busca | avançada
70777 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Sexta-feira, 16/8/2002
Anos Rebeldes

Julio Daio Borges




Digestivo nº 95 >>> Foi inaugurado, há uma semana, um novo site de crítica de mídia: o Mídia Sem Máscara. Apresentando-se como uma alternativa ao Observatório da Imprensa, de Alberto Dines, é comandado por Diego Casagrande e Olavo de Carvalho. Para além da discussão ideológica, convém analisar o significado dessa nova empreitada dos dois jornalistas internautas. Dines vem fazendo seu trabalho de fiscal da mídia há 6 anos; por ser declaradamente de esquerda, seu discurso é o do jornalista desamparado, premido entre a tirania dos "patrões" e os interesses escusos dos donos de jornal. Ataca portanto o aspecto "patronal" da coisa: os abusos perpetrados pelas "elites", há mais de 500 anos. Já o Mídia Sem Máscara é ostensivamente de direita e acredita justamente no contrário: de algumas décadas para cá, as redações foram tomadas pelos ideais de esquerda e, ainda que jornalistas se declarem vitimados pelo "sistema" (capitalista), dominam a linha editorial dos periódicos, promovendo a "revolução gramsciana" e deixando seus empregadores de mãos atadas. Quem tem razão? Ninguém tem razão. Dines por achar que continuamos em 1968, debaixo do AI-5 e da "censura" do governo militar, quando a grande mídia, que está aí, vive agonizante entre dívidas (de bilhões) - subserviente à única ditadura que hoje rege o mundo: a do público. Já Carvalho e Casagrande por acharem que a União Soviética ainda existe e que, junto com Fidel Castro, organiza levantes e ações armadas, colocando o Brasil na iminência do comunismo (o socialismo, para eles, já foi instaurado). Como se vê, estamos falando de duas linhas radicalmente opostas, que remontam a quase 40 anos (!); totalmente obsoletas e simplistas em suas obsessões, portanto. Para confirmar o caráter "fora de moda" da pregação em ambos os lados, basta observar a faixa etária do grosso dos colaboradores (dos dois sites) e as reações da novíssima geração internética ao lançamento do Mídia Sem Máscara. Tudo bem, nós sabemos que aqueles anos "politizados" foram mesmo emocionantes, mas alguém precisa avisar esses senhores que eles acabaram e que os tempos, agora, são outros.
>>> Observatório da Imprensa | Mídia Sem Máscara
 
>>> Julio Daio Borges
Editor
 

busca | avançada
70777 visitas/dia
2,4 milhões/mês