E a descida da Estácio? | Ivo Samel

busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Um Recital para Ariano - com Antônio Nóbrega
>>> Coletiva de Arte Naïf | Galeria Jacques Ardies
>>> Cia O Grito evoca os fantasmas do teatro em nova peça
>>> Meu Reino por um Cavalo faz temporada online a partir de 2 de dezembro
>>> Rosas Periféricas apresenta espetáculos sobre memórias e histórias do Parque São Rafael
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Encontros (e desencontros) com Daniel Piza
>>> Quando uma moto se apaixona
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> A Serbian Film: Indefensável?
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Digestivo Cultural na ABL
>>> Seis anos em seis meses
>>> Valeu a espera
>>> Solange Rebuzzi
Mais Recentes
>>> O Dinossauro Que Fazia Au-au de Pedro Bandeira pela Moderna (1983)
>>> Manual Geral da Redação de Folha de S. Paulo pela Folha de S. Paulo (1984)
>>> Nouvelle Grammaire Française de Maurice Grevisse pela De Boeck Duculot (1990)
>>> La Méthode 1. La Nature de La Nature de Edgar Morin pela Points (1977)
>>> Davi e Golias: a Arte de Enfrentar Gigantes de Malcolm Gladwell; Ivo Korytowski pela Sextante (2014)
>>> Sociologia y Psicoanalisis de Roger Batiste pela Compañía General Fabril Editor (1961)
>>> Panoramas 9 - Língua Portuguesa de Cristina Hulle e Angelica Prado pela Ftd (2019)
>>> Veja São Paulo Nº 41 de Vários Autores pela Abril (2017)
>>> Manual de Redação e Estilo de Eduardo Martins pela O Estado de S. Paulo (1990)
>>> Le Mystere Chretien. Le Mariage de Adnès Pierre pela Desclée (1963)
>>> The Theory of Functions de E. C. Titchmarsh pela Oxford (1952)
>>> Lançamento Tributario e Autolançamento de Estevao Horvath pela Dialetica (1997)
>>> Vida a Ciência da Biologia - Vol. I Célula e Hereditariedade de William K. Purves pela Artmed (2008)
>>> Narcotráfico, Soberania e Relações Internacionais no México de Danillo Avellarbragança pela Grama (2017)
>>> Como Ter Êxito na Vida de A. Balbach pela Edificações do Lar (1971)
>>> Pensar Al Reves de Benjamin Coriat pela Siglo XXI Ediciones (1992)
>>> The Ancient Catholic Church de Robert Rainy pela Charles
>>> Qualidade de Vida de Wanderley Ribeiro Pires pela do Autor (1997)
>>> Veja Edição Comemorativa de Aniversário 35 Anos de Vários Autores pela Abril (2003)
>>> De Léthique de La Discussion de Jurgen Habermas pela Cerf (1992)
>>> Menina Ma de William March pela Dark Side Books (2016)
>>> O Ano da Morte de Ricardo Reis de José Saramago pela Cia das Letras (1984)
>>> Programa de Saúde - Paz, Amor e Saúde de Hermógenes pela Record (1978)
>>> Box Incompleto Projeto Multiplo - Historia de Claudio Vicentino pela Scipione Didaticos (2014)
>>> Oxford Ciência para Crianças de Charles Taylor e Outro pela Edelbra (1996)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 26/2/2007
Comentários
Leitores


E a descida da Estácio?
Fui assistir somente no domingo para ver minha Mangueira que fez aquele papelão com a Beth. A Viradouro merecia pelo menos o 2o. lugar, uma vez que os jurados têm medo de dar nota baixa para a Beija Flor. Por que? Agora não entendi a descida da Estácio. Ela começou o desfile super bonita, carros e fantasias luxuosos, música contagiante, platéia participando... Juro que não entendi. Ivo Samel

[Sobre "Deu samba na Sapucaí"]

por Ivo Samel
26/2/2007 às
10h45 201.51.194.22
(+) Ivo Samel no Digestivo...
 
