busca | avançada
37059 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Sexta-feira, 26/6/2015
CaKo Machini
Julio Daio Borges

Atendendo a pedidos, publicamos pequenas entrevistas com os Blogueiros do Digestivo. (Até que a plataforma esteja 100% pronta e você conheça os blogs propriamente ditos...!) - JDB

1. Qual é a sua história com o Digestivo? (Como conheceu; há quanto tempo lê; por que acredita na iniciativa do Digestivo Blogs.)

Acompanho o Digestivo desde 2010. Os leitores formam um público já identificado. O projeto Digestivo Blogs oferecerá aos leitores um espectro interessantíssimo de atrações. Coloco as melhores expectativas. Muitos irão se realizar se expressando num veículo qualificado. Todos irão partilhar de muita coisa boa.

2. Qual é o seu "background" (sua formação)? De onde vem; o que estudou; quais trabalhos seus citaria etc.

Sou formado em Propaganda e Marketing pela ESPM. Fui um dos responsáveis pelo curso específico de pré-vestibular da escola. Fui professor assistente e vice-presidente do D.A. com tudo o que política estudantil poderia significar nos anos 70.

3. Sobre quais temas vai falar/tratar no seu blog?

Coisas de Gente Grande vai comentar a vida de um casal que insiste em ficar "do lado bom da vida". Não como um diário de bordo, nem como uma reportagem, mas colocando sensibilidade, emoção, reflexão para contar sobre seu cotidiano, seus prazeres, suas experiências.

4. Você já teve blog? Se sim, qual (ou quais), e com que repercussão?

Na verdade, o Digestivo Blogs foi um saudável pontapé em nosso traseiro. Estava empurrando esse projeto há mais de ano. Muito material escrito, muita convicção e pouca ação pratica. Agora...

5. Qual é sua relação com a escrita? Já escreveu em outros veículos/sites? Já publicou? Como foi a sua experiência nesse sentido (de colaborar e/ou publicar)?

Publiquei contos em várias revistas e jornais. Participei de algumas coletâneas. As questões profissionais se priorizaram e criaram um período "sabático" de décadas...

6. Como é se interessar por cultura, ou ter uma atividade intelectual, ou simplesmente ler o Digestivo, num país como o Brasil, ou sendo brasileiro? É uma profissão de fé? Ou é um desafio que te motiva (no dia a dia)?

Não gosto de colocações que incentivem o complexo de "Jeca Tatu", muito presente em nossa sociedade. O Brasil é pródigo em manifestações culturais, talento e criatividade. As políticas de inclusão social têm mostrado um apetite de nosso povo em todos os sentidos. O país não precisa e não será nunca "erudito", mas seremos muito mais informados e cultos.

7. Você acha que, através da internet, podemos mudar esse cenário (de pouca cultura, pouco interesse pela vida intelectual, parca discussão de ideias etc.)?

O país tem índices muito altos de uso da internet. Neste momento, esse grande acesso é o mais importante. A qualificação do uso desse democrático meio de informação virá.

8. Quais foram suas maiores influências? (Não precisa, necessariamente, ser alguém conhecido ou "famoso". Pode citar obras e/ou experiências também.) Quais "modelos" pretende seguir (ou te servem de referência)?

Prefiro dizer que gostei muito de ter lido Sergio Buarque de Holanda, Jorge Amado, Fernando Sabino, Sérgio Porto, Millôr. Cornélio Pires, o Barão de Itararé...

9. Mais alguma coisa que os Leitores precisam saber de você (mais alguma coisa que você gostaria de falar e eu não te perguntei)?

Sou sério sem necessariamente ser sisudo. Considero o humor a forma mais adequada para expor idéias. Gosto do realismo fantástico. Dizem que sou um bom contador de "causos"...

10. Onde mais a gente pode te encontrar? (Links ou referências, na internet, que você quiser/puder passar...)

Alimento com alguma freqüência minha página no Facebook com postagens sobre política. Não faço panfletagem partidária ou ideológica. Objetivo criar conceitos para a nossa urgente reforma política.

Nota do Editor
CaKo Machini compõe o grupo de blogueiros do Digestivo Cultural ;-)

Julio Daio Borges
26/6/2015 às 12h24

 

busca | avançada
37059 visitas/dia
1,4 milhão/mês