busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Quarta-feira, 11/3/2015
Guilherme Carvalhal
Julio Daio Borges



Atendendo a pedidos, publicamos pequenas entrevistas com os Blogueiros do Digestivo. Todo dia, no Blog do Digestivo, pelo menos uma nova entrevista. (Até que a plataforma esteja 100% pronta e você conheça os blogs propriamente ditos...!) - JDB

1. Qual é a sua história com o Digestivo? (Como conheceu; há quanto tempo lê; por que acredita na iniciativa do Digestivo Blogs.)

Acesso o Digestivo Cultural desde 2008. Eu começava a trabalhar com jornalismo cultural e precisava de uma base mais regular de acesso a cultura, como boas resenhas, conhecimento de lançamento de livros, discos e filmes. Nessa época que tornei-me bastante assíduo em buscar o conteúdo do site.

Tenho interesse pelo Digestivo Blogs pela possibilidade de interagir com um público maior e pelos debates referentes a cultura que podem ser gerados através de sua plataforma. Basicamente serão 100 pessoas publicando, o que é uma quantidade bastante considerável.

2. Qual é o seu "background" (sua formação)? De onde vem; o que estudou; quais trabalhos seus citaria etc.

Sou nascido e residente na cidade de Itaperuna-RJ. Sou formado em Jornalismo, tendo trabalhado na Folha da Manhã, em Campos dos Goytacazes. Também já atuei com assessoria de imprensa no Sistema FIRJAN e com comunicação empresarial. Atualmente estou me formando em Administração pela UFF.

Também possuo quatro romances publicados: As Trigêmeas, Engenharia do Fim da Vida, O Ídolo de Madeira e Berço Esplêndido.

3. Sobre quais temas vai falar/tratar no seu blog?

Música, literatura e cinema. Vou falar sobre aquilo que procuro no Digestivo, que são dicas culturais.

4. Você já teve blog? Se sim, qual (ou quais), e com que repercussão?

Vários. A mais recente iniciativa foi o Som do Milênio, especificamente sobre música. A proposta era abordar estilos menos corriqueiros e que não são muito comentados, como post rock, stoner metal, um pouco de música eletrônica etc.

5. Qual é sua relação com a escrita? Já escreveu em outros veículos/sites? Já publicou? Como foi a sua experiência nesse sentido (de colaborar e/ou publicar)?

Trabalho há alguns anos com jornalismo, então estou bem acostumado a publicar em jornais e sites. Trabalhei durante um ano com jornalismo cultural, escrevendo sobre assuntos variados, desde grupo de forró "pé de serra" até Albert Camus.

Trabalhar com jornalismo é interessante. É sempre bom vermos o resultado do nosso esforço. A área cultural então é fundamental, principalmente em um país em que boa parte da população tem contato com um conteúdo cultural bastante limitado.

6. Como é se interessar por cultura, ou ter uma atividade intelectual, ou simplesmente ler o Digestivo, num país como o Brasil, ou sendo brasileiro? É uma profissão de fé? Ou é um desafio que te motiva (no dia a dia)?

É uma profissão de fé. Ao trabalhar com jornalismo cultural, eu recebia mais e-mails quando errava do que quando acertava. Por outro lado, é preciso ter consciência de que as mudanças são silenciosas. A maneira como atingimos as pessoas com o que escrevemos não é algo explícito. Basta lembrar de bons textos que lemos. Aquilo fica guardado com a gente e nunca mais se perde.

É preciso lembrar que vivemos hoje em dia em uma sociedade altamente conectada. Por exemplo, alguém que vai ao cinema pode facilmente pesquisar sobre o filme que acabou de ver. Alguém que ouve uma banda ou um músico desconhecido pode facilmente buscar informação sobre ele. A humanidade não é estática. Por isso essa apresentação de conteúdo deve ser constante.

7. Você acha que, através da internet, podemos mudar esse cenário (de pouca cultura, pouco interesse pela vida intelectual, parca discussão de ideias etc.)?

Acho que a internet é o principal motor. Se alguém te manda um link de uma música, você lerá sobre ela na internet ou vai revirar calhamaços de jornal para descobrir algo a respeito? A internet é o meio, disso não resta dúvida. O problema é a maneira como se pode utilizá-la para um enriquecimento cultural, tendo em vista que se nota um nivelamento por baixo muito grande.

A esperança reside na possibilidade de vermos heróis da resistência. Há um grupo bastante considerável que procura filmes de qualidade, que foge dos lugares comuns em questões musicais e também com literatura. Que, independentemente de posicionamentos, consegue manter um olhar crítico ao seu redor. Isso mostra que é possível aumentar a riqueza cultural do país. É preciso aproximar as pessoas da cultura e quebrar a cadeia da mesmice.

8. Quais foram suas maiores influências? (Não precisa, necessariamente, ser alguém conhecido ou "famoso". Pode citar obras e/ou experiências também.) Quais "modelos" pretende seguir (ou te servem de referência)?

Particularmente penso nessa área cultural mais como apresentação de obras do que na emissão de opiniões. Obviamente que o estilo de texto de um blog, por ter um caráter pessoal, acaba envolvendo as opinião de quem escreve. Basta entender que a escolha do tema de uma postagem já envolve um gosto particular do autor. Porém, a apresentação da obra é algo mais importante do que a opinião, por que é ela que irá ajudar o leitor a se situar quando absorver aquele produto cultural. Ler uma resenha positiva em um veículo de comunicação e uma negativa em outra dá um nó na cabeça da pessoa.

Tudo nos influencia um pouco. Não sei dizer objetivamente o que me influencia. Mas obviamente que cada livro que lemos, cada pessoa com quem conversamos, cada música que ouvimos, cada lugar que visitamos, mexe um pouco conosco, mesmo que não possamos explicar como.

9. Mais alguma coisa que os Leitores precisam saber de você (mais alguma coisa que você gostaria de falar e eu não te perguntei)?

A ideia é apreciar é apresentar alguns trabalhos culturais, como filmes e música. Há uma frase que diz "Se você tem uma maçã e eu tenho outra, e nós trocamos as maçãs, então cada um terá sua maçã. Mas se você tem uma ideia e eu tenho outra, e nós as trocamos, então cada um terá duas ideias." É esse o espírito da coisa.

Nota do Editor
Guilherme Carvalhal compõe o novo grupo de blogueiros do Digestivo Cultural ;-)

Julio Daio Borges
11/3/2015 às 12h38

 

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês