busca | avançada
67475 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Segunda-feira, 19/2/2007
Cobertura do carnaval
Ram Rajagopal

Passado o primeiro dia de carnaval na Rede Globo, fica o alerta para o telespectador que decide assistir ao desfile: a cobertura está horrorosa. Além de colocar, no comando do programa, pessoas que estão completamente por fora do dia-a-dia das escolas de samba, a emissora está com um péssimo sistema de som, que abafa a voz dos locutores, e o som do samba ao fundo. Antigamente, quando a Rede Globo ainda parecia algo que se aproximava de uma emissora de tevê, e o próprio Brasil parecia ter um ínfimo de civilização - e não este "propinoduto polcor" - os locutores se calavam um pouco para que o telespectador pudesse ouvir o samba. Agora, não. Ontem, não paravam de fazer comentários, a maioria repetitivos e sem nenhuma relevância... Colocar a Glória Maria para fazer comentários sobre alas e fantasias? (Errata: a comentarista com voz de Glória Maria era a também Maria, só que Beltrão...)

Eu não sou nenhum grande fã do desfile, mas gosto de assistir a algumas escolas. Ainda é na Sapucaí que encontramos os resquícios da imaginação do brasileiro... Obviamente que a Sapucaí foi feita para gringo ver, único momento em que nós brasileiros nos preocupamos com nossa imagem... Restituam também uma cobertura melhor do evento, com os regulamentares minutos de silêncio durante o desfile. Ou será que é muito pedir para os repórteres quererem aparecer menos que os destaques das escolas de samba?

Post Scriptum
E desde quando foi decretado o fim das mulheres nuas e seminuas na Apoteose? Só moralizam o que não devem...

Ram Rajagopal
19/2/2007 às 12h50

 

busca | avançada
67475 visitas/dia
2,6 milhões/mês