Entrevista à Cultura FM | Digestivo Cultural

busca | avançada
35732 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> Big Band Infanto-Juvenil do Guri traz o melhor do Jazz para Casa-Museu Ema Klabin
>>> Pátio Alcântara realiza a '6ª Mostra de Orquídeas'
>>> Espetáculo 'Ana Bastarda' dança o feminismo no Brasil
>>> Série Bravos! apresenta a trajetória da artista maranhense Thabata Lorena
>>> Caminhos da Reportagem discute preconceito, tabu e silêncio em torno do suicídio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> No compasso de espera
>>> O que sei do tempo V
>>> É de fibra
>>> O indomável Don Giovanni
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Meu Primeiro Livro
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> O Mistério dos Incas
>>> Black Sabbath 2013
>>> 20 anos do Dois
>>> Dentro da maré cósmica: Saint-John Perse
>>> Orquestra de Câmara F. Liszt
>>> perversão sexual
>>> Amy e a hipocrisia coletiva
Mais Recentes
>>> Revista de literatura
>>> Revista de literatura
>>> Vida acadêmica - Guia Prático do Universitário
>>> A Cidade de Mil Olhos
>>> A Saúde em Estado de Choque
>>> O Futuro do EU- um Estudo da Sociedade da Pós-Identidade
>>> Kathryn Kuhlman- uma Biografia autorizada
>>> Fundamentos de Engenharia de Petróleo
>>> Como Fazer Seu Filho Trocar O Não Pelo Sim
>>> Paratii: Entre Dois Polos
>>> Resposta Certa
>>> Lineamentos De Direito Eleitoral
>>> A Moda
>>> Comer Rezar Amar
>>> A Ponte
>>> Mais Coisas Que Toda Garota Deve Saber
>>> Agora estou sozinha... 3ª ed.
>>> A Invasão Cultural Norte Americana
>>> Manual De Ética, Redação E Estilo Zero Hora
>>> Feias, quase cabeludas
>>> Como Fazer As Pessoas Gostarem De Você À Primeira Vista
>>> Tópicos Em Bancos De Dados, Multimídia E Web
>>> O Papel Do Educador Na Era Da Interdependência
>>> Sexo Na Cabeça
>>> Comprometida - Uma história de amor
>>> O Livreiro De Cabul
>>> Disputas Antigas E Outras Citações
>>> O Levante de 44 - A Batalha Por Varsóvia
>>> BR 040 - Na Trilha Das Capitais Do Brasil
>>> Os Eleitos
>>> Cálculo Volume 2
>>> Tempo de travessia - O segredo das pedras II
>>> Contabilidade Geral Fácil
>>> Administração de Vendas - PLT
>>> Villa-Lobos e a Música Popular Brasileira: Uma Visão Sem Preconceito
>>> A Escola como Sistema Complexo- A ação, o poder e o sagrado
>>> Estudos afro-asiáticos 5 - O pensamento de Frantz Fanon...
>>> Os condenados da terra
>>> Mães Pais & Filhos
>>> Para Tarsila
>>> Corações Blues E Serpentinas
>>> Nunca Antes Na História Deste País
>>> Diário De Uma Encrenqueira - Pérolas Ou Pegas
>>> Terceirização E Multifuncionalidade
>>> Adequação Empresarial - Direção E Foco
>>> Anábase - História Da Gazeta Mercantil
>>> O Longo Inverno - A Batalha do Bulgre
>>> 30 Segundos de Televisão Valem Mais do que 2 Meses de Bienal de São Paulo - Isto é Bom ou é Ruim?
>>> Diário de Berlim Ocupada - 1945 - 1948
>>> As Leis Fundamentais Para O Crescimento Na Vida
EDITORIAIS >>> Prêmio Comunique-se

Sexta-feira, 23/7/2004
Entrevista à Cultura FM
Julio Daio Borges

+ de 10400 Acessos


No dia 23 de julho de 2004, uma sexta-feira, às 16 hrs., participei, a convite de Marta Fonterrada, da Cultura FM de São Paulo (103.3 Mhz), do programa Música em toda parte, concedendo-lhe uma entrevista de uma hora sobre o Digestivo Cultural. Levei também alguns CDs e montei uma trilha sonora. O áudio completo (com a entrevista completa) você ouve clicando nos controles acima. Já a transcrição, dos melhores momentos, segue abaixo... — JDB

Inicialmente, como começou essa história de site cultural?
Fiz engenharia de computação e tive contato com a internet desde 1995, através de um estágio na Poli. Então, apesar de ter seguido essa carreira de engenheiro, trabalhando em banco, acompanhei de perto a internet e sempre tive vontade de fazer coisas através dela. Como eu tinha também uma paixão pela escrita — escrevia desde a época do cursinho e continuei escrevendo durante a faculdade —, quando me formei, quis continuar com as duas coisas e, como a internet estava começando no Brasil, eu montei um site, inicialmente, individual, com colunas que eu mesmo formatava e enviava para jornalistas (com alguma repercussão). Já em 2000, eu resolvi montar uma revista, mais abrangente, mais organizada, e — digamos assim — mais "comercial", que é o Digestivo Cultural.

E como é o dia-a-dia de um site como o Digestivo Cultural?
Um dia-a-dia bastante atribulado. Mas hoje está quase tudo automatizado: os próprios Colunistas cadastram suas matérias. Eu faço uma edição bastante simples: coloco alguma formatação, alguma Imagem, etc. Todos escrevem, felizmente, muito bem (eu praticamente não tenho de reescrever nada). Depois, tem a minha parte, que eu escrevo uma vez por semana e deixo também programada (entra automaticamente). Há, ainda, a parte dos Ensaios, dos colaboradores da grande imprensa, que é atualizada a cada quinze dias. Por último, os contatos com as assessorias... E os contatos com os nossos Parceiros! Fora os e-mails que chegam, os Comentários dos Leitores, que o site decide (ou não) publicar em tempo real.

Vocês dividem as Notas por dia da semana. Aliás, são dois assuntos por dia da semana. Na quinta-feira, por exemplo, cinema e música...
Mais ou menos. Isso, inicialmente, era fixo. Mas, às vezes, o site tem alguma notícia mais quente para dar ou então uma outra que se quer postergar... Logo, na prática, é mais maleável. O certo é que se publica sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, depois são reunidas as últimas três Notas e monta-se o que chamamos de "Digestivo" (ou seja: os três últimos assuntos, agrupados, por data de publicação). É, no fim, uma maneira de organizar por dia da semana, mas o site tem sempre liberdade para mudar.

Quem são os Colunistas e quem são os Ensaístas?
Os Colunistas são pessoas, mais ou menos, da minha geração — que começaram com a internet. Claro que há também alguns que já são jornalistas e outros que até lançaram livros (autores). Mas, em geral, são pessoas que estão mostrando um trabalho novo na internet (pois não tem espaço na mídia impressa) — e que estão querendo firmar o próprio nome. Como eu estou fazendo; como o Digestivo vem fazendo — ou seja: apesar de o site já ter se firmado, como marca, a gente está sempre trabalhando nisso. Já os Ensaístas são, como eu disse, colaboradores da grande imprensa — todos admiradores do Digestivo e que cedem seus textos (nem sempre inéditos) para o site (re)publicar. Trazendo, é lógico, a credibilidade que eles já têm, na imprensa escrita, para o nosso trabalho.

Quantas pessoas, por dia, acessam o Digestivo?
O Digestivo Cultural está com uma média de 1750 visitas por dia. Varia então de 1500 a 2000 visitas, dependendo do dia da semana, dependendo até das matérias que são publicadas (conforme a repercussão). Multiplicando, chega-se a 50 mil visitas por mês e 35 mil visitantes-únicos.

Qual é o perfil do público que costuma ler o Digestivo?
É um público adulto, de 20 anos para cima. Um pouco "elitizado", não diria economicamente, mas em termos de educação e cultura — que gosta de jornalismo mais refinado e que não fica apenas no noticiário (aprecia também análise e reflexão). É um publico de classe social A e B — mas o site não acredita que a renda seja um fator determinante. E, pelo fato da internet estar concentrada mais no eixo Rio-São Paulo, você encontra mais Leitores paulistas e cariocas. Mas, claro, há muitos da região sul; muitos de fora do Brasil (brasileiros que querem manter um contato com o País). Houve, inclusive, um vencedor da última Promoção que era do Canadá.

Como funciona a participação dos Leitores?
No começo, o Digestivo Cultural recebia muitos feedbacks por e-mail. Mas organizá-los era um processo muito penoso, porque era preciso editar as mensagens, depois formatá-las em páginas, para, por último, colocar tudo no ar. Então, foi criada uma seção de Forum, que fica normalmente em baixo de cada texto publicado. Os Leitores têm, portanto, a chance de comentar on-line. O Comentário, em seguida, é enviado a mim ou ao autor e, por fim, é (ou não) aprovado para entrar na homepage e no próprio Forum. É uma maneira de garantir interação. Fora isso, nas mesmas Promoções, abrimos espaço para feedbacks dos participantes. Perguntamos o que acham do Parceiro, se tem alguma imagem do Parceiro, o pensam das próprias Promoções, etc. É um jeito de mostrar, ao próprio Parceiro, que as nossas ações em conjunto estão sendo bem recebidas e que estão gerando resultados.

Existe manifestação mais por determinado assunto?
Eu não diria por assunto. Acho que a polêmica acontece mais por causa da forma, da abordagem. Publiquei recentemente, por exemplo, um texto sobre o fim de OPasquim21. Na minha opinião, o jornal não deu certo porque estava fora de seu tempo (diferentemente do primeiro Pasquim). Houve, então, manifestações de Leitores que se irritaram, que ficaram bravos — porque eu concluía que o próprio Ziraldo estava também fora do tempo. Assim, eu acredito que essas reações ocorrem quando você toca num ponto fraco. Já sobre o último CD do João Gilberto, eu o chamei provocativamente de "gagá" ("foi a primeira impressão", eu dizia), porque penso que está se regravando demais, por culpa das gravadoras que sempre relançam as mesmas canções, etc. A polêmica depende, portanto, de como "se coloca" o assunto — e não tanto do assunto. Claro, existem figuras naturalmente polêmicas, como o Caetano Veloso (qualquer coisa que você fale contra ou a favor dele, vão surgir opiniões contrárias) — mas não acredito numa regra.

Mas a polêmica é também uma forma de se conhecer os Leitores, não?
Acho que sim. Mas acho, também, que é uma forma de — mais do que isso — se discutir um assunto. No Brasil, temos algumas "vacas sagradas", alguns "nomes", alguns assuntos mesmo que são considerados intocáveis. Unanimidades que, geralmente, obrigam as opiniões a um consenso forçado. Nesse caso, eu penso que se cria um "tabu" — e, por isso, é tão importante se falar sobre ele. Assim, com esse objetivo, a polêmica torna-se importante. Ainda que não valha a pena perseguir a polêmica — o que, em termos de jornalismo, pode ser extremamente empobrecedor.

E como é que o site se sustenta?
Hoje ele se sustenta através das Parcerias que, na verdade, são patrocínios. "Parceria" porque é um nome mais politicamente correto, digamos assim, e porque, realmente, o Digestivo oferece não só um "patrocínio puro". Através do site, nossos Parceiros têm oportunidade de vender seus produtos (via e-commerce) e de divulgar sua marca em Newsletters, Banners, Promoções, etc. Basicamente, é disso que o site vive. Como uma revista, que vive de anúncios.

Continua >>>


Julio Daio Borges
Sexta-feira, 23/7/2004


Mais Prêmio Comunique-se
Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A VIA DE CHUANG TZU
THOMAS MERTON
VOZES
(2002)
R$ 40,00



JOGO DE EXTORSÃO 8001X
R. J. KAISER
BEST SELLER
(2003)
R$ 15,00



COMO IMPLANTAR UMA ÁREA DE COMUNICAÇÃO INTERNA
PAULO CLEMEN
MAUAD
(2008)
R$ 21,90



POR QUE ALMOCEI MEU PAI
ROY LEWIS
COMPANHIA DAS LETRAS
(1993)
R$ 20,00



O PRAZER DA LEITURA - COMO A ADAPTAÇÃO DE CLÁSSICOS AJUDA A FORMAR LEITORES
MÁRIO FEIJÓ
ÁTICA
(2010)
R$ 24,00



A BRUXA DE PORTOBELLO
PAULO COELHO
PLANETA
(2006)
R$ 6,00



A MAGIA EXISTE?
SILAS GUERRIERO
PAULLUS
(2003)
R$ 13,00



SEREIS UMA SÓ CARNE
FELIPE R.Q.AQUINO
RABONI
(1994)
R$ 7,50



LEGADO DE HONRA
JAMES A. MICHENER
RECORD
R$ 6,30



EL TEATRO DE STANISLAVSKI - V.O. TOPORKOV
V.O. TOPORKOV
BIBLIOTECA DEL PUEBLO - CUBA
(1962)
R$ 120,00





busca | avançada
35732 visitas/dia
993 mil/mês