busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Quinta-feira, 19/12/2013
Ensaios de Andrei Plesu
Celso A. Uequed Pitol

A Editora É Realizações vem suprindo uma carência no mercado editorial brasileiro com a publicação de autores romenos. Boa parte deles é composta por nomes contemporâneos, que passaram pela ditadura de Ceaucescu e o processo de democratização do país.

Assim, já podemos encontrar nas livrarias as obras do filósofo Constantin Noica, do escritor e monge ortodoxo Nicolae Steinhardt, do poeta e diplomata Lucian Blaga, do dramaturgo Matei Visniec e, agora, do filósofo Andrei Plesu, com o recém-publicado "Da Alegria no Leste Europeu e na Europa Ocidental e outros ensaios" (120 páginas, tradução de Elpídio Mário Dantas Fonseca).

Plesu é uma das mais importantes figuras da cultura romena contemporânea: foi ministro da Cultura nos anos 90 e é conhecido tanto pela análise crítica dos regimes comunistas (em especial o de seu país) quanto pela escrita refinada, perceptível mesmo na tradução em português de "Da Alegria no Leste Europeu e na Europa Ocidental".

Quatro ensaios compõem o livro, dos quais se destaca o segundo, "Das elites no Leste e no Oeste", reflexão primorosa sobre o papel da elite intelectual nas sociedades e a subversão deste conceito tanto mundo comunista do Leste Europeu quanto nas sociedades capitalistas ocidentais. Uma excelente novidade que chega ao Brasil, onde reflexões deste quilate são também muito necessárias.

Celso A. Uequed Pitol
19/12/2013 às 15h03

 

busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês