A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
41334 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Bar azul - a fotografia de Luiz Braga
>>> Eu + Você = ?
>>> Virtudes e pecados (lavoura arcaica)
>>> Pela estrada afora
>>> A vida sem computador
>>> Sobre os blogs de jornalistas
>>> Pink Floyd 1972
>>> A mulher madura
>>> Regras da Morte
>>> Simone de Beauvoir: da velhice e da morte
Mais Recentes
>>> Coleção Os Pensadores de Vários pela Abril Cultural (1973)
>>> Passando a Limpo: a Trajetória de um Farsante: História Completa... de Pedro Collor de Mello/ Coord. Dora Kramer pela Record (1993)
>>> Passando a Limpo: a Trajetória de um Farsante: História Completa... de Pedro Collor de Mello/ Coord. Dora Kramer pela Record (1993)
>>> Um Diplomata da Regeneração - O 1º Conde de Villa Franca do Campo de Fernando Abecassis pela Tribuna da Historia (2007)
>>> Inspeção do Trabalho de Nelson Mannrich pela LTr (1991)
>>> Jurupari - Estudos de Mitologia Brasileira de Silvia Maria S. de Carvalho pela Ática (1979)
>>> Sport in the 21st Century de John Mehaffey & Reuters pela Thames & Hudson (2007)
>>> Matemática para economistas de Alpha Chiang pela Unesp (1982)
>>> Memórias do cárcere 3º volume Colônia Correlaccional de Graciliano Ramos pela José Olympio (1954)
>>> As hortaliças na medicina doméstica de A. Balbach pela Edel
>>> Caderno de teses vol.2 28ºCongresso Nacional procuradores Estado de Helena Maria Silva Coelho pela Metropole industria gráfica ltda (2002)
>>> Casais Inteligentes Enriquecem Juntos de Gustavo Cerbasi pela Gente/ SP. (2004)
>>> Ordem Juridico-econômica e trabalho de Ricardo Antonio Lucas Camargo pela Sergio antonio fabris (1998)
>>> Capo Verde. Una storia lunga dieci isole de Marzio Marzot & Maria de Lourdes de Jesus et alii pela D'Anselmi (1989)
>>> Investimentos Inteligentes: Para Conquistar e Multiplicar o seu Primeiro Milhão de Gustavo Cerbasi pela Thomas Nelson do Brasil (2008)
>>> Esquecidos e Renascidos - Historiografia Acadêmica Luso-americana de Iris Kantor pela Hucitec (2004)
>>> Nova York anos 40 de Andreas Feininger pela Museu Lazar Segall (2011)
>>> O Intelectual e o Poder de Eduardo Portella pela Tempo Brasileiro/ RJ. (1983)
>>> Indivíduo e Cosmos na Filosofia do Renascimento de Ernest Cassirer pela Martins Fontes (2001)
>>> Fundamentos Culturales de Civilizacion Industrial de John U. Nef pela Editorial Paidós/ Buenos Aires (1964)
>>> Noções Preliminares de Direito Previdenciário de Wagner Balera pela Quartier Latin (2004)
>>> Salvador Negro Amor de Sérgio Guerra pela Maianga (2007)
>>> Ensaios de Biologia Social - Encadernado de Josué de Castro pela Brasiliense/ SP (1957)
>>> A imprensa na História do Brasil & Fotojornalismo no século XX de Oswaldo Munteal & Larissa Grandi pela Desiderata/PUC (2005)
>>> Roteiro de Macunaíma (Encadernação de Luxo) de M. Cavalcanti Proença/ Autografado pela Ahembi/ SP. (1955)
>>> Alferes Teófilo Olegário de Brito Guerra -Um Memorialista Esquecido de Raimundo Soares de Brito pela Coleção Mossoroense (1980)
>>> HQ Os Grandes Inimigos do Mandrake Nº 2 + A Volta do Camelo de Barro de Lee Falk pela Globo (1989)
>>> Lugar de Fala de Djamila Ribeiro pela Polen (2019)
>>> Administração Financeira Internacional de David K. Eiteman, ArthurStonehill, e Michael Moffett pela Bookman (2002)
>>> HQ Os Grandes Inimigos do Mandrake Nº 1 + o Retorno do Cobra de Lee Falk pela Ebal (1989)
>>> História da Literatura Portuguesa/ Encadernado de Antonio José Saraiva e Oscar Lopes pela Porto Ed.
>>> Cortez -A Saga de Um sonhador de Teresa Sales -Goimar Dantas pela Cortez (2010)
>>> HQ Os grandes inimigos do Mandrake Nº 4 + Os Oito Tentáculos da Morte de Lee Falk pela Ebal (1989)
>>> HQ Rastros de ódio - Revista Cinemin Nostalgia 3 de Diversos Autores pela Ebal (1989)
>>> Regulamento do ICMS do Rio de Janeiro de Ana Cristina Martins Pereira pela Lex (2006)
>>> A cidade do sol de Khaled Hosseini pela Nova froteira (2007)
>>> HQ Revistsa Elipse nº 1 + Crepúsculo dos Super-heróis de David Campiti & Kevin Juaire & Bart Sears pela Ebal (1992)
>>> Cinquenta tons mais escuros de E L James pela Intrínseca (2012)
>>> As mil e uma noites- os corações desumanos de René Khawam pela Brasiliense (1991)
>>> HQ Quem foi? Os prisioneiros de Sulma de Diversos Autores pela Ebal (1982)
>>> Autoritarismo e Participação Política da Mulher de Fanny Tabak pela Graal/ RJ. (1983)
>>> Cartas entre amigos - sobre os medos contemporâneos de Fábio de melo e Gabriel chalita pela Ediouro (2009)
>>> A Civilização Romana de Pierre Grimal pela Edições 70 (2001)
>>> Centenário de José Bezerra Gomes de Joabel R. de Souza pela Fcjbg (2011)
>>> Alienação na Univesidade - a Crise dos Anos 80 de Paulo L. Hoffmann pela Edit. da UFSC (1985)
>>> O castelo da intriga de Paulo Stewart pela Scipicione (1996)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1993)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1996)
>>> As asas do joel de Walcir Carrasco pela Quinteto Editorial (2019)
>>> No Tempo dos Faraós (Crianças Na História) de Ginette Hoffmann - Françoise Lebrun pela Scipione (1998)
COLUNAS

Terça-feira, 31/8/2010
A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti
Wellington Machado

+ de 13500 Acessos
+ 1 Comentário(s)


Ilustra: o urso azul

Qual é a relação entre a mente e o cérebro? A mente, que abriga nossos dilemas, nossa imaginação, catalisa nossas emoções e compõe nossos poemas, músicas, escreve textos, é fruto dessa massa esponjosa que carregamos no crânio? Até que ponto o cérebro, com suas sinapses e milhões de neurônios, influenciam ― se é que influenciam ― o nosso ato de pensar? Essa é uma questão que envolve a investigação de vários ramos da ciência como a neurociência, a psicologia e a biologia molecular, além de outras. Há estudos surpreendentes acerca do tema que podem, se comprovados (e estamos bem perto de uma comprovação), causar uma revolução de grandes proporções para humanidade.

O tema é a espinha dorsal de A ilusão da alma (Companhia das Letras, 2010, 256 págs.), mais recente livro de Eduardo Giannetti da Fonseca, cujo personagem principal é um professor de literatura especialista em Machado de Assis. Enquanto proferia uma palestra, o professor notou um lapso de memória que passou a ser recorrente. Ao se submeter a uma bateria de testes, descobre que tem um tumor cerebral. A cirurgia para a sua retirada deixa-lhe uma sequela: a perda parcial da audição. Mas, além da perda auditiva, o professor passa também a não suportar ruídos. Sua única opção é se isolar. E é o que ele faz. Ele se fecha em sua casa entre os livros e passa a se dedicar à filosofia, à investigação incessante e criteriosa da relação entre mente e cérebro. O seu lema, nas palavras de Giannetti, é "a curiosidade está para o conhecimento como a libido está para o sexo". O professor quer apenas conhecer. Não é pouco.

A relação mente-cérebro não é uma questão simples, ao contrário do que se imagina. Como é que o cérebro (realidade objetiva; órgão esponjoso e palpável) se liga à mente (realidade subjetiva, detentora virtual de pensamentos, sentimentos e memória) ― ou vice-versa? O professor descobre que há na história da filosofia duas correntes de pensamento. Há a corrente "fisicalista", os que julgam que o cérebro prevalece sobre a mente ("a alma que olha de fora para dentro"); e há também a corrente "mentalista" ("a alma que olha de dentro para fora"). Ressalte-se que a mente é também a alma (do título), como afirmavam alguns filósofos.

O que vem primeiro: um estímulo cerebral ― provocado por bilhões de neurônios ― que guia o nosso pensamento ou a força imaginativa e voluntária da mente que interfere no cérebro? Temos um ponto de partida. Sabemos que o cérebro, segundo Giannetti, "despista a mente", ou seja, a estimulação elétrica em algumas regiões do cérebro produz sensações visuais, auditivas, olfativas etc. Mas isso é pouco para o nosso professor-filósofo. Ele quer saber mais. A própria estrutura narrativa do livro retrata como se dá esse embate. O autor intercala pensamentos do professor (fluxos de consciência) com textos filosóficos (aparentemente anotações feitas ao longo do estudo).

E essa forma narrativa merece um aparte. A ilusão da alma é classificado como um romance. Mas ele não é somente um romance. É também ensaio. Como é também um livro filosófico. E se formos observar a arquitetura sublinear do texto teremos um excelente manual de como se constrói o conhecimento. Essa mania de rotular os livros trata-se, aparentemente, de uma exigência mercadológica, para colocá-los em alguma estante (negócios, ficção, artes). Existem vários autores que surfam, em suas narrativas, pelos mais diversos estilos (difícil classificar os livros de Nuno Ramos, por exemplo). Essa versatilidade parece se intensificar em nossos dias diante das várias possibilidades de acesso e utilização da informação, principalmente com a internet.

Eduardo Giannetti também parece usufruir dessas diversas possibilidades. Seus primeiros livros (As partes e o todo e Nada é tudo) são coletâneas de ensaios e artigos publicados em jornais, abarcando uma infinidade de temas como economia, ética, história das ideias, política e globalização. Os textos têm rigor filosófico, mas são extremamente acessíveis, cujas leituras são um deleite. Já as obras Vícios privados, benefícios públicos? e Auto-engano são mais voltadas para a economia e filosofia.

A ilusão da alma é irmão, creio, do não menos interessante Felicidade, quando se inicia um flerte do escritor com a ficção. Neste, o autor cria quatro personagens totalmente diferentes ― em ideologia, profissão, comportamento ― como pano de fundo para investigar as várias facetas da felicidade e suas implicações ao longo da história da humanidade. Enfim, A ilusão da alma merece uma classificação mais abrangente, talvez como "romance-filosófico", "ensaio-ficional"; ou simplesmente "romance/ensaio/filosofia".

Mas retornando ao enredo do livro, após se enfurnar nos estudos solitários, o nosso nobre professor chega aos mais atuais estudos da neurociência, que defendem uma surpreendente supremacia do cérebro em relação à mente. Nas palavras do autor, "o processo que culmina numa ação aparentemente voluntária [nossa] tem início no cérebro de modo pré-consciente, antes que a intenção de agir aflore ao espelho da mente (...) o cérebro é responsável sozinho por todas as nossas ações". A constatação prova que há uma ilusão da alma, qual seja, a de que ela tem o poder de coordenar as nossas ações. Temos a ilusão de que temos livre-arbítrio. Essa supremacia cerebral teria, segundo ilustra bem o autor, influenciado diretamente na decisão de Sócrates de não fugir à sua condenação ― como ele teve oportunidade de fazê-lo ― e beber a cicuta que o mataria.

As recentes descobertas ― passando agora do plano da ficção para a vida prática ― podem implicar em consequências alarmantes no campo da economia, por exemplo, no que tange ao mapeamento (cerebral) do nosso comportamento como consumidores. Enquanto vacilamos entre comprar ou não determinado produto, o cérebro já tem a decisão. E que tal um mapeamento do direcionamento dado pelos nossos cérebros sobre as nossas preferências políticas nas eleições?

A ilusão da alma, além de ser um compêndio filosófico e um romance de agradável leitura, levanta questões para seguirmos refletindo. De certa forma, o livro nos desperta para um debate ético-científico. Além disso, Eduardo Giannetti nos dá uma aula sobre como elaborar o conhecimento ― em momento oportuno, diante dessa enxurrada de informações diante da qual estamos ainda desorientados. O autor demonstra que a filosofia ― ou o ato de filosofar ― está acessível a qualquer um, inclusive de maneira interdisciplinar. Há um constante diálogo em A ilusão da alma entre os mais diversos campos do saber, como a neurociência, a biologia, a inteligência artificial e, claro, a literatura, nas palavras e no pensamento de Machado de Assis, Diderot, Dostoiévski, Rilke e Fernando Pessoa. Todos no exercício da alma, mas a serviço do cérebro.

Nota do Editor
Wellington Machado de Carvalho mantém o blog Esquinas Lúdicas.

Para ir além






Wellington Machado
Belo Horizonte, 31/8/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Solitária cidadã do mundo de Elisa Andrade Buzzo
02. A novilíngua petista de Julio Daio Borges
03. O PSDB e o ensino superior de Gian Danton
04. Monticelli e a pintura Provençal no Oitocentos de Humberto Pereira da Silva
05. Família de Marta Barcellos


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2010
01. A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti - 31/8/2010
02. Enquanto agonizo, de William Faulkner - 18/1/2010
03. Meu cinema em 2010 ― 1/2 - 28/12/2010
04. Guimarães Rosa em Buenos Aires - 28/9/2010
05. A sombra de Saramago - 3/8/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
10/9/2010
22h57min
Comecei ler ontem, livro intrigante e denso, coisa de um escritor maduro!
[Leia outros Comentários de moises honorio queve]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




AULAS DE COMUNICAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA 8ª SÉRIE
LUIZ ANTÔNIO
ÁTICA
R$ 12,00



BOLA
THIERRY DES FONTAINES
REPTIL
(2014)
R$ 34,00



A CABEÇA DE RUPERT MURDOCH
PAUL LA MONICA
AGIR
(2009)
R$ 4,25



FUNDAMENTOS DE ÉTICA EMPRESARIAL E ECONÔMICA
MARIA DO CARMO WHITAKER E OUTROS
ATLAS
(2009)
R$ 15,00



HISTÓRIAS...
MILTON BORRELLI
SCORTECCI
(2007)
R$ 7,00



A CAPACITAÇÃO BRASILEIRA PARA A PESQUISA CIENTIFICA E TECNOLÓGICA
SIMON SCHWARTZMAN E OUTROS (VOL 3)
FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS
(1996)
R$ 17,28



COMO OBTER OS FINANCIAMENTOS OFICIAIS - 7633
FUAD M. ZORUB
BRASILEIRA DO DESENVOLVIMENTO
(1969)
R$ 10,00



COMECE BEM O SEU DIA
LUZIA SANTIAGO
CANÇÃO NOVA
(2009)
R$ 7,00



A EMPRESA INTELIGENTE
GILBERTO DE ABREU SODRÉ CARVALHO
IMAGO
(2010)
R$ 12,00



SANTA RITA VELHA SAFADA
MOUZAR BENEDITO
SANTA RITA VELHA SAFADA
(1987)
R$ 25,00





busca | avançada
41334 visitas/dia
1,0 milhão/mês