busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Quarta-feira, 25/8/2010
O sertão do tamanho do mundo
Débora Carvalho

Revista eletrônica "para ser lida sem pressa" mostra o que o sertão tem de melhor. Numa época de jornalismo em tempo real, o jornalista gaúcho José Paulo Borges, 63 anos, ousa produzir uma revista eletrônica atemporal, a fim de mostrar o que o sertão tem de mais sertajeno. "Um sertão orgulhoso de ser 'do tamanho do mundo', como diria Guimarães Rosa. Mas ciente de que muitos tijolos ainda precisam ser assentados na construção de um sertão livre do estigma de miséria e atraso marcado sua história", diz o jornalista a respeito da missão do site que acaba de ser lançado por ele: Sertão Melhor.

A revista traz seções interessantes, como a "Bem dito Chico" - antologia dos melhores textos sobre o Rio São Francisco. Na seção "Turismo", o destaque da edição do lançamento é a matéria "Nas pegadas do beato Antônio Conselheiro". A manchete da matéria principal diz, corajosamente, que quem se omite a respeito da degradação do Rio São Francisco é cúmplice. Mas também tem o "Sertão Empreendedor", "Sabores e Saberes", "Cultura", e muito mais.

Depois de mais de 30 anos de atuação na imprensa escrita de São Paulo (jornal Última Hora, sucursal paulista de O Globo, do Rio, Agência Estado e Portal do Estadão, entre outros meios impressos e eletrônicos), a paixão por um "Sertão Melhor" só pode ter uma razão: atualmente o empreendedor (BSJ - Borges Serviços Jornalísticos) gaúcho reside no sertão pernambucano, em Petrolina.

Débora Carvalho
25/8/2010 às 17h54

 

busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês