Amy e a hipocrisia coletiva | André Barcinski

busca | avançada
20751 visitas/dia
635 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil apresenta show do Nação Zumbi no programa Todas as Bossas
>>> TV Brasil apresenta final da série O Tempo entre Costuras nesta sexta (13/1)
>>> TV Brasil homenageia Zygmunt Bauman nesta sexta (13/1)
>>> Teatro do Incêndio promove oficina cênica grátis com Kleber Montanheiro
>>> Valadão Muda o Mundo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meshugá, a loucura judaica, de Jacques Fux
>>> O Natal de Charles Dickens
>>> Sobre mais duas novelas de Lúcio Cardoso
>>> Gerald Thomas: uma autobiografia
>>> Neste Natal etc. e tal
>>> 'Hysteria' Revisitada
>>> O tremor na poesia, Fábio Weintraub
>>> Lançamento de Viktor Frankl
>>> E por falar em aposentadoria
>>> O quanto podemos compreender
Colunistas
Últimos Posts
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Lançamento e workshop em BH
>>> Reid Hoffman por Tim Ferriss
>>> Software Programs the World
>>> Daphne Koller do Coursera
Últimos Posts
>>> Abraço
>>> Paralamas do Sucesso: Novo álbum e shows em SP
>>> Lô Borges ou a estreia 45 anos depois
>>> Águas abertas ao mito
>>> Arranha-céu
>>> Da população ao empoderamento de Brasília
>>> Belém do Pará, ano um. 401.
>>> Na trilha de um corredor
>>> Entropias
>>> Sigmund Freud, neuroses e ciúme em destaque
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O filho eterno e seus prêmios literários
>>> 21º de Mozart: Pollini e Muti
>>> Software Programs the World
>>> Fudeus existe
>>> Um brasileiro no Uzbequistão (V)
>>> Por que os blogs de jornalistas não funcionam
>>> Poesia para jovens
>>> Alguém ainda acredita em Deus?
>>> Eu nunca fui nerd
>>> Um brasileiro no Uzbequistão (IV)
Mais Recentes
>>> Autoconocimiento transformador- Los Eneatipos en la Vida, La Literatura y la Clinica
>>> Gente de la Puszta - Gyula Illyes (Literatura Húngara) - Em Espanhol
>>> Sol e Aço - Yukio Mishima (Literatura Japonesa)
>>> Morte em pleno Verão - Yukio Mishima (Literatura Japonesa)
>>> O Evangelho Segundo Jesus Cristo - José Saramago (Literatura Portuguesa)
>>> O Diário de Anne Frank
>>> The Brontë Sisters
>>> As Pelejas de Ojuara - Neil de Castro (Romance Brasileiro)
>>> Vício Inerente
>>> Rebecca - A Mulher Inesquecível - Daphne du Maurier (Literatura Norte-Americana)
>>> Água Para Elefantes
>>> Escritores em Ação - (Entrevistas) - Literatura Estrangeira
>>> The Wolf of Wall Street
>>> Cuentos Cubanos del Siglo XIX (Literatura Cubana) - Em Espanhol
>>> O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares
>>> O sofá - Crébillon Fils (Literatura Francesa)
>>> E Não Sobrou Nenhum
>>> A Balada de Adam Henry
>>> The Chaperone
>>> Vocação Para o Mal
>>> As Aventuras de Sherlock Holmes: Volume 1
>>> Solar
>>> Morte Súbita
>>> O Jardim de Cimento
>>> Eu, Malika Oufkir, prisioneira do Rei
>>> O Cinema, Invenção do Século
>>> Gone Girl
>>> Indian Summer - The Secret History of the End of an Empire
>>> O Homem do Castelo Alto
>>> O Vendedor de Histórias
>>> Sapatólatras Anônimas 1041
>>> Deus esta Nas Pequenas Coisas do Casamento 985
>>> Classicos da Poesia Brasileira 776, 777 , 792
>>> Resgate no Tempo - 572
>>> Infância e Adolescência - 609
>>> O Poder do Super Bicho - 573
>>> Filosofia, Ciência e Vida - 89 - DEZ/2013
>>> Filosofia, Ciência e Vida - 93 - ABR/2014
>>> Filosofia, Ciência e Vida - 91 - FEV/2014
>>> Filosofia, Ciência e Vida - 08
>>> Abaixo a Ditadura
>>> O aniversario do seu Alfabeto
>>> Filosofia, Ciência e Vida - 07
>>> Cuidado Dona Mata
>>> Carta da Terra
>>> O Filho do cacador
>>> Sonhos, Grilos e Paixoes
>>> Filosofia, Ciência e Vida - 10
>>> O menino do pijama listrado
>>> Historias de Fantasmas
ENSAIOS

Segunda-feira, 8/8/2011
Amy e a hipocrisia coletiva
André Barcinski

+ de 6700 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Engraçado como um fato vem, de vez em quando, botar as coisas em perspectiva.

Amy Winehouse morreu. De verdade. Fato.

Acabou o reality show macabro de sua vida. Nenhum fã vai poder aplaudir de novo quando ela chegar ao palco bêbada, ou quando esfregar as costas da mão no nariz, como se tivesse acabado de dar um teco.

A mãe de Amy, Janis, disse aos jornais: "A morte dela era apenas uma questão de tempo". Pouco depois, a família Winehouse divulgou uma nota à imprensa, pedindo "privacidade".

Curioso: a mesma família que pede privacidade é a que passou os últimos anos dando entrevistas a programas de TV sensacionalistas, como fez o pai de Amy, Mitchell.

A verdade é que a vida de Amy Winehouse foi uma espécie de farsa trágica, acompanhada em tempo real pelos fãs e pela mídia.

Amy não foi uma vítima. Era maior de idade e sabia muito bem o que estava fazendo.

Era uma pessoa doente e que precisava de tratamento.

Infelizmente, muita gente dependia dela. Celebridades não têm tempo para se tratar, porque não podem simplesmente desaparecer.

Uma das coisas mais sensatas que ouvi sobre o caso de Amy veio do médico norte-americano Drew Pinsky, especialista em tratamento de viciados. "Uma pessoa que chega ao estágio em que Amy chegou precisa de muitos meses de tratamento só para recuperar a consciência de que precisa se tratar", disse. "Só que ela é uma celebridade, de quem muitas pessoas dependem para ganhar dinheiro, e parar de trabalhar é a última prioridade".

Pisnky citou, como caso de recuperação bem sucedida, o ator Robert Downey Jr.: "Ele fez o certo: sumiu de cena por dois ou três anos, completou seu tratamento, e depois retornou à vida pública".

Ironicamente, Pinsky é apresentador de Celebrity Rehab with Doctor Drew, um programa de TV dos mais apelativos, em que subcelebridades tentam se livrar do vício em drogas e álcool.

Diz muito sobre nós que a pessoa convidada para "iluminar" o caso de uma celebridade junkie seja, ela mesma, uma celebridade.

Sempre defendi aqui que a mídia é um espelho da sociedade. A mídia não cria, ela replica o sentimento coletivo.

Se existem repórteres e paparazzi que viviam perseguindo Amy, é porque há uma multidão de consumidores, babando por informações sobre a cantora, por mais inócuas que sejam.

E se outras junkies talentosas como Bille Holiday ou Janis Joplin tivessem vivido durante a era do YouTube, garanto que haveria um site como www.whenwillamywinehousedie.com.

Sinal dos tempos.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no blog de André Barcinski.


André Barcinski
São, 8/8/2011

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Allen Stewart Konigsberg de André Forastieri
02. Meu vizinho conversa com Deus de André Barcinski
03. Os fantasmas de Norman Mailer de Sonia Nolasco


Mais André Barcinski
Mais Acessados de André Barcinski
01. Joey e Johnny Ramone - 24/10/2011
02. Manifesto da culinária ogra - 28/2/2011
03. Amy e a hipocrisia coletiva - 8/8/2011
04. Manual do Publicitário - 6/6/2011
05. Meu vizinho conversa com Deus - 8/11/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
8/8/2011
14h29min
André, a mídia reflete o que deve ser dito, e quem determina, o que deve ser história, é quem têm o poder. Já as manifestações sociais (seja o fanatismo ou o modismo), recebem ajuda da mídia, mas fazem parte do comportamento de "boiada", característico de animais, da população de fácil manipulação, seja por falta de educação, ou a busca de inclusão social. Mas nem todos seguem na direção da matilha. Por acaso você ouve Justin Beaber? Sou médica. O caso de Amy foi homicídio culposo, da parte de seus representantes legais. Vejamos: alguém colocaria no palco um cantor com um sangramento, que o levasse ao choque hemorrágico e o mesmo perdesse a lucidez? Quando um ser possui uma doença, seja psiquiátrica ou física, onde o mesmo perde a lucidez, é a hora da interdição judicial, pois se torna inimputável, ou seja , não é capaz de responder por si, não importava mais sua vontade, não se obedece a loucos. No caso de Amy, seus familiares e seus produtores foram omissos e culposos.
[Leia outros Comentários de Juliana ]
11/8/2011
14h23min
André, não é contraditório dizer "Amy não foi uma vítima. Era maior de idade e sabia muito bem o que estava fazendo. [...] Era uma pessoa doente e que precisava de tratamento."??? Ela já não sabia o que fazia mais, estava com o corpo/cérebro deteriorado... imagine o absurdo porque colocavam "no palco um cantor com um sangramento, que o levasse ao choque hemorrágico e o mesmo perdesse a lucidez", conforme comentário de Juliana (eu não sabia disso). Eu somente a via de relance na mídia e já achava um disparate vê-la cambaleando no palco. Concordo com Juliana, quando ela diz que "seus familiares e seus produtores foram omissos e culposos". Cheguei mesmo a ficar triste ao vê-la assim, e me causou muita pena...
[Leia outros Comentários de vilma]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ANÚNCIO DE CRISTO NOS EVANGELHOS SINÓTICOS
W. TRILLING
PAULINAS
(1981)
R$ 65,20



ATOR E MÉTODO - EUGÊNIO KUSNET
EUGÊNIO KUSNET
HUCITEC
(1992)
R$ 75,00



STAR WARS Nº13 KINIGHTS OF THE OLD REPUBLIC / DARK TIMES/ REBELLION E LEGACY.
LUCAS FILMES
ON LINE
(2010)
R$ 7,00



CAÇADA MORTAL
LAWRENCE BLOCK
RECORD
(2014)
R$ 32,00



EU, DETETIVE O ENIGMA DO QUADRO ROUBADO
LAÍS CARR RIBEIRO / STELLA CARR
MODERNA
(2003)
R$ 7,00



A CHAVE DE REBECCA
KEN FOLLETT
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 12,00
+ frete grátis



EDU LOBO - SÃO BONITAS AS CANÇÕES
ERIC NEPOMUCENO
EDIÇÕES DE JANEIRO
(2014)
R$ 59,90



LETTERS OF JOHN CALVIN VOL2 - 1858
JEAN BONNET JULES GILCHRIST MARCUS ROBE
PRESBYTERIAN BOARD OF PUB
(1858)
R$ 8.136,00



HISTÓRIA UNIVERSAL DA MÚSICA
KURT PAHLEN
MELHORAMENTOS
R$ 15,00



NIEZSTCHE O PROFESSOR
ELENILTONNEUKAMP
NOVA HARMONIA
(2008)
R$ 20,00





busca | avançada
20751 visitas/dia
635 mil/mês