O herói devolvido? | Digestivo Cultural

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A revista Bizz
>>> O elogio da narrativa
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
>>> Lambidinha
>>> Lambidinha
>>> 12 tipos de cliente do revisor de textos
>>> A Grande História da Evolução, de Richard Dawkins
Mais Recentes
>>> Pensamentos - Reflexões sobre a vida, o amor e o universo ( Pocket ) de De Rose pela Egrégora (2011)
>>> Tractatus Logico-Philosophicus de Ludwig Wittgenstein pela Edusp (1994)
>>> Jogos para a Estimulação das Múltiplas Inteligências de Celso Antunes pela Vozes (1999)
>>> Por Amor de Nossos Filhos - de Dietmar Rost pela Paulinas (1985)
>>> O jogo do anjo de Carlos Ruiz Zafón pela Objetiva (2011)
>>> Reflexões Sobre O Ensino Da Leitura E Da Escrita de Ana Teberosky e Beatriz Cardoso pela Unicamp (1991)
>>> Reflexões Sobre O Ensino Da Leitura E Da Escrita de Ana Teberosky e Beatriz Cardoso pela Unicamp (1991)
>>> Os 100 Segredos dos Bons Relacionamentos de Davd Niven pela Sextante (2003)
>>> Minha Vida de Walter Sandro pela Wgs Group (2004)
>>> Minha Vida de Walter Sandro pela Wgs Group (2004)
>>> Apologia de Sócrates-Banquete-Platão de Platão pela Martin Claret (2008)
>>> Manual de Direito Penal volume 3 de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (1987)
>>> Motivação e Sucesso de Walter Sandro pela Wgs Group (1990)
>>> Manual de Direito Penal volume 2 de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (1987)
>>> Cigarros Coleção Doutor Drauzio Varella de Drauzio Varella pela Gold (2009)
>>> Teoria Geral da Administração de Antonio Cesar Amaru Maximiano pela Atlas (2000)
>>> Matemática Financeira de João Carlos dos Santos pela Educacional (2015)
>>> Contabilidade de Gisele Zanardi P Wagner Luiz V Willian F dos Santos pela Educacional (2015)
>>> Elementos de Direito Constitucional de Michel Temer pela Revista Dos Tribunais (1983)
>>> Solanin 2 - Pocket de Inio Asano pela L&pm Pocket (2006)
>>> Niño y adolescentes creciente en contextos de pobreza de Irene Rizzini, Maria Helena Zamora e Ricardo Fletes Corona pela Puc (2006)
>>> Solanin 1 - Pocket de Inio Asano pela L&pm Pocket Manga (2006)
>>> 25 Anos do Menino Maluquinho - Já? Nem Parece! de Ziraldo pela Globinho (2006)
>>> Todos os Milhões do Tio Patinhas - Volume 1 de Vitaliano; Fausto pela Panini Comics (2020)
>>> Chavez Nuestro de Rosa Miriam Elizalde e Luis Báez pela Abril
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Segunda-feira, 8/12/2003
O herói devolvido?
Julio Daio Borges

+ de 3000 Acessos




Digestivo nº 152 >>> Para quem não sabe, Marcelo Mirisola é considerado uma das revelações da nossa literatura. É difícil dizer quem o referendou; existe uma história (recente) da proteção fornecida por Manuel da Costa Pinto, quando tentaram censurá-lo na “Cult”; também a polêmica reportagem da “Trip”, que, como Millôr Fernandes fez com Woody Allen, chamou-o de “loser” (ou “nerd”, tanto faz) que deu certo. Mirisola é ainda amigo de Mário Bortolotto, o homem de teatro por trás do vanguardista “Cemitério de Automóveis”, que andou adaptando suas obras. Mas será que isso tudo basta para uma “consagração”? Para terminar, Mirisola proclama que vive “sem grana”, que o tempo de hoje não é o da literatura e que Big Brother é “Dostoiévski sem cérebro” (apud Pedro Bial). Pode até parecer interessante para uma “personalidade”, mas seus livros – que deveriam justificar toda essa “promoção” – não o são. Pelo menos, não esse “Bangalô” (2003): 125 páginas de confissões. Mirisola é, no máximo, um cronista – daqueles que destilam suas misérias. Dá muitas voltas para (não) falar de si próprio – e está lá em todas as folhas. Se fosse autodestrutivo, romântico e trágico, talvez desse uma versão anos 2000 para Carlinhos Oliveira, o “Órfão da Tempestade” – que não rendeu literatura (só crônica), mas que cresceu em função do folclore. Há, porém, uma contradição flagrante. Se os bêbados míticos do jornalismo brasileiro viveram demais e escreveram de menos, a geração “Mirisola” escreveu demais e viveu de menos. São montanhas de orgias, drogas, barbarismos e excrementos. No papel. Na realidade, o sujeito continua o mesmo gordinho bonachão de sempre. Uma persona literária altamente inverossímil, portanto. Parece querer usar seus escritos para “comer” quem não “comeu”, “tomar” o que não “tomou”, “agredir” quem não “agrediu”... E lamentavelmente não são poucos os “Mirisolas”. Qualquer um que já teve algum contato com o “métier”, deve ter topado com aquele tipinho clássico: entre 30 e 40 anos, “artista”, vociferando contra o mundo, enquanto se esconde debaixo da saia da mamãe (não necessariamente a genitora). Certamente um excelente caso para a psicanálise; mas não para a literatura.
>>> Bangalô - Marcelo Mirisola - 125 págs. - Editora 34
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. O começo do fim do Facebook? (Internet)
02. Genealogia da Moral, de Nietzsche (Literatura)
03. Santiago, de João Moreira Salles (Cinema)
04. 50 anos de Os Donos do Poder, de Raymundo Faoro (Além do Mais)
05. Piauí 2 Anos (Imprensa)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Arkhaikos
Raymundo Amado Gonçalves
7 Letras
(2008)



Por uma Crítica da Promoção da Saúde (lacrado)
Kathleen Elane Leal Vasconcelos
Hucitec
(2014)



Economia e Mercados: Introdução À Economia - 19ª Edição
César Roberto Leite da Silva; Sinclayr Luiz
Saraiva
(2010)



Unidades de Leitura
Ezequiel Theodoro da Silva
Autores
(2003)



Até o mais amargo fim
Johannes Mario Simmel
Círculo do Livro



Princípios do Evangelho
A Igreja de Jesus dos Santos dos Últimos Dias
A Igreja de Jesus dos Santos D
(2009)



O Grupo - Coleção Grandes Sucessos
Mary Mccarthy
Abril
(1981)



Uma Paixão Em Florença
W. Sommerset Maugham
Record
(2000)



Odisséia - Coleção Recontar - Homero/marcos Mafei (adaptação
Homero/marcos Mafei (adaptação)
Escala
(2004)



Adolescentes Perguntam
Christian Spitz
Summus
(1997)





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês