50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
>>> Jack Ma e Elon Musk
>>> Marco Lisboa na Globonews
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Alfa Romeo e os bloggers
>>> Defesa dos Rótulos
>>> O Jovem Bruxo
>>> Sua Excelência, o Ballet de Londrina
>>> O diabo veste Prada
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Daniel Piza by Otavio Mesquita
>>> The Making of A Kind of Blue
>>> Dirty Dancing - Ritmo Quente
Mais Recentes
>>> A Jornada de Erin. E. Moulton pela Nova Conceito (2011)
>>> A Melodia Feroz de Victoria Schwab pela Seguinte (2016)
>>> Despertar ao Amanhecer de C.C. Hunter pela Jangada (2012)
>>> Sussurro - Coleção Hush Hush de Becca Fitzpatrick pela Intrínseca (2009)
>>> Holocausto Nunca mais de Augusto Cury pela Planeta
>>> Lusíada (Nº 1): Revista Ilustrada de Cultura.- Arte.- Literatura.- História.- Crítica de Martins Costa/ Portinari/ Texeira Pascoaes (obras de) pela Simão Guimarães & Filhos./ Porto (1952)
>>> Fábulas que Ajudam a Crescer de Vanderlei Danielski pela Ave Maria (1998)
>>> Ninguém é igual a ninguém de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> Você Pode Escolher de Regina Rennó pela Do Brasil (1999)
>>> Apelido não tem cola de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (2019)
>>> Coração que bate, sente de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> A galinha que criava um ratinho de Ana Maria Machado pela Ática (1995)
>>> Pinote, o fracote e Janjão, o fortão de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (2000)
>>> A lenda da noite de Guido Heleno pela José Olympio (1997)
>>> A História de uma Folha de Leo Buscaglia pela Record (1999)
>>> Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque pela José Olympio (1999)
>>> O último judeu: uma história de terror na Inquisição de Noah Gordon pela Racco (2000)
>>> Confissões de um Torcedor: Quatro copas e uma Paixão de Nelson Motta pela Objetiva (1998)
>>> Controle de Infecções e a Prática Odontológica em Tempos de Aids de Vários pela Brasília (2000)
>>> A Roda do Mundo de Edimilson de Almeida Pereira e Ricardo Aleixo pela Mazza/ Belo Horizonte (1996)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> A Propagação do Amor: Sobre o Plantio e a Colheita do Bem de Betty J. Eadie pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Auto- Estima: Amar a Si Mesmo para Conviver Melhor Com os Outros de Christophe André - Françoise Lelord pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Os Lusíadas: Reprodução Paralela das duas Edições de 1572 / Ed. Ltd. de Luis de Camões pela Impr. Nac. Casa da Moeda/ Lis (1982)
>>> Administração de Marketing: Desvendando os segredos de: Vendas. Promoç de Stephen Morse pela McGraw Hill (1988)
>>> Obras Completas de Álvares de Azevedo - 02 Tomos ) de Álvares de Azevedo/ Org. Notas: Homero Pires pela Companhia Ed. Nacional (1942)
>>> Obras Completas (Poesia, Prosa e Gramática) de Laurindo José da Silva Rabelo/ Org: O. de M. Braga pela Companhia Ed. Nacional (1946)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Os Anos 80: Contagem Regressiva para o Juízo Final de Hall Lindsey pela Record/ RJ.
>>> Na Linha de Frente de Lawrence Block pela Companhia das Letras/ SP. (2010)
>>> Na Linha de Frente de Lawrence Block pela Companhia das Letras/ SP. (2010)
>>> O Fator Psicológico na Evolução Sintática (Encadernado) de Cândido Jucá (filho)/ Autografado pela Organização Simões/ Rio (1958)
>>> Príncipe das Trevas, Ou Monsieur - o Quinteto de Avignon- I de Lawrence Durrell pela Estação da Liberdade (1989)
>>> Pare de Engordar- Obesidade: um Problema Psicológico de Dr. Nelson Senise pela Record/ RJ.
>>> Os Hospedeiros de Belém de Maria Pires pela Imprensa Oficial/ B. Horizonte (1984)
>>> Os Hospedeiros de Belém de Maria Pires (autografado) pela Imprensa Oficial/ B. Horizonte (1984)
>>> Catálogo dos Editores Brasileiros de Affonso Romano de Sant Anna: Presidente pela Biblioteca Nacional/INL (1994)
>>> Fontes do Latim Vulgar : o Appendix Probi de Serafim da Silva Neto/ Autografado pela Livr. Academica/ RJ. (1956)
>>> Camões e Fernão Lopes de Thiers Martins Moreira/ Autografado pela Rio de Janeiro (1944)
>>> Ver- o- Peso: Estudos Antropológicos no Mercado de belém (Vol. II de Wilma Marques Leitão (organização) pela Paka- Tatu Ed. (2016)
>>> O Pensamento Vivo de Montaigne de André Gide/ Tradução: Sérgio Milliet pela Livr. Martins Ed. (1953)
>>> Na Beleza dos Lírios de John Updike pela Companhia das Letras (1997)
>>> O Nariz Detetive de Stella Carr/ Ilustrações: Avelino Guedes pela Scipione (2019)
>>> Bouvard e Pécuchet: Dois Patetas Iluminados de Gustave Flaubert pela Scipione (1988)
>>> Bouvard e Pécuchet: Dois Patetas Iluminados de Gustave Flaubert pela Scipione (1988)
>>> A Filha da Noite de Marion Zimmer pela Imago/ Rio de Janeiro (1986)
>>> Família e Mudança: O Familismo Numa Sociedade Arcaica em Transformação de C. A. Medina pela Vozes/ Ceris (1974)
COLUNAS

Quinta-feira, 26/2/2015
50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2800 Acessos

Quatro personagens femininas de filmes em cartaz, indo do drama à fantasia e passando pelo drama erótico, formam uma conexão interessante a partir de suas escolhas sobre amor e relacionamentos em momentos críticos - aqui englobando autoconhecimento - de sua existência. Personagens que são mais do que recatadas ou perversas, que ouvem frases como "você não tem ideia do que causa nos homens" e, no entanto, ainda que possam parecer que são letárgicas ou levadas pelas situações, medem e experimentam, sendo protagonistas de sua própria história.

No aclamado drama russo Leviatã, o principal da história é o faz-tudo Kolia (Aleksey Serebryakov), que se encontra frente ao desmoronamento de sua vida e, literalmente, de sua casa, estando de certo modo em segundo plano sua mulher, Lylia (Elena Lyadova). Lylia, que além de cuidar da casa e do afilhado que a rejeita trabalha em uma fábrica de processamento de peixe, realmente parece estar sendo levada ao seu limite, a despeito do amor verdadeiro, mas sufocante, de Kolia. Bom, com a chegada de um amigo de infância de Kolia, um advogado educado e charmoso da capital Moscou, e as situações que daí decorrem, a história irá ter seu contorno alterado. Diante da "desgraça" da traição, Lylia enfim decide permanecer com Kolia ou ir a Moscou em busca de Dmitri (Vladimir Vdovitchenkov) e um novo tipo de vida? Mesmo sendo aceita em ambos os casos, sua resolução (que por sua vez também mudará os contornos da história, como se em última instância as ações em segundo plano da mulher fossem a mola chave do enredo) é bem diferente. Entre duas opções, Lylia parece não conseguir afinal se decidir. Parece não haver saída de fato naquela península esquecida e isolada no Mar de Barents, o que se mostra em sua expressão de desalento e eterno cansaço no longa.

Algo semelhante acontece com a mulher do padeiro no filme de fantasia Caminhos da floresta. Aliás, ousado para um filme da Disney (embora seja baseado no musical homônimo da Broadway) que reúne diversos personagens de contos de fadas num roteiro abrangendo todos eles numa nova história conjunta. Casada e com um filho recém-nascido, a mulher do padeiro (Emily Blunt) não deixa de flertar na floresta com o príncipe da Cinderela (Chris Pine) (e ele não deixa de flertar com ela, primeiro numa busca apaixonada por Cinderela, depois já casado com ela). Depois, numa situação extrema de sobrevivência na história, eles irão se encontrar novamente na floresta e se beijam, numa atração mútua. Depois do ocorrido, a mulher entrará numa crise existencial, dizendo que o ideal seria ficar com os dois, padeiro e príncipe. Por que não? (O príncipe também admire que apenas Cinderela não o poderá satisfazer para sempre.)

Mas o que acontece com aquela, ou melhor, com mais esta personagem feminina com tal brutal decisão a tomar e ao mesmo tempo sem verdadeiras condições de escolha (voltar ao padeiro com a marca latente de novos desejos ou ceder ao príncipe na impossibilidade de completude por ser simples camponesa)? Aí se encontram a jovem camponesa numa época fantasiosa e a russa interiorana Lylia do século XXI. O desenlace da situação da mulher do padeiro, enfim, pode ser interpretado como um castigo dos céus diante da audácia de seus desejos ou então a sua impossibilidade de seguir simplesmente (pois aqui também estamos numa fábula moralista) diante de tais questionamentos.

E o que Anastasia (Dakota Johnson), do amado por alguns e odiado por outros drama erótico Cinquenta tons de cinza tem a ver com estas mulheres? É o empresário de sucesso e sadomasoquista Grey que parece ter personalidade complexa em seus "cinquenta tipos de dores" que ainda não conhecemos, mas dentre as suas metamorfoses ("você é quem está me mudando"), fiquemos aqui com a da estudante de literatura "recatada". Ainda que apaixonada por Grey e cedendo aos seus gostos inusuais, me parece que é ela que vai tendo as rédeas do jogo. Ela aguarda sua formatura para iniciar com Grey; ela vai ao encontro da família em momentos de tensão psicológica e tem decisões duras quando percebe que sua dignidade é ferida, embora apaixonada. Enfim, ao ter sua rotina quebrada, forçada por situações externas, ela tomou resoluções que a transformaram e a deixaram mais forte, e tenta seguir mantendo sua essência diante das situações e, principalmente, de seus desejos. Este ponto é importante: estas protagonistas não estão aí para agradar alguém, embora se testem a todo momento, algumas delas colocando-se, em decorrência disso, em situações-limite.

Se a junção destas três personagens tivesse um ápice, certamente seria com Ida (Agata Trzebuchowska), no longa-metragem Ida (agora sim, tamanha é a amplidão da personagem que mesmo o filme tem por título o seu nome). Uma órfã judia criada num convento, depois da morte brutal da família num vilarejo polonês, durante a Segunda Guerra Mundial, está descobrindo o mundo exterior e a sua identidade antes de fazer o voto final para se tornar freira. Mais do que alcançar o outro e entender o mundo fora dos muros, Ida busca respostas para si mesma e, mais relevante ainda, quer saber quem pretende ser depois de saber quem foi. A parte sentimental fica por conta da figura livre e bela do safoxonista de uma banda de jazz, o qual ela delicadamente experimenta. E qual decisão ela tem? De início pode causar estranheza por conta de nosso mundo mundano ao qual estamos acostumados. Depois, é possível entender esta personagem que se deu ao direito de se arriscar, testar e testar-se para depois ter uma base sólida de decisão.

De todas estas personagens que iniciam um processo de abertura, descobertas e transformação, fatais ou não, Ida é a que parece ter mais maturidade, ou melhor, mais complexão no que acredita ser o que anseia para a sua vida, quem sabe da natureza humana contraditória (sua saída do convento parece o suficiente para conhecer o mundo exterior e suas nuances) e da transitoriedade das situações e dos sentimentos. Ela consegue lidar com as situações que lhe são apresentadas com inteligência e até certo ponto frieza. Talvez seja este um dos pontos a se considerar quando vemos o filme como uma obra-prima e completo, cujas pontas se intercambiam.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 26/2/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Competição de Daniel Bushatsky
02. Discos eruditos fundamentais de Jardel Dias Cavalcanti
03. Viagens e viajantes de Carla Ceres
04. O incompreensível mercado dos e-books de Vicente Escudero
05. O futuro do ritual do cinema de Marta Barcellos


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2015
01. Rugas e rusgas - 15/1/2015
02. Viagem aos baixos do Viaduto do Chá - 5/2/2015
03. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas - 26/2/2015
04. Em noite de lua azul - 6/8/2015
05. Quero ser Marina Abramović - 7/5/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HISTORIA DA VIAÇÃO PUBLICA DE SÃO PAULO
ADOLPHO AUGUSTO PINTO
VANORDEM & CIA
(1903)
R$ 900,00



DICIONÁRIO DE PORTUGUÊS INGLÊS 2A
PORTO EDITORA
PORTO
(1998)
R$ 50,24



REVISTA SÍNDROMES TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO
LARISSA MIRANDA
ATLANTICA
(2013)
R$ 14,00



COLAÇÃO O ESSENCIAL SOBRE D. JOÃO DA CÂMARA Nº80
LUIZ FRANCISCO REBELLO

R$ 17,00



MANUAL DE MEDICINA DO ESPORTE - FASCÍCULOS 1 E 2
DR. JOÃO GILBERTO CARAZZATO
SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICI
(1997)
R$ 14,00



LA CLAVE DEL EXITO
BJORN SECHER
EDAF
(1983)
R$ 15,00



PODERES PARANORMAIS
DIANE HENNACY POWELL
NOVA ERA
(2011)
R$ 23,90



PROBLEMAS? OBA!
ROBERTO SHINYASHIKI
GENTE
(2011)
R$ 12,00



EFEITO ANTITUMORAL E QUIMIOPREVENTIVO DA PRÓPOLIS VERMELHA EM MURINOS
DANIELLE RODRIGUES RIBEIRO, RICARDO LUIZ CAVALCANTI UND JULIANA CORDEIRO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



A PSICOLOGIA NAS ORGANIZAÇÕES DE TRABALHO
EDWARD GOULART JUNIOR E OUTROS
UNESP BAURU
(2002)
R$ 10,00





busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês