Meu vizinho conversa com Deus | André Barcinski

busca | avançada
29566 visitas/dia
635 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil apresenta show do Nação Zumbi no programa Todas as Bossas
>>> TV Brasil apresenta final da série O Tempo entre Costuras nesta sexta (13/1)
>>> TV Brasil homenageia Zygmunt Bauman nesta sexta (13/1)
>>> Teatro do Incêndio promove oficina cênica grátis com Kleber Montanheiro
>>> Valadão Muda o Mundo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meshugá, a loucura judaica, de Jacques Fux
>>> O Natal de Charles Dickens
>>> Sobre mais duas novelas de Lúcio Cardoso
>>> Gerald Thomas: uma autobiografia
>>> Neste Natal etc. e tal
>>> 'Hysteria' Revisitada
>>> O tremor na poesia, Fábio Weintraub
>>> Lançamento de Viktor Frankl
>>> E por falar em aposentadoria
>>> O quanto podemos compreender
Colunistas
Últimos Posts
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Lançamento e workshop em BH
>>> Reid Hoffman por Tim Ferriss
>>> Software Programs the World
>>> Daphne Koller do Coursera
Últimos Posts
>>> De Sherlock, nem o cachimbo
>>> Varal
>>> Cabelos negros
>>> O olho do furacão
>>> Hércules quer fazer doutorado sanduiche
>>> Inda não te conhecia (Série: sonetos)
>>> Abraço
>>> Paralamas do Sucesso: Novo álbum e shows em SP
>>> Lô Borges ou a estreia 45 anos depois
>>> Águas abertas ao mito
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O melhor de Dalton Trevisan
>>> Os extremos do amor virtual
>>> Poesia vira imagem: Ronald Polito e Guto Lacaz
>>> As férias, os clássicos e os dias fora do tempo
>>> Scorsese e o rock
>>> Sic transit gloria mundi
>>> Free: o futuro dos preços é ser grátis
>>> La peor política es la negra
>>> O professor de desejo
>>> Propostas para o nosso milênio (II)
Mais Recentes
>>> O velho da horta (novo)
>>> Alves & Cia (novo)
>>> A Moreninha
>>> O dilema do decente malandro
>>> Dois mil nomes de meninas e meninos
>>> Fiel e a religião
>>> Hitman Nº 13
>>> Meu Universo Particular
>>> Meu Universo Particular
>>> Os Ossos de Deus
>>> A Conquista da Honra
>>> A Verdadeira Natureza
>>> Uncharted - O Quarto Labirinto
>>> O Zahir
>>> Espião de Churchill
>>> O Senhor Embaixador
>>> Como analisar narrativas
>>> Cinco Minutos
>>> Novas Comédias da Vida Privada
>>> Radicci 7
>>> Macbeth
>>> Contos de Machado de Assis
>>> Boxe: Mitos e História
>>> O nome da rosa
>>> Poesia reunida
>>> Batalhas eleitorais
>>> Histórias da Meia Noite
>>> Armadilhas
>>> O cortiço
>>> Contos de Fantasmas
>>> O dia em que Napoleão fugiu de Santa Helena
>>> Governo oculto do mundo
>>> Superdicas para ser um profissional vencedor
>>> Os gregos
>>> Profetas Menores- Oseias e Joel
>>> Profetas Menores- Amós Obadias Jonas Miqueias Naum Habacuque Sofonias
>>> O Verde violentou o Muro
>>> Ensaio de Antropologia Cristã- Da Imagem à semelhança com Deus
>>> Vitor Belfort - lições de garra, fé e sucesso
>>> O Homem Que Sabia Demais
>>> David Bowie: A Biografia
>>> Programando Para Processadores Paralelos
>>> O Prazer dos Olhos: escritos sobre cinema
>>> Monarquia
>>> Hospitalidade e Negócios
>>> Quebrando O Encanto
>>> Rei Do Petróleo: A Vida Secreta De Marc Rich
>>> Empreendedorismo Na Internet
>>> Alma Geme
>>> Direitos Fundamentais E Jurisdição Constitucional
ENSAIOS

Segunda-feira, 8/11/2010
Meu vizinho conversa com Deus
André Barcinski

+ de 3600 Acessos
+ 1 Comentário(s)


LIANA TIMM© (http://timm.art.br/)

Oito da manhã de sábado, e um lamento lúgubre invade nossa casa: "Espíritoooooooooooo..... espíritooooooooooo...".

É o terceiro fim de semana seguido em que isso acontece. É como um uivo alto e incômodo, acompanhado por um teclado meio progressivo. É o que se poderia chamar de música, mas que prefiro definir como trilha sonora de execução medieval.

O autor é meu vizinho. Mal amanhece o dia, ele liga seu possante soundsystem e põe a maldita canção. Sempre a mesma.

A janela do nosso quarto fica a uns 50 metros dos alto-falantes do sujeito, mas parece que a banda está tocando no pé da cama. A voz ecoa pelas paredes como um mantra do além. É apavorante.

