Entrevista à Cultura FM | Digestivo Cultural

busca | avançada
20716 visitas/dia
829 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil exibe especial 'Sonho Meu' em homenagem a Dona Ivone Lara nesta sexta (20)
>>> Alexandre Hallais, um dos escritores mais evidentes da atualidade fecha parceria com a Soul Editora
>>> Juiz federal estreia na literatura com contos sobre heróis históricos
>>> Alessandro Ferrari Jacinto e Marisa Folgato lançam 'Alzheimer' na Livraria Martins Fontes
>>> Programa de Edição de Textos de Docentes da Unesp 2018
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Nobel, novo romance de Jacques Fux
>>> De Middangeard à Terra Média
>>> Dos sentidos secretos de cada coisa
>>> O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
>>> Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia
>>> 40 anos sem Carpeaux
>>> Minha plantinha de estimação
>>> Corot em exposição
>>> Existem vários modos de vencer
Colunistas
Últimos Posts
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Existem vários modos de vencer
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
Últimos Posts
>>> Pierrô
>>> Lugar comum
>>> Os galos
>>> Cenas do bar - Wilsinho, o feio.
>>> Desenhos a lápis na poesia de Oleg Almeida
>>> Eloquência
>>> Cenas do bar - Vladimir, o solteiro.
>>> Deu na primeira página...
>>> Palavra vício
>>> Premissas para reflexão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Adagio ma non troppo
>>> E Benício criou a mulher...
>>> As 48 Leis do Poder, por Robert Greene
>>> Gramado e a ausência de favoritismo
>>> Na Campus Party 2009 II
>>> Mecanismos Internos: Ensaios sobre Literatura, de J.M. Coetzee
>>> A verdadeira resistência
>>> Dicas para a criação de personagens na ficção
>>> Joan Brossa, inéditos em tradução
Mais Recentes
>>> Tríade Deutsch Perfekt - revistas
>>> Os Terceiros 2000 anos
>>> João Ternura
>>> Fauna de Venezuela
>>> El Libro De La Salsa
>>> Criando filhos ( o modo de Deus )
>>> Uma sustentável revolução na floresta
>>> il Riso in Tasca
>>> Trilogia Deutsch Perfekt- cidades da Alemanha- Hamburg-Koln, Dusseldorf ( 28 Seiten Spezial Nordrhein-Westfalen
>>> Ele viu os Céus abertos
>>> Curso de Estradas
>>> Mecânica dos Solos e suas Aplicações
>>> Construções de Concreto - Vol. 4
>>> Construções de Concreto - Vol. 3
>>> Construções de Concreto - Vol. 1
>>> Construções de Concreto - Vol. 5
>>> El Engaño Populista
>>> Los Brujos de Chávez
>>> Venezuela Energética
>>> Bumerán Chavez
>>> Estado Delincuente
>>> Boves El Urogallo
>>> Cuco
>>> A Bolsa e a Vida - 1ª Edição
>>> Função ceo a descoberta do prazer
>>> Função ceo a descoberta do amor
>>> As cores do amor
>>> Pecaminoso
>>> Coleção Beltranianas - Comunicação e Problemas Luiz Beltrão Parte III
>>> Silicone XXI
>>> Casas Junto Al Mar
>>> Minha Experiência em Brasília
>>> Meu pé de laranja lima
>>> Desenho de Paisagem Urbana
>>> Canaa
>>> Curso de Propriedade Intelectual Para Designers
>>> O Brasil Não Existe!
>>> Apartamentos Urbanos
>>> Arquitetura e Design. Sergio Rodrigues
>>> A Hora Futurista que Passou e Outros Escritos
>>> Uma História da Pintura Moderna
>>> Olhar Sobre o Passado - Volume 1
>>> Quase Vegetariano
>>> Macário
>>> A Dieta de Sonoma
>>> Electra(s)
>>> Anos 70
>>> Édipo Rei de Sófocles
>>> Design e Comunicação Visual
>>> Cézanne: Miniguia de Arte
EDITORIAIS >>> Prêmio Comunique-se

Sexta-feira, 23/7/2004
Entrevista à Cultura FM
Julio Daio Borges

+ de 10500 Acessos


No dia 23 de julho de 2004, uma sexta-feira, às 16 hrs., participei, a convite de Marta Fonterrada, da Cultura FM de São Paulo (103.3 Mhz), do programa Música em toda parte, concedendo-lhe uma entrevista de uma hora sobre o Digestivo Cultural. Levei também alguns CDs e montei uma trilha sonora. O áudio completo (com a entrevista completa) você ouve clicando nos controles acima. Já a transcrição, dos melhores momentos, segue abaixo... — JDB

Inicialmente, como começou essa história de site cultural?
Fiz engenharia de computação e tive contato com a internet desde 1995, através de um estágio na Poli. Então, apesar de ter seguido essa carreira de engenheiro, trabalhando em banco, acompanhei de perto a internet e sempre tive vontade de fazer coisas através dela. Como eu tinha também uma paixão pela escrita — escrevia desde a época do cursinho e continuei escrevendo durante a faculdade —, quando me formei, quis continuar com as duas coisas e, como a internet estava começando no Brasil, eu montei um site, inicialmente, individual, com colunas que eu mesmo formatava e enviava para jornalistas (com alguma repercussão). Já em 2000, eu resolvi montar uma revista, mais abrangente, mais organizada, e — digamos assim — mais "comercial", que é o Digestivo Cultural.

E como é o dia-a-dia de um site como o Digestivo Cultural?
Um dia-a-dia bastante atribulado. Mas hoje está quase tudo automatizado: os próprios Colunistas cadastram suas matérias. Eu faço uma edição bastante simples: coloco alguma formatação, alguma Imagem, etc. Todos escrevem, felizmente, muito bem (eu praticamente não tenho de reescrever nada). Depois, tem a minha parte, que eu escrevo uma vez por semana e deixo também programada (entra automaticamente). Há, ainda, a parte dos Ensaios, dos colaboradores da grande imprensa, que é atualizada a cada quinze dias. Por último, os contatos com as assessorias... E os contatos com os nossos Parceiros! Fora os e-mails que chegam, os Comentários dos Leitores, que o site decide (ou não) publicar em tempo real.

Vocês dividem as Notas por dia da semana. Aliás, são dois assuntos por dia da semana. Na quinta-feira, por exemplo, cinema e música...
Mais ou menos. Isso, inicialmente, era fixo. Mas, às vezes, o site tem alguma notícia mais quente para dar ou então uma outra que se quer postergar... Logo, na prática, é mais maleável. O certo é que se publica sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, depois são reunidas as últimas três Notas e monta-se o que chamamos de "Digestivo" (ou seja: os três últimos assuntos, agrupados, por data de publicação). É, no fim, uma maneira de organizar por dia da semana, mas o site tem sempre liberdade para mudar.

Quem são os Colunistas e quem são os Ensaístas?
Os Colunistas são pessoas, mais ou menos, da minha geração — que começaram com a internet. Claro que há também alguns que já são jornalistas e outros que até lançaram livros (autores). Mas, em geral, são pessoas que estão mostrando um trabalho novo na internet (pois não tem espaço na mídia impressa) — e que estão querendo firmar o próprio nome. Como eu estou fazendo; como o Digestivo vem fazendo — ou seja: apesar de o site já ter se firmado, como marca, a gente está sempre trabalhando nisso. Já os Ensaístas são, como eu disse, colaboradores da grande imprensa — todos admiradores do Digestivo e que cedem seus textos (nem sempre inéditos) para o site (re)publicar. Trazendo, é lógico, a credibilidade que eles já têm, na imprensa escrita, para o nosso trabalho.

Quantas pessoas, por dia, acessam o Digestivo?
O Digestivo Cultural está com uma média de 1750 visitas por dia. Varia então de 1500 a 2000 visitas, dependendo do dia da semana, dependendo até das matérias que são publicadas (conforme a repercussão). Multiplicando, chega-se a 50 mil visitas por mês e 35 mil visitantes-únicos.

Qual é o perfil do público que costuma ler o Digestivo?
É um público adulto, de 20 anos para cima. Um pouco "elitizado", não diria economicamente, mas em termos de educação e cultura — que gosta de jornalismo mais refinado e que não fica apenas no noticiário (aprecia também análise e reflexão). É um publico de classe social A e B — mas o site não acredita que a renda seja um fator determinante. E, pelo fato da internet estar concentrada mais no eixo Rio-São Paulo, você encontra mais Leitores paulistas e cariocas. Mas, claro, há muitos da região sul; muitos de fora do Brasil (brasileiros que querem manter um contato com o País). Houve, inclusive, um vencedor da última Promoção que era do Canadá.

Como funciona a participação dos Leitores?
No começo, o Digestivo Cultural recebia muitos feedbacks por e-mail. Mas organizá-los era um processo muito penoso, porque era preciso editar as mensagens, depois formatá-las em páginas, para, por último, colocar tudo no ar. Então, foi criada uma seção de Forum, que fica normalmente em baixo de cada texto publicado. Os Leitores têm, portanto, a chance de comentar on-line. O Comentário, em seguida, é enviado a mim ou ao autor e, por fim, é (ou não) aprovado para entrar na homepage e no próprio Forum. É uma maneira de garantir interação. Fora isso, nas mesmas Promoções, abrimos espaço para feedbacks dos participantes. Perguntamos o que acham do Parceiro, se tem alguma imagem do Parceiro, o pensam das próprias Promoções, etc. É um jeito de mostrar, ao próprio Parceiro, que as nossas ações em conjunto estão sendo bem recebidas e que estão gerando resultados.

Existe manifestação mais por determinado assunto?
Eu não diria por assunto. Acho que a polêmica acontece mais por causa da forma, da abordagem. Publiquei recentemente, por exemplo, um texto sobre o fim de OPasquim21. Na minha opinião, o jornal não deu certo porque estava fora de seu tempo (diferentemente do primeiro Pasquim). Houve, então, manifestações de Leitores que se irritaram, que ficaram bravos — porque eu concluía que o próprio Ziraldo estava também fora do tempo. Assim, eu acredito que essas reações ocorrem quando você toca num ponto fraco. Já sobre o último CD do João Gilberto, eu o chamei provocativamente de "gagá" ("foi a primeira impressão", eu dizia), porque penso que está se regravando demais, por culpa das gravadoras que sempre relançam as mesmas canções, etc. A polêmica depende, portanto, de como "se coloca" o assunto — e não tanto do assunto. Claro, existem figuras naturalmente polêmicas, como o Caetano Veloso (qualquer coisa que você fale contra ou a favor dele, vão surgir opiniões contrárias) — mas não acredito numa regra.

Mas a polêmica é também uma forma de se conhecer os Leitores, não?
Acho que sim. Mas acho, também, que é uma forma de — mais do que isso — se discutir um assunto. No Brasil, temos algumas "vacas sagradas", alguns "nomes", alguns assuntos mesmo que são considerados intocáveis. Unanimidades que, geralmente, obrigam as opiniões a um consenso forçado. Nesse caso, eu penso que se cria um "tabu" — e, por isso, é tão importante se falar sobre ele. Assim, com esse objetivo, a polêmica torna-se importante. Ainda que não valha a pena perseguir a polêmica — o que, em termos de jornalismo, pode ser extremamente empobrecedor.

E como é que o site se sustenta?
Hoje ele se sustenta através das Parcerias que, na verdade, são patrocínios. "Parceria" porque é um nome mais politicamente correto, digamos assim, e porque, realmente, o Digestivo oferece não só um "patrocínio puro". Através do site, nossos Parceiros têm oportunidade de vender seus produtos (via e-commerce) e de divulgar sua marca em Newsletters, Banners, Promoções, etc. Basicamente, é disso que o site vive. Como uma revista, que vive de anúncios.

Continua >>>


Julio Daio Borges
Sexta-feira, 23/7/2004


Mais Prêmio Comunique-se
Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PESSACH: A TRAVESSIA - CARLOS HEITOR CONY (LITERATURA BRASILEIRA)
CARLOS HEITOR CONY
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1967)
R$ 10,00



O PENSAMENTO VIVO DE HEITOR VILLA-LOBOS
JOÃO CARLOS RIBEIRO
MARTIN CLARET
(1987)
R$ 10,00
+ frete grátis



BUNNY YEAGERS DARKROOM: PIN-UP PHOTOGRAPHYS GOLDEN ERA
PETRA MASON
RIZZOLI NEM YORK
(2012)
R$ 200,00



RESGATE NO TEMPO - 13ª EDIÇÃO - COLEÇÃO VEREDAS
SÍLVIA CINTRA FRANCO
MODERNA
(1990)
R$ 6,00



COMO FUNCIONA UM BEBE?
REGINA GARIBALDI
RUBIO
(2003)
R$ 8,49



CISCO CCNA - GUIA DE CERTIFICAÇÃO DO EXAME CCNA
WENDELL ODOM
ALTA BOOKS
(2002)
R$ 19,99



ORGANIZAÇÃO DE BANCOS DE DADOS
A.L. FURTADO; C.S. DOS SANTOS
CAMPUS
(1980)
R$ 10,00



DONOS DA BOLA (CONTOS BRASILEIROS SOBRE FUTEBOL)
EDUARDO COELHO (ORG.)
LÍNGUA GERAL
(2006)
R$ 8,00



NOVO GLOSSÁRIO DE INFORMÁTICA
CONRADO F. CAMPOS
CIÊNCIA MODERNA
(1995)
R$ 21,80



REFORMA AGRÁRIA - TERRA PROMETIDA FAVELA RURAL OU KOLKHOZEZ?
ATILIO GUILHERME FAORO
VERA CRUZ
(1987)
R$ 16,99





busca | avançada
20716 visitas/dia
829 mil/mês