O problema de São Paulo é a falta de boteco | Alexandre Petillo | Digestivo Cultural

busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
>>> Risorama anuncia retorno aos palcos com grandes nomes do humor nacional em São Paulo
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
>>> As Caracutás apresentam temporada online de Tecendo Diálogos com bate-papo e oficina
>>> Obra de referência em nutrição de plantas ganha segunda edição revista e ampliada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
Colunistas
Últimos Posts
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Três Irmãs
>>> Sempre procurei a harmonia
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> O ensaísta Machado de Assis
>>> Entrevista com Claudio Willer
>>> Os narradores de Eliane Caffé
>>> 7 de Setembro
>>> 8º Salão do Livro
>>> Show him what he is like
>>> Machado polímata
Mais Recentes
>>> Monica Teen- The love Of An Angel de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2012)
>>> O Cachorrinho Samba de Maria José Dupré pela Ática (2006)
>>> Psicanálise e religião de Erich Fronm pela Livro íbero americano ltda (1962)
>>> Da Auto-estima a Individuação: Psicologia e espiritualidade de Jean Monbourquette pela Paulinas (2008)
>>> Vida: Oportunidade de Aprender de Alzemiro Rufino de Matos pela Editares (2014)
>>> Turma Da Mônica Jovem - Mônica E O Cavaleiro de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> O Matrimônio Perfeito de Samael Aun Weor pela Igb (2011)
>>> Transcendente de Lesley Livingston pela Jangada (2016)
>>> 50 Ideias de Filosofia que Você Precisa Conhecer de Ben Dupré pela Planeta (2015)
>>> O Rosto de Cristo: A Formação do Imaginário e da Arte Cristã de Armindo Trevisan pela Age (2003)
>>> A Sustentabilidade nos Tempos de Pandemia de Flavio Horowitz pela Brazil Publishing (2020)
>>> Ilíada de Homero pela L&Pm (2011)
>>> História Medieval de Cibele Carvalho pela Intersaberes (2016)
>>> Chico Bento Moço-Bravura Indomável de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2015)
>>> Outlander: A Libélula no Âmbar - Livro 2 de Diana Gabaldon pela Saída de Emergência (2014)
>>> Turma Da Monica Jovem-O Dono Do Mundo de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2009)
>>> Chico Bento Moço- O Manto Misterioso de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2015)
>>> Outlander: A Cruz de Fogo Livro 5 - Parte 2 de Diana Gabaldon pela Arqueiro (2017)
>>> Chico Bento Moço- Um Caipira na Corte do Rei Artur de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> Turma da Mônica Jovem -Surge Uma Estrela de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> Turma da Mônica Jovem - Fortes Emoções de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> Outlander: Os Tambores do Outono Livro 4 - Parte 2 de Diana Gabaldon pela Arqueiro (2016)
>>> Outlander: Os Tambores do Outono Livro 4 - Parte 1 de Diana Gabaldon pela Arqueiro (2016)
>>> Turma da Mônica Jovem -Eles Cresceram de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> Turma da Mônica Jovem - Novos Desafios! de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> Outlander: O Resgate no Mar Volume 3 - Parte 1 de Diana Gabaldon pela Saída de Emergência (2015)
>>> A História Não Contada dos Estados Unidos de Oliver Stone; Peter Kuznick pela Faro Editorial (2015)
>>> Turma da Mônica Jovem - O brilho de Um Pulsar de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2009)
>>> O Deus crucificado de Jurgen Moltmann pela Academia Cristã (2010)
>>> Chico Bento Moço- A Árvore da Vida de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2015)
>>> Paulo e Estêvão - Edição em Formato Grande de Francisco Cândido Xavier pela Feb (2013)
>>> Turma da Mônica Jovem - O Dono do Mundo de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2009)
>>> Os Sentidos da Paixão de Adauto Novaes ( Org. ) pela Companhia das Letras (2009)
>>> Jerusalém no tempo de Jesus de Joachim Jeremias pela Academia Cristã , Paulus (2010)
>>> Apóstolo Paulo: Vida, obra e teologia de Jurgen Becker pela Academia Cristã , Efatá (2020)
>>> O Mundo de Sofia: Romance da História da Filosofia de Jostein Gaarder pela Companhia das Letras (1995)
>>> Estudos no novo testamento de Joachim Jeremias pela Academia Cristã , Efatá (2020)
>>> O príncipe de Nicolau Maquiavel pela L&Pm (2011)
>>> Pai Rico, Pai Pobre: O que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro de Robert T. Kiyosaki; Sharon L. Lechter pela Campus (2000)
>>> Shantaram de Gregory David Roberts pela Landscape (2005)
>>> O significado e a mensagem de Deus na bíblia de Trggve N. D. Mettinger pela Academia Cristã , Efatá (2020)
>>> Chico Bento Moço- Muito Além do Anzol de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2015)
>>> Turma da Mônica Jovem - A Aventura Continua de Mauricio de Sousa pela Panini Comics (2008)
>>> Antígona de Sófocles pela L&Pm (2010)
>>> Febre do Ouro de Disney pela Abril (1990)
>>> O Elo de Alexandria de Steve Berry pela Record (2008)
>>> Big - Para levar Sempre com Você de Disney pela Abril (1990)
>>> Star Wars Episódio 1: A Ameaça Fantasma de Terry Brooks pela Meia Sete (1999)
>>> Aliens de Disney pela Abril (1990)
>>> Elis Regina: Nada Será Como Antes de Julio Maria pela Master Books (2015)
COLUNAS >>> Especial SP 450

Quarta-feira, 28/1/2004
O problema de São Paulo é a falta de boteco
Alexandre Petillo

+ de 4000 Acessos
+ 2 Comentário(s)

São Paulo é uma droga. Você fica dependente. A cidade te maltrata, dificulta, emperra, mas você vicia e você não consegue mais abandoná-la. É um tapa na cara morar em São Paulo. É um nó na garganta. Mas se bate com uma mão, oferece com outra. E oferece muito mais do que o resto do Brasil pode te proporcionar.

São Paulo fez 450 anos. Parabéns! Eu amo São Paulo. Quando mudei para cá, mudei feliz, sem medo de encarar toda a parafernália e disposto a me acostumar com o céu cinza habitual. São Paulo é rock.

Gosto de criar raízes, de me habituar. De ver os cenários envelhecendo. Dá até para se tornar conservador e freqüentar os lugares de sempre. Mas esses lugares de sempre são tantos que não dá tempo de enjoar. É o que se ganha pelo que se enfrenta.

Por exemplo, existem pelo menos três lojas de discos que eu habitualmente gosto de deixar os caramingás. A Velvet (que, orgulhosamente, trabalhei durante alguns meses), que fica ali no Centro da cidade, tem o que você quiser e ainda ganha um papo excelente com o dono André Fiori; a Nuvem Nove, onde você pode encontrar tudo que te der na telha naquela semana, ali no Itaim-Bibi; e a Baratos Afins, que tem tudo que você quiser e ainda ganha de graça a história do underground paulistano contada pelo Luiz Calanca.

São Paulo é o lugar onde se come melhor no país - em todos os sentidos. O topo da lista é o Rocket's, na Alameda Lorena. É o melhor sanduba do país, de longe (não, minto, não de longe, o do Cervantes, no Rio, se aproxima, mas é outro contexto). Seguido de perto (num paradoxo, veja você), o sempre caprichado sanduíche de pernil nas barracas da porta do estádio do Pacaembu. Mas já aviso: é para poucos. Já vi muito nego macho arregar diante do sanduba. Em compensação, presenciei Ian McCulloch, do Echo & The Bunnymen, encarar dois caprichadíssimos, com cerveja, sem pestanejar.

A noite paulistana é um labirinto infindável. Tem para todo mundo, você sabe muito bem. Mas as minhas favoritas continuam sendo o Urbano, na noite black de toda segunda; os eventos capitaneados pelo DJ Hum; o Grazia a Dio, na Vila Madalena, com funk, samba e o melhor do baticum que a gente gosta; as rodas de samba do Ó do Borogodó, no domingão, e as rodinhas de samba de breque na Benedito Calixto, sábado depois do almoço. Aproveita que está chegando o Carnaval e vá até o ensaio de uma escola de samba, para ver o ópio do povo de perto e entender o significado da palavra excitação. O resto é o resto.

O resto é o resto porque a minha maior decepção foi o tal underground roqueiro paulistano. Acompanhei de longe, mas sempre atento, as lendárias histórias do Projeto SP, Madame Satã, Lira Paulistana e coisa e tal. Quando cheguei aqui, em 1999, encontrei uma cena sem graça e careta. Não falo das bandas, selos e afins, falo do geral, do público, do clima, das conversas.

Primeiro que platéia de show indie em São Paulo não dança, pula ou esboça qualquer movimento. Fica todo mundo parado, olhando, analisando. Existem dois motivos para isso: 1) nessas festas são vendidas o maior número de Coca Light da noite local e; 2) todos os presentes são "artistas", "escritores", "jornalistas" ou "aspirantes a". Na verdade, a grande maioria é de aspirantes a alguma coisa que não se sabe bem o quê, nem eles. Acreditam ser a elite da cultura brasileira, simplesmente por pertencer ao tal rock alternativo (alternativo a quê?).

Esse tipo de gente canaliza o pior de São Paulo. São pessoas que criticam tudo e todos, reclamam de tudo, fazem de tudo para puxar o tapete de quem estiver na frente ou no mesmo barco, não fazem amigos, não olham na sua cara, não sabem ficar na sua, acham que todo mundo quer ouvir o que pensam sobre tudo quanto é tipo de assunto, gastam um tempo enorme com a opinião alheia e dificilmente abaixam a guarda. Esse tipo de comportamento, acreditem, é típico do paulistano - seja ele nascido ou agregado.

Dizem que é por causa da poluição, do trânsito, dos ônibus lotados, dos alagamentos, mas nada justifica mau-humor e alma envenenada. Infelizmente, foi em São Paulo, minha terra de coração, que eu acabei conhecendo o maior número de pessoas assim. E, para piorar ainda mais, no meio roqueiro, meio que eu acreditava ser excitante, criativo e desencanado. Não é. Show de rock independente é um dos lugares menos divertidos para se freqüentar em São Paulo. É muita falação, picuinha e armação para pouquíssimo gip-gip-nheco-nheco. Pobre paulista.

Acho que isso é falta de boteco. Não tem boteco em São Paulo. Quer dizer, tem sim, mas são aqueles botecos chiques, propositadamente despojados, onde foram gastos milhares para deixar o lugar com cara de sujo. Não, não são esses. Eu falo dos botecos que você encontra facilmente no interior e, por exemplo, no Rio de Janeiro, onde existe toda uma cultura sobre o assunto. Boteco é para quem consegue abaixar a guarda social. Geralmente, você encontra todo mundo lá, fala tudo que for preciso, enxuga o copo, olha na cara, resolve a parada. Boteco é o melhor lugar do mundo para resolver a vida. Na esquina de casa tem um boteco. Não fica aberto até tarde, mas quebra um galho. Toda terça é dia de ir no boteco, junto com o resto da rapaziada que divide a moradia comigo - todos do interior, todos conhecedores das regras e da necessidade de um bom boteco.

Falta isso para o (rock independente) paulistano. Boteco.

Nota do Editor
Texto originalmente publicado no recém-inaugurado site Laboratório Pop. (Reproduzido aqui com a devida autorização do autor.)


Alexandre Petillo
São Paulo, 28/1/2004


Mais Alexandre Petillo
Mais Especial SP 450
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
28/1/2004
09h16min
Muito legal o texto do Petillo. Diz muito mesmo sobre a cidade e quem frenquenta esse mundinho. Parabéns, Petillo manda bem!
[Leia outros Comentários de Renata]
8/2/2004
13h09min
Muito boa a maioria dos textos desta coletânea sobre São Paulo. No entanto, dispensaria alguns um tanto quanto "rancorosos" em relação à cidade (não é o caso deste). Acho q vale a máxima "os incomodados que se mudem".
[Leia outros Comentários de Fernanda]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SEGREDOS DA BEL PARA MENINAS
FRAN E BEL
ÚNICA
(2016)
R$ 9,90



RASTROS DE DOR
ROQUE JACINTHO
IDE / LUZ NO LAR
(2016)
R$ 23,00



DIVINA COMÉDIA- COLEÇÃO REENCONTRO LITERATURA
CECILIA CASAS - ADAPTAÇÃO
SCIPIONE
(2008)
R$ 29,00
+ frete grátis



SCIENCE ET STYLE CONEILS A UM JEUNE ÉCRIVAIN
TH. MOREUX
G DOIN & CIE
(1930)
R$ 186,76



CINTHIA HOLMES E WATSON E OUTRAS INCRIVEIS
CHRISTIANE GRIBEL; BRUNA ASSIS BRASIL
SALAMANDRA
(2015)
R$ 24,90



A SOLUÇÃO OTIMISTA
ÔMAR SOUKI
SOUKI HOUSE
(2001)
R$ 5,00



CONEXÃO MANHATTAN - CRONICAS DA BIG APPLE
LUCAS MENDES
CAMPUS
(1997)
R$ 6,90



A ODISSÉIA DE ASTERIX
GOSCINNY
RECORD
(1981)
R$ 25,00



MINI COLEÇÃO INFANTIL - ALÉM DO ARCO ÍRIS
EDITORA FAPI
FAPI
(2015)
R$ 10,37



A ESSÊNCIA DA FELICIDADE
DESMOND MORRIS
ROCCO
(2005)
R$ 22,39





busca | avançada
74271 visitas/dia
2,0 milhões/mês