Neste sábado, não aguentei e fui falar com ele.

Fui atendido por um senhor que recolhia folhas no quintal: "Ele não está, saiu para comprar pão". Ah, entendi, então ele deve ter calculado o volume do soundsystem para ser ouvido na padaria, que fica a uns 1600 metros da casa.

Depois de 15 minutos, chega o vizinho. Confesso que não era o que eu esperava: o sujeito era forte como um halterofilista, usava uma regata e tinha o corpo inteiro coberto de tatuagens. Parecia um roadie do Social Distortion.

Expliquei minha situação: minha filha de dois anos está em casa chorando, com medo dos espíritos. Será que eles não poderiam baixar lá em casa um pouco mais tarde? Precisava ser às 8 da manhã de sábado?

Ele foi surpreendentemente compreensivo. Pediu desculpas e baixou a potência do soundsystem para um volume mais adequado ao horário, algo no meio do caminho entre o trio elétrico da Daniela Mercury e a turbina de um 767.

Fui embora, satisfeito e otimista com a possibilidade de entendimento entre homens de boa vontade.

Aqui, vale um parêntese: não vou dizer a que igreja o vizinho pertence, mesmo porque não sei. Hoje em dia são tantas as denominações que corro o risco de me enganar. Além do mais, o tema deste texto não é religião, mas a falta de civilidade de quem acha normal impingir seus gostos ― musicais ou religiosos ― nos vizinhos.

De volta à nossa rua. Passamos um sábado tranquilo, ouvindo os espíritos ao longe. Mas, à noite, o bicho pegou.

Lá pelas 9 horas, outro som da pesada começou: "Welcome to the jungleeeeeeeeee!" Era Guns N' Roses. Axl Rose espantou todos os pássaros, cães, minhocas, enfim, todos os seres vivos que costumam buscar refúgio em nosso quarteirão.

Na sequência rolaram AC/DC, Legião Urbana, Nirvana, Ramones, Raimundos e até Sex Pistols ("Anarchy in the UK"), canção que, curiosamente, começa com o verso "eu sou um anticristo".

Foi duro. Mas deixou uma lição: falta de civilidade não tem religião e nem horário. É universal.

Alguns leitores lembraram, num outro texto meu, de uma grande frase de Chesterton sobre música ao vivo em restaurantes: "Música com jantar é um insulto tanto ao cozinheiro quanto ao violinista".

Chesterton morreu em 1936. Não teve tempo de experimentar o boom dos possantes soundsystems caseiros. Se tivesse, certamente teria escrito algo sobre meu vizinho.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no blog de André Barcinski, hospedado no Folha Online.


André Barcinski
São, 8/11/2010

Mais André Barcinski
Mais Acessados de André Barcinski
01. Joey e Johnny Ramone - 24/10/2011
02. Manifesto da culinária ogra - 28/2/2011
03. Amy e a hipocrisia coletiva - 8/8/2011
04. Manual do Publicitário - 6/6/2011
05. Meu vizinho conversa com Deus - 8/11/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/11/2010
00h52min
É incrível a falta de percepção das pessoas. Todos os dias uso transporte coletivo e sempre tenho que escutar esses "soundsystems" portáteis que esses cidadãos possuem, como se não bastasse o ônibus lotado ainda sou obrigada que aguentar aquelas músicas.
[Leia outros Comentários de Aline M. de Lima]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LA MAFIA MEDICA
GHISLAINE LANCTÔT
VESICA
(2010)
R$ 139,90



O MÉTODO S.M.I.L.E. - 2ª EDIÇÃO
MARCELO PINTO
SER MAIS
R$ 14,95
+ frete grátis



CADERNO UEE - CENTRO POPULAR DE CULTURA (POESIAS)
UEE
UEE
R$ 12,00



TEX Nº 211 - A TABERNA DO PORTO 
SERGIO BONELLI
GLOBO
(1987)
R$ 8,00



CHEGUEI LÁ!
ARACY ANÁLIA SALOMONI
EDIÇÃO PRÓPRIA
(2011)
R$ 7,90



SHAKESPEARE - A TEMPESTADE (TEATRO INGLÊS)
WILLIAM SHAKESPEARE
L&PM
(2002)
R$ 8,00



O PODER DO AGORA
ECKHART TOLLE
SEXTANTE
(2002)
R$ 10,00



NO PAÍS DO FUTEBOL
LUIZ HENRIQUE DE TOLEDO
JORGE ZAHAR EDITOR
(2000)
R$ 5,00



ENQUANTO O AMOR NÃO VEM
IVANLA VANZANT
SEXTANTE
(1999)
R$ 5,00



CAPTIVITY AND TRIUMPH OF WINNIE DAVIES
DAVID M DAVIES
HODDER & STOUGHTON
(1970)
R$ 40,00
+ frete grátis





busca | avançada
29566 visitas/dia
635 mil/mês