É festa! | Assunção Medeiros

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
Mais Recentes
>>> Relembrança de Danielle Stell pela Record
>>> O Egypto de Eça de Queiroz pela Porto (1926)
>>> Momentos de paixão de Danielle Stell pela Record
>>> Um desconhecido de Danielle Stell pela Record
>>> Uma vez só na vida de Danielle Stell pela Record
>>> O apelo do amor de Danielle Stell pela Record (1983)
>>> Agora e sempre de Danielle Stell pela Record (1985)
>>> O Princípio Constitucional da Igualdade e o Direito do Consumidor de Adriana Carvalho Pinto Vieira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Histórias Anunciadas de Djalma França pela Decálogo/ belo Horizonte (2003)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Senado Federal pela Senado Federal (2006)
>>> Eterna Sabedoria de Ergos pela Fraternidade Branca Universal do Arcanjo Mickael (1974)
>>> Leasing Agrário e Arrendamento Rural como Opção de Compra de Lucas Abreu Barroso pela Del Rey/ Belo Horizonte (2001)
>>> Contratos Internacionais de Seguros de Antonio Marcio da Cunha Guimarães pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Amor de Perdição / Eurico, o Presbítero de Camilo Castelo Branco / Alexandre Herculano pela Círculo do livro (1978)
>>> Carajás de Paulo Pinheiro pela Casa Publicadora Brasileira (2007)
>>> Menopausa de Diversos pela Nova Cultural (2003)
>>> Guia de Dietas de Diversos pela Nova Cultural (2001)
>>> Seguros: Uma Questão Atual de Coordenado pela EPM/ IBDS pela Max Limonard (2001)
>>> O Significado dos Sonhos de Diversos pela Nova Cultural (2002)
>>> A Dieta do Tipo Sanguíneo - A B O AB de Peter J. D'Adamo pela Campus (2005)
>>> Cem Noites - Tapuias de Ofélia e Narbal Fontes pela Ática (1982)
>>> Direito do Trabalho ao Alcance de Todos de José Alberto Couto Maciel pela Ltr (1980)
>>> Manon Lescaut de Abade Prévost pela Ediouro (1980)
>>> A Reta e a Curva: Reflexões Sobre o Nosso Tempo de Riccardo Campa (com) O. Niemeyer (...) pela Max Limonard (1986)
>>> Introdução às Dificuldades de Aprendizagem de Vítor da Fonseca pela Artes Médicas (1995)
>>> Dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual: Violação... de Eduardo S. Pimenta/ Autografado pela Revista dos Tribunais (1994)
>>> O Cortiço de Aluísio Azevedo pela Ática (1988)
>>> A Voz do Mestre de Kahlil Gibran pela Círculo do livro (1973)
>>> O Jovem e seus Assuntos de David Wilkerson pela Betânia (1979)
>>> Emília no País da Gramática de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1978)
>>> The Art Direction Handbook for Film de Michael Rizzo pela Focal Press (2005)
>>> A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães pela Melhoramentos (1963)
>>> O Grande Conflito de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (1983)
>>> Filosofia do Espírito de Jerome A. Shaffer pela Zahar (1980)
>>> Muito Além das Estrelas de Álvaro Cardoso Gomes pela Moderna (1997)
>>> A Grande Esperança de Ellen G. White pela Casa Publicadora Brasileira (2011)
>>> É Fácil Jogar Xadrez de Cássio de Luna Freire pela Ediouro (1972)
>>> O Espião que saiu do Frio de John Le Carré pela Abril cultural (1980)
>>> A Primeira Reportagem de Sylvio Pereira pela Ática (1988)
>>> Distúrbios Psicossomáticos da Criança de Haim Grunspun pela Atheneu
>>> Aprenda Xadrez com Garry Kasparov de G. Kasparov pela Ediouro (2003)
>>> Poemas para Viver de P. C. Vasconcelos Jr. pela Salesiana Dom Bosco (1982)
>>> A Casa dos Bronzes de Ellery Queen pela Círculo do livro (1976)
>>> Warcraft Roleplaying Game de Christopher Aylott e outros pela Blizzard / Arthaus / wizards (2004)
>>> A Dama do Lago de Raymond Chandler pela Abril cultural (1984)
>>> ABC do Vôo Seguro de Manoel J. C. de Albquerque Filho pela O Popular (1981)
>>> A Relíquia de Eça de Queirós pela Klick (1999)
>>> Manual Completo de Aberturas de Xadrez de Fred Reinfeld pela Ibrasa (1991)
>>> Para Sempre - Os Imortais - volume 1 de Alyson Noel pela Intrínseca (2009)
>>> A Máscara de Dimítrios de Eric Ambler pela Abril cultural (1984)
COMENTÁRIOS

Domingo, 14/4/2002
Comentários
Leitores


É festa!
Pronto senhor! Aqui estão os salgadinhos senhor! Só o que consegui arrumar foram umas pastinhas, umas torradas e uns mini-quiches de queijo para servir quentinhos... Dê mais um tempo e faço uma massa de pizza para mais tarde! Olha só quanta visita chegando na sua varanda/tombadilho! Vem, Lolita, vamos lá para dentro organizar a cozinha e deixar os meninos brincar de navio à vontade!Deixa ver... a decoração da festa deve ser o trevo de quatro folhas ou o Union Jack!?! Hummm...

[Sobre "Na varanda"]

por Assunção Medeiros
14/4/2002 às
02h11 200.184.36.128
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Companheiro Padre, um aparte..
Um aparte na liturgia? "O sr. padre me dê licença, mas discordo disso que o senhor disse. A verdade é assim e assim...". É isso mesmo? Acontece? Um abraço- Alexandre Soares

[Sobre "Reação"]

por Alexandre Soares
13/4/2002 às
23h56 200.205.157.155
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Varanda mágica
Caro Alexandre Li ontem seu artigo. Hoje li-o e voltei a lê-lo. Acho que não é prato para comer com pressa. Há ali sabores que eu quiz reter por mais tempo. Na leitura de hoje suou-me ora como música, ora como poesia. Lamento, mas nunca ouvi falar de Patrick O'Brian que você nos apresentou e nunca vi o "Master and Commander", mas, nêste instante, não tenho receio de parecer tolo em dizer que, a lê-lo, prefiro a música e poesia do seu resumo. Devo também dizer-lhe que estou um pouco inclinado a suspeitar que essa poesia e música que lhe são inerentes e que exalam de alguns de seus textos, mesmo quando neles se mostra de mal com o mundo, talvez sejam inspiradas e até ampliadas pelo desfrute de uma varanda e do que dela se possa ver às quatro da madrugada, nela passeando, para trás e para a frente, descalço, ouvindo o silêncio da cidade e vendo-lhes suas já diminuídas luzes ao longe, gozando da companhia de sua Lolita que o espera, e entretanto lendo Patrick O'Brian. Quantos de nós gostaríamos de nos sentir nesse "deck"... De qualquer forma, e de onde quer que esteja, acho que Patrick O'Brian lhe fica devendo essa. Por oportuno, e sem nenhum desdouro para com os ingleses, quero dizer que acho que compreendo que ele se tenha preferido irlandês...

[Sobre "Na varanda"]

por Valentim Carval
13/4/2002 às
21h52 195.23.129.35
(+) Valentim Carval no Digestivo...
 
A paz e sociedade civil
Nunca vi ninguém convencer ninguém em política. De qualquer jeito, o debate faz bem. De minha parte, reitero o que escrevi num outro comentário no Digestivo Cultural: em conflitos armados não existem mocinhos. Não há elegância na guerra, de parte a parte. Pelo relato do Eliahu, me convenço de que a humanidade estaria mais a salvo se as sociedades civis tomassem a iniciativa da paz. Tenho certeza que existem tanto palestinos quanto israelenses que não aguentam mais o conflito, que desejam poder deitar a cabeça no travisseiro com suas famílias e ter uma noite de real paz e tranquilidade, sem o ruído de tiros e explosões à distância - e às vezes nem tão longe... Você que vive em Israel, me diga se não é esse o sentimento, Eliahu? Vejo entrevistas pela CNN e BBC com palestinos e israelenses, pessoas normais como qualquer um de nós aqui, chorando e tremendo porque não sabem como será o amanhã. Eles querem uma vida normal, trabalhar, estar com a família etc. O que está acontecendo é um horror para os dois lados. Não sei se podemos dizer que um lado está ganhando e o outro perdendo. Na tragédia não se lucra. Mas aqui vai uma dica para os internautas que lêem inglês e que desejam ver iniciativas de paz de verdade entre Israel e Palestina, de pessoas e grupos não-governamentais. Vejam os seguintes sites abaixo, onde encontrarão outros links de israelenses/judeus e palestinos a favor da paz. Em especial, vejam o último site, do "Jews for Justice in the Middle East" (Judeus a favor da Justiça no Oriente Médio). Estes são os sites: www.ariga.com/ www.gush-shalom.org/ www.cactus48.com/truth.html Abraços e shalom, Antonio Oliveira.

[Sobre "O injustificável"]

por Antonio Oliveira
13/4/2002 às
22h20 200.193.226.137
(+) Antonio Oliveira no Digestivo...
 
Iniciativas de paz de verdade
Para os internautas que leiam inglês e que desejam ver iniciativas de paz de verdade entre Israel e Palestina, vejam os seguintes sites abaixo, onde encontrarão outros links de israelenses/judeus e palestinos a favor da paz. Em especial, vejam o último site, do "Jews for Justice in the Middle East" (Judeus a favor da Justiça no Oriente Médio) onde encontrarão um detalhado relato dos fatos sobre toda a questão. É um texto definitivo. mas é só para quem quiser se informar de verdade. Estes são os sites: www.ariga.com/ www.gush-shalom.org/ www.cactus48.com/truth.html Abraços e shalom.

[Sobre "O Conflito do Oriente Médio"]

por Antonio Oliveira
13/4/2002 às
21h43 200.193.226.137
(+) Antonio Oliveira no Digestivo...
 
Lavoura Arcaica: tédio
Daniela Sandler, O assunto talvez já tenha esfriado... mas como só agora pude assistir ao "Lavoura Arcaica", resolvi comentar os comentários que vc fez ao filme. Em primeiro lugar: concordo em quase tudo com o que vc disse. Concordo com a força da cena da capela (sem duvida o melhor momento de Selton Melo), assim como concordo com a observação ao talento de Raul Cortez e com a beleza da música. Mas, diferentemente de vc, não acho que "as virtudes compensem os excessos". A artificialidade do texto (que vc atribui ao "teatralismo" das falas) me entediou profundamente. Quase deixei o filme em sua primeira metade. O que me fez ficar e vencer o tédio? Certamente a interpretação da Spoladore (e, confesso, a tentação de saber no que dariam os desejos incestuosos). Acho que o diretor confundiu as duas linguagens, digo, a cinematográfica e a literária. Pecou por não adaptar o texto para cinema. Ficou forçado e artificial. A crítica do sul do país, quase que sem excessões, "amou" o filme, que se tranformou rapidamente em baluarte e redentor de todos os nossos fracassos fílmicos. Talvez se eu não tivesse sabido de tanta empolgação, tivesse fruido melhor o filme. Nah! O filme é chato mesmo! Um abraço, Eduardo Luedy ps. Gostei muito de seu texto. Vou tentar ler mais coisas suas.

[Sobre "Virtudes e pecados (lavoura arcaica)"]

por Eduardo Luedy
13/4/2002 às
21h50 200.151.208.100
(+) Eduardo Luedy no Digestivo...
 
artigo tendencioso
O Senhor Heitor de Paola (se for esse seu verdadeiro nome, o que muito me surpreenderia) enxerga o mundo sob a ótica sionista (não diria nem judaica, pois há muitos judeus de bom senso, contrários ao absurdo que é o sionismo). Chamar seu artigo de tendencioso, senhor de Paola, é até uma gentileza que lhe faço. O que você escreveu, salta aos olhos, é pura e rasteira propaganda, que constrasta negativamente com o bom nível deste normalmente equilibrado Digestivo Cultural.

[Sobre "O Conflito do Oriente Médio"]

por Toni
13/4/2002 às
17h16 200.154.144.165
(+) Toni no Digestivo...
 
A FAVOR DO LATIM!
Não só as missas em Latim, mas também aquelas composições litúrgicas que, paralelamente a um sermão bem proferido, ajudavam a elevar a alma do fiel (Vá ouvir lobo de Mesquita na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, em Ouro Preto, que você entende o que eu falo) Foras os violões! Fora as Ministras de Eucaristia! Fora os leigos que pedem um aparte na liturgia! (Você nunca viu isso? Não sabe o quanto você é feliz ...) Fora os que acompanham o padre no caminho até o altar, com maozinhas cruzadas no peito e olhar de falsa piedade!

[Sobre "Reação"]

por Ricardo
13/4/2002 às
15h58 200.227.233.149
(+) Ricardo no Digestivo...
 
Que saudade daquele tempo..
Encontrei essa reportagem sobre ANOS INCRÍVEIS por acaso e juro que deixei de fazer tudo que eu estava fazendo para apenas ler um pouco mais e sentir de novo a maravilhosa sensação de saudade e um pequeno aperto no coração que sinto ao lembra de Kevin se dando mal, de Winie com aquele nariz arrebitado, de Paul com aquela sua ingenuidade e amizade... como eu sofria a cada final de episodio... Passei anos vendo essa série ma TV Educativa. Será que hoje na era do CD, DVD, e sei lá mais o que naum existe alguma obra gravada inteira sobre a série. Se alguém conhece e vir esse apelo meu por favor me mande resposta pelo meu email.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Fabíola Mozine
13/4/2002 às
14h21 200.242.30.192
(+) Fabíola Mozine no Digestivo...
 
Pimenta nos olhos alheios é ..
Estamos testemunhando nesta lista de discussão o microcosmo da realidade sobre o problema em questão. Dentro de cada perspectiva pessoal adotada justificam-se as atitudes, num plano mais realista, um resolve se explodir no meio de pessoas inocentes outros resolvem humilhar e ameaçar a vida, se é que podemos chamar de vida, de uma legião de pobres coitados. Curioso e ao mesmo tempo aterrorizante, não consigo sofrer com algo que não me diz respeito, longe de minhas origens, de meu país, mas consigo imaginar pedaços de pessoas sendo lançados longe numa explosão, ou uma criança acuada vendo seu pai morrer com tiros sem ao menos poder correr ou gritar. Fatos que justificariam qualquer uma das partes a adotarem posições radicais e unilaterais. E quando me pego a quilômetros de distância lendo todas essas opinões a respeito, encontro um discurso velado e incipiente demonstrando que em outras esferas os lados teriam atitudes semelhantes. Ou seja, fazer sua vontade e opinião valer a qualquer custo. “EU TENHO RAZÃO”!. Não cabe aqui discursos demagógicos ou do tipo “paz e amor”, trata-se de questões muito mais complexas, envolvendo a história e cultura da civilização humana. Há quantos milhares de anos os Hebreus reivindicam aquele pedaço árido de chão? E há quantos milhares de anos os Palestinos povoam a região? Até o Bush chegar acreditávamos que todas as fronteiras políticas seriam rompidas por força da nova ordem mundial, com isso talvez aboliríamos os preconceitos e diferenças e compartilharíamos das diferenças entre as culturas para distribuir melhor riqueza e desenvolvimento. Tínhamos afinal que reconhecer a vitória da ordem capitalista sobre a Terra. Mas e agora? O ambiente hostil e vingativo reina no nosso planeta favorecendo toda a forma de imposição de força por parte dos EUA e de seus aliados. Que exemplo foi dado para a humanidade...alguém derrubou nossas torres....alguém tem que pagar! Israel copiou o discurso, somou isto a sua utopia cultural e histórica de terra prometida, alimentou a raiva do “vizinho”, que por sua vez deu razão a um exercito de fundamentalistas traficantes e machistas afoitos por guerras e que a qualquer hora explodem uma bomba nuclear na cabeça de inocentes. É isso ai, o teatro está montado, vamos esperar para assistir, afinal é mais confortável criticar a peça, e esquecer que estamos assistindo-a de cima do palco.

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por Eduardo Vianna
13/4/2002 às
13h41 200.207.205.22
(+) Eduardo Vianna no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HITMAN Nº 3
GARTH ENNIS
BRAIN SITRE
R$ 15,00



A DESPEDIDA ARBITRÁRIA FRENTE AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS
JULIANA GONÇALVES DE OLIVEIRA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



O CORPO E A MENTE COMO HARMONIZAR SEU CORPO E MELHORAR SUA SAÚDE
CAROLINE M. SUTHERLAND
CIÊNCIA MODERNA
(2002)
R$ 16,90



SPY DOG
ANDREW COPE
PENGUIN UK
(2005)
R$ 24,00



NA PRÓXIMA PRIMAVERA
GANYMÉDES JOSÉ
EDIJOVEM
(1978)
R$ 4,06



ARTEMIS FOWL - UMA AVENTURA NO ÁRTICO
EOIN COLFER
RECORD
(2002)
R$ 15,87



A ESTRELA SOBE
MARQUES RABELO
ABRIL
(1983)
R$ 4,99



WATCHMEN E A FILOSOFIA - UM TESTE DE RORSCHACH
WILLIAM IRWIN / MARK D WHITE
MADRAS
(2009)
R$ 45,38



BALAS DE ESTALO E CRITICA
MACHADO DE ASSIS
GLOBO
R$ 5,00



ARQUIVOS CRIMINAIS
JOHN MARLOWE
MADRAS
(2013)
R$ 54,45





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês