Meu Oscar vai para... | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
>>> Aranhas e missangas na Moçambique de Mia Couto
>>> Novos Melhores Blogs
>>> Reflexões para um mundo em crise
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
Mais Recentes
>>> Plantas de Cobertura do Solo Caracteristicas e Manejo Em Pequenas . de Claudino Monegal pela Autor (1991)
>>> Os Honorários Advocatícios na Justiça do Trabalho - de Carlos Roberto Ramos pela : Conceito (2013)
>>> 1985 - o Autor de Laranha Mecânica Contesta o 1984 de Orwell e Mostra de Anthony Burgess pela Lpm (1980)
>>> Ciencias Criminais - Articulacoes Criticas Em Torno dos 20 Anos da Con de Ana C. B. de Pinho pela Lumenjuris (2009)
>>> Manual de Anestesia Em Pequenos Animais - de Paddleford pela Roca (2001)
>>> Las Investigaciones de Alvirah y Willy de Mary Higgins Clark pela Plaza & Janes (1998)
>>> Manual de Direito Constitucional - Volume Único de Marcelo Novelino pela Metodo (2014)
>>> Surfing and Health: Expert, Medial and Advice de Joel Steinman pela Meyer (2019)
>>> Competition in Global Industries de Michael E. Porter pela : Harvard Business School (1986)
>>> 22/11/63 - Novela de Stephen King pela Plaza Janés (2012)
>>> Guia Autorizado Adobe Photoshop 7. 0 - Com Cd - Livro de Treinamento de O mesmo pela Makron Books (2003)
>>> Instrumentos Musicales Precortesianos de Samuel Marti pela Inah (1968)
>>> Lo Mejor de La Siesta Inolvidable de Jorge Halperín pela Aguilar (2005)
>>> Novo Comentário Bíblico Contemporâneo - Lucas de Graig A. Evans pela Vida (1996)
>>> Etiquette For Outlaws de Rob Cohen pela Harper Entertainment (2001)
>>> Caixa de Pássaros de Josh Malerman pela Intrinseca (2015)
>>> Retratos e Fotogramas: Isabelle Huppert de Sesc SP pela Sesc (2009)
>>> As minas de Salomão de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Sim Não de Jussara Braga pela do Brasil (1987)
>>> Alves & C.a de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1928)
>>> Fogo no Céu! de Mary França - Eliardo França pela Ática (1991)
>>> Contos de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1934)
>>> An Amazing Story de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1996)
>>> O crime do Padre Amaro de Eça de Queiroz pela Livraria Lello (1935)
>>> Codorna - Criação - Instalação - Manejo de Irineu Fabichak pela Nobel (1987)
>>> Guerras Secretas -Super-Heróis Marvel de Alex Irvine pela Novo Século (2016)
>>> Cartas de Inglaterra de Eça de Queiroz pela Livraria Lello
>>> Cem Anos de Iberê de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2014)
>>> Dia de Aninha de Ciça Alves Pinto pela Global (1996)
>>> Lasar Segall Un Expresionista Brasileño de Ivo Mesquita, Jorge Schwartz e outros pela Takano (2002)
>>> The White Mountains de John Christopher pela Longman (1974)
>>> Laje de Santos, Laje dos Sonhos de Guilherme Kodja Tebecherani, Ana Paula Pinto e outros pela Globo (2009)
>>> Ulster Story de Michael Villeneuve pela Longman (1977)
>>> Marco Giannotti de Nelson Brissac Peixoto pela Cosac Naify (2007)
>>> Morri para Viver de Andressa Urach pela Planeta (2015)
>>> Esio Trot de Roald Dahl pela Puffin Books (2001)
>>> Laura Belém de Laura Belém e outros pela Cosac Naify (2013)
>>> Brave New World de Aldous Huxley pela Longman (1978)
>>> Favela, um Bairro de Cristiane Rose Duarte e Outros (org.) pela Pro (1996)
>>> 1/3 da Vida de Wanderley Oliveira e Ermance Dufaux pela Dufaux (2016)
>>> Quê ?! de Tião Carneiro pela Autor
>>> Conheça a Verdade de Bruce Milne pela Abu (1987)
>>> Para uma Nova Era, Poesia & Prosa de Remisson Aniceto pela Patuá (2019)
>>> Mentes perigosas de Ana Beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Meu menino vadio de Luiz Fernando Vianna pela Intrínsica (2017)
>>> Correndo com tesouras de Augusten Burroughs pela Ediouro (2002)
>>> Supernova - A Estrela dos Mortos de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Supernova - O Encantador de Flechas de Renan Carvalho pela Novo Conceito (2015)
>>> Segregação e Gentrificação: Os conjuntos habitacionais em Natal de Sara Raquel Fernandes Queiroz de Medeiros pela Edufrn (2018)
>>> Repensar as Familias de Fiona Williams pela Principia (2004)
COLUNAS >>> Especial Melhores de 2009

Sexta-feira, 1/1/2010
Meu Oscar vai para...
Ana Elisa Ribeiro

+ de 4400 Acessos

O título aí é difícil de completar. Fosse o Grammy, fosse a Jules Rimet, fosse a medalha olímpica ou o Jabuti, eu teria tantas dificuldades quanto tenho para falar de bons filmes em 2009. Filmes? Mas nem é essa minha especialidade! Acho que foi apenas uma questão anafórica, coesiva, co-referencial, do tipo conceptual, anfan (enfim, como diz um amigo nosso). Música boa foi o CD do Lenine, Labiata, que nem sei mais se comprei este ano ou no ano passado. Sei é que ele tocou no meu carro quase todos os meses do ano. Alternou com a Amy Winehouse e com a Norah Jones, música de engarrafamento, mas manteve a dianteira quase o ano todo. Mas como a Globo resolveu colocar Lenine em todas as trilhas de novelas e minisséries, comecei a ficar meio enjoada de alguns riffs, mas nada que não possa ser tratado com intervalos de Cassandra Wilson.

Li muito. Li muito mesmo. Mas é difícil listar aqui algo que não seja muito específico. Acho que cheguei a resenhar o A extinção dos tecnossauros, da Unicamp, mas é preciso estar interessado nas tecnologias que não deram certo. A arqueologia da mídia talvez tenha sido o livro mais bizarro da lista. Os relatos do autor russo sobre as experiências do Tesla ou do Thomas Edison com o próprio corpo beiram o climão de filmes como Laranja mecânica ou coisa que o valha. Acho que, naqueles tempos, nem se pensava nesses conselhos de ética tumorosos que temos hoje.

Quase não vi filme. Dudu me levou ao cinema para ver A era do gelo 3 em 3D e eu bem que me diverti com aqueles óculos esquisitos. Mas o filme não é bacana, não. Os outros são melhores, assim como aconteceu a Madagascar. De resto, tentei me animar a ir ao cinema ver outras coisas, inclusive esse filme badalado do fim do mundo, mas não rolou. Meu mundo caiu antes.

Voltando aos livros, a lista foi longa, mas como fazer apologia de coisas tão... indispensáveis a meia dúzia de pessoas? Comprei livros feito louca. São já sete estantes na sala onde temos o escritório. Tudo isso é uma certeza de nova reforma na casa, para o futuro próximo. Já avisaram: suba os quartos para o segundo andar, não suba o escritório. É peso demais. Cabeçuda. Você lê isto tudo? Não, claro que não. É um de cada vez. Quem não tem livros não entende. Faço um cálculo: uma fortuna investida em papel. E não vale nada. Pode entrar ladrão que ele não rouba. Duro é se puser fogo na casa, só para atazanar. Meu infortúnio maior seria isso. De resto, tem ali uma TV comum, dois aparelhos de som velhos e o carro pé duro. Livros e mais livros são nosso espólio, nossa herança, nossos fundos de renda fixa... commodities, como dizem meus colegas da Administração.

Não li sequer um livro de poemas. Há alguns dias experimentei aquela alegria profunda quando recebi o novo livro da Elisa Andrade Buzzo (Noticias de ninguna parte) pelos Correios. Chovia forte. A caixa de cartas é de ferro, grande, mas o envelope ficou com charmosas manchinhas de pingos e tinta de caneta. Uma delícia. Um quadro. Daí que abri sabendo já que era minha xará que ressurgia por via postal. Ela não se esquece. E abri a edição bilíngue já com água na boca. Mal folheei a brochura de capa cinza e meus olhos acharam o poema que eu havia guardado de quando ela o publicou no Suplemento Literário. Alegria de criança. Brinquedo novo. Ninguém pode pegar. Pus o livro em cima da mesa do escritório, pra não sumir entre os outros, e ando guardando um bom momento para lê-lo com os olhos descansados.

Li muitos desses livros acadêmicos organizados (que deveriam ter sido revistas). É uma espécie de praga acadêmica, especialmente na área de Humanas, em que isso vinga como capim. Mas não tem jeito. Tem de organizar, publicar e tocar adiante, para não perecer. Não é isso? Os números não mentem sobre as universidades. Avante. Fiquei com um livro do Jacques Fontanille na cabeceira um tempão, mas deixei o último capítulo para um dia. Um livro de copydesk (em inglês mesmo) mofou no criado-mudo. Por cima deles, os livros que leio para o Dudu na hora de dormir. Li muitos livros para avaliações oficiais. Li muitos livros para escrever logo em seguida. Li milhares de PDFs para compor mosaicos. E muitos livros sobre como as crianças aprendem a escrever, outros tantos sobre adultos analfabetos, meia dúzia sobre design, dezenas sobre novas tecnologias. Mas meu HD não guardou tudo. Preciso de férias e de um aplicativo mais eficiente.

Ano atravessado no caminho. Se 2008 foi de resolver uma série de coisas, 2009 foi assim meio de ladinho, cheio de realizações, mas lotado de desgastes e pequenas frustrações acumuladas. Quanto custa alugar uma caçamba dessas que ficam estacionadas no meio-fio? Uma ou duas dessas devem resolver meu problema de retirar entulho de cima de 2009. Leve logo, moço. Leve logo esta tranqueira. 2010 vem aí e quero estar ajeitadinha pra ver se consigo seduzi-lo.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 1/1/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Uma suposta I.C. de Elisa Andrade Buzzo
02. Literatura, quatro de julho e pertencimento de Guilherme Carvalhal
03. Notas confessionais de um angustiado (VI) de Cassionei Niches Petry
04. A Mão Invisível de Marilia Mota Silva
05. O primeiro e pior emprego de Marta Barcellos


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2010
01. O menino mais bonito do mundo - 29/1/2010
02. Por que a Geração Y vai mal no ENEM? - 30/7/2010
03. Meu querido Magiclick - 12/2/2010
04. Palavrão também é gente - 26/2/2010
05. Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas - 11/6/2010


Mais Especial Melhores de 2009
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COQUERAIS E CHAPADÕES SERGIPE E BAHIA
DIAULAS RIEDEL ORGANIZAÇÃO
CULTRIX
(1959)
R$ 9,00



O OURO MALDITO DOS INCAS
LÚCIO MARTINS RODRIGUES

R$ 11,00



STRANGE TRIBE: A FAMILY MEMOIR
JOHN HEMINGWAY
THE LYONS
(2007)
R$ 80,00



CONDOMÍNIO EDILÍCIO NO NOVO CÓDIGO CIVIL
MARCOS EDUARDO GOIANA FEDOZZI
FORENSE
(2007)
R$ 27,28



FÉ NA ESTRADA - SEGUINDO OS PASSOS DE JACK KEROUAC
DODÔ AZEVEDO
CASA DA PALAVRA
(2012)
R$ 22,50



EDUCAÇÃO E LETRAMENTO
ROSÁRIO LONGO MORTATTI
UNESP
(2004)
R$ 20,00



CADERNOS DE EDUCAÇÃO POPULAR I - 3ª EDIÇÃO
BEATRIZ COSTA; BERNARD VON DER WEID
VOZES
(1982)
R$ 10,00



EMPRESÁRIO CONTÁBIL E AS MUDANÇAS ORGANIZACIONAIS
LÚCIA HELENA VICTORINO
ODORIZZI
(2000)
R$ 4,99



FACUNDO - 1942
DOMINGO FAUSTINO SARMIENTO
EDITORIAL LOSADA
(1942)
R$ 30,00



MINHA VIDA, MEUS SUCESSOS
MARIO DEL MONACO
NOVA FRONTEIRA
(1984)
R$ 6,00





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês