busca | avançada
70327 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Segunda-feira, 26/10/2009
Em Concerto, do Grupo Contadores de Estórias

Julio Daio Borges




Digestivo nº 438 >>> Quem esteve em Paraty, durante uma Flip, já deve ter cruzado com o teatro de bonecos da cidade. No fim da rua de um restaurante, perto de um evento literário, em que Paulo Henriques Britto cita versos de verdade, enquanto outros tantos citam versos de mentira... Enfim, quem não teve oportunidade de conhecer in loco o belo trabalho com bonecos do Grupo Contadores de Estórias, cujos fundadores têm 30 anos de teatro, pode conferir Em Concerto, sua primeira turnê em mais de dez anos, em São Paulo. Usando a técnica de manipulação direta (diferente das cordas dos marionetes), Rachel Joffily Ribas e Branca Borba emprestam vida a seus personagens, tratando de temas adultos como o suicídio e o despertar da sexualidade. Apenas com uma música de fundo, toques leves e uma magia que, de repente, surge, a plateia se emociona com o namoro entre dois idosos, com as provocações entre um menino e uma menina e, mais uma vez, com uma eterna partita de Bach, minimamente executada. Numa pequena sala, de algumas dezenas de pessoas, em plena escuridão, manifesta-se o respeito pelo fazer teatral, a admiração por artífices tão detalhistas e a redescoberta da arte, que ainda confere, à vida humana, alguma transcendência. Lá fora, a agitação da avenida Paulista, o ir-e-vir de pedestres, o entra-e-sai de carros nos estacionamentos. No palco, duas mulheres de preto, que andam sem que possamos perceber, que trocam, com graça, desde o título de cada cena, e que cobrem seus rostos, emprestando até seus sons, mais íntimos, aos bonecos de madeira. Depois de dar os primeiros passos em Nova York, conquistar o Rio de Janeiro no fim dos anos 70 e estabelecer-se em Paraty (na década de 90), para conquistar, de lá, o mundo, o Grupo Contadores de Estórias perpetua, mais uma vez, sua tradição em São Paulo. (Para ser mais perfeito, o final do espetáculo só precisaria desembocar nas famosas ruas sem calçamento, naquela atmosfera anualmente literária, onde paulistanos reaprendem a se relacionar com a cidade...)
>>> O Grupo Contadores de Estórias traz ao SESC Paulista espetáculo de bonecos para adultos
 
>>> Julio Daio Borges
Editor
 

busca | avançada
70327 visitas/dia
2,0 milhões/mês