Você se sente mais brasileiro por causa da Copa? | Marcelo Spalding | Digestivo Cultural

busca | avançada
39185 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
>>> Jack Ma e Elon Musk
>>> Marco Lisboa na Globonews
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cigarro, apenas um substituto da masturbação?
>>> De volta às férias I
>>> Redes e protestos: paradoxos e incertezas
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Alfa Romeo e os bloggers
>>> Defesa dos Rótulos
>>> O Jovem Bruxo
>>> Sua Excelência, o Ballet de Londrina
>>> O diabo veste Prada
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
Mais Recentes
>>> Organize-se num Minuto de Donna Smallin pela Gente (2005)
>>> Assassinato no Expresso do Oriente de Agatha Christie pela Nova Fronteira (2011)
>>> Quatrocentos Contra Um - Uma História do Comando Vermelho de William da Silva Lima pela Vozes (1991)
>>> Confronto pedagógico: Paulo Freire e Mobral de Gilberta Martina Jannuzi pela Cortez & Moraes (1979)
>>> Escravidão, Homossexualidade e Demonologia de Luiz Mott pela Icone (1988)
>>> Socialismo Síntese das origens e doutrinas de Edgar Rodrigues pela Porta Aberta (2003)
>>> Sentença: Padres e Posseiros do Araguaia de Rivaldo Chinem pela Paz E terra (2019)
>>> Pancho Villa O revolucionário Mexicano de Earl Shorris pela Francisco Alves (1983)
>>> México em Transe de Igor Fuser pela Scritta (1996)
>>> Sociologia Política da Guerra camponesa de Canudos - Da destruição do Belo Monte ao aparecimento do MST de Clóvis Moura pela Expressão Popular (2000)
>>> Exclusão Escolar Racializada - Implicações do Racismo na Trajetória de Educandos da EJA de Tayná Victória de Lima Mesquita pela Paco Editorial (2019)
>>> Crítica da Razão Negra de Achille Mbembe pela N-1 Edições (2018)
>>> Esferas da Insurreição - Notas para uma vida não cafetinada de Suely Rolnik pela N-1 Edições (2013)
>>> Arqueofeminismo - Mulheres filósofas e filósofos feministas – Séculos XVII-XVIII de Maxime Rovere (Org.) pela N-1 Edições (2019)
>>> A Doutrina Anarquista ao Alcance de Todos de José de Oiticica pela A Batalha (1976)
>>> Helena de Machado de Assis pela Ática (1994)
>>> A 3° Visão de T. Lobsang Rampa pela Record (1981)
>>> A História Da Indústria Têxtil Paulista de Francisco Teixeira pela Artemeios (2007)
>>> Ciência tecnologia e gênero abordagens Iberoamericanas de Marília Gomes de Carvalho (org.) pela utfPR (2011)
>>> A Jornada de Erin. E. Moulton pela Nova Conceito (2011)
>>> A Melodia Feroz de Victoria Schwab pela Seguinte (2016)
>>> Despertar ao Amanhecer de C.C. Hunter pela Jangada (2012)
>>> Sussurro - Coleção Hush Hush de Becca Fitzpatrick pela Intrínseca (2009)
>>> Holocausto Nunca mais de Augusto Cury pela Planeta
>>> Lusíada (Nº 1): Revista Ilustrada de Cultura.- Arte.- Literatura.- História.- Crítica de Martins Costa/ Portinari/ Texeira Pascoaes (obras de) pela Simão Guimarães & Filhos./ Porto (1952)
>>> Fábulas que Ajudam a Crescer de Vanderlei Danielski pela Ave Maria (1998)
>>> Ninguém é igual a ninguém de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> Você Pode Escolher de Regina Rennó pela Do Brasil (1999)
>>> Apelido não tem cola de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (2019)
>>> Coração que bate, sente de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> A galinha que criava um ratinho de Ana Maria Machado pela Ática (1995)
>>> Pinote, o fracote e Janjão, o fortão de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (2000)
>>> A lenda da noite de Guido Heleno pela José Olympio (1997)
>>> A História de uma Folha de Leo Buscaglia pela Record (1999)
>>> Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque pela José Olympio (1999)
>>> O último judeu: uma história de terror na Inquisição de Noah Gordon pela Racco (2000)
>>> Confissões de um Torcedor: Quatro copas e uma Paixão de Nelson Motta pela Objetiva (1998)
>>> Controle de Infecções e a Prática Odontológica em Tempos de Aids de Vários pela Brasília (2000)
>>> A Roda do Mundo de Edimilson de Almeida Pereira e Ricardo Aleixo pela Mazza/ Belo Horizonte (1996)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> A Propagação do Amor: Sobre o Plantio e a Colheita do Bem de Betty J. Eadie pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Auto- Estima: Amar a Si Mesmo para Conviver Melhor Com os Outros de Christophe André - Françoise Lelord pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Os Lusíadas: Reprodução Paralela das duas Edições de 1572 / Ed. Ltd. de Luis de Camões pela Impr. Nac. Casa da Moeda/ Lis (1982)
>>> Administração de Marketing: Desvendando os segredos de: Vendas. Promoç de Stephen Morse pela McGraw Hill (1988)
>>> Obras Completas de Álvares de Azevedo - 02 Tomos ) de Álvares de Azevedo/ Org. Notas: Homero Pires pela Companhia Ed. Nacional (1942)
>>> Obras Completas (Poesia, Prosa e Gramática) de Laurindo José da Silva Rabelo/ Org: O. de M. Braga pela Companhia Ed. Nacional (1946)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
COLUNAS >>> Especial Copa 2006

Terça-feira, 20/6/2006
Você se sente mais brasileiro por causa da Copa?
Marcelo Spalding

+ de 9700 Acessos
+ 2 Comentário(s)

No tempo do meu avô, brasileiros foram para a Guerra defender sua pátria e sua bandeira. No tempo do meu pai, brasileiros foram mortos e exilados por não amarem sua pátria e sua bandeira. Hoje, corpo ereto, mão direita no coração, cantamos o hino nacional em frente à televisão onde estão os onze heróis que defenderão nossa pátria e nossa bandeira. Mas, afinal, que pátria é essa?

Um intelectual muito conhecido, Homi Bhabha, tornou-se célebre pelos seus estudos acerca da nação como narração. Para ele, a idéia de nação com fronteiras bem definidas, bandeira, língua e identidade firmes e próprias é uma criação da modernidade com fins políticos (as pessoas precisavam se sentir parte do país para lutar em nome dele, respeitar suas leis e pagar seus impostos). Bhabba alerta para a diversidade existente dentro das próprias nações mesmo quando este conceito foi criado, especialmente no século XIX, e lembra como essa diversidade sempre foi reprimida por um discurso oficial e homogeneizador da nação, o discurso do estado, das escolas, da mídia, da literatura.

Verdade que hoje se tem muito mais noção de como o conceito de nacionalidade é delicado e do quanto somos dependentes dos demais países (financeira, política e culturalmente). Muitos já estudam em outro país, casam-se com mulheres de outro continente, têm filhos de outras nacionalidades. Alguns namoram uma espanhola pela internet ou investem na Bolsa de Tóquio. Ainda assim existe a Seleção Brasileira, os onze heróis e a camisa verde-amarela.

Não quero ser mais um a acusar injustamente o futebol de alienante, mas quero chamar a atenção de como a Copa do Mundo se tornou o melhor palco para a exibição do espírito nacional. Depois que as guerras perderam sentido e que todos se horrorizaram com a raça dita superior, restaram a cultura e o esporte para representar um país. A cultura, por aqui, fez e faz sua parte com Tom Jobim, Caetano Veloso, Seu Jorge, mas inevitavelmente a cultura representará mais uma classe do que a totalidade do povo. Já o esporte, e especialmente o futebol, conseguiu ao longo do tempo representar o rico e o pobre, o branco e o preto, o do sul e o do norte. E a Copa do Mundo é o grande palco para exibir essa metonímia da nação. Um jogo entre Alemanha e Polônia torna-se um ajuste de contas histórico por causa das guerras e invasões entre os dois países, uma partida entre Portugal e Angola se transforma em símbolo do embate entre capital e colônia, a primeira participação em copas de Trinidad e Tobago vira epígrafe da inserção do país no contexto internacional.

O próprio presidente da ONU, Kofi Annan, em artigo publicado pouco antes do começo da Copa, admite que a "Copa do Mundo nos enche de inveja, pois é um jogo no qual só importam duas coisas: o talento e o trabalho em equipe. Tomara tivéssemos essa mesma igualdade na arena global, um comércio livre e justo sem a interferência de subvenções, barreiras ou tarifas".

Mesmo a Copa do Mundo, porém, reflete os novos tempos da nossa sociedade, um tempo de "culturas híbridas", como gostam de dizer os intelectuais. Se você ver a fotografia de Gerald Asamoah, atacante "alemão" que jogou na Copa de 2002 e volta em 2006, dirá que pertence a qualquer seleção africana, talvez à brasileira, mas nunca a da Alemanha, país que há menos de cem anos exaltou a raça ariana. Mais incrível é o caso de outros dois atacantes (não) alemães, Klose e Lukas Podolski. Ambos nasceram na Polônia, primeiro país invadido por Hitler em 1939. É possível que algum de seus avôs ou bisavôs tenham sucumbido por uma bala alemã, mas em 14 de junho de 2006 ambos entraram em campo e cantaram o hino alemão como um dos onze heróis que arrancariam a histórica vitória dos poloneses aos 46 do segundo tempo.

Outro exemplo já clássico é o de Zinedine Zidane, filho de imigrantes argelinos e principal jogador da história do futebol francês depois da Copa de 98. Aliás, naquela seleção ainda haviam o zagueiro Desailly, nascido em Gana, o lateral Thuran, em Guadalupe, um arquipélago no Mar do Caribe, o volante Karembeu, da Nova Caledônia, um arquipélago no Oceano Pacífico, os meio-campistas Djorkaeff, de origem armênia, e Trezeguet, filho de argentinos, além de Patrick Vieira, nascido em Dakar, Senegal. Jornalistas à época diziam que a conquista do título era um "tapa na cara" de pessoas como Jean-Marie Le Pen, líder da direita francesa que fez campanha contra os imigrantes (aliás, uma luta reacendida há poucos meses com a revolta dos estudantes).

Enfim, a Copa do Mundo pode até fazer com que nos sintamos mais brasileiros ou com que aumente nosso orgulho pelo Brasil. Nada de mal em vestir verde e amarelo ou pintar o rosto de azul com estrelas brancas. Mas tomara que nunca mais essa construção narrativa que é a nação, travestida com o poder do Estado, convoque jovens para morrerem pela pátria no além-mar. Tomara que nunca mais governos autoritários exijam que se ame ou se deixe o Brasil. E muito menos que um presidente prenda e mate homens, mulheres e crianças que não tenham seu sangue em nome de uma raça. Fatos que parecem esquecidos nos livros de história mas que me vêm em mente a cada vez que ouço (nos intervalos da Copa, é claro) notícias vindas do Iraque, do Afeganistão, da prisão de Guantánamo...


Marcelo Spalding
Porto Alegre, 20/6/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. As Lavadeiras, duas pinturas de Elias Layon de Jardel Dias Cavalcanti
02. Crônica de Aniversário de Julio Daio Borges
03. 12 tipos de cliente do revisor de textos de Ana Elisa Ribeiro
04. A biblioteca de C. G. Jung de Ricardo de Mattos
05. Brochadas, romance inquietante de Jacques Fux de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Marcelo Spalding
Mais Acessadas de Marcelo Spalding em 2006
01. O centenário de Mario Quintana, o poeta passarinho - 8/8/2006
02. Romanceiro da Inconfidência - 10/1/2006
03. Um defeito de cor, um acerto de contas - 31/10/2006
04. As cicatrizes da África na Moçambique de Mia Couto - 5/12/2006
05. A literatura feminina de Adélia Prado - 25/7/2006


Mais Especial Copa 2006
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
20/6/2006
22h01min
Marcelo, isso me fez pensar que os jogadores da Seleção Brasileira: são brasileiros, mas não são (dos) nossos. Estão todos, ou quase todos, jogando fora do Brasil.
[Leia outros Comentários de Ana Mello]
3/7/2006
22h45min
Agora sinto que é besteira falar de futebol, é talvez bom falar de amor. O amor quando é grande não cabe num oceano, e quem ensinou-me isto foi o poeta e professor Antenor, já Paulo Freire dizia que o amor é a comunicação íntima que se respeita, mas eu penso que o amor é um beliscão que dói e demora passar, é um beijo que deixa marcas.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




VOCÊ DIZ QUE SABE MUITO BORBOLETA SABE MAIS
RICARDO AZEVEDO
MODERNA
(2007)
R$ 20,00



O GRANDE SOL DE MERCÚRIO
ISAAC ASIMOV
HEMUS
R$ 25,00



O TESOURO DO TEMPLO
ELIETTE ABÉCASSIS
EDIOURO
(2003)
R$ 13,50



UM MODELO PREDITIVO DE PROVISIONAMENTO DE CRÉDITO COM REDE NEURAL
FRANCISCO JACKSON DOS SANTOS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



PROCESSAMENTO DE BLENDAS PET/LCPS: PROPRIEDADES E ORIENTAÇÃO MOLECULAR
LUCINEIDE BALBINO DA SILVA UND ROSARIO E. S. BRETAS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 419,00



11 : 11 - INSIDE THE DOORWAY
SOLARA
STAR BORNE
(1992)
R$ 25,00



MICHAELIS DICIONÁRIO ESCOLAR ESPANHOL/PORTUGUÊS - PORTUGUÊS/ESPANHOL
EQUIPE MELHORAMENTOS
MELHORAMENTOS
(2009)
R$ 49,00



VOCÊ PODE CONQUISTAR TUDO O QUE SEMPRE QUIS...
ADRIAN CALABRESE
UNIVERSO DOS LIVROS
(2009)
R$ 9,90



BRASÍLIA 3° LIVRO PRIMÁRIO
DAISY BRÉSCIA
LIVRARIA FRANCISCO ALVES
(1971)
R$ 20,00



BUSH NA BABLÔNIA.
TARIQ ALI
RECORD
(2003)
R$ 29,90
+ frete grátis





busca | avançada
39185 visitas/dia
1,1 milhão/mês