Falar mal de autoajuda | Celito Medeiros

busca | avançada
60311 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Digestivo Cultural
O que é?
Quem faz?

Audiência e Anúncios
Quem acessa?
Como anunciar?

Colaboração e Divulgação
Como publicar?
Como divulgar?

Newsletter | Disparo
* Histórico & Feeds
TT, FB e Instagram
Últimas Notas
>>> A Eclosão do Twitter, de Nick Bilton
>>> Em Busca da Terra do Nunca... e Johnny Depp
>>> A aquisição do Whatsapp, pelo Facebook, por 19 bilhões de dólares
>>> Django Unchained, de Quentin Tarantino
>>> O assassinato e outras histórias, de Anton Tchekhov
>>> The Zen of Bennett, com Tony Bennett
>>> Philip Seymour Hoffman (1967-2014)
>>> Toda Poesia, de Paulo Leminski
Temas
Mais Recentes
>>> Os 60
>>> O Mito da Eleição
>>> Como sobreviver ao Divórcio de Ricardo Lísias
>>> Era uma vez
>>> Política e Cidadania no Sertão do Brasil (parte 2)
>>> Histórias de superação que não fazem sucesso
>>> Proust, rugas e colesterol
>>> Kurt Cobain; ou: I Miss the Comfort in Being Sad
>>> Eu podia estar matando, podia estar roubando
>>> Quem Resenha as Resenhas de Som?
Colunistas
Mais Recentes
>>> Idade
>>> Origens
>>> Protestos
>>> Millôr Fernandes
>>> Daniel Piza (1970-2011)
>>> Steve Jobs (1955-2011)
Últimos Posts
>>> Redigir com Ana Elisa Ribeiro
>>> Erudito nas igrejas de SP
>>> As Quatro Estações 2003
>>> Filosofia e Jornalismo
>>> Grieg, Chopin e Saint-Saëns
>>> O homem ideal
>>> Mozart K622 com Julian Bliss
>>> La Cañada
>>> Friday Night in San Francisco
>>> Wittgenstein e o Deus Predador
Mais Recentes
>>> Harold Ramis (1944-2014)
>>> Sergio Britto & eu
>>> Para o Daniel Piza. De uma leitora
>>> Joey e Johnny Ramone
>>> A Cultura do Consenso
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> Delírios da baixa gastronomia
>>> Jane Fonda em biografia definitiva
Mais Recentes
>>> Jaime Pinsky
>>> Luis Salvatore
>>> Catarse
>>> Chico Pinheiro
>>> Sheila Leirner
>>> Guilherme Fiuza
Mais Recentes
>>> Caixa Postal
>>> Nova Seção Livros
>>> Digestivo no Instagram
>>> 2 Milhões de Pageviews
>>> 40 mil seguidores no Twitter
>>> Comentários via Facebook
Mais Recentes
>>> 10 Bilhões
>>> Sóbrio, discreto e cauto
>>> Igual, mas diferente: a Bienal de Minas
>>> O Twitter e as minhas escolhas
>>> Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas
>>> Um aposta no escuro
>>> Dados para dissecar um colunista?
>>> Eu também sou concretista
>>> Gerundismo
>>> Música Popular, não
LIVROS
Mais Recentes
>>> Álbum da Copa do Mundo 2014 - Fifa World Cup Brasil - Capa Dura
>>> Gossip Girl - Me Dê Uma Chance
>>> A Filha da Tsarina
>>> O Evangelho Segundo Judas
>>> O Dominador
>>> Corvo Negro
>>> Almanaque 1964
>>> As Sombras de Longbourn
>>> O Silêncio do Algoz
>>> Poesia e Polícia
>>> A paixao medida
>>> Um Outro Amor
>>> Nova Gramática Finlandesa
>>> O Mesmo Mar
>>> Eu Sou Proibida
>>> Dias Perfeitos
>>> Romance com pessoas
>>> Quarenta dias
>>> Cavaleiros
>>> Casa de Segredos
>>> Cartografia da Justiça no Brasil
>>> Homens Difíceis
>>> A Capitoa
>>> Caninos Em Família
>>> O Caminho de Ida
>>> No Caminho da Vitória
>>> O Caminho da Paz
>>> A Guerra que Matou Aquiles
>>> Um Bom Rapaz
>>> O Bispo
>>> Biomecânica Básica do Sistema Musculoesquelético
>>> Biologia Vegetal
>>> Biologia Molecular Básica
>>> Biologia celular e molecular
>>> Bilhões e lágrimas
>>> O Bicho Alfabeto
>>> Belleville
>>> Beco dos Mortos
>>> Bazinga!
>>> As Aventuras de Pedro Coelho
>>> Lira Grega - Antologia de Poesia Arcaica
>>> A Filosofia como Crítica da Cultura
>>> Humor é Coisa Séria
>>> Pensar o Contemporâneo
>>> Arquitetura Grega e Romana
>>> As Neurociências - Questões Filosóficas
>>> Aventuras de Alice no País das Maravilhas
>>> Autodesk Revit Architecture 2014
>>> Autobiografia Não Autorizada
>>> Austenlândia
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 7/5/2010
Comentários
Leitores


Falar mal de autoajuda
Existem "certas pessoas" que sempre dão um jeitinho de até inventar alguma notícia pior do que aquela que souberam, leram ou ouviram. Normalmente tais pessoas criticam alguém que procura algum tipo de ajuda. Falam mal da autoajuda, pois não querem que as pessoas se ajudem. Nunca enxergam seus próprios defeitos, pois sempre querem estar certas. Em vez de corrigirem algum erro, sentem uma angústia terrível de admitir que estão erradas. Tais pessoas não reagem bem às reformas ou tratamentos, seus casos são estacionários e não conseguem vitórias. Qualquer aprendizagem conseguida perde logo os benefícios. Se pegos em erro, prometem nunca mais fazer aquilo. Mas já no outro dia o estarão repetindo...

[Sobre "Parodiando a autoajuda"]

por Celito Medeiros
http://www.celitomedeiros.com
7/5/2010 às
14h47 200.146.13.147
(+) Celito Medeiros no Digestivo...
 
Adorei este trecho...
"Fora de contexto, ela cria um ruído no ambiente, embora seja de uma simplicidade rasa, perfeitamente possível de ser compreendida." Adorei este trecho...

[Sobre "Uma chave para o longe"]

por nilt
http://twitter.com/_nilt
7/5/2010 às
10h48 200.222.17.8
(+) nilt no Digestivo...
 
E-mail protegido
Perfeito! Acho então que precisamos fazer com que nosso e-mail seja "protegido" tanto quanto o é nosso endereço físico, de nossa moradia. Ou seja, não o dê a qualquer um. Mas isto só resolve parte dos problemas e logo veremos que não se trata somente dos e-mails, mas da EDUCAÇÃO e da CONSIDERAÇÃO em si. O "buraco" é mais embaixo...

[Sobre "A síndrome da rejeição via internet"]

por mauricio
6/5/2010 às
14h00 189.25.99.82
(+) mauricio no Digestivo...
 
Chorar é uma libertação
"Quem aprende a amar, aprende a chorar também". Chorar é uma libertação! Um sofrimento contido em forma de lágrimas... Texto triste, mas muito real!

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Cyndi Garty
http://www.twitter.com/cyndireal
6/5/2010 às
11h29 189.121.120.247
(+) Cyndi Garty no Digestivo...
 
Comento do iPhone
Bah, vocêsó fala isso porque é um fanboy do PC! :P Mas, falando sério, na briga entre iPad e Kindle tem que se levar em consideração uma coisa: o custo-benefício. O tablet da Apple funciona tão bem quanto o e-reader da Amazon, mas com muito mais funções - e utilidade. Para mim, já é uma partida ganha. O Kindle não vai ter muita duração com o barateamento de tablets, ainda mais os com o sistema operacional Android, do Google, que é open-source. Agora, quanto à sua divagação sobre o impacto da tecnologia, basta eu dizer que li o seu texto e estou comentando através de um iPhone, no conforto da minha cama. Pode parecer besteira, mas a mobilidade dentro de casa te deixa muito mais onlime - ou seja, você já não precisa reservar um tempo pra sentar na cadeira no outro quarto somente para checar o Twitter. Pô, dá até pra ler o Digestivo no banheiro (piada pronta, haha)!

[Sobre "iPad, Kindle, salvação e histeria"]

por Bruno do Amaral
http://www.twitter.com/brunodoamaral
5/5/2010 às
10h22 201.27.93.136
(+) Bruno do Amaral no Digestivo...
 
São os tempos
Caro Rafael, você acertou no texto. Acho uma besteira essas conversas em fóruns, e-mail e Twitter, sobre Kindle e outros bichos. Tudo pode ser marketing das empresas, ninguém sabe. Como já sou bem velhinho, fico lembrando do meu tempo de Ginásio: caderno feinho, capa de papel vagabundo, todas rasgavam com dois meses de uso. Colégio: melhorou a capa, durinha (epa!), de aspiral e tudo mais. Faculdade: Tudo bem melhor, cadernões de mais de 100 folhas e capa a quatro cores. Pós-Graduação: um Notebook (para os que podiam) no colo e MP3 com fone de ouvido (ouvindo aulas/música). Lembram daqueles gravadores tijolão? E hoje a gente grava com um aparelhinho pequenino (tamanho de cartão de crédito) que cabe na palma da mão. São os tempos. Mas parece que hoje tudo mudou. Tem muita gente que não acordou, outros ouviram o galo cantar mas não sabem onde e os que sabem não fazem escândalos.

[Sobre "iPad, Kindle, salvação e histeria"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
5/5/2010 às
06h46 189.107.90.122
(+) Manoel Amaral no Digestivo...
 
O que é ruim, eu deleto
Seguinte: tudo nessa vida que realmente importa em qualquer situação é o bom humor. Tendo isso, já vale. Concordo que existem picaretas na seção autoajuda. Mas discordo que todos o sejam. Faz sentido achar errado que a vida é feita de regras prontas. Mas se alguém chegou lá e isso é possível, terei a curiosidade de saber como foi. O que é bom eu guardo e o que é ruim eu deleto. Assim como farei com seu texto. Até mais!

[Sobre "Parodiando a autoajuda"]

por André Crevilaro
4/5/2010 às
22h43 201.3.117.72
(+) André Crevilaro no Digestivo...
 
Blogueiros impressos?
Como assim? Ser escritor agora foi reduzido a ser editado? Devemos concluir, então, que muitos escritores não descobertos em sua época, apenas editados muitos anos depois, não eram escritores; tornaram-se depois de mortos. É isso? Um músico só é músico se grava um CD por uma gravadora? Um pintor só o é se expõe uma galeria? E que são os colunistas, então? Nesta ótica não seriam escritores, porque escritores publicam por uma editora, não é isso? E nem jornalistas, porque jornalistas veiculam notícias, não é? Como classificar? Blogueiros impressos? Acredito eu que ser escritor não signifique apenas publicar pela editora. É reducionismo demais! Não digo que todo aquele que publique um comentário em um blog possa ser considerado escritor... Mas um escritor pode ser blogueiro. E pode, até mesmo, não ser nem blogueiro e nem coisa alguma. Pode simplesmente ser escritor, rabiscando nas horas vagas de seu trabalho, enquanto o patrão reclama dessa sua mania...

[Sobre "Novos escritores? Onde?"]

por Fernando Lago
http://twitter.com/NandoLago
4/5/2010 às
13h25 189.104.151.108
(+) Fernando Lago no Digestivo...
 
Sobre Pierre et Gilles
Estou pesquisando sobre Pierre et Gilles. É difícil encontrar textos inéditos ou autorais sobre eles na internet. O que encontramos é sempre cópia da cópia. Um site copiando outro. Finalmente aqui encontrei algo novo. Infelizmente eu não concordo com a maneira como a obra da dupla francesa foi aqui analisada. De qualquer maneira vale pela originalidade.

[Sobre "A deliciosa estética gay de Pierre et Gilles"]

por Branco Chiacchio
2/5/2010 às
13h14 201.95.155.132
(+) Branco Chiacchio no Digestivo...
 
Crer ou não crer?
A crença gira em torno do subjetivo: crer ou não crer, eis a questão. Como não há nada de objetivo, a mudança de Flew é irrelevante. Cada ser humano continuará sua caminhada com a "sua" verdade, o que lhe garante suportar a sua existência. Flew não terá a oportunidade de dizer que errou ao mudar de opinião...

[Sobre "Antony Flew, o ateu convertido"]

por eduardo sarno
1/5/2010 às
10h04 189.104.85.201
(+) eduardo sarno no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

>>> A trajetória de Ayrton Senna é contada em quadrinhos após 20 anos do acidente de Ímola
>>> Inscrições para a MVArte 2014
>>> Páscoa no País das Maravilhas
>>> Instituto Pombas Urbanas lança projeto inovador em Cidade Tiradentes
>>> "TerceiRisadas" estreia na Casa da Gávea
>>> Curso gratuito de Orquestra de Violões abre inscrições para novos alunos
* clique para encaminhar

Editora Record
Globo Livros
Civilização Brasileira
Cortez Editora
Editora Conteúdo
Best Seller
Bertrand Brasil
José Olympio
Arquipélago Editorial
Madras Editora
Intrínseca
Companhia das Letras
Editora Perspectiva
Nova Fronteira
WMF Martins Fontes
Editora Contexto
Hedra
LIVROS


AVENTURAS DE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS
Por R$ 58,95
+ frete grátis



A HISTÓRIA DAS CAMISAS DE TODOS OS JOGOS DAS COPAS
Por R$ 54,95
+ frete grátis



O AMANTE
Por R$ 39,95
+ frete grátis



O MESMO MAR
Por R$ 27,95
+ frete grátis



O SILÊNCIO DO ALGOZ
Por R$ 36,95
+ frete grátis



CADERNOS DE LITERATURA BRASILEIRA
Por R$ 63,95
+ frete grátis



CÓDIGO PENAL
Por R$ 68,95
+ frete grátis



ORTODOXIA MAÇÔNICA
De R$ 57,90
Por R$ 34,22
Economize R$ 23,68



ALBERT ECKHOUT (OBRA COMPLETA)
Por R$ 189,99
+ frete grátis



A PRÁTICA DA AUDIOLOGIA CLÍNICA
Por R$ 63,95
+ frete grátis



busca | avançada
60311 visitas/dia
2,2 milhões/mês