busca | avançada
37059 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Quarta-feira, 12/9/2007
Comentários
Leitores

Klaatu mandou...
Acho que, no fundo, ele só estava brincando de reizinho mandou: Klaatu manda fazer não sei o quê...

[Sobre "Klaatu barada nikto!"]

por Bia
12/9/2007 às
14h45

Falta reflexão
Verônica, ótimo texto. Seus questionamentos são importantíssimos. Nosso mundo de hoje é repleto de frases feitas, idéias pasteurizadas e soluções mágicas para tudo. Falta reflexão. É muito mais fácil abraçar uma idéia alheia do que ter uma própria. Eu também não gosto desses livros de auto-ajuda, pois são vazios e pueris.

[Sobre "Insuportavelmente feliz"]

por Diogo Salles
12/9/2007 às
12h17

Fonte Benfazeja
Creio, realmente, que esse belíssimo livro é uma extraordinária compilação e uma ótima referência. Grande pedida para uma boa leitura e uma benfazeja fonte literária para a alma. De fato, altamente recomendável.

[Sobre "As Cem Melhores Crônicas Brasileiras"]

por Guilherme Cesarino
12/9/2007 às
11h00

Comentário
Esse movimento do Letras em Cena é interessante. Creio que vale a pena que as pessoas tomem conhecimento do projeto. Esse artigo é muito esclarecedor e benéfico.

[Sobre "Com vista para dentro"]

por Guilherme Cesarino
12/9/2007 às
10h51

Comentários
Orgulho-me por ter o Mia Couto como nosso "compatriota" e também por ele ser um homem que não cansa do trabalho que faz, pois o trabalho é que faz o homem que ele é.

[Sobre "As cicatrizes da África na Moçambique de Mia Couto"]

por horacio uacitela
11/9/2007 às
07h19

Parabéns, guria!
Parabéns, guria, belo texto!

[Sobre "Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída..."]

por Marcelo Spalding
10/9/2007 às
16h43

A intenção é a mesma
Prezados leitores, A questão não é se a saga de Harry Potter transformará, no futuro, jovens que só leram best-sallers. Qualquer livro tem o mérito e a intenção de aproximar os leitores da sua língua, tornando-os aptos a escreverem bons textos, a se comunicarem bem e etc, não importando se é um romance policial, um livro de literatura...(e se minhôes de jovens gostam da saga é porque realmente a história é boa).

[Sobre "Em defesa de Harry Potter"]

por Allan
10/9/2007 às
13h53

A melhor auto-ajuda
Finalmente tomei vergonha e instalei na minha máquina um Aurélio e um Houaiss. De forma que meus dicionários virtuais agora, teoricamente, possuem todas as palavras possíveis. Não tenho mais desculpas (a não ser por preguiça). Por falar nisso, um dicionário é um livro de auto-ajuda muito bom, talvez o melhor.

[Sobre "Auto lá!"]

por Guga Schultze
10/9/2007 às
13h47

Jovens lêem sim!!!
Olá, eu li este texto inteirinho e tenho 12 anos, ou seja, uma adolescente. Li todo pois estava fazendo uma pesquisa para a escola sobre este assunto e descobri que os jovens de 11 a 14 anos lêem muito, são a maioria. Alguns também lêem livros que em 2 meses eu não estaria nem no meio, são muitos inteligentes, então os jovens lêem SIM!

[Sobre "Adolescente lê, sim, senhor!"]

por júlia rossi
30/8/2007 às
23h00

Por que revistas em papel?
Olá, Ana Elisa, olha só... O nosso grande amigo Julio gosta do assunto "por que o autor publicar em papel se dá pra fazer isso em blog". Gostaria de extender mais a polêmica aproveitando o gancho desta sua notícia sobre o lançamento do terceiro volume da revista Ato. Como autor iniciante, já externei minhas razões, em diversos posts, sobre o porquê de um autor lançar, sim, em papel. Acontece que seria interessante saber o porquê de revistas em papel também. Por que lançar uma revista literária (ou do que for) em papel e não ficar só em blog? Por que o Estadão não vira só um blog e deixa de ser jornal? Respostas, por favor, para mim e para o Julio...

[Sobre "Revista Ato"]

por Albarus Andreos
30/8/2007 às
09h53

Julio Daio Borges
Editor

busca | avançada
37059 visitas/dia
1,4 milhão/mês