Vou ter que ir até Ubachuva!
Adriana, fiquei com água na boca. Mas eu tenho que ir até Ubachuva!!! Aqui no Rio de Janeiro ainda não encontrei uma pizzaria legal. Moro em Niterói e as pizzas daqui são daquelas fininhas e eu gosto das massudas com bastante mussarela e massa tipo biscoito. Valeu! Ivo Samel

[Sobre "Pizzaria São Paulo"]

por Ivo Samel
26/2/2007 às
10h40 201.51.194.22
(+) Ivo Samel no Digestivo...
 
Procurando o diabo
Pois é, Ram, foi o que aconteceu no ano passado, quando procurei "Memórias de um diabo na garrafa", de Alexandre Raposo, que acabei só encontrando em livrarias virtuais, mesmo assim foi bem demorado. O livro é excelente, faz um tour histórico-artístico pelo mundo e com senso de humor. Cadê ele???

[Sobre "Vale a pena publicar de novo"]

por Ana Flores
26/2/2007 às
09h56 200.255.42.66
(+) Ana Flores no Digestivo...
 
Uma leitura diferente...
O colunista, a certa altura, trai seus próprios argumentos: "há passagens inteiras que poderiam ser transformadas em (brilhantes) colunas jornalísticas"? Waaal! É o elogio mais sinuoso que eu já li sobre Paulo Francis. Quer dizer, em linhas gerais, que, como romancista, o texto de Francis se aproxima da melhor produção jornalística? Confuso...

[Sobre "Romancis"]

por Fabio Cardoso
26/2/2007 às
07h05 200.229.196.190
(+) Fabio Cardoso no Digestivo...
 
Ninguém agüenta a TV Globo
Realmente a cobertura da Globo no carnaval do Rio foi das piores, sempre foi. Entrevistas e mais entrevistas chatas. Ninguém agüenta. Assisti o desfile de domingo na arquibancada e posso afirmar que a TV não mostra nada nada nada. A grandiosidade do desfile mais espetacular do mundo some na telinha da TV. Ivo Samel

[Sobre "Cobertura do carnaval"]

por Ivo Samel
25/2/2007 às
23h39 201.51.195.200
(+) Ivo Samel no Digestivo...
 
estou sempre lendo
Fiquei aborrecido agora com tantos exemplos de gente que encara a leitura como algo crucial em suas vidas. Estava satisfeito com uns 20 livros anuais, na verdade não faço a menor idéia de quantos livros leio (deve estar por volta desse número), o que sei é que estou sempre lendo. Mas é claro que gostaria de fazer mais, não me imagino lendo algo grandioso como Victor Hugo. Talvez porque a leitura nunca foi encarada com respeito em minha família, sou o único que quebra as tradições e leva no mínimo dois exemplares pra viagem de fim de ano da casa de minha avó. Eu imagino que jamais consiga ler tantos livros (com os 70 de Jorge) e talvez nem mesmo queira, acho que um livro deve ser saboreado aos poucos e com cuidado, e o mais interessante é imaginar como essa leitura pode influenciar nossas vidas, é claro que isso também tem a ver com a habilidade de cada um. Realmente gostei de como você exemplificou os diferentes hábitos de leitura, Ana. Abraços.

[Sobre "Leituras, leitores e livros — Parte II"]

por Arthur Alves
25/2/2007 às
17h05 201.58.72.129
(+) Arthur Alves no Digestivo...
 
Comitragédia de ser brasileiro
Quem se reconhece no comportamento descrito? Quem de nós tem orgulho dele? Seremos nós? Quem recusou vantagem ilegal? Um povo é feito de identidades, alimentadas em atos, omissões e vontades, somos a média destas opções; quando não disseminamos valores e eles são equilibrados e éticos, quando não oferecemos referências e elas são honestas; ficamos à mercê de qualquer valor, digo maus e bons valores, ainda que a omissão nos coloque à sorte de valor qualquer. Educar bem meninos, salva homens. Praticar valores que dissemina, oferecer informação ao desinformado, discutir com respeito a formação do outro, não manipular, não praticar deslealdades. Tudo muito difícil nesta neo-sociedade detergente, que descobriu um produto que limpa o caráter de qualquer um. Os heróis são gangstêres; quanto de mídia se oferece ao maluf (em minúsculo mesmo), é o modelo que estimulamos. Que país é este? É a soma de todos os medos; vícios dos médios e gente de terceira num país de terceira, se sentindo reis...

[Sobre "No Brasil, de braços abertos?"]

por Carlos E. F. Oliveir
25/2/2007 às
14h53 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
acordando um gigante
Não precisa dizer (ou precisa?): quem faz este pais somos nós; cabe aos brasileiros mudar o que está aí errado. Burrocratas são minoria, felizmente. vamos criticar, vamos mudar, vamos acordar.

[Sobre "No Brasil, de braços abertos?"]

por Camilo Martucheli
24/2/2007 às
22h01 200.159.211.206
(+) Camilo Martucheli no Digestivo...
 
profundo e comovente
O seu texto é profundo e comovente. Penso no meu velho pai que se foi. Realmente a vida ficou mais sem graça sem ele, perdeu um pouco a magia. Acho que as pessoas, que não se relacionam de uma forma mais ou menos afetiva com os pais, ficam um pouco perdidas e revoltadas, sem saber direito o que fazem no mundo, sei lá! Gostei muito!

[Sobre "O pai e um violinista"]

por adriana
24/2/2007 às
17h00 201.58.186.165
(+) adriana no Digestivo...
 
Algum lugar em mim
Poderia, facilmente, ser a resenha de uma vida inteira. Quanta leveza e intensidade; teus textos chegam em mim plenos, em forma e conteúdo e desvendam cenas e desejos cotidianos com uma perene humanidade. Se alguém me perguntar agora sobre o sentido das coisas ou para onde vou, não terei dúvidas; vou para a leveza, de carona, rumo à mim mesmo. Até no sobressalto das doenças de assalto, superados e celebrados sem a vitoriosa arrogância. É uma carona gostosa, um prazer antigo, adormecido de não me lembrar. Não posso deixar de mencionar a clareza e objetividade sem excessos maneiristas que, às vezes, sucumbimos por imaturidade, vaidade ou mesmo vício. Gosto de ler assim, teu pulso e tua intenção; gosto dos teus verbos, do uso dos adjetivos, que não maltrata o leitor e oferece uma dinâmica, um curso simples, onde todos acabam encontrando suas próprias referências. O ano bom é inventário de uma vida boa, construída na relação com este mundo de saberes e entregas. Toma o sol e vai por aí...

[Sobre "Resenha particular sobre um ano bom"]

por Carlos E. F. Oliveir
24/2/2007 às
07h22 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Maior Jornada de Todos os Tempos
Amilcar del Chiaro Filho
U. s. e
(2005)



Pós vendas
Raúl Candeloro
Quantum



Iacocca uma Autobiografia
Lee Iacocca e William Novak
Cultura
(1985)



Acontecem Há Mais de Cem Anos...
Elto Koltz
Prazer de Ler
(2011)



Cangaçeiros: Crime e Aventura no Sertão
Valter Roitman
Ftd
(1997)



Conhecendo o Brasil Região Nordeste
Demétrio Magnoli
Moderna
(1999)



Leadership and the New Science: Discovering Order in a Chaotic World
Margaret J. Wheatley
Berrett-Koehler
(1999)



Identidade Brasileira no mobiliario
Mauricio Azevedo
Lina Bardi
(1999)



O Uso de Drogas na Gravidez
Jennifer R. Niebyl
Roca
(1983)



Sonetos do Amor Obscuro e Divã do Tamarit
Federico García Lorca
Folha de São Paulo
(2012)





busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês