Governo retrógrado, caranguejo ou ximbica? | Valdemir Martins | Digestivo Cultural

busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Conto Apresenta: Criaturas, de Carol Bensimon
>>> Vancouver Animation School apresenta webinário gratuito de animação
>>> Núcleo Menos1 Invisível evoca novas formas de habitar o mundo em “Poemas Atlânticos”
>>> Cia O Grito faz intervenção urbana com peças sonoras no Brás
>>> Simbad, o Navegante está na mostra online de teatro de Jacareí
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cartier-Bresson: o elogio do olhar
>>> O lugar certo
>>> Profissionais do Texto III
>>> Sessão de Análise
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> No rala-rala
>>> Guerra de Egos
>>> Duas noites, dois momentos culturais
>>> Falta alguma coisa ali no meio
Mais Recentes
>>> Creative Divorce de Mel Krantzler pela A Signet Book (1975)
>>> Letras de Músicas Cavc Idiomas 2º Semestre 1999 de Vários Autores pela Cavc Idiomas (1999)
>>> Cinquanta sfumature di rosso de E L James pela Mondadori (2012)
>>> Diccionario de Bolsillo Portugués - Español - Español - Portugués de Lexicon Sopena pela Ramón Sopena (1978)
>>> Hausbuch fur die deutsche familie de Frankfurt pela Standesamtswesen (1956)
>>> Um Cidadão do Mundo que Ama a Paz de Sun Myung Moon pela Parma Gráfica (2012)
>>> Rainer Maria Rilke de J. F. Angelloz pela Nymphenburger Verlagshandlung - munchen (1955)
>>> Seleções de Livros 3 em 1 de Varios autores pela Reader's Digust
>>> Deutsch Fur Auslander 2 de Hermann Kessier pela Leichte (1955)
>>> Die jungfrau von orleans de Schiller pela Reclam (1961)
>>> Spider's Web de Agatha Christie pela Samuel French (2011)
>>> Elelal all - Uenekus de José Nicolau Gregorin Filho pela Falenica Book (1967)
>>> Venha até nós de Corporation of the president of the church of jesus christ pela Corporation of the president of the church of jesus christ (1988)
>>> Vinte Suratas do Alcorão de Samir El Hayek pela Samir El Hayek
>>> Our perfomance in 2010 de Ubs pela Ubs (2010)
>>> Ano acadêmico de 1984 de Faculdade de teologia nossa senhora da assunção pela Faculdade de teologia nossa senhora da assunção (1984)
>>> Sidur para Minchá e Cabalat Shabat Zichron Nissim de Vários Autores pela Sinagoga de moema
>>> Sujeito: da sintaxe ao discurso de Eunice Souza Lima Pontes pela Ática (1986)
>>> Comentários sobre purim e Meguilat Ester transliteraria de Congregação Mekor Haim pela Congregação Mekor Haim
>>> O Novo Testamento de Nosso Senhor Jesus Cristo de Os Gideões Internacionais pela Os Gideões Internacionais (1987)
>>> Índice de assuntos das monografias rosa-cruzes 7 de Vários Autores pela Amorc
>>> Índice de assuntos das monografias rosa-cruzes 5 e 6 grau de Vários Autores pela Amorc
>>> Cidade dos ossos de Cassandra Clare pela Galera (2021)
>>> Índice de assuntos das monografias rosa-cruzes 1,2 3 e 4 grau de Vários Autores pela Amorc
>>> Novo Testamento de Ave-maria pela Ave-maria (1992)
COLUNAS

Quinta-feira, 5/2/2009
Governo retrógrado, caranguejo ou ximbica?
Valdemir Martins

+ de 4200 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Todos se lembram do fantástico crescimento dos chamados Tigres Asiáticos há alguns anos, o que garante a países como Índia, Coréia do Sul, Indonésia e Vietnã, fôlego ainda nesta massacrante crise global. Esses países sobreviveram e sobressaem, após destrutivos conflitos sociais e guerras arrasadoras, graças a inteligentes investimentos feitos em seus países por governantes com visão de futuro, forte nacionalismo e extraordinário feeling com relação à educação de seus povos e às pesquisas tecnológicas. São nações hoje com singular domínio do que devem fazer perante esta colossal crise econômica que arrasta poderosos estados em suas marés. Os tigres tornaram-se gatos, mas não foram para o frigorífico. Como felinos, são espertos o suficiente para manterem suas diretrizes equacionadas de crescimento econômico-social.

Na contramão dos felinos asiáticos, os vira-latas latino-americanos, comandados pela trupe Morales/Lula/Chavez, com o indefectível lastro insular da família Castro, estão mais preocupados com suas imortalidades e perpetuação de suas espécies. Aqui nos lados tupiniquins e tupinambás, as marolinhas do Lula estão se transformando em autênticos tsunamis, graças a uma visão extremamente oblíqua das hostes econômicas das profundezas pantanosas do PT com relação à crise mundial. Como tudo neste país se torna verdadeiro após o Carnaval, aguardem, então, as avalanches.

E o que faz este Governo? E o que faz, além de ameaçar, punir empresas que precisam demitir ou negociar empregos para sobreviver? E o que faz, além de tentar preservar empregos na construção civil e no setor automotivo ― maiores empregadores nacionais ― com o inescrupuloso e indissimulável foco na eleição presidencial de 2010, tentando garantir os votos desses trabalhadores? Simples resposta, que está na mídia: burocratizou a importação de produtos estratégicos para a nossa economia e baixou um bloqueio retrógrado no Orçamento da União. Privilegiando somente os setores estrategicamente políticos e as obras do PAC ― a suja bandeira da campanha presidencial do PT ― em detrimento da Educação, da Cultura, do Turismo, do Esporte, do Meio Ambiente e da Tecnologia.

Quando assumiu seu primeiro mandato, Lula não teve a coragem de efetivar suas promessas de campanha, principalmente no que diz respeito à política econômica. Manteve ― e também nisso ele foi esperto ― a cartilha criada desde o governo Itamar, pela equipe formada e liderada por Fernando Henrique, responsável inclusive pela criação do Plano Real que, afinal e apesar de tudo, deu certo. A equipe de Lula soube gerenciar a economia, então, sob a égide da cartilha e se deu bem, colhendo continuamente só os louros e assumindo indecorosamente como trabalho seu. Porém, a falta de visão, previsão e competência na gestão das coisas públicas levou-os agora, numa situação inusitada, não prevista na cartilha, a meter os braços pela calças.

Comecemos com a recente nota, sim, nota, baixada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior com novas medidas burocráticas para a entrada de produtos no país, as chamadas importações. Só que esse governo o fez no susto do desequilíbrio negativo da balança comercial, pois nem isso conseguiu prever. Após a avalanche de críticas empresariais e de respeitáveis economistas, o Ministério justificou com a seguinte expressão oficial: "trata-se de um procedimento usual no comércio internacional para fins de monitoramento estatístico". Não deu vinte e quatro horas e o mesmo Governo voltou atrás, suspendendo a nova regra de importações. Pelo menos para isso teve bom senso, pois, se não o fizesse, começaria a faltar matérias-primas para produtos brasileiros destinados à exportação, a inflação seria facilitada e a balança comercial quebraria de vez. Um belíssimo exemplo de "tiro no pé" para se usar em conversas e até em aulas e palestras. Aproveite que o Governo lhe deu essa chance.

Por outro lado, como se não fosse já o suficiente, o Ministério do Planejamento acaba de cortar "preventivamente" R$ 37,2 bilhões do Orçamento da União para 2009. Os gastos com investimentos foram os mais atingidos. Passaram de R$ 48,2 bilhões para R$ 33,5 bilhões, mas o governo faz questão de dizer que a menina dos olhos do PAC está preservada. As pastas mais prejudicadas foram as do Turismo e do Esporte, com cortes respectivos de 95,6% e 94,5%. A pasta do Turismo é um simples cabide de empregos e o Governo não tem a hombridade de assumir que neste país o Turismo pode ser um grande arrecadador de divisas. Tanto não tem visão que até bem pouco tempo a blue eyes Marta "Relaxa e Goza" chefiava esse Ministério, por absoluta conveniência política e não por se tratar de um setor economicamente estratégico. O Esporte, apoio e interesses empresariais à parte, para o Governo, é pura diversão.

Num momento onde o mundo e até o novo governo norte-americano estão preocupados com a preservação ecológica, Lula cortou 79% do orçamento do Ministério do Meio Ambiente, que já vive com pouco dinheiro e muito barulho. Seu Ministro arrulha como uma pomba. E só, pois os desmatamentos ilegais na Amazônia apenas diminuíram também em função da crise, e não pela ação do pombo. E o pior, este Governo reduziu a verba para Ciência e Tecnologia, setor onde o mundo hoje tem aumentado o investimento, exatamente como uma das armas para sair da crise, com inovação.

As projeções de queda da arrecadação tributária e de um crescimento econômico menor para 2009, não visíveis para esta turma governamental na época em que anunciaram a "marolinha", fez agora seus integrantes borrarem as calças com medo do que vem por aí ­ e com o frio no estômago de perder as eleições. A ponto de seu titular não ter a visão de estadista para investir no futuro da nação brasileira. Seu investimento único e exclusivo, a exemplo dos irmãos Castro, de Hugo Chavez e de Evo Morales, como já disse, é da perpetuação. Assim, continuaremos a ser os vira-latas, enquanto os gatos asiáticos, sem dúvidas e sem tropeços, voltarão a ser tigres.


Valdemir Martins
São Paulo, 5/2/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. No banheiro com Danuza de Adriana Baggio


Mais Valdemir Martins
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/2/2009
08h39min
O governo estabelecido segue um sistema político e econômico, que é o mesmo sistema do processo de globalização, que é o mesmo sistema dos articuladores da crise, que é o mesmo sistema de quem mantém a desigualdade no mundo. Portanto, há desgoverno por toda a parte da Terra, e com o PT não é diferente, pois alimenta o mesmo time e estuda na mesma escola em que há uma aplicação neoliberal. Outro mundo é possível, se um novo fantasma rondar as idéias e novas ações forem implementadas. Pois só há revolução com teorias revolucionárias.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
18/2/2009
19h19min
Se você acha que "Indonésia e Vietnã (...) sobreviveram e sobressaem (...) graças a inteligentes investimentos feitos em seus países por governantes com visão de futuro, forte nacionalismo e extraordinário feeling...", posso pedir seus óculos cor-de-rosa emprestados?
[Leia outros Comentários de Felipe Pait]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Saxofone e Flauta Escalas e Acordes 1
J. C. Prandini
Zimbo
(1983)



Messe - Poesias
Vidalino Torrano
Voz do Oeste
(1987)



Caricatura dos Tempos
Belmonte
Melhoramentos/circulo do Livro
(1982)



Diga Não À Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes ...
Maria Conceição O. Costa (coord.)
Do Autor
(2012)



Almanaque 02 Neurônio Guia da Mulher Superior
Jô Hallack / Nina Lemos / Raq Affonso
Record
(2002)



Primate Evolution and Human Origins
Russell L. Ciochon e John G. Fleagle
Aldine de Gruyter
(1987)



Doenças do Pulmão Correlaçao Radiologica e Patologica
Nestor L. Muller / Ricard S. Fraser
Revinter
(2005)



Retalhos de uma República
Nelson Valente
Panorama
(1999)



Vade Mecum Prática Oab - Tributário
Guuilherme Sacomano Nasser e Outro
Revista dos Tribunais
(2013)



O Rio de Janeiro no Tempo dos Vice-Reis (1763 a 1808)
Luís Edmundo
Senado federal
(2000)





busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês