Mais do que imaginamos... | Gisele Lemper

busca | avançada
48115 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Digestivo Cultural
O que é?
Quem faz?

Audiência e Anúncios
Quem acessa?
Como anunciar?

Colaboração e Divulgação
Como publicar?
Como divulgar?

Newsletter | Disparo
* Histórico & Feeds
TT, FB e Instagram
Últimas Notas
>>> Daily Rituals - How Artists Work, by Mason Currey
>>> Fernando Pessoa, o Livro das Citações, por José Paulo Cavalcanti Filho
>>> A Loja de Tudo - Jeff Bezos e a Era da Amazon, de Brad Stone
>>> Reflexões ou Sentenças e Máximas Morais, de La Rochefoucauld
>>> O Capital no Século XXI, de Thomas Piketty, o livro do ano
>>> Trágico e Cômico, o livro, de Diogo Salles
>>> Blue Jasmine, de Woody Allen, com Cate Blanchett
>>> The Devil Put Dinosaurs Here, do Alice in Chains
Temas
Mais Recentes
>>> A maldição da internet no celular
>>> Memorial do deserto e das ruínas
>>> Um mês depois
>>> É Tabu, Ninguém Quer Saber
>>> O irmão alemão, de Chico Buarque
>>> A terra da bruma, de Arthur Conan Doyle
>>> A novilíngua petista
>>> O Trovador, romance de Rodrigo Garcia Lopes
>>> O começo do fim da hegemonia 'de esquerda'
>>> Portas se abrindo
Colunistas
Mais Recentes
>>> O Digestivo nas Copas
>>> Idade
>>> Origens
>>> Protestos
>>> Millôr Fernandes
>>> Daniel Piza (1970-2011)
Últimos Posts
>>> Legião Urbana 1994
>>> Reinaldo Azevedo em The Noite
>>> Os sete pecados capitais do PT
>>> Roubalheira vai parar o Brasil
>>> Jeitos de trabalhar
>>> Para onde vai o governo?
>>> O advogado do diabo
>>> Paulo Francis e a Petrobras
>>> A lei é para todos
>>> Jornal da Cultura - 18/11/2014
Mais Recentes
>>> Lembranças de Ariano Suassuna
>>> Harold Ramis (1944-2014)
>>> Sergio Britto & eu
>>> Para o Daniel Piza. De uma leitora
>>> Joey e Johnny Ramone
>>> A Cultura do Consenso
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> Delírios da baixa gastronomia
Mais Recentes
>>> Jaime Pinsky
>>> Luis Salvatore
>>> Catarse
>>> Chico Pinheiro
>>> Sheila Leirner
>>> Guilherme Fiuza
Mais Recentes
>>> Momento cívico
>>> Digestivo Books
>>> Caixa Postal
>>> Nova Seção Livros
>>> Digestivo no Instagram
>>> 2 Milhões de Pageviews
Mais Recentes
>>> 90125: o renascimento do Yes
>>> Mamãe Natureza
>>> Tratando do Trate-me
>>> Walking Dead - O caminho dos mortos na cultura pop
>>> Fim dos jornais, não do jornalismo
>>> A origem da dança
>>> 2011: a queda do império?
>>> Senhorita Júlia e outras peças
>>> A Viagem de Cem Passos
>>> A questão do fim do livro
LIVROS
Mais Recentes
>>> O que restou de mim
>>> Caça ao Homem
>>> Pássaro da Tempestade
>>> A Humanidade e Suas Fronteiras
>>> Os Grandes Impostores
>>> Como Gata e Rato, Como Cão e Gata
>>> Os Fidalgos da Casa Mourisca
>>> O Príncipe
>>> Conversas
>>> Pense como um Freak
>>> Coração de Mãe
>>> Entre o Silêncio e a Obra
>>> Transportes - História, Crises e Caminhos
>>> Embuscadoamor.com
>>> Um tal Lucas
>>> O Outono do Patriarca
>>> Um Corpo na Neve
>>> Cinquenta Anos Esta Noite
>>> Pedagogia dos Sonhos Possíveis
>>> Enquanto Deus não Está Olhando
>>> O Sopro dos Deuses
>>> A Viagem Iniciática ou Os 33 Graus de Sabedoria
>>> The Rolling Stones - A Biografia Definitiva
>>> O Legado
>>> O Trovador
>>> Prisioneiro da Sorte
>>> O Pergaminho Sagrado
>>> Pergunte a Deepak Chopra Sobre Amor e Relacionamentos
>>> Amor até debaixo d'água
>>> Viagem à Calábria
>>> English Is Not Easy
>>> Quase Casados
>>> Ter e não ter
>>> A Lei do Triunfo
>>> Panteão
>>> O Guerreiro do Oeste
>>> Katherine
>>> A Vingança da Amante
>>> Em Nome do Mal
>>> Por onde você anda?
>>> Os 13 Segredos
>>> Herança de Sangue
>>> O Mistério dos Deuses
>>> Quartos Fechados
>>> Ossos Perdidos
>>> Três Macacos
>>> Quebrando Regras
>>> Êxodo
>>> A Bíblia do Estilo
>>> A Espada de Medina
COMENTÁRIOS

Sábado, 2/9/2006
Comentários
Leitores


Mais do que imaginamos...
Sim, os poetas são sempre muito mais do que imaginamos. Muito doce e verdadeiro o seu artigo, que já repassei para a turma. Um abraço da leitora do DF.

[Sobre "O centenário de Mario Quintana, o poeta passarinho"]

por Gisele Lemper
2/9/2006 às
17h58 200.175.186.47
(+) Gisele Lemper no Digestivo...
 
A arte não está em todo mundo!
A literatura talvez seja capaz de resistir à vulgarização como não o fizeram a música popular e as chamadas artes plásticas (pintura). O cinema provavelmente caminha nessa direção; tudo, na verdade, está passando pelo processo que se resume na idéia: qualquer um pode fazer isso. Ou: a arte está em todo mundo. Essa idéia tem um fundo de verdade, mas que não passa disso: uma rapa de panela. Em literatura existem outros fatores não solúveis na massificação geral. Um deles é o ato de pensar, não democrático em si. Outro fator é que literatura é refratária à adoção de técnicas visando produzi-la. As chamadas "oficinas de texto" (ou algo assim) beiram o ridículo. Outro fator é que literatura é um sacerdócio exercido em regime de clausura, avesso aos holofotes em geral. Outro fator é que escritores escrevem, imunes a qualquer notícia, mesmo que esta seja a notícia da "morte da literatura". E essa notícia tem se avolumado ultimamente, mas passará como uma onda.

[Sobre "Flip 2006: um balanço tardio"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
2/9/2006 às
17h52 200.222.170.188
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Os Hermanos vão acabar?
Eu também tive essa idéia de que o fim dos Hermanos seria provocado, justamente, por conta de uma divergência entre Camelo e Amarante. Tive, e continuo tendo. Isso vai acontecer, mais cedo ou mais tarde. Eu brinco com um amigo que, como eu, é fanático pela banda, de que dou mais dois anos pra eles. Não é mau agouro. Eu adoro a banda. Tenho pra mim - não importa se é ou não verdade - que fui o primeiro baiano a comprar o primeiro disco deles, pois estava em Brasília na época, e comprei lá mesmo. Acho que não havia chegado aqui na cidade ainda. O caso é que Marcelo e Rodrigo apontam para direções distintas. Enquanto um está indo pro lado Radiohead da coisa, o outro vai prum lado Muse. Se for analisar, a diferença é grande. Não tenho dúvidas da amizade dos dois, mas acho que suas crenças musicais ainda vão se chocar.

[Sobre "O 4 (e os quatro) do Los Hermanos"]

por Rafael Rodrigues
2/9/2006 às
17h02 201.32.241.245
(+) Rafael Rodrigues no Digestivo...
 
Discordo do Joca...
Julio: ando tão distraída, ultimamente... Não repare na minha ignorância, mas... Joca Reiners Terron... não sei quem é! Pelo sim, pelo não, vou ao blog dele: Hotel Hell... Mesmo sem saber, discordo dele: sua blusa, preta, gola rulê, muito bonita, amigo. Um abraço, Neide Pessoa

[Sobre "O Joca me adora"]

por Neide Pessoa
http://www.claranunesvozdeouro.blogspot.com
1/9/2006 às
15h28 200.139.141.79
(+) Neide Pessoa no Digestivo...
 
É chato, é desagradável...
Situações como a que ocorreu com a autora do artigo acontecem volta-e-meia comigo e acredito que com algumas outras pessoas também devam acontecer. É chato, é desagradável... O problema, do meu ponto de vista, é que isso é quase impossível de se evitar. Um dos únicos jeitos é possuindo títulos, ou dinheiro, ou sei-lá-mais-o-quê, que confira autoridade ao possuidor. Fora nesses casos, só algumas pessoas com raro talento para se relacionar conseguem (e olha que mesmo essas têm de engolir muita coisa desagradável...). Entendo perfeitamente o fato de a autora ter perdido a compostura, o sono, e tudo mais que lhe houve de conseqüência. Parabéns àqueles que conseguem passar incólumes por coisas desse tipo! E vamos expresar nossos descontentamentos pra que, quem sabe, algumas pessoas se enxerguem e percebam que magoam as outras, e que é bem melhor conviver bem com os outros em relações onde a troca e aproveitamento de experiências e opiniões realmente ocorram. TODOS dependemos de ser ouvidos, é inegável. Força!

[Sobre "I do not want this"]

por Mateus
1/9/2006 às
10h05 201.10.99.159
(+) Mateus no Digestivo...
 
Eta Brasilzão!!!
Em tempo: tem um candidato em Brasília, veterinário, que, se eleito, promete "vacinar a cachorrada". Ou seja, botar os políticos na carrocinha... No Rio, o espetáculo também está garantido: tem uma candidata a deputada estadual que se apresenta como "Maria Chupetinha". Eta Brasilzão!!!

[Sobre "Meu nome é Gavião..."]

por Félix Maier
http://Mídia Sem Máscara
1/9/2006 às
09h50 201.3.62.126
(+) Félix Maier no Digestivo...
 
Adriana: não tem por que temer
Com o potencial e a enorme capacidade que você tem, Adriana, realmente não tem por que temer. Espero que esta demissão seja uma oportunidade de crescimento profissional, porque, muitas vezes quando estamos empregados vamos nos acomodando com o trabalho e o com o empregador, mesmo quando estes não nos satisfazem mais. Boa sorte!

[Sobre "Fui demitida, e agora?"]

por Ana Cirne
1/9/2006 às
08h10 200.172.59.147
(+) Ana Cirne no Digestivo...
 
Os ossos do ofício!
Daniela, trabalho como vc, sem horário, sem vínculo, emendando feriados, abrindo a porta da minha casa numa tarde de terça e, graças a Deus, me sustentando legal. Mas... não gosto do meu trabalho (gosto das pessoas e do ambiente, não do ofício). É aí que pega!

[Sobre "Fui demitida, e agora?"]

por juliana
31/8/2006 às
23h09 200.139.92.28
(+) juliana no Digestivo...
 
Vida longa aos anos 70!
Ana, eu nem sei se vc vai ler esta mensagem, mas mesmo assim vou escrever. Aliás escrever o que já escrevi ao Maciel dia desses: Corria o ano de 71, eu morava no interior de São Paulo (Avaré, tinha 18 anos) e lia avidamente o Underground no Pasquim. Só você é capaz de imaginar como aquilo foi importante para mim naquela época e para a minha vida depois daquilo! Daí veio o jornal Rolling Stone, a Flor do mal, e eu passei a ser assinante, ler, guardar e colecionar. Tenho todos os números do 0 ao 36. Agora, acho até que está havendo um revival dos 70. Os setenta, os 3 primeiros anos dele são uma marca indelével na cultura do comportamento da juventude brasileira. Vida longa aos 70 e a todos os que viveram estes anos intensamente. Um beijo e agora vou mergulhar no Alamanaque anos 70, um primor.

[Sobre "A Rolling Stone brasileira"]

por Antônio
31/8/2006 às
22h55 201.26.80.206
(+) Antônio no Digestivo...
 
Perhaps someone can translate
Pardon my writing in English. Perhaps someone can translate. Though able to read Portuguese with fair understanding, my writing is not so good. Though I agree with much of what is written here, particularly regarding the evil of corporate censorship of the arts and literature so prevalent these days, let me point out that education is not very helpful. There is a test given in the USA to determine how well readers comprehend the content of their reading. In the 1970s, over 70% of college graduates were able to read and understand relatively difficult material. In 2004, this number was 30%. That is to say, only 30% of college graduates in the US can read with comprehension (in other words, 70% of US college graduates cannot read). 20% of these quasi-literates are unable to understand the text in newspapers. I personally have witnessed this as teacher, as editor, and as researcher in the high technology industry.

[Sobre "O elogio da ignorância"]

por Jim Chaffee
http://www.thedrillpress.com
31/8/2006 às
21h27 70.113.203.26
(+) Jim Chaffee no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

>>> Chaplin inspira o Cirandança 2014, da Companhia de Danças de Diadema
>>> Um almanaque de detetives
>>> Bandolim Elétrico faz concerto de lançamento de seu novo CD
>>> Coleção para leitores iniciantes estreia com dois divertidos títulos
>>> Coral Madrigueiros encerra temporada musical da Fundação Ema Klabin em 2014
>>> Banda The Hot Summer Folks se apresenta na Fundação Ema Klabin
* clique para encaminhar

Arquipélago Editorial
José Olympio
Primavera Editorial
Civilização Brasileira
Bertrand Brasil
Editora Record
Best Seller
Nova Fronteira
Busca Sebos
Intrínseca
WMF Martins Fontes
Globo Livros
Hedra
Editora Conteúdo
Editora Perspectiva
Cortez Editora
Companhia das Letras
LIVROS


826 NOTAS DE AMOR PARA EMMA
Por R$ 28,95
+ frete grátis



MAONOMICS
Por R$ 44,95
+ frete grátis



O SOPRO DOS DEUSES
De R$ 55,00
Por R$ 35,79
Economize R$ 19,21



GOLIAS
De R$ 58,00
Por R$ 40,59
Economize R$ 17,41



ARQUIVOS SERIAL KILLERS - LOUCO OU CRUEL?
Por R$ 58,95
+ frete grátis



BÍBLIA DO CORINTIANO
Por R$ 319,99
+ frete grátis



ANTOLOGIA ILUSTRADA DA POESIA BRASILEIRA
Por R$ 48,75
+ frete grátis



A TUTELA JURÍDICA DA AFETIVIDADE
Por R$ 63,95
+ frete grátis



1968 - O ANO QUE NÃO TERMINOU
Por R$ 48,95
+ frete grátis



O CADÁVER QUE RI
De R$ 44,50
Por R$ 38,95
Economize R$ 5,55



busca | avançada
48115 visitas/dia
1,3 milhão/mês