobra tempo nem dinheiro para ler jornal, como fazem os britânicos, franceses, alemães e norte-americanos...

[Sobre "Como os jornais vão sobreviver na era da internet?, por Hal Varian"]

por Luciano Pita
2/4/2010 às
12h24 189.1.128.85
(+) Luciano Pita no Digestivo...
 
Concordo plenamente
Concordo plenamente com o artigo. O filme é muito bonito, enche os olhos, tem um ritmo que respeita a inteligência humana, diferente do cinema USA - onde se tenta a todo custo esconder as deficiências e a precariedade de enredo e roteiro geralmente superficiais e moralistas. Mas "O Segredo..." tem um clima conservador pairando o tempo todo, e, embora citique a ditadura, acaba agindo como a mesma: perseguindo e pré-julgando, tornando a investigação policial em objeto fetichizado, voyerizado, suscitando sentimentos de justiça com as própiras mãos na plateia, despertando pena em vez de consciência crítica. Por trás de um verniz de arte se esconde a lógica e a ideologia de nosso tempo, sem contestação de suas mazelas, tão gritantes na Argentina e no restante da América Latina de nossos dias. O filme, ao ir na direção do Oscar, deixou de lado sua chance de reflexão e arte verdadeira, e essa influência, com certeza, será sentida, queira ou não, nas produções latinas que ainda virão.

[Sobre "Como se vive uma vida vazia?"]

por Luciano
2/4/2010 às
12h09 189.1.128.85
(+) Luciano no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




REDEFININDO ESTRATÉGIA GLOBAL
PANKAJ GHEMAWAT
BOOKMAN
(2008)



OS SERTÕES
EUCLYDES DA CUNHA
PUBLIFOLHA
(2000)



IMPACTOS AMBIENTAIS URBANOS NO BRASIL
ANTÔNIO JOSÉ TEIXEIRA GUERRA - SANDRA BAPTISTA DA CUNHA
BERTRAND BRASIL
(2001)



E NÓS CHEGAMOS AO FIM
JOSHUA FERRIS
NOVA FRONTEIRA
(2008)



DOMINGOS DE GUSMÃO - O EVANGELHO VIVO
FREI FELICISSIMO MARTINEZ DIAZ
CIDAL
(1987)



TEILHARD DE CHARDIN, O SANTO TOMÁS DO SÉCULO XX
J. PAULO NUNES
LOYOLA
(1977)



VASTAS EMOÇÕES E PENSAMENTOS IMPERFEITOS
RUBEM FONSECA
PLANETA DEAGOSTINI
(2003)



SÃO JORGE DOS ILHÉUS
JORGE AMADO
RECORD
(1981)



DIÁRIO MÍNIMO
UMBERTO ECO
DIFEL
(1985)



CAUSA MORTIS
PATRICIA D. CORNWELL
COMPANHIA DAS LETRAS
(2000)





busca | avançada
53297 visitas/dia
1,5 milhão/mês